Glossário: Termos com a letra I

arrow_forwardMais sobre

IBC-Br

É o Índice de Atividade Econômica do Banco Central. Por ser divulgado mensalmente, o mercado considera o IBC-Br um índice que antecipa o resultado do PIB (Produto Interno Bruto), anunciado a cada três meses pelo IBGE.

Ibovespa

É o principal índice da bolsa paulista, que exprime a variação média diária das negociações da Bolsa de Valores de São Paulo. O Ibovespa foi implementado em 1968 e é formado atualmente por uma carteira teórica de 63 ações, que são escolhidas pela participação das ações no mercado e pela liquidez. A participação de cada ação na carteira tem relação direta com a representatividade desse título no mercado à vista – em termos de número de negócios e volume financeiro -, sem levar em consideração seu valor de mercado. Com isso, os setores que têm empresas como ações mais líquidas (como telecomunicações) possuem maior participação no índice. Para conhecer as ações que compõe o Ibovespa, clique aqui.

IBX-100 – Índice Brasil

Índice que mede o retorno de uma carteira hipotética composta por 100 das ações mais negociadas em termos de número de negócios e volume financeiro do Bovespa. A carteira teórica do índice tem vigência de quatro meses, valendo para os períodos de janeiro a abril, maio a agosto e setembro a dezembro. A ponderação é realizada de acordo com o valor de mercado das empresas, excluindo a parcela que está em mãos dos controladores. Desta forma, este índice se diferencia do Ibovespa, pois reflete critérios de capitalização de mercado e free float, enquanto o Ibovespa se baseia somente em critérios de liquidez. Para conhecer a composição do IBX, clique aqui.

IBX-50 – Índice Brasil

Índice, ponderado por critérios de valor de mercado e free float, que exprime a variação média diária de uma carteira de 50 ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo. O IBX-50 tem as mesmas características do IBX-100, mas apresenta a vantagem operacional de ser mais facilmente reproduzido pelo mercado. O IBX-50 foi criado em 2002 com o intuito de oferecer uma alternativa ao Ibovespa, que é ponderado somente pelo critério de liquidez.

ICV Dieese

Índice de preços que busca apurar a evolução mensal do custo de uma cesta básica de produtos consumida por uma família padrão no município de São Paulo. O índice é elaborado para três estratos distintos.

IDHU – Índice de desenvolvimento humano

Indicador composto de qualidade de vida, desenvolvido pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) baseado no tripé renda, saúde e educação. A renda é medida pelo PIB real per capita, a saúde pela expectativa de vida e a educação pelas taxas de alfabetização de adultos e de matrículas no ensino fundamental, médio e de terceiro grau combinadas.

IDU (Interest Due and Unpaid)

Título de dívida externa que foi emitido em 1991 como parte da renegociação da moratória decretada no governo Sarney. Tecnicamente não era um Brady Bond, já que foi emitido antes das negociações que resultaram no Plano Brady em 1994. Com vencimento em 2001, teve prazo de carência de três anos e pagava juros semestrais de Libor de 6 meses mais 0,8125%. O IDU não tinha garantia de principal ou juros e foi um dos ativos da dívida externa brasileira mais negociados.

IEE – Índice de Energia Elétrica

Índice que representa uma medida do comportamento agregado do segmento das companhias de energia elétrica listadas na BOVESPA. Sua composição é definida de forma a torná-lo um indicador representativo da tendência dos preços das ações deste setor. Para conhecer a composição do IEE clique aqui.

IGC – Índice de Governança Corporativa

O IGC – Índice de Ações com Governança Corporativa Diferenciada foi criado pela Bovespa com o objetivo de avaliar o desempenho de uma carteira teórica composta por ações de empresas que apresentem níveis de governança corporativa diferenciada. Para terem ações incluídas no índice, as empresas devem ser negociadas no Novo Mercado ou terem classificação nos Níveis 1 ou 2 da Bovespa. Os papéis que fazem parte da carteira do IGC são ponderados pela multiplicação de seu respectivo valor de mercado, considerando somente as ações disponíveis para negociação, ou free-float, por um fator de governança. Esse fator será igual a 2 para os papéis do Novo Mercado; 1,5 para os papéis do Nível 2; e 1 para os títulos do Nível 1. A participação de uma empresa, considerando todos os seus papéis no IGC, não poderá ser superior a 20% quando de sua inclusão ou nas reavaliações periódicas, que são realizadas no final dos meses de abril, agosto e setembro.

IGP-DI – Índice Geral de Preços (Disponibilidade Interna)

O IGP-DI (Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna) é divulgado mensalmente pela Fundação Getúlio Vargas. Esse índice mede a evolução geral de preços na economia, criando assim uma medida da inflação nacional.
O IGP-DI é composto pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC – peso de 30%), Índice de Preços no Atacado (IPA – peso de 60%) e Índice Nacional de Construção Civil (INCC – peso de 10%). O período de coleta de preços para o índice é o mês cheio, ou seja, do primeiro ao último dia do mês.

IGP-M – Índice Geral de Preços (Mercado)

O IGP-M é divulgado mensalmente pela Fundação Getúlio Vargas. Esse índice, bastante utilizado pelo mercado, mede a evolução geral de preços na economia, criando assim uma medida da inflação nacional.
O IGP-M é composto pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC – peso de 30%), Índice de Preços no Atacado (IPA – peso de 60%) e Índice Nacional de Construção Civil (INCC – peso de 10%). O período de coleta de preços para o índice se dá entre o dia 21 do mês anterior e o dia 20 do mês de referência.

Importância Segurada

Valor monetário atribuído ao patrimônio ou às expectativas de prejuízo para as quais o segurado deseja obter cobertura de seguro, também pode ser determinado como o limite da responsabilidade da seguradora que não deve ser superior ao valor do bem.

Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS)

Tributo instituído pelos Estados da Federação e que está embutido no preço de diversos produtos e serviços. Por exemplo, no Estado de São Paulo, na maior parte dos casos, o ICMS corresponde a um percentual de 18%, mas para certos alimentos básicos cai para 7% e para produtos considerados supérfluos, como cigarros, cosméticos e perfumes, o percentual atinge 25%. O tributo incide sobre a diferença do total de vendas e compras realizadas pela empresa.

Imposto sobre Operações Financeiras (IOF)

Inadimplência

Ocorre quando alguém deixa de pagar uma dívida ou um compromisso financeiro assumido. Exemplo: quem toma um empréstimo no banco ou aluga um imóvel e não paga as parcelas conforme combinado.

Incentivos fiscais

Situação em que o governo renuncia parte dos tributos arrecadados em troca de investimentos em áreas que o governo pretende estimular. Esses incentivos podem beneficiar o contribuinte diretamente (quando ele mesmo paga menos tributos), ou indiretamente (quando ocorre através da redução no preço de venda de alguns bens e serviços que ele consome).

Incorporadora

Empresa responsável por planejar, obter as licenças e desenvolver um empreendimento imobiliário. Nem sempre a incorporadora constrói esses imóveis – muitas vezes, a parte da obra é terceirizada para uma construtora. O mesmo ocorre com a área de vendas dos imóveis, que geralmente é de responsabilidade de uma imobiliária.

Incubadora de Empresas

Agente facilitador que estabelece mecanismos de criação e desenvolvimento de micro e pequenas empresas industriais ou de prestação de serviços, através da formação complementar do empreendedor em seus aspectos técnicos e gerenciais.

Indenização

Termo que determina a reparação de um dano sofrido pelo segurado. Sempre que os danos atingem ou ultrapassam 75% do valor segurado, ou quando o bem desaparece completamente, ou se torna definitivamente impróprio para o fim a que se destinava, a indenização é tida como integral.

Indexador

Termo usado para se referir ao índice utilizado para atualização monetária de um determinado valor. Dentre os indexadores mais usados no país estão os índices de inflação, como o IGP-M, o IPCA e o IPC-FIPE.

Indicadores

Informações numéricas que servem para relacionar as entradas (matéria prima e recursos em geral) e saídas (produtos), assim como o desempenho dos processos de uma empresa.

Indicadores de Atividade

Os indicadores de atividade são usados na análise financeira de uma empresa e servem para medir a rapidez com que várias contas são convertidas em vendas ou caixa. Entre os indicadores mais utilizados estão: giro de estoques, giro de caixa e período médio de cobrança.

Indicadores de Estrutura de Capital

Esses indicadores são usados em análise financeira e permitem analisar a posição de endividamento e capacidade de uma empresa em gerar caixa suficiente para o pagamento de juros e principal de suas dívidas. Entre os indicadores mais utilizados estão os indicadores de endividamento, de retenção de lucro, etc.

Indicadores de Liquidez

Os indicadores de liquidez calculam a capacidade da empresa em gerar um fluxo de caixa suficiente para cobrir suas despesas de curto e longo prazo. Os principais indicadores de liquidez são capital circulante, índice de liquidez corrente, liquidez seca e liquidez geral.

Indicadores de Rentabilidade

Usados na análise financeira de empresas, estes indicadores permitem avaliar os lucros da empresa em relação a um dado nível de vendas, de ativos e de capital investido. Dentre os indicadores mais usados estão: retorno sobre patrimônio líquido, retorno sobre ativos e retorno sobre vendas (ou margem líquida).

Indice da Basiléia

Tata-se de um indicador de solvência das instituições financeiras, definido como a relação percentual do Patrimônio Líquido (PL) sobre os ativos ponderados pelos respectivos fatores de risco. É uma proxy para a resistência da instituição a choques. No Brasil, o Banco Central estabeleceu uma razão mínima de 11% para o indicador.

Indice de Eficiência

É um indicador que busca medir o desempenho operacional de uma instituição financeira. Não há uma padronização contábil específica para o índice de eficiência, de modo que comparações diretas entre dados de empresas diferentes precisam ser vistas com cuidado. Basicamente, o indicador é definido como a divisão da soma das despesas de pessoal e administrativas pela soma das receitas com intermediação financeira e serviços.

Indice de Força Relativa (IFR)

O Índice de Força Relativa (IFR) é um dos indicadores técnicos mais utilizados na análise de ações de uma empresa. O IFR varia de 0 a 100 e é usualmente calculado com os dados dos últimos 14 dias úteis. Poderá ser um bom ponto de compra de uma ação, quando o IFR estiver aumentando em relação ao dia anterior, principalmente se seu valor for menor do que 30. Da mesma forma, poderá ser um bom ponto de venda de uma ação, quando o IFR estiver diminuindo em relação ao dia anterior, principalmente se seu valor for maior do que 70. O IFR é calculado como: IFR = 100*altas/(altas + baixas), onde:
altas = média das últimas N altas
baixas = média das últimas N baixas.

Industrial Production

O Federal Reserve divulga mensalmente relatório contendo informações sobre a produção industrial nos EUA, contando inclusive com a indústria mineradora. Os analistas, em geral, utilizam os dados desse relatório para traçar as estimativas para o desempenho da economia e da inflação nos próximos meses.
Isso porque se uma indústria estiver operando em plena capacidade, no curto prazo, seria difícil elevar a produção. Desse modo, se a demanda for maior do que a oferta, o produtor pode elevar suas margens de lucro, sem causar danos as vendas, impulsionando a inflação.

Initial Claims

O Departamento de Trabalho dos EUA calcula semanalmente o volume de pedidos de auxílio-desemprego requeridos pelos norte-americanos, que serve como parâmetro das condições do mercado de trabalho local.
Além disso, esse índice é bastante acompanhado pelos analistas, visto que pedidos acima da barreira dos 400 mil geralmente sinalizam uma deterioração das condições do mercado de trabalho.

INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor

Divulgado aproximadamente no 8o dia útil de cada mês, o INPC é calculado pelo IBGE e tem como objetivo acompanhar a variação de preços de um conjunto de produtos e serviços definidos. O público-alvo do índice é formado por famílias, com rendimento mensal entre 1 e 8 salários mínimos, cujo chefe seja assalariado em sua ocupação principal. A pesquisa de preços é feita nas principais regiões metropolitanas do país, entre o primeiro e último dia de cada mês.

Insider trader

É uma pessoa que tem informação privilegiada sobre empresas com ações negociadas em bolsa e usa essa vantagem ilegalmente para ganhar dinheiro no mercado em detrimento de outros investidores.

Insolvência

Uma empresa é decretada tecnicamente insolvente pelos seus credores quando não consegue arcar com o pagamento das suas contas ou dívidas nos prazos estabelecidos. Na maioria dos casos, a insolvência técnica precede a falência de uma empresa.

INSS

Sigla que denomina o Instituto Nacional do Seguro Social. O INSS é uma instituição filiada à Previdência Social, com a finalidade de promover a arrecadação, a fiscalização e a cobrança das contribuições sociais, gerir os recursos do Fundo de Previdência e Assistência Social (FPAS) e, conceder e manter os benefícios previdenciários.

Inteligência Competitiva

É o resultado da análise de informações e dados coletados, que irá embasar decisões. É feita aqui a distinção entre “dado” (valor sem significado), “informação” (dado com significado) e “conhecimento” (informação estruturada e contextualizada). O conceito de inteligência competitiva é ilustrado como sendo uma “pirâmide” com três camadas: fontes, análise e sistema de inteligência.

Interstício

Corresponde ao intervalo necessário entre atos de procedimento legislativo, sendo contado pelo número de sessões ordinárias ou pelo número de dias úteis, conforme determinação do regimento interno de cada casa do Congresso

Intraday

Intraday é o período observado desde a abertura até o fechamento do pregão em Bolsa de Valores. Operações intraday são aquelas que são concluídas no mesmo pregão, ou seja, o trader não possuirá o ativo negociado em sua custódia ao final do pregão, mesmo tendo negociado (compra e venda na mesma quantoidade) durante o funcionamento do mesmo.

Intranet

Termo que vem do inglês e denomina a rede de comunicações interna de uma empresa, que possibilita a integração das tecnologias e oferece aos seus usuários benefícios imediatos, tais como melhoria da comunicação entre empregados, gestão mais eficaz das competências, distribuição e utilização de aplicações etc.

Investidor de Risco

Ver capitalista.

Investidor qualificado

Classe de investidor institucional, ou profissional, que já está familiarizado com as operações de investimento realizadas no mercado financeiro e de capitais. A CVM editou regulamentação estabelecendo os critérios de definição deste tipo de investidor, dentre os exemplos deste tipo de investidor podemos citar: fundações, seguradoras, administradores de recursos, etc.

Investimento

Emprego da poupança em atividade produtiva, com o objetivo de auferir ganhos a médio ou longo prazo. É utilizado, também, para designar a aplicação de recursos em algum tipo de ativo financeiro.

Investimento Médio em Estoque

O estoque de uma empresa pode ser visto como um investimento, uma vez que exige que a empresa aplique parte do seu dinheiro na sua aquisição. Assim, o investimento médio em estoque é o valor médio que a empresa mantém aplicado em seu estoque, sendo que este valor é calculado como sendo função do custo de mercadorias vendidas e o giro de estoque da empresa.

Investment grade

Termo em inglês para qualificar empresas ou governos com boa capacidade de pagamento, aqueles com “grau de investimento”.

IPC – Índice de Preços ao Consumidor

Divulgado na 1a ou 2a semana do mês, o IPC pé calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) todos os meses. A pesquisa de preços é feita na cidade de São Paulo, entre pessoas que ganham de 2 a 6 salários mínimos. A coleta dos dados vai do primeiro ao último dia de cada mês

IPC México

Índice que exprime a variação média diária de uma carteira teórica negociada na Bolsa Mexicana de Valores. O IPC é formado por uma carteira de 35 ações, escolhidas pela participação das ações no mercado e pela liquidez.

IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Amplo

Divulgado aproximadamente no 8o dia útil do mês, o IPCA é utilizado pelo Banco Central do Brasil para o acompanhamento dos objetivos estabelecidos no sistema de metas de inflação. É um índice mensal, divulgado pelo IBGE, que acompanha a variação de preços de uma cesta de produtos e serviços. O público alvo do índice é a população com faixa de renda entre 1 e 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte dessa renda, nas principais regiões metropolitanas do país. A pesquisa de preços é feita entre o primeiro e último dia de cada mês

IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados

Trata-se do imposto devido pelas empresas que industrializam seu próprio produto, sendo que as alíquotas variam de acordo com cada tipo de produtos e são definidas na Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados – TIPI.

IPO – Initial Public Offering

Termo em inglês que significa oferta inicial de ações, que define o mecanismo através do qual uma empresa abre o seu capital e passa a ser listada na Bolsa de Valores. A cotação da ação da empresa na sua oferta inicial é conhecida como IPO Price e é definida com base na avaliação do patrimônio da empresa por especialistas de mercado. Em geral se aplica um desconto (IPO discount) sobre a avaliação do patrimônio da empresa para aumentar o interesse pela oferta inicial.

IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano

O IPTU é um imposto municipal devido por todos os proprietários de imóveis ou terrenos dentro do território urbano. A alíquota do imposto varia de acordo com o valor venal do imóvel em questão, além de refletir também a política de tributação de cada município.

IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores

É um imposto que deve ser pago anualmente pelos proprietários de veículos automotores. O seu cálculo é feito com base no valor venal do veículo, cuja alíquota é estipulada de acordo com cada estado.

IR – Imposto sobre a Renda

Sigla para Imposto sobre a Renda. É um imposto cobrado diretamente sobre a renda de pessoas físicas ou jurídicas. No caso das pessoas físicas, quanto maior a renda maior a taxa do imposto incidente. Para as empresas, ou pessoas jurídicas, o percentual do imposto de renda depende do tipo da empresa e do regime de tributação que ela está enquadrada.

IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física

Imposto devido pelas pessoas que tiveram durante o ano uma renda superior ao teto estabelecido pela Receita Federal. A declaração deve ser feita anualmente à Secretaria da Receita Federal através de formulário, telefone, disquete ou internet.

IRPJ – Imposto de Renda Pessoa Jurídica

Imposto devido por todas as empresas, de acordo com a receita auferida, respeitando o regime de tributação do imposto a que ela se enquadra (ex. Simples, lucro presumido ou lucro real).

IRRF – Imposto de Renda Retido na Fonte

É o imposto que é retido direto pela fonte pagadora. O imposto pode ser descontado diretamente do seu salário, da sua pensão alimentícia, sempre respeitando os limites de isenção do imposto estabelecidos por lei.

ISM Index

A Associação de Executivos de Compras dos EUA divulga mensalmente o índice ISM (Institute for Supply Management), anteriormente conhecido como NAPM Index, responsável pela mensuração do nível de atividade industrial nos EUA.
Esse índice avalia o número de pedidos, produção, emprego e números de entregas e estoques nas indústrias norte-americanas e é bastante acompanhado pelos analistas.

ISM Index Services

A Associação de Executivos de Compras dos EUA divulga mensalmente o índice ISM Services (Institute for Supply Management), anteriormente conhecido como NAPM Services Index, responsável pela mensuração do nível de atividade não-industrial, com foco no setor de serviços, nos EUA.
Esse índice leva em consideração a atividade nos negócios, novos pedidos, pedidos de exportação, importação, preço, emprego e número de entregas de fornecedores.

ISO 9000:2000

Designação do conjunto de normas internacionais sobre gerência e garantia da qualidade, que inclui três padrões: ISO 9000:2000, ISO 9001:2000, and ISO 9004:2000.

ISS – Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza

O ISS é pago por todas as empresas e trabalhadores autônomos que prestam serviços. A alíquota varia de acordo com a atividade da empresa e município em que a empresa (ou trabalhador) está instalada.