Governo busca dados sobre suposto vazamento de navio petroleiro na Margem Equatorial

De acordo com o Instituto Arayara, uma ONG ambiental, um provável vazamento de petróleo teria ocorrido na costa amazônica por parte de uma embarcação do Panamá

Reuters

Publicidade

BRASÍLIA (Reuters) – O governo brasileiro está buscando informações sobre um suposto vazamento de óleo na Margem Equatorial que teria ocorrido em setembro do ano passado em águas internacionais, e teria partido de um navio petroleiro, disse o secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente, João Paulo Capobianco, na quinta-feira.

Segundo o secretário, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) está verificando dados de satélites e informações com a Marinha para tentar identificar quais navios passaram pelo local no período apontado.

De acordo com o Instituto Arayara, uma ONG ambiental, um provável vazamento de petróleo teria ocorrido na costa amazônica por parte de uma embarcação do Panamá.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A mancha do provável vazamento é estimada em quase 170 quilômetros quadrados, o que equivale a cerca de 24 mil campos de futebol, disse a ONG.