Glossário: Termos com a letra B

arrow_forwardMais sobre

B2B

Sigla em inglês que significa “Business to Business”, ou, em português, transação de empresa com empresa. Este termo é usado para definir os negócios entre empresas, que são conduzidos através da rede mundial de computadores (ou internet).

B2C

Sigla em inglês que significa “Business to Consumer”, ou, em português, transação de empresa com consumidor. Este termo é usado para definir os negócios entre uma empresa e seus consumidores, que são conduzidos através da rede mundial de computadores (ou internet). Estes negócios podem incluir desde a oferta de serviços de pós-venda, de promoção, assim como propaganda aos clientes da empresa.

Backwardation

Situação na qual o preço do mercado futuro está abaixo do preço spot esperado para o futuro. O fenômeno inverso é denominado contango.

Balança Comercial

Registra o resultado das transações de bens (exportações e importações) entre um país e o resto do mundo. Caso o valor das exportações supere o das importações, a balança comercial apresenta um superávit, caso o contrário ocorra, temos um déficit da balança comercial. O saldo da balança comercial é utilizado no cálculo do Balanço de Pagamentos.

Balança de Serviços

Um dos componentes da conta do balanço de pagamentos de um país, em que são registradas algumas transações com o exterior. A balança de serviços é dividida em duas partes como detalhado abaixo:
Serviços de fatores: inclui os pagamentos efetuados e recebidos relacionados com fatores de produção, como por exemplo, lucros, salários, juros e dividendos.
Serviços de não fatores: inclui os pagamentos efetuados e recebidos de fretes e seguros de produtos importados, direitos autorais, royalties, gastos com viagens internacionais, etc.

Balancete

Balanço parcial da situação econômica e do patrimônio de uma empresa, que se refere a um período específico do exercício social da empresa. Ao contrário do balanço patrimonial, que é divulgado com periodicidade específica, o balancete pode ser publicado sempre que necessário.

Balanço de Capitais

Termo que se refere a um dos itens que compõem o balanço de pagamentos de um país. A conta de balanço de capitais inclui os empréstimos, financiamentos, investimentos ou amortizações feitas no país.

Balanço de Pagamentos

O Balanço de Pagamentos registra o resultado de todas as transações (bens, serviços, transferências e fluxos de capital) entre um país e o resto do mundo. Todas as contas de bens, serviços e transferências unilaterais são agrupadas para obter o Saldo de Transações Correntes. Este saldo é somado ao resultado das contas de capital e erros e omissões para obter o saldo do Balanço de Pagamentos. A variação de reservas é sempre igual ao saldo do Balanço de Pagamentos, pois caso o país receba mais do que envia, as reservas aumentarão; o contrário ocorrendo caso o país envie mais do que receba.

Balanço Patrimonial

Demonstração financeira que detalha e quantifica os ativos, passivos e patrimônio de uma empresa. Em termos de unidades monetárias, o balanço mostra o que a empresa possui (ativos), o quanto deve (passivos), o quanto seus acionistas já investiram na empresa (capital) e o quanto ganhou ou perdeu desde sua abertura (reserva de resultados). O balanço apresenta estas informações em uma determinada data, como último dia de um trimestre, semestre ou ano.

Banco Central do Brasil (BACEN)

O principal órgão executivo do sistema financeiro nacional. Foi criado em 1964, incorporando uma série de atividades até então exercidas pelo Banco do Brasil. O Bacen é o órgão responsável pela gestão do sistema financeiro, funcionando como o banqueiro do Governo. Dentre as suas principais funções estão:
Compra e venda de títulos federais (sobretudo através de operações no open market), tanto com o objetivo de financiamento do Tesouro Nacional quanto de execução da política monetária.
Recebimento de depósitos compulsórios e voluntários do sistema bancário, assim como realização de operações de redesconto e outros tipos de empréstimos às instituições financeiras.
Autoriza o funcionamento, fiscaliza e aplica as penalidades previstas às instituições financeiras, de acordo com as normas determinadas pelo CMN (Conselho Monetário Nacional).
É o depositário das reservas internacionais do país e o co-responsável (juntamente com o Tesouro Nacional) pela política de captações externas brasileiras.
É responsável pela emissão de papel moeda e moeda metálica.

Banco Central Europeu

O Banco Central Europeu (BCE) foi instituído em 30 de junho de 1998 e, desde 1o. de janeiro de 1999, tem por missão assegurar a execução da política monetária européia definida pelo Sistema Europeu de Bancos Centrais. Os órgãos de decisão do BCE (o Conselho do BCE e a Comissão Executiva) dirigem o Sistema Europeu de Bancos Centrais (SEBC), que tem a seu cargo a gestão da massa monetária, a condução das operações cambiais, a detenção e a gestão das reservas cambiais oficiais dos Estados-membros e a promoção do bom funcionamento dos sistemas de pagamento.

Banco Depositário

É um banco responsável pelos serviços de transferência e agenciamento de ações de um programa de ADR´s. Esta função inclui a escolha de um custodiante para aceitar o depósito das ações, a emissão de certificados negociáveis que representam as ações, a manutenção do registro de acionistas de forma a refletir todas as transações, além da distribuição dos dividendos aos investidores que compraram os ADR´s.

Bandas de Bollinger (Bollinger Bands)

Indicador usado em análise técnica. Em um gráfico de ações as Bandas de Bollinger são definidas pela área de um desvio padrão abaixo e outro acima da média do preço da ação nos últimos N dias. As bandas representam um envelope aos níveis de suporte e resistência. Em geral, ocorrem fortes oscilações no preço da ação de uma empresa depois que as bandas se aproximam da média. Movimentos fora das bandas sugerem a continuação da tendência. Altas e baixas fora das bandas, seguidas de altas e baixas dentro das bandas indicam reversão de tendência.

Bandeira

Segundo a Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), são instituições que autorizam o uso de sua marca e de sua tecnologia por emissores e credenciadoras de estabelecimentos. Essas marcas aparecem nos cartões e nos estabelecimentos credenciados.

BBC – Bônus do Banco Central

Título de curto prazo emitido pelo Banco Central, para fins de política monetária, exclusivamente sob forma escritural no Selic. A rentabilidade desses títulos pode ser pré ou pós-fixada e é definida pela taxa Selic.

BDRs

Os BDRs (Brazilian Depositary Receipts) são recibos emitidos por um banco depositário brasileiro e que representam ações de um emissor estrangeiro que se encontram depositadas e sob custódia deste banco. Os BDRs abrem ao investidor brasileiro a oportunidade de investir em empresas estrangeiras sem ter que sair da Bovespa.

Bear Market

Terminologia na língua inglesa que significa que o mercado está em tendência de queda. A associação ao “bear” (urso) deve-se à forma como esse animal ataca suas vítimas, que é com uma patada vinda de cima para baixo.

Beige Book

Os 12 Federal Reserve Banks (bancos centrais regionais dos EUA) compilam informações sobre a situação econômica nas suas áreas de atuação e divulgam esses dados no relatório denominado Beige Book (Livro Bege). A publicação não expressa a opinião do Federal Reserve sobre a economia do país, sendo apenas um indicativo da atividade econômica de cada região.
Seus dados são usualmente considerados pelo Fomc (Federal Open Market Committee) na definição da taxa básica de juro norte-americana.

Bem do consórcio

É o bem objeto do grupo, indicado na Proposta de Adesão, que poderá consistir em bem ou conjunto de bens, novos, de produção nacional ou estrangeira, ou em percentuais do valor desse bem ou conjunto de bens.

Bem Substituto

É o bem ou conjunto de bens escolhido na Assembléia Geral Extraordinária, ou pelo consorciado contemplado, em substituição do bem ou conjunto de bens, nas hipóteses previstas neste contrato, também designado apenas como bem ou conjunto de bens.

Benchmarking

Termo que vem do inglês e define o processo usado para avaliar o desempenho de um ativo financeiro em relação ao desempenho de outros ativos financeiros identificados como sendo os de melhor desempenho no setor (ou categoria de investimento). Muito usado na análise do desempenho de fundos de investimentos, onde o retorno da carteira do fundo é comparado com o retorno do benchmark, ou índice de referência. No caso dos fundos de ações, por exemplo, o benchmark em geral é o Ibovespa, enquanto nos fundos DI e de renda fixa o índice de referência mais usado é o CDI. Também é usado para definir o processo de melhoria da gestão de uma empresa através da implementação de melhores práticas e da adaptação de processos com base na experiência própria ou na observação da atividade de empresas ou organizações concorrentes. O objetivo do benchmarking é o de efetuar uma análise comparativa dos procedimentos adotados pela empresa com aqueles adotados pelos seus concorrentes, na tentativa de melhorar o desempenho da empresa.

Beneficiário

Termo utilizado na indústria de seguros e de previdência. No caso dos seguros, o beneficiário é a pessoa física ou jurídica que tem direito à indenização paga pela seguradora.
Já no caso dos planos de previdência privada denomina a pessoa apontada na proposta de inscrição que irá receber pagamentos relativos a resgates ou benefícios, em caso de falecimento do titular do plano.

Benefício

Termo que denomina o pagamento em dinheiro feito pela empresa de previdência ao participante ou aos seus beneficiários a partir da data de concessão do benefício, como determinado na proposta de adesão ao plano de previdência.
Os chamados benefícios de risco são aqueles que ocorrem após a ocorrência de um fato gerador, que pode ser a invalidez ou morte do participante.

Benefício Proporcional Diferido (BPD)

Tipo de regime em que o participante de um fundo de pensão pode permanecer no fundo mesmo que deixe de efetuar contribuições, nesse caso, ao se aposentar terá direito aos benefícios proporcionais ao tempo de contribuição. Ainda que nem todo participante possa ter direito ao BPD, já que é preciso comprovar que contribuiu por pelo menos três anos ao fundo de pensão, todos os planos de previdência complementar devem estar preparados para oferecer o benefício a quem tiver direito.

Bens de Capital

Engloba os bens que são utilizados para a produção de outros bens, como é o caso, por exemplo, das máquinas, equipamentos etc.

Bens de Consumo Duráveis

Engloba os bens de consumo que prestam serviço por um período de tempo relativamente longo, como é o caso, por exemplo, das máquinas de lavar roupa, geladeiras e até mesmo dos automóveis.

Bens de Produção

Muitas vezes o termo é usado como sinônimo de bens de capital, mas em alguns casos é usado para denominar, além dos bens de capital, os bens intermediários e as matérias primas.

Bens Intermediários

Bens manufaturados ou matérias-primas processadas empregadas na produção de outros bens. Os bens intermediários também podem ser definidos como os insumos que uma empresa compra de outra para a elaboração dos seus produtos. Um exemplo disto é a bobina de aço produzida pelas siderúrgicas, que é considerada um bem intermediário na fabricação de um automóvel.

Bens pendentes de compra (administradora)

Bens contemplados há mais de 30 (trinta) dias, contados a partir da data da assembléia, com documentação entregue e regularizada, no prazo regulamentar, por parte do consorciado e com a carta de crédito ainda não colocada à disposição do cliente por parte da admnistradora.

Bens pendentes de compra (Consorciado)

Bens contemplados há mais de 30 (trinta) dias, contados a partir da data da assembléia, com a carta de crédito colocada à disposição do consorciado, encontrando-se os bens em fase de aquisição ou ainda em falta no mercado. Os bens não entregues devido às situações tratadas nos incisos I e II do item 45 da Portaria MF 190/89.

Beta

Medida de risco diversificável de uma ação. O coeficiente beta pode ser visto como um índice do grau do retorno relativo de uma ação em relação ao retorno do mercado (Ibovespa). O beta do mercado é igual a 1 e todos os outros betas são calculados em relação a esse valor. Um beta positivo sugere que a ação move na mesma direção do mercado, enquanto um negativo sugere um movimento na direção oposta. Betas positivos são mais comuns que negativos. Uma ação com um beta igual a 2.0, reage duas vezes mais que o mercado, ou seja, experimenta uma mudança de 2% em seu retorno para cada mudança de 1% no retorno do mercado.

Bid

Termo usado para determinar o preço de compra de um título no mercado. Assim, por exemplo, o termo “bid-offer” spread se refere à diferença entre o preço que as instituições financeiras cobram para comprar um determinado ativo dos investidores em relação ao preço que cobram para vender esse mesmo ativo a um investidor interessado. Por exemplo, se a cotação “bid”, ou de compra, do dólar é de R$ 3,30 e a cotação “offer”, ou de venda, é de R$ 3,60 o “bid-offer” spread é de R$ 0,30, que reflete o ganho da instituição ao comprar e vender um mesmo ativo financeiro.

Bi-tributação

Termo usado para definir situação em que dois impostos decretados por entidades distintas incidem sobre o mesmo bem ou fato gerador.

Block Trade

Negociação de um grande lote de ações nas bolsas de valores, normalmente sob a forma de leilão. Muitas bolsas, inclusive a Bovespa, requerem que, no caso do lote representar uma proporção significativa do capital da empresa, o mercado seja avisado com antecedência, para reduzir a volatilidade das cotações.

Bloqueio

O emissor poderá bloquear o cartão a qualquer tempo quando o portador exceder os limites de crédito concedidos, não efetuar o pagamento na data de vencimento, descumprir o contrato ou tiver seu nome incluído no cadastro de alguma entidade de proteção ao crédito. O emissor também pode temporariamente suspender o cartão do portador caso suspeite de uso indevido por terceiros.

Blue Chip

Termo usado para fazer referência às ações de grande liquidez e números de negócios no mercado. Em geral, são ações de empresas tradicionais, com ótima reputação e de grande porte. Podemos citar como exemplos no Brasil: Petrobrás, Telemar, Vale, Bradesco, Itaú, etc.

BM&F – Bolsa de Mercadorias e Futuros

Bolsa onde se negociam mercadorias (commodities), tais como café, açúcar, algodão, etc, assim como contratos futuros de ativos e mercadorias como: taxas de juros, taxas de câmbio, índice de ações, ouro, cupom cambial, títulos da dívida, soja, milho, açúcar, café, boi gordo, álcool anidro e algodão. As negociações são feitas nos mercados à vista e de futuros. A maior bolsa de mercadorias do Brasil é a Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), fundada em 1971. Para negociar na BM&F é necessário intermediação de uma corretora de mercadorias e um registro na própria bolsa.
Em 25/03/2008, foi realizada a fusão entre as bolsas Bovespa e BM&F, criando a BM&FBovespa, a terceira maior bolsa de valores do mundo em ordem de valor de mercado.

BM&FBovespa

Reúne a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), onde são negociadas as ações (mercado de capitais) e a Bolsa de Mercadorias e Futuros (a BM&F), que negocia, entre outros itens, as commodities agropecuárias. Visite: http://www.bmfbovespa.com.br/

BNDES

Sigla que designa o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social, que é o órgão governamental responsável pela implementação de políticas de investimento empresarial de longo prazo. Dentre as principais responsabilidades do BNDES estão:
impulsionar o crescimento da economia, atuando como instituição de fomento;
fortalecer o empresariado nacional;
promover a diversificação e o crescimento das exportações;
criar pólos de produção para diminuir possíveis desequilíbrios regionais.
As atividades de fomento da instituição são conduzidas através de programas especiais como, por exemplo, o Finame, Finem e Finac.

BNH – Banco Nacional da Habitação

Absorvido pela Caixa Econômica Federal, o BNH gerenciava recursos próprios do SFH, fundos e créditos vinculados, e tinha unidade monetária própria, a unidade padrão de capital (UPC).

BO – Boletim de Ocorrência

Se você foi assaltado ou perdeu algum documento, é necessário dar queixa em qualquer delegacia para que seja registrada a ocorrência, e é exatamente através deste documento, mais conhecido como B.O., que você terá a comprovação do que realmente aconteceu no momento do assalto ou perda do documento.

Board of Governors

Termo em inglês que denomina um grupo de sete membros, nomeados pelo Presidente da República dos EUA e aprovados pelo Senado, para um mandato de 14 anos. Os membros, em conjunto com presidentes de bancos centrais regionais, formam o FOMC (Federal Open Market Commitee), órgão responsável pela condução de política monetária e definição da taxa de juros nos EUA.

Bolsa de Valores

Lugar onde se negociam títulos e valores mobiliários (sobretudo ações, opções, direitos e debêntures).
A BM&FBOVESPA é a principal instituição brasileira de intermediação para operações do mercado de capitais e a única bolsa de valores, mercadorias e futuros em operação no Brasil. É uma companhia de capital brasileiro, formada em 2008, a partir da integração das operações da Bolsa de Valores de São Paulo e da Bolsa de Mercadorias & Futuros.
Para mais informações sobre a BM&FBOVESPA, acesse:
http://www.bmfbovespa.com.br/

Bonificação

Distribuição gratuita de novas ações aos acionistas, na proporção da quantidade de ações já possuída por cada um destes acionistas. Esta distribuição, em geral, ocorre em virtude da incorporação ao capital da empresa de reservas ou lucros acumulados, ou da reavaliação dos ativos da empresa. As empresas também podem efetuar bonificação em dinheiro. Neste caso o acionista recebe da empresa um valor monetário relacionado às reservas não incorporadas, sendo que este pagamento é feito além do pagamento de dividendos.

Bônus (Bond)

Similares às notas promissórias, os bônus são obrigações de renda fixa que são emitidas por empresas, bancos ou governos. Um bônus é um certificado de dívida no qual o emissor se compromete a pagar um montante específico de juros em intervalos pré-determinados, durante um período de tempo, além de pagar também o montante da emissão, ou seja, o principal da dívida, na data de vencimento. Como o bônus é um instrumento de dívida, o comprador de um bônus é um credor da empresa, e não um acionista, como no caso do comprador de ações.

Bônus (em seguros)

Termo usado na indústria de seguros que denomina o desconto a ser oferecido ao segurado na época da renovação do contrato de seguro, que é oferecido devido ao fato de que o segurado não entrou com pedido de indenização durante o período de vigência da apólice. Este direito é intransferível e em geral o desconto é progressivo, aumentando à medida que a apólice é renovada e não são feitos pedidos de indenização.

Bônus de Subscrição

Termo usado para designar obrigações negociáveis emitidas por uma empresa que dão direito à subscrição de novas ações desta empresa, dentro de um prazo estabelecido e por um preço que esteja de acordo com o limite do aumento de capital autorizado em seu estatuto. Caso o acionista desista de efetuar a compra durante este período, ele perderá o direito à subscrição e não terá direito à restituição do dinheiro pago antecipadamente.

Bovespa

Termo que designa a Bolsa de Valores do Estado de São Paulo, a maior bolsa de valores do país. Muitas vezes se confunde o termo Bovespa com o Ibovespa, que na verdade é o principal índice de ações da bolsa paulista.

Bovespa Fix

Mercado criado pela Bolsa de Valores de São Paulo para a negociação de títulos de dívida corporativa, ou seja, instrumentos de renda fixa brasileiros que não tenham sido emitidos pelo Governo. Assim, o Bovespa Fix funciona como um ambiente integrado para a negociação, liquidação e custódia de títulos de renda fixa privada. Dentre os principais instrumentos negociados, destaque para as debêntures e para as notas promissórias. Os negócios com títulos de renda fixa no Bovespa Fix são realizados por meio do SISBEX, sistema eletrônico que oferece uma série de facilidades apropriadas para esse mercado.

Brady Bonds

São títulos de renda fixa que são emitidos por vários países emergentes, dentre os quais o Brasil, para substituir dívidas com pagamento em atraso ou não pagas. São denominados Brady Bonds em referência ao ex-secretário do Tesouro Americano, Nicholas Brady, que liderou os esforços de redução da dívida externa de países emergentes, sobretudo junto aos bancos privados. O mecanismo de substituição de títulos incluiu a recompra da dívida antiga com desconto pelo país devedor ou a troca do endividamento anterior por novos bônus garantidos parcialmente por títulos do Tesouro norte-americano. São contabilizados como parte da dívida externa.

Branding

Processo de identificação de produto ou serviço pela atribuição de marca, símbolo e/ou nome identificativo.

Building Permits

O US Census Bureaudo Departamento de Comércio dos Estados Unidos divulga mensalmente resultado da pesquisa sobre Building Permits, referente ao número de autorizações concedidas no território norte-americano para construção de imóveis num período pré-determinado.
Como nem todas as autorizações concedidas refletem no início imediato da construção, este índice apresenta diferenças em relação ao indicador Housing Starts, que mede as construções efetivamente iniciadas.
Vale ressaltar que esse índice, apesar de reportar somente as autorizações nas regiões dos Estados Unidos onde elas são obrigatórias, é importante, pois o setor imobiliário possui elevada participação na composição do PIB (Produto Interno Bruto), e serve como termômetro da situação da economia local.

Bull Market

Terminologia na língua inglesa que significa que o mercado está em tendência de alta. A associação ao “bull” (touro) deve-se à forma como esse animal ataca suas vítimas, que é com uma chifrada vinda de baixo para cima.

Business Inventories

O Departamento de Comércio dos EUA divulga mensalmente o nível de vendas e estoques das empresas norte-americanas, levando em consideração tanto o setor industrial, como o atacado e o varejo. Contudo, as informações deste relatório são referentes ao mês retrasado ao mês de publicação.
Esse índice, porém, é relevante, pois uma queda dos estoques, acompanhada de aumento das vendas, sugere uma possível retomada da atividade econômica local. Por outro lado, uma queda nos estoques, sem aumento de vendas, pode indicar apenas uma redução na taxa de reposição dos estoques por parte das empresas.

Buy and hold

Estratégia de selecionar ações de excelentes empresas, comprá-las na bolsa e mantê-las por um longo tempo na carteira, independente das oscilações que sempre ocorrem de curto prazo.