Glossário: Termos com a letra V

arrow_forwardMais sobre

Vacância

É o termo técnico usado no mercado imobiliário para se referir a um imóvel colocado para aluguel que está sem inquilino. Já a taxa de vacância é o percentual de um imóvel que não conseguiu locatário.

VAGP (Vida com Atualização Garantida)

Um dos três novos seguros de vida com opção de previdência lançados no mercado. Recomendado para quem não se beneficia do incentivo fiscal oferecido pelos PGBLs e planos tradicionais, que permite a dedução dos valores aplicados nestes produtos do imposto a pagar desde que não supere 12% da renda bruta anual do investidor.
Os VAGPs buscam uma aplicação que garante rentabilidade mínima e correção da inflação, mas os ganhos financeiros acima disso são divididos com o gestor do plano. Assim como nos VGBLs os impostos incidem sobre os rendimentos financeiros acumulados. O VAGPs deverão ter taxas de carregamento iguais ou pouco maiores do que as do PGBL.

Valor Adicionado

Em macroeconomia denota a participação de uma empresa na formação do Produto Interno Bruto do país. O termo também pode ser usado em
análise de empresas, em conotação com a teoria de EVA, ou valor econômico adicionado.
Finalmente, pode ser usado em referência ao imposto existente em alguns países, dentre os quais os EUA, que incide sobre as vendas e circulação de mercadorias.

Valor de Empresa

O valor da empresa é utilizado no cálculo de indicadores fundamentalistas e é calculado como a soma do valor do mercado da empresa mais a sua dívida líquida. Esse indicador expressa o valor da empresa pertencente não somente aos acionistas (valor de mercado), mas também o pertencente aos credores (dívida líquida).

Valor de Exercício da Opção

Quantia resultante da multiplicação do número de ações que compõe o lote-padrão de uma opção (ou ativo-objeto) preço de exercício por ação (ou unidade do ativo-objeto) da opção.

Valor de Face

Valor de uma obrigação, nota ou outro título como expresso no certificado ou instrumento. Apesar do preço das obrigações flutuar a partir do momento de emissão até o seu resgate, elas são resgatadas no prazo de vencimento pelo seu valor de face, a menos que tenha ocorrido default. O valor de face é o montante sobre o qual o pagamento de juros é calculado. Por exemplo, uma obrigação com valor de face de $1.000 e juros de 10% paga $100 ao ano.

Valor de Liquidação

Termo usado para denotar o valor de uma empresa, assumindo que todos os seus ativos sejam avaliados com uma ótica de liquidação, sendo que dos recursos obtidos com esta venda deve-se descontar o valor das obrigações da empresa com seus credores e acionistas.

Valor de Mercado

De maneira genérica no mercado financeiro indica o valor que um investidor receberia por um determinado ativo caso o mesmo fosse vendido no mercado naquele mesmo dia. Bastante usado com referência ao mercado de ações, esse indicador expressa o valor de mercado do total das ações de uma empresa e é calculado como:
ValMerc = Cotação*Quantidade total de Ações

Valor de Mercado Empresa

Expressa o valor de mercado da empresa tendo como base suas diversas classes de ações, é calculado como: ValMercEmpresa = Cotação (Ação ON)* Qtde(AçõesON) + Cotação (Ação PN)*Qtde (Ações PN)

Valor Financeiro

Termo usado em análise fundamentalista que determina o valor financeiro de uma empresa é calculado pela seguinte fórmula: ValFin = (PL + AC + ARLP – PC – PELP).
Onde:

  • PL = Patrimônio – Líquido
  • AC = Ativo Circulante
  • ARLP = Ativo Realizável a Longo Prazo
  • PC = Passivo Circulante
  • PELP = Passivo Exigível a Longo Prazo.

Valor Futuro

Valor de um determinado fluxo em uma data futura, sendo que o valor futuro é obtido ajustando o valor deste fluxo pela taxa de juro estipulada. Assim, o processo de obtenção do valor futuro é o inverso daquele para se obter o valor presente de um determinado fluxo.

Valor Global de Vendas

Termo usado no mercado imobiliário que se refere a um determinado período de tempo e reflete o valor total obtido com as propriedades vendidas.

Valor Intrínseco da Opção

Diferença entre o preço à vista de um ativo e o preço de exercício da opção deste mesmo ativo. Caso este valor seja positivo, este será o valor intrínseco de uma opção de compra, caso seja negativo, será o valor intrínseco de uma opção de venda.

Valor Mínimo

O pagamento da fatura mensal deve sempre obedecer ao valor mínimo, que equivale a entre 10-20% do valor total da fatura. Caso o pagamento mínimo não seja efetuado a fatura será considerada em atraso e o portador terá que arcar com os encargos financeiros disso, além dos juros sobre o saldo restante, na forma de crédito rotativo, até a próxima fatura.

Valor Mobiliário

Termo genérico usado para denominar papéis e títulos com valores que oscilam, como por exemplo, títulos públicos, CDBs, ações, etc.

Valor Nominal

O valor nominal de uma ação é o valor que é mencionado no estatuto social da empresa e que determina o valor de uma ação representativa de seu capital. É importante lembrar que o valor nominal é uma medida puramente contábil e, portanto, nada tem a ver com o valor de mercado de uma ação, ou seja, o preço que os investidores pagam para comprá-la na bolsa de valores.

Valor Patrimonial por Ação (VPA)

O VPA é o valor patrimonial de uma ação (ou lote de 1000 ações), calculado dividindo-se o patrimônio líquido pela quantidade total de ações (ou lote de 1.000 ações) da empresa. Também é chamado de valor nominal da ação.

Valor Presente

Valor da soma de um fluxo futuro de dinheiro descontado usando uma taxa de juro específica. O processo de obtenção do valor atual é o inverso daquele de obtenção do valor futuro.

Valor Presente Líquido

Usado na análise de investimentos, o valor presente líquido (ou VPL) é calculado como sendo a diferença entre o valor inicial investido no projeto e o valor presente dos fluxos de caixa projetados deste mesmo projeto. É também conhecido como valor atual líquido. Um projeto cujo VPL é negativo, normalmente deve ser rejeitado.

Valor Residual

Termo usado para definir o valor de um ativo que sofre depreciação ao final da sua vida útil. Por exemplo, assumindo que a vida útil de uma máquina seja de 10 anos, então seu valor residual é o valor esperado desta máquina ao ser vendida depois de passados 10 anos.

Valores Mobiliários

A definição de valores mobiliários é bastante genérica, incluindo a maioria dos títulos emitidos por sociedades anônimas, desde que registrados junto a um órgão de regulamentação do mercado, como, por exemplo, a CVM no Brasil. Desta forma, podem ser considerados como valores mobiliários, entre outros, as ações, debêntures, além dos cupons destes títulos, os bônus de subscrição e os certificados de depósitos de valores mobiliários.

Valuation

Valuation é o nome do processo usado pelos analistas para estimar o valor real de um ativo ou empresa. Existem várias técnicas que podem ser usadas para estimar estes valores, como, por exemplo, a análise financeira (demonstrativos apresentados pela empresa), composição da estrutura de capital, projeção de cenários para receitas, despesas e lucros futuros, modelo CAPM (Capital Asset Pricing Model) e até mesmo modelos quantitativos e estatísticos.

Vantagem Competitiva

Conjunto de fatores fundamentais que influem na diferenciação de produtos e serviços oferecidos por uma empresa, dentro de um ambiente de concorrência econômica.

Vantagem Tecnológica

Capacidade da empresa de se manter na fronteira do conhecimento tecnológico e que favorece o processo de inovação.

Variação

Indica a oscilação, para cima ou para baixo, na cotação de um determinado título durante um período específico.

Variação 12 meses

Indica a variação acumulada do preço de um ativo em um período de 12 meses. Calculado como a variação entre o último preço do ativo no dia em questão e o fechamento do mesmo dia no ano imediatamente anterior.

Variação Ano

Indica a variação acumulada do preço de um ativo durante o ano em questão. Calculado como a variação entre o fechamento do último pregão do ano anterior e o último preço do ativo no dia em questão. No caso de fundos utilizamos o valor da cota.

Variação Dia

Indica a variação do preço de um ativo, como uma ação, cota de fundo, ou valor de qualquer título, durante o dia. Caso o pregão ainda não tenha encerrado, reflete a variação acumulada no dia até aquele momento e é calculada com relação ao fechamento no dia anterior.

Variação Mês

Indica a variação acumulada da cotação de um determinado título ou valor mobiliário (ação, fundos, câmbio, etc) durante o mês em questão. Calculado como a variação entre o último preço da ação no dia em questão e o fechamento do último pregão do mês anterior.

Variação Semana

Indica a variação acumulada do preço de um determinado título ou valor mobiliário (que pode ser uma ação, fundo, câmbio, commodity, etc) durante a semana em questão. Calculado como a variação entre o último preço do título no dia em questão e o fechamento do último pregão da semana anterior.

Variantes

Existem basicamente quatro versões distintas de cartão de crédito sendo a principal diferença entre elas o seu local de aceitação. Os cartões de nacionais/locais só são aceitos no Brasil e em geral têm limites de crédito menores e atendem principalmente pessoas de menor aquisitivo, enquanto os cartões internacionais são aceitos tanto no Brasil quanto no exterior. Além destes existem os cartões “gold” e “platinum”, ambos aceitos no Brasil e no exterior, mas que também oferecem benefícios quando você viaja. A diferença entre eles está no nível dos benefícios, com os cartões “platinum” oferecendo mais benefícios do que os “gold”.

VE/EBITDA

Indicador fundamentalista para avaliar o preço da ação de uma empresa, para comparação posterior com outras empresas no mesmo setor.
Expressa a relação do valor da empresa como um múltiplo de seu EBITDA (geração operacional de caixa ou lucro antes de juros, imposto, depreciação e amortização) no ano anterior. O VE é definido como valor de mercado mais dívida líquida.

VE/Vendas

Indicador fundamentalista para avaliar o preço da ação de uma empresa para posterior comparação com outras empresas no mesmo setor.
Expressa a relação do valor da empresa como um múltiplo da sua receita líquida de vendas, onde valor da empresa é definido como valor de mercado mais dívida líquida.

Venda em Margem

Descreve operação de venda à vista de ações obtidas pelo investidor através de empréstimo junto à sociedade corretora com que opera

Venture Capital

Termo que vem do inglês e denomina uma forma de financiamento alternativa, utilizada por empresas, em geral de pequeno porte, para garantir o desenvolvimento e a expansão de suas atividades. As empresas alvo deste investimento temporário, em geral, gozam de altas taxas de crescimento e elevado nível de risco, em função do seu estágio inicial de desenvolvimento e incertezas em relação ao seu futuro.
Assim, o termo Venture Capital pode classificar também os investidores que atuam na aquisição de participações em empresas menores, muitas vezes iniciantes, onde o investidor normalmente acompanha de perto e apóia o processo de gestão empresarial.

Vesting

O termo vesting ou benefício proporcional diferido é usado para determinar um direito dos trabalhadores, que contribuíram a um determinado fundo de pensão, de continuar filiado ao antigo fundo fechado até sua aposentadoria.
Regulamentado pelo Conselho de Gestão da Secretaria da Previdência Complementar, somente em setembro de 2002, o vesting permite que o trabalhador possa, mesmo que haja quebra do vínculo empregatício, ter acesso aos recursos depositados em seu nome no fundo de pensão, inclusive a parcela paga pela empresa. Ao se aposentar o trabalhador recebe um benefício proporcional ao valor contribuído ao fundo.
Entretanto, para ter direito ao benefício é preciso ter havido quebra do vínculo empregatício e o cumprimento de uma carência mínima no fundo de pensão, que não deve ultrapassar os cinco anos.

VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre)

Um dos novos seguros de vida com opção de previdência, desenvolvido com base nos PGBLs. A grande diferença é que ao contrário dos planos de previdência do tipo PGBL ou tradicionais, não é possível abater o valor das contribuições ao VGBL do imposto de renda a pagar durante a fase de acumulação.
Em contrapartida, ao contrário dos PGBLs, o imposto no resgate é calculado apenas sobre os rendimentos e não inclui o valor das contribuições, sendo que o imposto é calculado com base na tabela progressiva de imposto de renda. Os VGBLs devem ter taxas de carregamento iguais ou pouco maiores do que as do PGBL.

VGBL Empresarial

Plano de previdência complementar do tipo VGBL que é destinado ao mercado corporativo. O VGBL Empresarial pode ser averbado (quando a empresa não contribui para o plano) ou instituído (quando a empresa contribui parcial, ou integralmente ao plano).

Vício Intrínseco (seguros)

Termo usado na indústria de seguros, que determina a condição natural de certas coisas que as torna mais suscetíveis a se destruir ou avariar, sem que seja necessária a intervenção de qualquer causa externa.

Viés

O viés é um instrumento que permite ao presidente do Banco Central alterar o valor da taxa Selic no período compreendido entre as reuniões mensais do Copom (Comitê de Política Monetária). Assim, por exemplo, um viés de baixa significa que o Copom poderia reduzir a taxa Selic antes da próxima reunião do Comitê, que em geral é marcada para terceira semana de cada mês.
Analogamente, o viés de alta permite ao presidente do BC elevar a Selic antes da reunião, enquanto a adoção do viés neutro garante que a decisão do Copom não será modificada até a próxima reunião do Comitê.

Volatilidade

Indica o grau médio de variação da cotação de um título ou determinado mercado de subir ou cair intensamente em um curto período de tempo. A relação da volatilidade de uma ação em relação à volatilidade do mercado acionário como um todo pode ser medida através do seu coeficiente beta.
Quando se afirma que uma aplicação é extremamente volátil, entende-se que esta aplicação está sujeita a fortes oscilações, o que pode ser decorrência das perspectivas para a companhia, falta de liquidez (bastante comum entre algumas ações no Brasil), ou outras razões.

Volume

Medida, em moeda corrente, dos negócios de um determinado título, também conhecido como giro financeiro. É uma importante medida de liquidez de um papel, já que mede qual o montante financeiro que um papel girou em um determinado período de tempo.
Volumes crescentes podem indicar a permanência da tendência. Volumes decrescentes podem indicar uma possível reversão de tendência.

Volume Médio Diário

Expressa a média durante os últimos 30 dias (ou 22 pregões) do volume diário negociado das ações de uma empresa.

VPL

Sigla que significa Valor Presente Líquido. Ver definição de Valor Presente Líquido.

VRGP (Vida com Remuneração Garantida)

Um dos três novos seguros de vida com opção de previdência lançados no mercado. Recomendado para quem não se beneficia da possibilidade de deduzir as contribuições do plano do imposto de renda a pagar permitida pelos PGBLs e planos tradicionais. Assim destina-se aos contribuintes que estão isentos do IR, ou declaram através do formulário simples, ou já excederam o limite de dedução previsto nos PGBLs que é de 12% da renda bruta anual do contribuinte.
Os VRGPs garantem a correção dos valores aplicados pela inflação, sendo que ganhos superiores a este rendimento garantido são divididos com o gestor do plano. Assim como nos VGBLs os impostos incidem sobre os rendimentos financeiros acumulados. O VAGPs deverão ter taxas de carregamento iguais ou pouco maiores do que as do PGBL.