Fechar Ads
Conteúdo editorial apoiado por

IM Trader

Tempo Real

Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) puxam perdas da Bolsa; bancos e Gerdau (GGBR4) amenizaram perdas

Ibovespa caiu, na contramão de Wall Street

Por  Equipe InfoMoney -

Ibovespa hoje

Confira as últimas dos mercados

update 18h39

Encerramos nossa cobertura dos Mercados Ao Vivo

Acessa o Ao Vivo do InfoMoney todos os dias? Então, adicione este link aos favoritos do seu navegador para acompanhar diariamente a cobertura a partir das 8 horas ou acesse o IM Trader, o novo canal do InfoMoney sobre Mercados!
update 18h38

Dólar Futuro (WINFUT) cai 0,94%, a 127.580 pontos; Dólar Futuro (DOLFUT) sobe 1,11%, a 4.984 pontos

update 18h36

Minicontratos: WDOH24 (dólar) sobe 1,12%, a 4.984; WING24 cai 0,94%, a 127.580 pontos

update 18h28

DIs: Juros futuros fecham em alta

AtivoVariação (%)NegóciosÚltima taxa (%)Variação (pts)AnteriorSemana (%)Mês (%)Ano (%)
DI1F250,35291049,9650,0359,930,05-0,20-0,65
DI1F260,73495319,6800,0709,610,570,210,73
DI1F270,87365899,8350,0859,750,460,461,18
DI1F280,951071310,1050,09510,010,500,501,71
DI1F290,882809110,2800,09010,190,440,442,09
DI1F310,861649710,5200,09010,430,290,482,53
DI1F330,66478010,6100,07010,540,190,382,31
update 18h25

Ibovespa: Mais negociadas do dia

EmpresaAtivoVariaçãoNegóciosÚltimoSemanaMêsAno
ValeVALE3-2,036303766,08-4,92-2,48-14,40
PetrobrasPETR4-1,306202341,032,681,4310,18
B3B3SA3-0,904838713,17-0,380,61-8,91
PrioPRIO3-1,624594042,45-7,09-3,37-7,82
BradescoBBDC40,114333315,32-1,18-0,09-10,18
ItaúITUB40,154333232,74-0,17-0,08-3,53
ItaúsaITSA4-0,10315349,98-0,30-0,20-3,76
update 18h25

Fechamento de outros índices brasileiros

ÍndiceDia (%)PontosSemana (%)
Small CapsSMLL-1,182.169-2,35
BDRsBDRX+2,1315.099+2,94
Fundos ImobiliáriosIFIX+0,373.332-0,04
update 18h23

Ibovespa: Maiores altas do dia

EmpresaTickerDia (%)NegóciosCotação (R$)Semana (%)Ano (%)
AZUL43,622031413,73-3,782,46-14,24
GGBR42,382905321,47-1,692,04-9,64
GOAU41,521234110,00-0,790,91-7,92
CRFB31,391885210,911,874,80-12,37
EZTC31,24918115,51-2,510,45-17,06
RRRP30,711801426,90-6,43-1,752,36
SUZB30,472243351,34-2,97-0,54-7,71
update 18h21

Ibovespa: Maiores baixas do dia

EmpresaTickerDia (%)NegóciosCotação (R$)Semana (%)Mês/ano (%)
COGN3-6,94294322,68-11,55-8,22-23,21
BHIA3-6,0177997,20-17,24-8,75-36,73
RECV3-4,771199221,96-7,85-4,731,10
MGLU3-4,37288951,97-4,69-5,60-8,22
LWSA3-3,96138355,34-3,78-2,20-11,15
YDUQ3-3,352608218,49-6,47-4,10-17,53
DXCO3-3,2976267,64-2,18-1,29-5,33
update 18h16

Ibovespa fecha com queda de 1,01%, aos 127.182 pontos

O Ibovespa recuou após dados fortes do mercado de trabalho dos Estados Unidos, enfraquecerem ainda mais as perspectivas de que o Federal Reserve poderia começar a cortar os juros da maior economia do mundo no próximo mês. Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 1,01%, acumulando declínio de 1,38% na semana. Na máxima do dia, chegou a 128.878 pontos e, na mínima, a 126.627 pontos. O volume financeiro somou R$ 21,8 bilhões, antes dos ajustes finais. (Com Reuters)

update 18h08

Bolsas em NY fecham em alta: Dow, +0,35%; SP500, +1,07%; Nasdaq, +1,74%

Wall Street encerrou em forte alta e o índice S&P 500 registrou um recorde de fechamento, conforme fortes balanços corporativos e um relatório de empregos de janeiro aumentaram a confiança na economia norte-americana, ao mesmo tempo em que reduziram a probabilidade de o Federal Reserve cortar a taxa de juros em breve. O S&P 500 ganhou 1,07%, para 4.958,04 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,74%, para 15.628,95 pontos. O Dow Jones subiu 0,35%, para 38.653,70 pontos.

update 17h56

Ibovespa fecha preliminarmente com queda de -0,83%, aos 127.409 pontos

update 17h55

Produção de petróleo do Brasil bate recorde em 2023 com 3,4 mi de barris/dia

A produção média brasileira de petróleo registrou recorde de 3,402 milhões de barris por dia em 2023, alta de 12,57% ante 2022, após a instalação de quatro novas plataformas pela Petrobras (PETR4) nas bacias de Santos e Campos, divulgou a ANP. Somando a produção de petróleo e gás natural, o Brasil produziu um volume médio de 4,344 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), 11,69% acima do recorde anterior, alcançado em 2022, apontaram os dados. (Reuters)

update 17h45

Ao menos 129 blocos de rua cancelam participação no Carnaval de SP por falta de dinheiro

update 17h40

Quase no fim do pregão, PRIO3, uma das ações mais negociadas do dia, tem recuo de -2,13%

update 17h35

Etanol hidratado deve ganhar mercado da gasolina em 2024

O consumo de etanol hidratado no Brasil em 2024 deverá crescer 20,6% ante 2023, para 19,3 bilhões de litros, ganhando mercado da gasolina, cuja demanda deverá recuar 2,7% neste ano, de acordo com dados da consultoria StoneX, em relatório divulgado nesta sexta (2). (Reuters)

update 17h26

GGBR4 se manteve em alta – neste momento +2,77% – ao longo do dia após banco elevar recomendação para compra

Já a YDUQ3, que também teve elevação de recomendação de banco, começou com forte alta, mas virou para queda; neste momento, -2,40%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

update 17h19

COGN3 segue como a ação com maior perda do dia: -7,64%

update 17h18

BPAN4 é, no momento, ação mais valorizada no dia: +4,23%

update 17h12

PETR4 e VALE3, ações mais negociadas no dia, estão em baixa: -0,79% e -1,88%, respectivamente

update 17h06

Chance de manutenção de juros nos EUA em março e maio cresce após dados de Michigan

Mais cedo, Payroll acima do esperado também minguou expectativas de corte de juros nas próximas reuniões.

update 17h01

Dólar comercial fecha com alta de 1,04%, a R$ 4,9661 na venda

Após três sessões em queda, o dólar à vista fechou hoje com forte alta ante o real, superior a 1%, com investidores reagindo aos dados positivos do mercado de trabalho dos Estados Unidos, que deram força à ideia de que o Federal Reserve não começará a cortar juros em março. O dólar à vista fechou o dia cotado a 4,9661 reais na venda, em alta de 1,04%. Na semana, a moeda acumulou alta de 1,12%. (Com Reuters)

update 16h51

Preços internacionais do petróleo fecham mais um dia em queda

Apesar da decisão da OPEP+ de manter a sua política de produção inalterada, o preço do petróleo caiu devido aos receios de crescimento econômico da China e aos esforços para estabelecer um cessar-fogo no Oriente Médio.

  • WTI: -2,09%, a US$ 72,27
  • Brent: -1,74%, a US$ 77,33

Na semana, o Brent cedeu 6,78%, o WTI teve queda de 7,36%.

update 16h43

ITSA4 está em alta: +0,40% (R$ 10,03/ação, que é a máxima do dia)

update 16h35

Ouro fecha em queda, ante dólar forte no exterior, mas mantém nível de US$ 2 mil

update 16h32

Operadoras de infraestrutura: STBP3 e HBSA3 sobem, +0,29% e +0,82%, respectivamente; em baixa, ECOR3, -1,32%; RAIL3, -0,35% e CCRO3, -0,33%

update 16h26

COGN3 segue com as maiores perdas do dia; no momento, -7,64%

update 16h26

Empresas de implementos rodoviários em posições opostos: POMO4, +0,86% e RAPT4, -4,74%

update 16h22

SUZB3 sobe +0,61%; concorrente KLBN11 desce -0,13%

update 16h19

BPAN4 vai avançando bem: +2,86%

update 16h16

Dólar: R$ 4,966 (compra) e R$ 4,967 (venda), alta de 1,04%

update 16h14

Ibovespa vai se mantendo acima dos 127 mil pontos; neste momento, 127.264 pontos (-0,95%)

update 16h13

RECV3: Sob expectativa de fusão de ativos com 3R, ações da PetroRecôncavo estão “lateralizadas” na Bolsa

Petroleiras júniores da Bolsa têm conversas sobre fusão de ativos em terra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

update 16h12

Varejo posterga retorno à Bolsa com cenário macro ainda desafiador

Endividamento, inadimplência, concorrência e  MP 1185 estão entre fatores de incerteza em relação às companhias.

update 16h08

Azul (AZUL4): analistas reforçam visão positiva para ações com “efeito Gol” e queda em janeiro

update 15h58

GGBR4 e AZUL4, depois de elevação de recomendação por bancos, seguem em alta: +2,62% e +2,42%, respectivamente

update 15h55

Após anúncio de possível fusão na quarta (31), ARZZ3 opera hoje em alta de +0,81% e a SOMA3, em baixa de -0,13%

update 15h53

Victoria Villarruel: quem é a vice conservadora do governo Milei

update 15h51

Companhias de energia em queda: AESB3, -4,83%; CMIG4, -3,24%; ELET6, -2,37%; ELET3, -2,09%; EQTL3, -2,15%; CPLE6, -1,56%; ENGI11, -1,39% e ALUP11, -1,12%

update 15h47

Ibovespa voltou a ficar acima dos 127 mil pontos; no momento, 127.095 pontos (-1,08%)

update 15h46

Bancos tradicionais no negativo: BBDC4, -1,33%; BBAS3, -0,81%; SANB11, -0,72% e ITUB4, -0,49%

update 15h43

VALE3 também com recuo: -1,65%

update 15h40

PETR4 em baixa: -0,82%, assim como PETR3: -1,05%

update 15h37

Recorde histórico no valor das ações e de mercado da Petrobras coroa trabalho, diz Jean Prates

Valor de mercado da companhia chegou ao patamar de R$ 552 bilhões, o maior desde 18 de outubro de 2023, quando chegou a marca de R$ 525,099 bilhões em market cap.

update 15h36

Bolsas da Europa fecham mistas após perda de ímpeto com receio sobre juros nos EUA

A divulgação de balanços na região foi mais leve nesta sexta (2), deixando os investidores atentos aos resultados das grandes empresas de tecnologia norte-americanas, como Meta e Amazon.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

update 15h34

Trump acusa de Powell de ser ‘político’ e diz que não o indicaria para um 3º mandato no Fed

Atual presidente do Federal Reserve foi indicado por Trump em 2018 e reconduzido ao cargo por Joe Biden; ex-presidente republicano diz que Powell irá baixar o juros para “ajudar os democratas”.

update 15h30

BBDC3 bate a mínima do dia: R$ 15,07/ação (-1,53%)

update 15h28

Ibovespa chegou a superar os 127 mil pontos, mas já voltou ao patamar dos 126 mil; neste momento, 126.927 pontos (-1,21%)

update 15h20

BNDES libera R$ 1,35 bilhão para trecho norte do Rodoanel; anúncio foi feito por Lula

Trecho é o último que falta para completar a ligação das principais rodovias que chegam à capital paulista

update 15h17

Construtoras e incorporadoras em baixa: MRVE3, -3,45%; TEND3, -3,22%; DIRR3, -1,85%; CURY3, -1,24%; CYRE3, -0,93%; EVEN3, -0,54% e EZTCE, -0,33%

update 15h15

Grupos de educação, agora, todos com forte queda: COGN3, -8,33%; ANIM3, -4,14%; SEER3, -3,81% e YDUQ3, -3,08%

update 15h11

Ibovespa opera em baixa de -1,23%, aos 126.897 pontos

update 15h06

Preço do diesel comum cai 0,33% e do S-10 reduz 0,65% em janeiro

De acordo com a análise do Índice de Preços Edenred Ticket Log, levantamento de preços das transações nos postos de combustível, o preço médio do litro do diesel segue em baixa no país nesse início de ano. O tipo comum fechou janeiro a R$ 5,97, com redução de 0,33%, ante a primeira quinzena do mesmo mês. Já o S-10 foi comercializado a R$ 6,10, após ficar 0,65% mais barato.

update 14h55

Dólar comercial opera em alta de 1,21%, a R$ 4,974, próximo da máxima diária de R$ 4,976

update 14h50

Banco Central informa a PTAX de fechamento com compra a R$ 4,9465 e venda a R$ 4,9471; queda de 0,37%

COMPRAVENDA
Abertura4,91474,9153
1a parcela4,95454,9551
2a parcela4,94844,9490
3a parcela4,96844,9690
Fechamento4,94654,9471
update 14h49

Ações de Vale (VALE3) recuam 1,84%, a R$ 66,21, em dia de queda de 2,3% do minério de ferro

update 14h47

Ações de Petrobras (PETR3 PETR4) mantêm quedas de 0,86% e 0,77% com quedas de barris de petróleo

update 14h44

Novas regras de CRIs e CRAs: empresas listadas do mercado de capitais podem ganhar

CMN decidiu apertar regras para emissões de títulos lastreados por operações nos setores agrícola e imobiliário.

update 14h40

Importações de aço poderão permanecer fortes, principalmente nas zonas de comércio livre no país

O Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço observou que as importações do produto são hoje menos atrativas, dado que os prêmios de paridade de importação regressaram aos níveis históricos. Dito isto, a entidade, no entanto, aponta que as importações de aço para zonas francas (como Manaus) e para regiões com incentivos fiscais (como Pecém) continuam atraentes, o que poderia sustentar as importações de aço em níveis elevados em 2024.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

update 14h38

Meta ganha US$200 bi em valor de mercado com dividendos e resultado

As ações da Meta disparam mais de 20% nesta sexta-feira, a caminho do maior ganho percentual em um dia em um ano e adicionado mais de 200 bilhões de dólares em seu valor de mercado, após a dona do Facebook anunciar seu primeiro dividendo e divulgar resultados robustos. Alguns dias antes do 20º aniversário do Facebook, a companhia aprovou um adicional de 50 bilhões de dólares em recompras de ações e disse que seu dividendo trimestral seria de 0,50 dólar por ação. (Reuters)

update 14h35

Após resultado positivo da indústria em dezembro, desafios seguem inalterados, relacionados ao menor fôlego da demanda por bens

João Savignon, head de pesquisa macroeconômica da Kínitro, afirma que as consequências desse cenário são o baixo investimento no setor industrial.

update 14h29

Azul (AZUL4) continua como a maior alta percentual da bolsa hoje, com +3,25%, a R$ 13,68

update 14h26

Trump não reconduziria Powell como chair do Fed

O ex-presidente Donald Trump não indicará novamente o chair do Fed, Jerome Powell, se vencer a eleição presidencial deste ano, disse o líder republicano à Fox Business em uma entrevista exibida nesta sexta-feira. “Não, eu não indicaria”, disse Trump em resposta a uma pergunta sobre se ele indicaria novamente Powell, cujo segundo mandato de quatro anos como presidente termina em 2026. Trump disse que acredita que Powell vai reduzir as taxas de juros para ajudar as perspectivas de reeleição do presidente norte-americano, Joe Biden. “Acho que ele vai fazer algo para ajudar os democratas”, disse Trump. (Reuters)

update 14h20

InfoMoney amplia cobertura trader com minicontratos e mais análises técnicas diárias

IM Trader, canal do InfoMoney, contará com equipe de especialistas, informando sobre universo do Day Trade.

update 14h18

Vibra (VBBR3) amplia base em Belém com foco no mercado de combustível do centro-norte

A Vibra concluiu a ampliação de sua base do Porto de Belém, no Pará, com aumento de quase 60% de sua capacidade estática para 76 mil metros cúbicos, após investimentos de cerca de 90 milhões de reais, em um passo visando maior eficiência e redução de custos para atender a região centro-norte do país. Ao todo foram construídos sete novos tanques para armazenagem de gasolina, etanol anidro e hidratado, óleo combustível, diesel, biodiesel e querosene de aviação, disse o vice-presidente executivo de Operações, Logística e Sourcing da Vibra, Marcelo Bragança, à Reuters. “A entrega da nova base de Belém reforça a nossa atuação no ‘core business’ da empresa, com a expansão da nossa rede logística”, afirmou o executivo, pontuando que o empreendimento é um ativo importante para a Vibra e para a segurança no abastecimento de combustíveis de toda a macrorregião do Pará.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

update 14h17

Onda de calor na Argentina gera cautela sobre safras abundantes de soja e milho

Uma onda de calor com tempo seco na Argentina gerou alertas sobre as condições de desenvolvimento das lavouras de grãos e a necessidade de chuva para que as safras de soja e milho continuem no caminho certo para obter colheitas abundantes. O país sul-americano, um dos maiores exportadores de soja processada do mundo e o terceiro maior exportador de milho, está se recuperando de uma safra atingida pela seca na última temporada, com o padrão climático El Niño trazendo melhores chuvas. Espera-se que a colheita de milho seja recorde. No entanto, com as plantações em estágios importantes de desenvolvimento, um período de clima quente e seco, com temperaturas próximas a 40 graus Celsius, fez com que as condições das plantações e do solo se deteriorassem, com mais dias de clima quente e seco pela frente. (Reuters)

update 14h14

Ibovespa renova mínima, com -1,44%, aos 126.627,88 pontos

update 14h05

Setor de papel e celulose é único do Ibov que tem todas as ações em alta; RANI3 sobe 1,32%, SUZB3 avança 0,33% e KLBN11 sobe 0,14%

update 14h03

Taxa mais baixa e oferta menor: como as novas regras de CRIs, CRAs, LCIs e LCAs afetam você

Saiba como as novas resoluções podem impactar seu bolso e mexer com as taxas de ativos isentos de IR.

update 13h57

Investidores estrangeiros retiram R$ 1,028 bi da B3 em 31/01, quando o Ibovespa subiu 0,28%

IndividuaisInstitucionaisEstrangeirosBancosOutros
31/01-R$ 261,9 mi+R$ 1,023.1 bi-R$ 1,028.9 bi+R$ 217,5 mi+R$ 50,3 mi
Janeiro+R$ 4,040.6 bi-R$ 563,6 mi-R$ 7,897.7 bi+R$ 2,458.0 bi+R$ 1,962.7 bi
2024+R$ 4,040.6 bi-R$ 563,6 mi-R$ 7,897.7 bi+R$ 2,458.0 bi+R$ 1,962.7 bi

Fonte: B3

update 13h54

Cogna (COGN3): ação lidera baixas do Ibovespa ao cair 10% após banco recomendar venda

A análise, por sua vez, passou a recomendar Yduqs como compra.

update 13h49

Índice BDRX opera na máxima, com +1,91%, aos 15.066,55 pontos

update 13h48

EUA: Nasdaq e SP500 ampliam ganhos com balanços de tecnologia; dados de empregos pesam

O Nasdaq, índice carregado em ações de tecnologia, e o índice de referência S&P 500 sobem, com investidores se animando com os robustos balanços trimestrais da Meta e da Amazon, enquanto um forte relatório de empregos continha o otimismo. O crescimento do emprego nos EUA acelerou em janeiro e os salários tiveram o maior aumento em quase dois anos, sinais de força persistente no mercado de trabalho que podem dificultar o início do corte das taxas de juros pelo Fed em maio, conforme previsto atualmente pelos mercados financeiros. “O forte relatório de empregos indica que a demanda no mercado de trabalho é maior do que a esperada”, disse Richard Flynn, diretor administrativo da Charles Schwab UK. (Com Reuters)

  • Dow Jones: +0,13% (às 12h18 era -0,3%)
  • S&P 500: +0,88% (às 12h18 era +0,34%)
  • Nasdaq: +1,39% (às 12h18 era +0,83%)
update 13h38

Euforia com Meta, otimismo com Amazon e desânimo com Apple: o que explica a reação aos balanços?

Grande destaque fica com controladora do Facebook e Instagram, que chega a subir mais de 20%.

update 13h36

Bolsas da Europa fecham dia mistas

As bolsas europeias fecharam o dia perto da estabilidade e perderam os ganhos consistentes que tinham pela manhã em meio à temporada de balanços e com repercussão dos dados de payroll dos EUA. A flexibilização das bolsas ocorreu depois que o relatório de empregos de janeiro dos EUA mostrou que os empregadores adicionaram 353 mil vagas, bem acima das expectativas de 180 mil. A surpresa positiva lança dúvidas sobre as esperanças do mercado quanto a um corte iminente nas taxas de juro por parte do Fed. Os lucros das empresas foram um dos principais impulsionadores do movimento dos preços das ações individuais na Europa ao longo da semana.

Dia (%)Pontos
Stoxx 600Europa0,00%483.85
DAXFrankfurt+0,22%16,895.95
FTSE 100Londres-0,137,612.90
CAC 40Paris+0,03%7,590.85
IBEX 35Madri+0,4710,061.2
FTSE MIBMilão+0,05%30,704.20
 
update 13h36

Depois do payroll de janeiro, economista avalia que política monetária nos EUA passa pelo momento mais delicado

Matheus Pizzani, economista da CM Capital, explica que, como o próprio Powell (Jerome Powell) comentou recentemente, tanto o prolongamento do aperto monetário quanto um corte muito cedo nos juros podem ter efeitos secundários demasiadamente fortes para a economia, colocando em risco o trabalho feito pela autoridade monetária até aqui. Sendo assim, é certo que devem esperar por novos dados para que se tenha certeza de que as condições para o início do ciclo de queda sejam efetivamente criadas.

update 13h30

Análise técnica: Após payroll, Ibovespa reforça tendência de baixa e testa suportes

Fechamento abaixo de suporte na faixa na região dos 127 mil pode levar Ibovespa até região dos 125 mil pontos.

update 13h26

Ibovespa segue em baixa, operando perto da mínima de 126.681 pontos: neste momento, 126.727 pontos (-1,35%)

A máxima do Ibovespa é de 128.878 pontos.

update 13h21

Locadoras de automóveis em queda: MOVI3, -4,13% e RENT3, -1,69%

Locadora de caminhões e equipamentos, a VAMO3, opera em baixa -0,84%.

update 13h15

ABEV3 no negativo: -0,46%

update 13h12

Operadoras de shoppings em forte recuo: MULT3, -3,16%; IGTI11, -2,79% e ALOS3, -2,16%

update 13h05

Entre as siderúrgicas, só a GGBR4 sobe: +2,53%; em queda, CSN (CSNA3), -2,28% e USIM5, -0,43%

update 12h56

Redes de supermercados e atacarejos: em alta, somente a CRFB3, +0,28%; em queda, ASAI3, -2,21%; PCAR3, -1,44% e GMAT3, -0,44%

update 12h53

B3SA3, uma das ações mais negociadas do dia, está em baixa: -2,03%

update 12h50

Ibovespa recua 1,34%, aos 126.763 pontos

update 12h49

Dólar: R$ 4,968 (compra) e R$ 4,969 (venda), com alta de +1,09%

update 12h44

Distribuidoras de combustíveis em queda: UGPA3 (Ipiranga), -3,16% e VBBR3 (ex-BR), -1,53%

update 12h39

Empresas do agronegócio: em baixa, SMTO3, -2,17%; RAIZ4, -0,52%; TTEN3, -0,47%; SLCE3, -0,42% e JALL3, -0,41%; em alta, AGRO3, +0,08%

update 12h28

Confira o Radar

update 12h27

Dólar avança mais e sobe 1,04%, a R$ 4,966

update 12h27

TOTVS (TOTS3): XP tem visão positiva da aquisição de empresa de software focada no segmento de seguros

Segundo a XP, a transação, feita por meio da Dimensa, amplia a oferta de produtos e serviços da subsidiária da Totvs (TOTS3), fortalecendo sua posição no segmento de tecnologias B2B para o setor financeiro e fintechs, além de aumentar seu mercado endereçável. A casa reitera recomendação de compra para a Totvs, com preço-alvo de R$39/ação.

update 12h18

EUA: bolsas operam em direções mistas; Dow Jones piora e Nasdaq melhora após payroll

  • Dow Jones: -0,33% (às 11h31 era -0,18%)
  • S&P 500: +0,34% (às 11h31 era +0,16%)
  • Nasdaq: +0,83% (às 11h31 era +0,21%)
update 12h16

Ibovespa: confira as únicas altas

AtivoDia (%)Valor (R$)Variação (pp)NegóciosSemana (%)Mês (%)Ano (%)
AzulAZUL42,6413,600,359883-4,701,49-15,05
GerdauGGBR41,4821,280,319338-2,561,14-10,44
Gerdau MetGOAU41,229,970,123040-1,090,61-8,20
CarrefourCRFB30,2810,790,0358540,753,65-13,33
update 12h14

Dólar renova máxima, com +0,99%, a R$ 4,964

update 12h14

EUA: Se o mercado tinha alguma esperança com esse payroll divulgado nesta sexta (2), diante desse resultado tudo fica mais distante

Cleide Rodrigues, analista chefe da Money Wise Research, avalia que o resultado bem acima da expectativa o mercado deve refazer projeções.

update 12h13

Ibovespa renova mais uma vez a mínima, com -1,40%, aos 126.681,46 pontos

update 12h13

Com forte queda dos barris de petróleo, Petrobras (PETR3 PETR4) acelera perdas para -1,23% e -1,11%

  • Petróleo WTI, -2,56%, a US$ 71,93 o barril
  • Petróleo Brent, -2,19%, a US$ 76,98 o barril
update 12h12

Ibovespa: confira as maiores altas

AtivoDia (%)Valor (R$)Variação (pp)NegóciosSemana (%)Mês (%)Ano (%)
CognaCOGN3-11,112,56-0,326774-15,51-12,33-26,65
QualicorpQUAL3-5,782,12-0,132326-13,47-2,75-37,65
PetrorecôncavoRECV3-3,8222,18-0,882944-6,92-3,772,12
Casas BahiaBHIA3-3,667,38-0,282029-15,17-6,46-35,15
CemigCMIG4-3,2411,34-0,386640-2,58-1,56-1,22
UltraparUGPA3-2,9527,62-0,844567-2,44-1,954,19
MultiplanMULT3-2,8727,09-0,806872-3,90-2,76-4,68
EletrobrasELET6-2,8445,16-1,322080-1,91-1,48-3,87
PrioPRIO3-2,7141,98-1,1715876-8,12-4,44-8,84
CSN CSNA3-2,6817,10-0,474486-5,84-3,55-13,02
update 12h09

Banco Central informa terceira parcial PTAX com compra a R$ 4,9484 e venda a R$ 4,9490

update 12h08

Com Ibov em forte queda de 1,30%, quem mais contribui para as perdas são PETR4 (-0,87%), VALE3 (-1,82%) e PRIO3 (-2,80%)

update 12h08

Nova mínima: Ibov cai 1,30%, aos 126.805,46 pontos

update 12h05

Ibovespa tem nova mínima: 126.939,75 pontos, com -1,20%

A bolsa brasileira já perde hoje 1.541 pontos, impactada pelos dados de trabalho dos EUA.

update 12h01

Índice de confiança do consumidor dos EUA fica em 79,0 em janeiro ; pesquisa Reuters previa 78,9

update 12h01

COGN3 entra em leilão até 12h02; a ação teve queda de -10,42%, cotada a R$ 2,58

update 12h00

Encomendas à indústria nos EUA +0,2% em dezembro; pesquisa Reuters previa +0,2%

update 11h55

Índice Small Caps recua 1,10%, aos 2.171,98 pontos

update 11h51

EUA: payroll de hoje reafirma visão de que Fed só iniciará corte de juros em junho, diz análise

Segundo o Morgan Stanley, como Jerome Powell já havia reiterado esta semana, o FOMC ainda não tem confiança suficiente de que a inflação esteja se movendo de forma sustentável em direção a 2%. E, ao afastar o início do corte de juros em março (a menos que haja fraqueza no mercado de trabalho e inflação), a barreira é agora mais alta para cortar taxas mais cedo. “O relatório sobre o emprego é mais uma prova de que o mercado de trabalho continua apertado e assim o foco permanece na inflação”, dizem os analistas.

update 11h46

Lula encerrou há pouco discurso em cerimônia no Porto de Santos e voltou a dizer que o país “vai crescer mais; vamos aumentar salários”

O presidente também ressaltou em sua fala a importância da união dos governos federal e estadual para realização de obras. O evento marcou o lançamento dos investimentos para construção do Túnel Submerso Santos-Guarujá. Participaram ainda da cerimônia, o vice-presidente, Geraldo Alckmin, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, entre outras autoridades.

update 11h42

Payroll de janeiro tira todo o argumento de que existe chance de corte de juros em março

Para Gustavo Cruz, estrategista-chefe da RB Investimentos, o “payroll” mostrou também que o crescimento de salário distancia da proposta do Fed do item não pressionar a inflação.

update 11h38

Ações de Petrobras (PETR3 PETR4) viram para quedas de 0,16% e 0,31%

update 11h37

Uma das poucas altas do dia, Azul (AZUL4) sobe após relatório

Relatório do BTG Pactual elevou a recomendação dos papéis de AZUL4 para “compra”, bem como o preço-alvo de R$ 20 para R$ 33, citando entre os argumentos uma estrutura de capital mais forte e menor competição no mercado doméstico após a Gol pedir recuperação judicial nos EUA.

update 11h35

Nagel diz que é muito cedo para BCE cortar juros em entrevista à FAS

É muito cedo para cortar as taxas de juros, afirmou o membro do Banco Central Europeu Joachim Nagel de acordo com uma entrevista ao jornal FAS publicada nesta sexta-feira. “Na minha opinião, o cenário para os preços ainda não está suficientemente claro: portanto, é muito cedo para cortar as taxas de juros agora”, disse ele. Nagel também disse que parece que um “pouso suave” é possível para a zona do euro, o que significa “reduzir a inflação sem colocar muita pressão sobre a economia ao mesmo tempo”. (Reuters)

update 11h34

Ações de Cogna (COGN3) renovam mínima, com -9,43%, a R$ 2,60, e lideram perdas do Ibov

Relatório do BTG Pactual cortou a recomendação do ativo para venda e reduziu o preço-alvo de R$ 3,40 para R$ 2,60.

update 11h32

Após abertura dos EUA, Ibov renova mínima, cai -1,15% e perde os 127 mil pontos; agora opera aos 126.999,43 pontos

update 11h31

EUA: bolsas abrem sem direção após surpresa com payroll

Os dados de emprego bem mais fortes que o esperado (criação de 353 mil vagas contra 180 mil estimadas) impactam diretamente a abertura das bolsas dos EUA. Os índices operam mistos no início do pregão, refletindo a redução das estimativas de um início de corte da taxa de juros pelo Fed. O dólar se valoriza mundialmente (índice dólar DXY avança 0,73%), enquanto os rendimentos dos Treasuries avançam nos vencimentos de 2 e 10 anos. Nem mesmo as fortes altas de ações de Amazon, Meta e Apple, que divulgaram seus balanços ontem à noite, e saltaram no pré-mercado, animam as bolsas hoje. (Felipe Alves)

  • Dow Jones: -0,18%
  • S&P 500: +0,16%
  • Nasdaq: +0,21%
update 11h29

Dados de emprego nos EUA vieram bem mais fortes que o esperado, mostrando que a economia americana segue aquecida

A avaliação é de Rodrigo Cohen, analista CNPI e cofundador da Escola de Investimentos, sobre o Payroll divulgado nesta sexta (2).

update 11h28

Com influência dos EUA, Ibovespa renova mínima, aos 127.185,70 pontos, com -1,01%

update 11h24

Lula: O grande gestor do país era o cara da Lojas Americanas, que deu um calote que quase quebrou o sistema financeiro; e depois é o Estado que não sabe governar

update 11h22

Lula: Precisamos nos transformar num país altamente desenvolvido; por isso tiramos o Porto de Santos da privatização

update 11h19

Tresuries: rendimentos sobem após payroll e mercado tem que reprecificar cortes das taxas de juros

Os rendimentos dos Treasuries avançam depois que o relatório criação de empregos não agrícolas dos EUA mostrou quase o dobro do crescimento de empregos em janeiro do que os investidores previam. Os mercados futuros agora estão precificando apenas 21% de chance de um corte de juros na reunião de março do Fed, abaixo da chance de quase 80% observada há um mês, de acordo com a ferramenta FedWatch, da CME. “O mercado de títulos está tendo que reprecificar muitos dos cortes nas taxas que eram esperados ao longo de 2024 porque o crescimento do emprego superou completamente as expectativas”, disse Lawrence Gillum, estrategista-chefe de renda fixa da LPL Financial. “Tem sido uma semana bastante movimentada, com reunião do Fed, anúncios do Tesouro e preocupações dos bancos regionais, mas o relatório de empregos de hoje é o que mais está movimentando o mercado.” (Com Reuters)

update 11h17

Banco Central informa segunda parcial PTAX com compra a R$ 4,9545 e venda a R$ 4,9551

update 11h15

Lula exalta capacidade de negociação de Haddad com o Congresso

update 11h15

Dólar salta após relatório de emprego dos EUA superar todas as expectativas

O dólar passou a subir forte, em linha com movimento internacional, depois que o payroll do EUA superou todas as expectativas. Enquanto o dólar valoriza +0,68%, a R$ 4,948, frente ao real, o índice dólar DXY mostra valorização de +0,71%, aos 103,78, frente à cesta de moedas que compõem o índice. A criação de 353 mil vagas de emprego nos EUA Unidos acelerou em janeiro, provavelmente porque a resiliência da economia e a forte produtividade dos trabalhadores incentivaram as empresas a contratar e manter mais funcionários, uma tendência que pode proteger a economia de uma recessão este ano, mas influenciar o Fed a adiar cortes de juros. “Veio acima do esperado, muito forte mesmo; naturalmente isso está apoiando a alta do dólar”, disse Fernando Bergallo, diretor de operações da FB Capital. “Isso aí vai adiar o corte dos juros por lá. O mercado estava precificando em 40% a chance de corte já em março após o Fed na quarta, e sem dúvida estes dados de hoje jogam água fria em qualquer expectativa desse corte”. (Com Reuters)

update 11h15

Lula: Economia vai bem por conta da competência do ministro Fernando Haddad

update 11h13

Lula: Bndes aprovou recursos para o Trecho Norte do Rodoanel de São Paulo

O presidente participa neste momento de cerimônia em comemoração aos 132 anos do Porto de Santos e anúncio de investimentos no Túnel Submerso Santos-Guarujá. O evento conta ainda com a presença do vice-presidente, Geraldo Alckmin, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, o governador de São Paulo, Tarcísio Freitas, entre outras autoridades.

update 11h10

Após resultado da indústria de dezembro, a visão é relativamente positiva para 2024

A opinião é de Igor Cadilhac é economista do PicPay. Para ele, no entanto, há preocupações na economia global com menor crescimento e o alto comprometimento de renda das famílias, que são ruins para consumo de bens de maior valor agregado e dependentes de crédito. Do outro lado, o governo tem promovido políticas de estímulos à atividade econômica, que podem incentivar a indústria, afirma o economista.

update 11h09

EUA: índices futuros perdem mais força com repercussão do payroll

Os índices futuros dos EUA perderam força após a divulgação do payroll dos EUA, que veio bem mais forte do que o esperado por analistas. Os índices Dow Jones e S&P 500 Futuro viraram de alta para queda, e a Nasdaq Futuro perde grande parte dos seus ganhos. Antes, Nasdaq Futuro subia mais de 1%, repercutindo os fortes balanços de Amazon, Meta e Apple, mas agora a bolsa de tecnologia dos EUA opera em leve alta de 0,30%.

  • Dow Jones Futuro: -0,23% (às 10h41 era -0,23%)
  • S&P 500 Futuro: -0,01% (às 10h27 era +0,18%)
  • Nasdaq Futuro: +0,30% (às 10h27 era +0,47%)
update 11h03

Gerdau (GGBR4): Banco eleva recomendação de neutra para compra, com preço-alvo para R$ 26/ação

O Goldman Sachs afirma que apesar da redução das estimativas e o declínio global de preços do aço e as elevadas exportações do produto da China para o Brasil, a exposição da Gerdau (GGBR4) reduziu consideravelmente.

update 10h59

Nova mínima: Ibov acelera perdas, com -0,99%, aos 127.214,81 pontos, após dados de emprego bem mais fortes que o esperado nos EUA

Dados do Payroll divulgados hoje mostraram criação de 353 mil vagas de emprego em janeiro, mais que as 180 mil esperadas pelo consenso da Reuters.

update 10h56

Ibovespa renova mínima, com -0,77%, aos 127.490,10 pontos

update 10h55

Ações de Eletrobras (ELET3; ELET6) renovam mínimas, com -2,00% e -1,96%

update 10h52

Com virada do Ibovespa após payroll dos EUA, apenas 16 ativos sobem agora; maiores altas são AZUL4 (+2,72%), GGBR4 (+1,96%) e GOAU4 (+1,83%)

update 10h50

Grandes bancos aceleram perdas com Ibov em baixa; BBDC4 cai 0,81%, ITUB4 recua 0,68%, BBAS3 perde 0,48% e SANB11 cai 0,34%

update 10h49

Nvidia bate recorde com salto no valor de mercado em janeiro

A Nvidia teve aumento recorde no valor de mercado em janeiro, impulsionada por otimismo elevado em torno dos avanços da empresa em inteligência artificial, projeções positivas de analistas e anúncio de novos produtos. A fabricante de chips mais valiosa do mundo viu seu valor de mercado crescer em um valor sem precedentes de 296,52 bilhões de dólares, para cerca de 1,52 trilhão, superando a alta anterior de 248,23 bilhões em ganhos observados em maio de 2023. No mês passado, as ações da Nvidia atingiram novos patamares após o anúncio de novos processadores gráficos para desktops e avanços em componentes e software relacionados à IA. (Reuters)

update 10h48

Governo apresenta projeto para tornar Receita menos punitiva e reduzir benefícios fiscais

O secretário da Receita Federal, Robinson Barreirinhas, disse nesta sexta-feira que o governo enviou ao Congresso projeto de lei (PL) para reorientação da Receita com o objetivo de tornar o órgão menos punitivo e orientar os “bons contribuintes”. Falando em coletiva de imprensa para detalhar o PL, Barreirinhas disse que o texto prevê três programas de conformidade tributária, bem como medidas de controle de benefícios fiscais. (Reuters)

update 10h48

Banco Central informa primeira parcial PTAX com compra a R$ 4,9147 e venda a R$ 4,9153

update 10h47

VIX: índice de volatilidade nos EUA recua 0,07%

update 10h45

CME/FedWatch: após payroll, aposta em manutenção dos juros em março cresce de 65% para 78%

5,25%-5,50%5,00%-5,25%4,75%-5,00%4,50%-4,75%4,50%-4,25%4,25%-4%4%-3,75%3,50%-3,75%
20/0378,5%21,5%
1º/0516,3%66,7%17%
12/060,7%19,8%63,5%15,9%
31/070,2%3,9%26,7%55,9%13,4%
18/090,5%6%30%51,5%12%
7/110,2%2,6%15,8%39%35,3%7,1%
18/120,5%4,1%18,6%39,1%31,6%6,1%

 

update 10h45

Hoje, SOMA3 opera em baixa: -1,54% (R$ 7,67/ação) e ARZZ3, em alta: +0,49% (R$ 63,16/ação)

update 10h41

EUA: após payroll, índices futuros perdem força e Dow Jones Futuro vira para queda

  • Dow Jones Futuro: -0,23% (às 10h27 era +0,09%)
  • S&P 500 Futuro: +0,18% (às 10h27 era +0,64%)
  • Nasdaq Futuro: +0,47% (às 10h27 era +1,06%)
update 10h41

AZUL4 com a maior alta do Ibov: +3,40% (R$ 13,70/ação)

update 10h38

EUA/payroll: salário médio por hora avança 0,6% em janeiro; previsão era de alta de +0,3%

update 10h38

Dólar comercial continua a renovar máximas após payroll, com +0,66%, a R$ 4,947

update 10h37

MRVE3 entre as maiores perdas: -2,94% (R$ 7,60/ação)

update 10h37

EUA: rendimentos dos Treasuries saltam após payroll

  • Treasuries: T-note de 10 anos a 3,978% (+0,115)
  • Treasuries: T-note de 2 anos a 4,378% (+0,184)
update 10h36

COGN3 vai tendo as maiores perdas, no momento: -4,86% (R$ 2,74/ação)

update 10h35

Ibov renova mínima e perde os 128 mil pontos, com -0,57%, aos 127.680,91 pontos, após payroll dos EUA

update 10h35

Após payroll dos EUA mais forte que o esperado, juros futuros (DIs) viram para alta e aceleram ganhos por toda a curva

Taxa (%)Dia (%)Variação (pp)NegóciosMáximo (%)Mínimo  (%)Ano (%)
DI1F259,9650,350,03528179,9659,920-0,65
DI1F269,6800,730,07053229,6809,6000,73
DI1F279,8350,870,08554809,8359,7301,18
DI1F2910,2800,880,090391410,28010,1502,09
DI1F3110,5200,860,090125310,52010,4102,53
DI1F3310,6200,760,08096210,62010,5102,41
update 10h33

Indústria de papel e celulose: SUZB3, +0,45% (R$ 51,33/ação) e KLBN11, +0,09% (R$ 21,12/ação)

update 10h33

Dólar comercial vira para alta, com +0,28%, a R$ 4,928

update 10h32

Com payroll, Ibovespa vira para queda de 0,23%, aos 128.191,53 pontos

update 10h31

EUA/payoll: taxa de desemprego em janeiro é de 3,7%; consenso Reuters previa 3,8%

update 10h31

EUA/payoll: criação de vagas em janeiro é de 353 mil; consenso Reuters previa +180 mil vagas

update 10h28

Juros futuros (DIs) no Brasil têm leves quedas por toda a curva antes de payroll, na contramão dos Treasuries dos EUA

update 10h27

Junto com exterior, Ibov avança na expectativa por dados de payroll; agora, Ibov sobe 0,24%, aos 128.788,67 pontos

update 10h27

Antes de payroll, índices futuros dos EUA operam em alta

  • Dow Jones futuro: +0,09%
  • S&P futuro: +0,64%
  • Nasdaq Futuro: +1,06%
update 10h26

Petroleiras juniores iniciam em baixa: PRIO3, -1,44% (R$ 42,53/ação); RECV3, -1,04% (R$ 22,32/ação) e RRRP3, -0,37% (R$ 26,61/ação)

update 10h26

Antes de payroll, dólar cai 0,12%, a R$ 4,909

update 10h23

Eletrobras começa no negativo: ELET3, -0,14% (R$ 41,54/ação) e ELET6, -0,26% (R$ 46,36/ação)

update 10h20

Bancos tradicionais no começo do pregão: em alta, SANB11, +0,62% (R$ 29,31/ação), ITUB4, +0,31% (R$ 32,76/ação) e BBDC4, +0,43% (R$ 15,37); em baixa, BBAS3, -0,10% (57,68)

update 10h19

Ibov avança enquanto mercado aguarda dados de payroll dos EUA

O Ibovespa opera em leve alta, aos 128.736,17 pontos, com +0,20%, na contramão do desempenho positivo registrado nos mercados internacionais, antes da divulgação de dados do mercado de trabalho americano. Sobem as ações de Petrobras (PETR4), dos grandes bancos, companhias aéreas, varejistas, empresas de papel/celulose, frigoríficas, siderúrgicas e empresas de telecom. Oscilam as empresas de educação, construtoras e petroleiras juniores. A produção industrial brasileira cresceu 1,1% em dezembro na comparação com o mês anterior, alcançando o quinto mês de alta e ganhando força ante o avanço de 0,7% (dado revisado para cima) observado em novembro. Em Wall Street, índices futuros dos EUA operavam em alta, com repercussão dos resultados de Meta, Apple e Amazon, enquanto investidores esperam a divulgação da variação da folha de pagamentos (payroll), que fornecerá mais detalhes sobre a temperatura do mercado de trabalho e, por consequência, da economia americana. (Felipe Alves)

update 10h15

VALE3 em baixa na abertura: -0,55% (R$ 67,07/ação)

update 10h13

GGBR4 e GOAU4 sobem bem após elevação de recomendação por banco: +2,91% (R$ 21,58/ação) e +2,64% (R$ 10,11/ação)

update 10h09

AZUL4, que também teve recomendação elevada por banco, também avança bem: +4,91% (R$ 13,09/ação)

update 10h07

YDUQ3, após elevação de recomendação de banco, sobe forte: +3,55% (R$ 19,81/ação)

update 10h06

GOAU4 abre forte: +2,44% (R$ 10,09/ação)

update 10h05

Petrobras começa sessão em alta: PETR3, +0,23% (R$ 46,03/ação) e PETR4, +0,31% (R$ 41,70/ação)

update 10h03

Operadoras de telefonia abrem em alta: VIVT3, +0,44% (R$ 52,65/ação) e TIMS3, +0,74 (R$ 17,80/ação)

update 10h00

Ibovespa abre, preliminarmente, estável, aos 128.475 pontos

update 9h59

Banco vê ajustes do CMN para CRI e CRA como positivos para os players que trabalham com esses ativos e estão listados no mercado de capitais

Para o Itaú BBA, no entanto, é difícil estimar quanto do atual saldo de produtos não está de acordo com o regulamento recentemente aprovado.

update 9h56

Moraes defende punição às big techs que induzirem voto e regulamentação das redes sociais

Presidente do STF disse que empresas de tecnologia faturam com desinformação, fake news e discursos de ódio.

update 9h55

Antes da abertura, Ibovespa futuro recua 0,03%, aos 128.765 pontos

update 9h50

Investidor estrangeiro retira R$ 1,029 bilhão da B3 em 31/01, quando Ibovespa subiu 0,28%

Em janeiro, o saldo líquido acumulado no mercado secundário ficou negativo em R$ 7,898 bilhões. A B3 não registrava saída do capital externo em janeiro desde 2020.

update 9h44

Dólar ronda estabilidade em linha com exterior antes de dados de emprego dos EUA

O dólar ronda a estabilidade, em linha com movimento internacional, conforme investidores trabalham em modo de espera antes de um importante relatório de emprego dos EUA. Agora, o dólar cai 0,01%, a R$ 4,915, enquanto o índice DXY recua 0,07%, aos 102,98 pontos. Na B3, o dólar futuro recua 0,05%, aos 4.921,00 pontos. “Quem irá ditar o ritmo da moeda durante o pregão será mesmo o ‘payroll'”, disse Guilherme Esquelbek, da Correparti Corretora, destacando o ambiente relativamente ameno nos mercados internacionais antes dos dados de emprego, depois de resultados corporativos positivos de algumas grandes empresas de tecnologia dos EUA. O relatório de criação de empregos fora do setor agrícola do Departamento do Trabalho dos EUA será divulgado às 10h30. Esses dados são acompanhados de perto pelo Fed e podem ajudar a balizar seus próximos passos de política monetária: leituras mais fortes jogam a favor de uma postura dura por mais tempo, enquanto surpresas para baixo poderiam resgatar as esperanças de um afrouxamento monetário mais cedo. (Com Reuters)

update 9h43

Dados sugerem que o dinamismo de crescimento da economia chinesa permaneceu estável no início de 2024

Segundo o Julius Baer, ainda persistem naquele país as pressões deflacionárias e a fraqueza no setor da habitação. Embora persistam os ventos contrários decorrentes das frágeis perspectivas econômicas e um potencial maior flexibilização monetária naquele país, as pressões externas decorrentes das elevadas taxas de juros dos EUA diminuíram, uma vez que se espera que a Fed inicie o seu ciclo de redução das taxas no segundo trimestre, afirma o banco.

update 9h42

ADRs PBRA e PBR da Petrobras avançam, respectivamente, 0,65%, a US$ 16,96, e +0,80%, a US$ 17,63 no pré-mercado

update 9h39

ADRs da Vale caem 0,58%, a US$ 13,64, no pré-mercado

update 9h31

Espera-se que o crescimento de veículo elétrico no Brasil continue em ritmo acelerado, apesar do recente aumento na tarifa de importação

O Itaú BBA, em encontro com executivos das montadoras chinesas BYD e GWM, avaliam é que elas poderiam atingir uma quota de mercado de pelo menos 5% em 2024. A ascensão dos veículos híbridos e totalmente elétricos tem pressionado os preços dos veículos com motor de combustão interna, principalmente no segmento SUV, relata o banco.

update 9h31

Tebet diz que governo vai recompor corte de R$ 5,6 bilhões em emendas parlamentares

Governo pode perder o “timing” se esperar o primeiro relatório bimestral do Orçamento, previsto para março, segundo a ministra.

update 9h24

Índice EWZ avança 0,33% na pré-abertura dos EUA

update 9h24

JSL (JSLG3): Banco eleva preço-alvo de R$ 13 para R$ 15/ação e reitera recomendação outperform

O Itaú BBA afirma que tem visão construtiva para a JSL (JSLG3), apoiada pela posição única da companhia como a melhor candidata para consolidar o considerável mercado logístico brasileiro, relacionamento de longo prazo com muitos clientes e modelo de negócios resiliente.

update 9h21

Volkswagen vai investir mais R$9 bi no Brasil entre 2026 e 2028

A Volkswagen anunciou nesta sexta-feira que vai investir 9 bilhões de reais no Brasil entre 2026 e 2028, recursos que se somarão a aportes de 7 bilhões previstos para entre 2022 e 2026 e que reforçarão plano de lançamentos de produtos e desenvolvimento de novos veículos, incluindo híbridos e elétricos. “A Volkswagen do Brasil lançará 16 novos veículos até 2028, incluindo modelos híbridos, 100% elétricos e flex”, afirmou a companhia em comunicado à imprensa. A empresa afirmou que o novo investimento envolve desenvolvimento e produção de “projetos inovadores e com foco em descarbonização” para as quatro fábricas da Volkswagen no Brasil. (Reuters)

update 9h16

DIs: juros futuros começam dia mistos e sem força

Taxa (%)Dia (%)Variação (pp)NegóciosMáximo (%)Mínimo (%)Ano (%)
DI1F259,925-0,05-0,0052699,9409,925-1,05
DI1F269,6150,050,0054729,6359,6100,05
DI1F279,745-0,05-0,0055879,7759,7400,26
DI1F2910,175-0,15-0,01543710,20010,1501,04
DI1F3110,420-0,10-0,01013810,44010,4201,56
DI1F3310,520-0,19-0,02011910,54010,5201,45
update 9h09

Raízen (RAIZ4) e BYD fecham acordo para avançar em recarga de veículos elétricos no Brasil

A Raízen e a montadora chinesa BYD vão construir “hubs” de recarga elétrica em oito capitais brasileiras, como parte de um projeto conjunto que visa impulsionar o mercado de veículos elétricos que vem ganhando tração no país, disseram as empresas à Reuters. O acordo prevê a instalação de 600 pontos de recarga rápida pelo país com a marca Shell Recharge nos próximos três anos, à medida que a Raízen busca ter 25% desse mercado. Os equipamentos somam juntos mais de 18 megawatts (MW) de potência instalada, e serão alimentados com energia de fontes renováveis fornecida pela Raízen Power, braço de energia elétrica do grupo. Receberão os pontos as cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Salvador (BA) e Belém (PA), escolhidas com base em previsões de crescimento do mercado e na quantidade de usuários que demandam mais recargas, como motoristas de aplicativos. As empresas não informaram o valor dos aportes envolvidos no projeto. (Reuters)

update 9h05

BR Partners (BRBI11) relatou resultados do 4T23 em linha

O Itaú BBA afirma que o lucro líquido do BR Partners (BRBI11) correspondeu aproximadamente às estimativas, mas com um forte faturamento impulsionado pela boa atividade dos clientes. A empresa apontou também no 4T23 uma forte recuperação nos volumes de serviços, principalmente fusões e aquisições, operações especiais e reestruturação, relata o banco. O BBA tem recomendação outperform para a BR Partners, com preço-alvo de R$ 18/ação.

update 9h03

Dólar comercial abre em queda de 0,06%, cotado a R$ 4,912 na compra e a R$ 4,913 na venda

update 9h02

Minicontratos: WDOH24 cai 0,10%, aos 4.924,00 pontos; WING24 cai 0,02%, aos 128.760 pontos

update 9h01

Dólar futuro abre em queda de 0,11%, cotado aos 4.924,00 pontos

update 9h01

Ibovespa futuro abre em queda de 0,01%, cotado aos 128.790 pontos

update 9h00

IBGE: produção industrial cresce 1,1% em dezembro; consenso Reuters previa +0,3%

Em dezembro de 2023, a produção industrial nacional cresceu 1,1% frente a novembro, na série com ajuste sazonal. Em relação a dezembro de 2022, a indústria avançou 1,0%, após quatro meses de crescimento nesta comparação: novembro (0,7%), outubro (0,2%), setembro (0,2%) e agosto (0,4%) de 2023. A média móvel trimestral em dezembro foi de 0,7%. Em 2023, a indústria acumulou variação de 0,2%, depois de acumular queda de 0,7% em 2022. No quarto trimestre de 2023, ante o mesmo período do ano anterior, a indústria acumulou alta de 1,1%.

update 8h58

Arena Trader: Day Trade ao vivo com Pam Semezzato, Aliakyn de Sá e Vasco Mamede

update 8h55

Dasa estuda venda de fatia ou controle, diz Bloomberg; analistas avaliam impacto para ação

Itaú BBA e Citi veem notícia como positiva para os ativos com desalavancagem financeira, mas destacam que há ampla gama de alternativas no radar, com diferentes implicações.

update 8h52

Confira o InfoMorning

update 8h52

Rentabilidade das siderúrgicas está sob pressão, mas a procura é fundamental para implementar aumentos de preços

O Itaú BBA, em encontro com presidente do Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço, relata que a rentabilidade das siderúrgicas tem sido pressionada pelos custos mais elevados dos fatores de produção, o que poderia levar a uma abordagem mais racional, levando a um aumento sincronizado dos preços em toda a indústria. No entanto, a entidade reconhece que a implementação bem-sucedida destes aumentos depende de uma melhoria da procura interna de aços planos.

update 8h49

Confira análise técnica da XP para o Ibovespa

O Ibov fechou em alta e com o IFR apontando para cima, mas para sinais mais fortes de tendência de alta seria importante superar a média de 21 dias e ter um maior volume negociado, segundo Gilberto Coelho, analista técnico da XP. Acima dos 130.000 teria projeções entre 132.000 e 134.300 no curto prazo Já uma perda dos 127.100 projetaria teste de suportes em 125.500 ou 123.000.

Ibovespa 02-02
Fonte: Relatório de análise técnica da XP

update 8h47

Itaú (ITUB4) emite R$ 1 bi em letras financeiras

São R$ 530 milhões com vencimento em fevereiro de 2034 e R$ 470 milhões com vencimento em fevereiro de 2039. As Letras Financeiras possuem opção de recompra a partir de 2029 e 2034, respectivamente, e se sujeitam à prévia autorização do Banco Central do Brasil. As Letras Financeiras contribuirão para Capital Nível 2 do Patrimônio de Referência da Companhia, com impacto estimado de 0,08 p.p no seu índice de capitalização Nível 2. Segundo o Itaú, as emissões têm como objetivo otimizar a estrutura de capital da companhia frente ao crescimento de seus ativos.

update 8h44

Dasa (DASA3): Sobre possível venda de ativos, banco diz ser cedo para avaliar sem os termos, condições e a natureza do negócio

O Citi, no entanto, vê uma possível operação de venda de ativos pela Dasa (DASA3) com potencial de melhorar a estrutura de capital da companhia. O banco tem recomendação neutra para a Dasa, com preço-alvo de R$ 10/ação.

update 8h44

CME/FedWatch: antes de payroll, 65% do mercado prevê manutenção dos juros em março

5,25%-5,50%5,00%-5,25%4,75%-5,00%4,50%-4,75%4,50%-4,25%4,25%-4%4%-3,75%3,50%-3,75%3,25%-3,50%
20/0365,5%34,5%
1º/058,5%61,5%30%
12/067,8%56,7%32,8%2,7%
31/070,4%10,2%55,6%31,3%2,5%
18/090,6%11,1%55,1%30,8%2,5%
7/110,3%5,2%28,4%44,3%19,9%1,9%
18/120,9%8,1%30,4%41,3%17,6%1,7%

 

update 8h40

XP: Oportunidades de swing trade para hoje, por Gilberto Coelho

C ou VAtivoGatilhoAlvoLossMotivoAlvo (%)Loss (%)Lim Entrada
CompraPSSA326,6028,9925,89MM218,98-2,6726,87

 

update 8h36

FMI projeta desaceleração do PIB da China para 4,6% em 2024 e ainda mais lento no médio prazo

O FMI projetou nesta sexta-feira que o crescimento econômico da China diminuirá para 4,6% em 2024 e arrefecerá ainda mais no médio prazo, com um crescimento de cerca de 3,5% projetado para 2028. A economia da China foi atingida pela fraqueza de seu setor imobiliário e pela demanda externa fraca, disse o FMI. A segunda maior economia do mundo tem lutado para manter uma recuperação forte e sustentável após a pandemia da Covid, sobrecarregada pela prolongada crise imobiliária, pela fraca confiança dos consumidores e das empresas, pelo aumento das dívidas dos governos locais e pelo fraco crescimento global. (Reuters)

update 8h35

Petrobras (PETR4): Estratégia de preços do diesel e da gasolina dentro de uma faixa determinada, quase semelhante à paridade internacional, é tangível

O Itaú BBA avalia que a proposta da empresa apresentada no ano passado para os preços dos combustíveis baseados no chamado “valor marginal”, é hoje um conceito concreto e quantificável para a Petrobras (PETR4). O banco tem recomendação market perform para a Petrobras, com preço-alvo de R$ 38/ação.

update 8h31

Banco Mundial oferecerá a países acesso a fundos de emergência de empréstimos existentes

O Banco Mundial informou Na quinta-feira que aprovou novas iniciativas para permitir que os países membros atingidos por desastres naturais e outros choques tenham acesso rápido a fundos de emergência de seus programas de empréstimo existentes para ajudá-los a responder a um mundo cada vez mais propenso a crises. Os aprimoramentos do Kit de Ferramentas de Preparação e Resposta a Crises do banco permitirão que os países recebam imediatamente até 10% dos fundos não desembolsados de um empréstimo de projeto existente ou de outro mecanismo para resposta emergencial. (Reuters)

update 8h26

Dólar caminha para 1° recuo semanal de 2024

O índice do dólar caminha para sua primeira queda semanal deste ano, prejudicado pelos rendimentos mais baixos dos Treasuries devido ao nervosismo do setor bancário, com os operadores aguardando dados de empregos dos Estados Unidos que serão divulgados nesta sexta-feira, para obter pistas sobre quando o Fed poderá começar cortar juros. O índice do dólar DXY deve registrar baixa semanal de 0,5%, sua primeira semana de perdas em 2024 e sua maior perda semanal desde meados de dezembro. “O dólar sofreu ontem, já que os rendimentos dos Treasuries continuaram a cair, com as notícias do New York Community Bancorp de quarta-feira continuando a minar a confiança dos investidores, conforme os riscos de imóveis comerciais recebem maior atenção”, disseram analistas do MUFG em uma nota. (Reuters)

update 8h25

Bitcoin retoma US$ 43 mil em meio a temor com bancos regionais dos EUA

Principais altcoins também operam em alta nesta sexta.

update 8h24

Minidólar (WDOH24) segue com suporte na faixa dos 4,921 pontos na mira nesta sexta

Confira o que esperar para o minidólar (WDOH24) nesta sexta-feira (2).

update 8h23

Criação de vagas nos EUA deve ter desacelerado em janeiro

A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos provavelmente desacelerou levemente em janeiro, uma vez que uma economia resiliente e a produtividade forte dos trabalhadores incentivaram a maioria das empresas a manter seus funcionários, uma tendência que pode fazer com que a expansão econômica seja mantida este ano. O relatório de emprego do Departamento do Trabalho, que será acompanhado de perto nesta sexta-feira, pode diminuir ainda mais as expectativas do mercado financeiro de um corte na taxa de juros em março, com a previsão de que o crescimento anual dos salários tenha mantido seu ritmo sólido no mês passado. (Reuters)

update 8h22

NTCO3: Banco afirma que confia na capacidade de a companhia desbloquear valor

O Itaú BBA atualizou estimativas da Natura (NTCO3) após a venda do The Body Shop e particularmente vê potencial de melhoria na rentabilidade da marca Avon na América Latina. O banco mantém recomendação outperform para a Natura, com preço-alvo de R$ 21/ação.

update 8h20

EUA: rendimentos dos Treasuries sobem antes de payroll

  • Treasuries: T-note de 10 anos a 3,882% (+0,019)
  • Treasuries: T-note de 2 anos a 4,233% (+0,039)
update 8h19

Mini-índice (WING24) pode ter continuidade de alta nesta sexta, com resistência nos 129 a 129,8 mil no foco

Confira o que esperar para o mini-índice nesta sexta-feira (2).

update 8h16

Dasa (DASA3): Para banco, muitos players podem estar interessando nos ativos da empresa

O Itaú BBA, avaliando possível venda de ativos da Dasa (DASA3), conforme noticiado, vê como positivo para a empresa, podendo fazer a alavancagem financeira da companhia, que é uma preocupação do mercado. Se uma venda parcial for de fato realizada para a Rede D’Or (RDOR3), como o noticiário indica, a estratégia faria sentido, mas precisa saber os números da transação, relata o banco. O BBA tem recomendação market perform para a Dasa, com preço-alvo de R$ 15/ação.

update 8h16

Índice EWZ sobe 0,51% na pré-abertura dos EUA

update 8h15

Petrobras (PETR4) anuncia data de divulgação de resultados do 4º tri de 2023

Relatório de produção será divulgado em 8 de fevereiro e resultados financeiros em 7 de março, com tele dia 8.

update 8h12

Gerdau (GGBR4) conclui venda da Metaldom

A Gerdau (GGBR4) concluiu a venda, para o Grupo INICIA, da participação societária de 50,00% na joint-venture Gerdau Metaldom Corp. (e subsidiárias). Em relação à venda da participação societária de 49,85% da joint-venture Diaco (e subsidiárias), a companhia reiterou sua estimava que o fechamento da transação deverá ocorrer dentro do primeiro semestre de 2024, quando do cumprimento de condições precedentes usuais em operações desta natureza, especialmente a aprovação pela autoridade de defesa da concorrência na Colômbia.

update 8h11

Índice Dólar DXY cai 0,08%, aos 102,96 pontos

update 8h10

Governo busca dados sobre suposto vazamento de navio petroleiro na Margem Equatorial

De acordo com o Instituto Arayara, uma ONG ambiental, um provável vazamento de petróleo teria ocorrido na costa amazônica por parte de uma embarcação do Panamá.

update 8h09

Inflação acelera em três das sete capitais do IPC-S

O IPC-S da quarta quadrissemana de janeiro de 2024 subiu 0,61% e acumula alta de 3,36% nos últimos 12 meses. Três das sete capitais pesquisadas registraram acréscimo em suas taxas de variação.

update 8h08

Barris de petróleo avançam e minério de ferro cai 2,3%

Os preços do petróleo operam com alta, enquanto traders digerem a decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e alidos (OPEP+) de manter a sua política de produção de petróleo. As cotações do minério de ferro na China fecharam em baixa, alcançando o nível mais baixo em duas semanas, já que persistem preocupações com a recuperação do setor imobiliário no principal consumidor da China. O minério de ferro de referência de março na Bolsa de Cingapura caiu 3,47%, para US$ 126,45 a tonelada.

  • Petróleo WTI, +0,50%, a US$ 74,19 o barril
  • Petróleo Brent, +0,51%, a US$ 79,10 o barril
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve queda de 2,23%, a 941,00 iuanes, o equivalente a US$ 132,46
update 8h06

Bolsas da Europa avançam junto com EUA

Os mercados europeus operam no azul nesta sexta-feira, encerrando uma semana movimentada de resultados corporativos e decisões de importantes bancos centrais. O Banco da Inglaterra manteve na véspera as taxas de juros ​​com uma votação inesperadamente dividida que destacou as perspectivas complicadas para os integrantes da autoridade monetária à medida que a inflação se aproxima da meta.

  • FTSE 100 (Reino Unido): +0,26%
  • DAX (Alemanha): +0,81%
  • CAC 40 (França): +0,57%
  • FTSE MIB (Itália): +0,54%
  • STOXX 600: +0,61%
update 8h06

Mercados da Ásia encerram sexta-feira mistos

Os mercados asiáticos fecharam fecharam sem direção única nesta sexta-feira, com algumas delas avançando após a recuperação de Wall Street e as chinesas estendendo perdas recentes. Liderando ganhos na Ásia, o índice sul-coreano Kospi saltou 2,87% em Seul, a 2.615,31 pontos, em meio ao forte desempenho de ações do setor automotivo e de internet, enquanto o japonês Nikkei subiu 0,41% em Tóquio

  • Nikkei (Japão): +0,41%
  • Hang Seng Index (Hong Kong): -0,21%
  • Kospi (Coreia do Sul): +2,87%
  • ASX 200 (Austrália): +1,47%
update 8h05

Bolsas dos EUA avançam após resultados de Meta, Amazon e Apple superarem expectativas

Os índices futuros dos EUA também repercutem os resultados de Meta, Apple e Amazon. Na negociação estendida, as ações da Meta saltaram 15% depois que o gigante da mídia social superou as expectativas dos analistas. A controladora do Facebook também anunciou que pagará dividendos trimestrais pela primeira vez e autorizou um programa de recompra de ações de US$ 50 bilhões. As ações da Amazon subiram 7%. No entanto, a Apple caiu 3% depois que a empresa registrou um declínio nas vendas na China durante o primeiro trimestre fiscal. Será apresentado, ainda, o índice de confiança da Universidade de Michigan, com projeção do consenso LSEG de 78,8.

  • Dow Jones Futuro: +0,01%
  • S&P 500 Futuro: +0,55%
  • Nasdaq Futuro: +1,03%
update 8h04

Abertura de mercados

Os mercados mundiais amanheceram majoritariamente em alta nesta sexta-feira (2), com investidores à espera da divulgação da variação da folha de pagamentos (payroll) dos EUA, que fornecerá mais detalhes sobre a temperatura do mercado de trabalho e, por consequência, da economia americana. Por aqui, sai a produção industrial de dezembro, com consenso LSEG prevendo alta mensal de 0,3% e de 0,1% na base anual. Já o presidente Lula anunciará nesta sexta-feira (2) a obra do Túnel Santos-Guarujá.

update 8h03

IPC-Fipe acelera para 0,46% em janeiro, mais que o esperado

No período de 12 meses até janeiro, o IPC-Fipe acumulou inflação de 2,98%, abaixo dos 3,15% de 2023; três dos sete componentes do IPC-Fipe ganharam força no período, com destaque para Transportes.

update 7h54

Confira as maiores altas, baixas e ações mais negociadas na quinta

Maiores altas

EmpresaTickerDia (%)NegóciosCotação (R$)Semana (%)Ano (%)
GPAPCAR36,9159844,180,972,96
CVCCVCB35,15149273,06-0,33-12,57
CarrefourCRFB33,361628910,760,47-13,57
PetrobrasPETR42,778738441,574,0311,63
BRFBRFS32,721667814,33-1,923,77
Banco do BrasilBBAS32,292950057,741,354,24
DexcoDXCO32,0764237,91,15-2,11

Maiores baixas

EmpresaTickerDia (%)NegóciosCotação (R$)Semana (%)Mês/ano (%)
Casas BahiaBHIA3-2,9263317,66-11,95-32,69
3RRRRP3-2,451971826,71-7,101,64
MarfrigMRFG3-2,23137959,2-5,54-5,15
AlpargatasALPA4-2,10128368,4-3,11-17,00
BradesparBRAP4-1,971801022,34-3,79-12,94
São MartinhoSMTO3-1,84828427,67-1,88-5,60
PRIOPRIO3-1,783017543,15-5,56-6,30

Mais negociadas

EmpresaTickerDia (%)NegóciosCotação (R$)Semana (%)Ano (%)
PetrobrasPETR42,778738441,574,0311,63
ValeVALE3-0,464691767,45-2,95-12,63
ItaúITUB4-0,234512632,69-0,32-3,68
MagaluMGLU3-1,29352652,06-0,34-4,03
B3B3SA31,533338713,290,53-8,08
AmbevABEV3-0,083325813,07-0,98-4,81
BradescoBBDC4-0,203125815,32-1,29-10,27

 

update 7h52

Dólar caiu a R$ 4,91, nesta quinta, na esteira da baixa dos rendimentos dos Treasuries

update 7h50

Juros futuros caem quinta com dados do mercado de trabalho e receio com bancos regionais nos EUA

No fim da tarde a taxa do DI para janeiro de 2025 estava em 9,94%, ante 9,96% do ajuste anterior. Confira os fechamentos:

AtivoVariaçãoNegóciosÚltima taxaVariação (pts)Fechamento AnteriorSemana (%)Mês (%)Semana (%)Mês (%)
DI1F25-0,55152649,930-0,0559,985-0,30-0,55-0,30-0,55
DI1F26-0,52317299,610-0,0509,660-0,16-0,52-0,16-0,52
DI1F27-0,41294669,750-0,0409,790-0,41-0,41-0,41-0,41
DI1F28-0,451016010,010-0,04510,055-0,45-0,45-0,45-0,45
DI1F29-0,443233710,190-0,04510,235-0,44-0,44-0,44-0,44
DI1F31-0,38920810,430-0,04010,470-0,57-0,38-0,57-0,38
DI1F33-0,28594810,540-0,03010,570-0,47-0,28-0,47-0,28
update 7h45

Ibovespa subiu 0,57%, indo aos 128.481 pontos, nesta quinta

O Ibovespa começou fevereiro em alta, puxado pelos ganhos das ações da Petrobras, de +2,77%, e seguindo o desempenho positivo em Wall Street, após uma “superquarta” que não forneceu grandes clarezas sobre a trajetória de juros. O Ibovespa oscilou entre a mínima de 127.283 pontos e a máxima de 128.388 pontos durante a sessão. O volume financeiro somava R$ 21,8 bilhões antes dos ajustes finais. (Com Reuters)

Acompanhe diariamente a cobertura sobre bolsa, dólar e juros a partir das 8 horas.

Sugestões, dúvidas e críticas entre em contato com o editor de Mercados Ao Vivo do InfoMoney: rodrigo.petry@infomoney.com.br.

IM Trader: notícias, análises, vídeos, podcasts e guias no novo canal do InfoMoney sobre Mercados.

Compartilhe