Cogna (COGN3): ação lidera baixas do Ibovespa ao cair 10% após banco recomendar venda

A análise, por sua vez, passou a recomendar Yduqs como compra

Camille Bocanegra

Publicidade

Em revisão de sua cobertura do setor educacional, o BTG Pactual alterou suas recomendações para Yduqs (YDUQ3) e Cogna (COGN3), levando a uma reação das ações. Os papéis COGN3 chegaram a cair mais de 10% e fecharam o dia com queda de 6,94%, a R$ 2,68, liderando as perdas do Ibovespa após terem a recomendação cortada de neutra para venda; já YDUQ3 chegou a subir 4,5% na máxima do dia após ser elevada de neutra para compra, mas fechou com queda de 3,35% junto com o mercado.

O preço-alvo da Cogna também foi reduzido pelo banco, passando de R$ 3,40 para R$ 2,60. O corte considerou o valuation “esticado”, uma vez que a companhia negocia a 17,3 vezes a relação entre seu preço sobre lucro (P/L) e 6,1 vezes a relação entre valor da empresa (EV, na sigla em inglês) sobre o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda , na sigla em inglês).

Além disso, o banco considera que o momento da companhia sugere resultados mais fracos, além de riscos de surpresas negativas para as estimativas que o mercado tem para a Cogna. Parte da explicação é que a base de alunos do ensino superior, no geral, deve desacelerar.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Com crescimento constante de 2% a 3% ao ano pelos últimos 10 anos, a indústria privada deve manter-se acima da média mas apresentar crescimento menos robusto. A expansão de cursos EaD (ensino a distância) deve garantir também um crescimento mais robusto, de mais de 6% na comparação anual.

A Yduqs, por sua vez, além de passar a ter recomendação de compra, teve o preço-alvo elevado de R$ 26 para R$ 28. A análise considera que o nome apresenta um bom ponto de entrada, considerando a queda de cerca de 10% no último mês. Na cotação atual, a empresa apresenta múltiplos de 5 vezes o valor da empresa (EV, na sigla em inglês) sobre o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA, na sigla em inglês) e 10,5 vezes o preço sobre o lucro (P/L).

A companhia oferece, no momento, combinação de sólido momento de resultados, exposição a mercados mais resilientes, com 31% do Ebitda em cursos premium, estrutura de capital menos onerosa, em cerca de duas vezes a dívida líquida sobre o Ebitda e garante boas perspectivas de geração de fluxo de caixa livre. O BTG reforçou que a Yduqs apresenta a maior liquidez de ações dentre os nomes presentes na cobertura, em cerca de R$ 75 milhões de volume médio diário.

Continua depois da publicidade

A Ânima (ANIM3), por sua vez, foi considerada top pick do setor. Segundo os analistas, a empresa está no caminho certo para cumprir os seus covenants de dívida, além de estar negociando com desconto em relação aos pares. A ação permaneceu com recomendação de “compra “e o preço-alvo subiu de R$ 6 para R$ 7.