Glossário: Termos com a letra E

arrow_forwardMais sobre

EBIT

Sigla que vem do inglês “Earnings Before Interest and Taxes”. Em português significa lucro antes de juros e impostos e pode ser substituído pela sigla LAJIR. Ver definição de LAJIR.

EBITDA

Sigla que vem do inglês “Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization. Em português significa lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização e pode ser substituído pela sigla LAJIDA. Ver definição em LAJIDA.

E-business

Termo que vem do inglês e significa o uso da tecnologia web para negócios, de forma a melhorar a produtividade e aumentar a eficiência das empresas.

E-commerce

Termo que vem do inglês e significa comércio eletrônico. Ver definição de comércio eletrônico.

Eficiência

Termo usado para determinar o rendimento individual dos componentes de um sistema, e que se refere à otimização dos recursos utilizados para a obtenção de resultados.

EI Bond (Eligible Interest Bond)

O Eligible Interest Bond (Bônus de Juros Atrasados) foi utilizado na troca da dívida de responsabilidade do setor público em 1994 (Plano Brady) ao amparo do acordo da dívida externa. Envolve a troca ao par (sem desconto) pela parcela remanescente dos juros não pagos em 1991, 1992 e 1993 até a data de emissão dos novos títulos.
Teve um prazo de carência até 1997, quando passou a pagar amortizações semestrais crescentes, e paga juros de Libor de seis meses mais 0,8125%, também semestralmente. O EI Bond não tem garantia de principal ou juros.

Elegibilidade

Termo que denomina situação em que o participante de um determinado plano de previdência atende às exigências tanto para ingresso quanto para saída do plano.

Emenda

Refere-se a uma proposição legislativa apresentada como acessória de uma outra, a principal, que pode ser um projeto de lei, uma proposta de emenda à constituição, um projeto de decreto etc.
Em geral, as emendas alteram o mérito da matéria sobre a qual estão sendo apresentadas. As emendas de redação mudam apenas aspectos lingüísticos.

Emissão Direta

Emissões de títulos públicos realizadas diretamente aos mais diversos agentes econômicos nos termos da Lei, que se destinam à securitização das dívidas da União, operações estruturadas, assunção e refinanciamento das dívidas de Estados, Municípios e empresas estatais.

Emissor (cartão de crédito)

Os cartões de crédito podem ser emitidos por instituições financeiras e por administradoras. Além de emitir, administram (cartões próprios ou de terceiros), as instituições também concedem crédito direto ao portador do cartão. Já as administradoras são empresas não financeiras, que como tal não concedem crédito, mas representam os portadores perante às instituições financeiras para a obtenção de crédito.
O relacionamento do portador no uso do seu cartão deve ser feito com o emissor, já que é ele quem estabelece os limites desse crédito, e é responsável pelos benefícios do seu cartão (consultas, atendimento, emissão de faturas, programas de milhagem, etc.). Os emissores trabalham em parceria com as “bandeiras”, que não são seus concorrentes, de forma que você pode ter cartões da Itaú Credicard, Unibanco Mastercard, Bradesco Visa, etc.

Emolumento

De forma genérica é o pagamento ou vantagem concedida a uma pessoa, além do que já recebe de maneira fixa pelo exercício de suas tarefas.(1) No mercado de ações refere-se à taxa paga à Bolsa de Valores por conta dos negócios de compra e venda serem realizados em suas instalações, e não inclui custos com liquidação e custódia das ações.(2) No mercado segurador refere-se às despesas adicionais cobradas do segurado pela companhia seguradora, o que inclui os impostos e encargos incidentes sobre o seguro.

Empowerment

Termo que vem do inglês e é usado na gestão de recursos humanos de empresas. O termo denomina a delegação de autoridade a funcionários de níveis hierárquicos mais baixos, que lhes permita participar do processo decisório.

Empreendedor

Pessoa inovadora que tenta introduzir novos produtos, serviços, técnicas de produção e até mesmo novas formas de organização, tomando as decisões que irão nortear o futuro do negócio, assumindo não só riscos pessoais como também risco dos investidores e de todos os envolvidos em seu negócio.

Empreendedorismo

Competência que possibilita a inserção do indivíduo no mundo do trabalho e sua sobrevivência em uma sociedade competitiva. Pode ser definido também como a capacidade de criatividade, persistência e habilidade de um indivíduo em assegurar a realização de objetivos através de liderança, iniciativa, flexibilidade e habilidade para conduzir situações e utilizar recursos.

Empreendimento

Organização destinada à produção e/ou comercialização de bens e serviços, tendo como objetivo a geração de lucros.

Empreendimentos em fase de lançamento

Empreendimentos em fase de lançamentoTermo usado na pesquisa de mercado imobiliário do Secovi (Sindicato da Habitação), que denomina as unidades que estão à venda até seis meses desde lançamento. Esse período é caracterizado por esforço de comercialização intensivo.

Empreendimentos em fase de pós-lançamento

Termo usado na pesquisa de mercado imobiliário do Secovi (Sindicato da Habitação) para designar as unidades à venda desde o sétimo até o trigésimo sexto mês. Depois desse período, ou seja, a partir de 37 meses após o lançamento, o estoque eventualmente existente é excluído da base de dados da pesquisa.

Empregado doméstico

É considerado empregado doméstico a pessoa física que presta serviço para outra pessoa física, como por exemplo, motoristas, jardineiros, enfermeiras, faxineiras, etc. Mas não podemos esquecer de que a classificação é valida somente aos trabalhadores que prestam o serviço dentro do âmbito residencial.

Empresa

Qualquer firma, companhia, organização ou corporação destinada à produção e/ou comercialização de processos, bens e serviços que tem como objetivo a geração de lucros.

Empresa Averbadora

Termo usado para denominar as empresas que propõem a contratação de plano de previdência coletivo. A empresa não participa do custeio do plano, ou seja, não efetua contribuições e fica somente investida de poderes de representação exclusivos para a contratação da seguradora.

Empresa Constituidora (patrocinadora)

Termo que denomina as empresas que propõe a contratação de planos coletivos de previdência e que participam total, ou parcialmente, do custeio das contribuições ao plano. A empresa fica investida de poderes de representação exclusivos para a contratação do seguro.

Empresa Júnior

Empresa criada dentro de faculdade, universidade ou escola técnica, constituída por alunos orientados por professores para a realização de atividades empresariais contratadas por clientes reais. Ao oferecerem serviços de consultoria e assistência gratuitos (ou a custos muito baixos), estas empresas ajudam no desenvolvimento das micro e pequenas empresas do país.

Empresário

Pessoa ou grupo de pessoas que inicia e/ou administra uma empresa, assumindo responsabilidade por seu funcionamento e eficiência.

Encargos Contratuais

Termo genérico usado para designar os encargos cobrados pelo emissor, que incluem além do custo do financiamento, a remuneração de administração do financiamento e da garantia. Cobrados em geral na forma de um percentual sobre a dívida acumulada pelo crédito rotativo, estes encargos só são devidos a partir do dia seguinte ao do vencimento da fatura. Na fatura mensal, vêm discriminados os Encargos Contratuais do Período e os Encargos Máximos para o Próximo Período. Dessa forma, é possível o titular saber antecipadamente o percentual máximo que irá pagar, caso decida financiar suas compras.

Endividamento

Ocorre quando a pessoa, ou empresa, pega emprestado o dinheiro que necessita. Neste caso, é importante ficar atento aos juros que serão cobrados por quem empresta e a capacidade de pagamento de quem está pegando o dinheiro emprestado. No caso de pessoas físicas, é recomendável que as parcelas dos empréstimos tomados nunca ultrapassem 25% da renda mensal familiar, para que as finanças não saiam do controle.

Endividamento de Longo Prazo

Indicador usado em análise financeira, que serve para entender a estrutura de capital de uma empresa. O indicador é calculado como sendo a porcentagem do capital investido da empresa composta por fundos de longo prazo provenientes de terceiros. O capital investido em uma empresa é definido como a soma das suas obrigações de longo prazo com terceiros (dívida de longo prazo) e do capital investido pelos seus acionistas (patrimônio líquido).

Endividamento sobre Patrimônio

Indicador usado em análise financeira, que expressa a relação entre o capital da empresa contribuído por terceiros e aquele contribuído por seus acionistas. Um indicador baixo significa que a empresa pode ter mais flexibilidade para levantar empréstimos com terceiros, e vice-versa. O endividamento sobre patrimônio de uma empresa é determinado como sendo o resultado da divisão da dívida líquida da empresa pelo seu patrimônio líquido.

Endividamento Total

Indicador financeiro de estrutura de capital, que expressa a relação entre a dívida total da empresa em relação ao capital investido na empresa. O capital investido é definido como a soma da dívida de longo prazo e o patrimônio líquido da empresa.

Endomarketing

Trabalho interno da empresa, que consiste em aplicar uma visão de marketing a todas as rotinas da organização. Modalidade de marketing voltada para todos os segmentos de público diretamente envolvidos com a empresa e que podem funcionar como mensageiros da imagem institucional.
Através de ações de comunicação interna, o endomarketing busca reforçar positivamente a imagem da empresa junto a seus funcionários, fornecedores, prestadores de serviço, acionistas, revendedores, franqueados etc, gerando um clima propício ao melhor desempenho, qualidade e produtividade da empresa.

Endosso

(1) Documento usado na indústria de seguros que modifica a apólice de seguro, também é usado quando ocorre alteração do contrato de seguro e pode ser conhecido pelo termo “aditivo”.(2) Transferência da propriedade de um título através de declaração por escrito, geralmente feita no verso, como acontece com os cheques.

Envelope

Termo usado em análise técnica quando se desenha um gráfico de ações. O envelope é formado por duas médias móveis, uma deslocada para cima e a outra para baixo, de modo a se definir uma banda dentro da qual o ativo é normalmente negociado. Usualmente se usam médias móveis exponenciais de 25 dias, deslocadas de 6% para cima e para baixo, respectivamente.

E-procurement

Termo que vem do inglês e denomina a gestão eletrônica de suprimentos. Plataforma que integra clientes e fornecedores no B2B e B2C, através da internet e que possibilita a redução de custos e também a capacitação de fornecedores, inovações na linha de produtos ou oportunidades na área de marketing.

Equity

Termo que vem do inglês e denomina o Patrimônio Líquido de uma empresa e pode ser calculado como a diferença entre os ativos totais e os passivos de uma empresa.
Termo usado para se referir a investimentos em ações.

Estagflação

Termo que reflete uma situação em que a economia do país se encontra, ao mesmo tempo, em estagnação e com inflação. Por estagnação entenda-se situação em que não existe crescimento da produção, o que se reflete sobre a renda nacional per capita e ao emprego.

Estipulante

Termo usado na indústria de seguros, que denomina a pessoa física ou empresa que contrata um seguro a favor do Segurado.

Estocástico (STK)

O Estocástico, (STK) é um indicador de análise técnico que varia entre 0 e 100, e que serve para medir a velocidade da reação dos preços de títulos e baseia-se na hipótese de que, à medida que os preços sobem, os fechamentos têm tendência de se posicionarem mais próximos das altas. Se os preços caem, os fechamentos tendem a se aproximar das baixas. Desta forma, poderá ser um bom ponto de compra de uma ação, quando o STK estiver aumentando em relação ao dia anterior, principalmente se seu valor for menor do que 20. Da mesma forma, poderá ser um bom ponto de venda, quando o STK estiver diminuindo em relação ao dia anterior, principalmente se seu valor for maior do que 80. Sua fórmula de cálculo é a seguinte: STK% = 100* (p – L)/(H – L), onde P o último preço de fechamento; L é o menor preço dos últimos N períodos; H o maior preço dos últimos N períodos.

Estrutura de Capital

Termo que denomina a forma de composição do capital de uma empresa e sua divisão entre capital de terceiros e capital próprio. Quanto maior a parcela de capital de terceiros na estrutura de capital de uma empresa, maior é o grau de alavancagem desta empresa, e vice-versa.

Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica

Análise dos investimentos necessários à implantação de projetos e seus relativos custos operacionais, assim como a possibilidade de sucesso deste projeto.

ETF

É a sigla para “exchange traded funds”, ou fundos de investimento com cotas negociadas em Bolsa. O ETF é um fundo que segue um índice – o Ibovespa, por exemplo. Esse tipo de produto permite ao investidor ter uma carteira bastante diversificada mesmo sem ter muito dinheiro. As cotas são compradas e vendidas pelo home broker.

Euro

Nome da moeda comum adotada por 12 países da União Européia, que passou a existir em 01/01/1999 em substituição às diversas moedas nacionais utilizadas até então. Os países que passaram a adotar o Euro desde 1999 foram Alemanha, Áustria, Bélgica, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Irlanda, Itália, Luxemburgo e Portugal. A partir de 2001, a Grécia também adotou a moeda comum. As taxas de conversão em relação às diversas moedas nacionais foram fixadas em 1 Euro para cada 40,3399 BEF, 1,95583 DEM, 340,750 GRD, 166,386 ESP, 6,55957 FRF, 0,787564 IEP, 1.936,27 ITL, 40,3399 LUF, 2,20371 NLG, 13,7603 ATS, 200,482 PTE e 5,94573 FIM.

Euro CD

Os Euro Certificates of Deposit são títulos de curto prazo emitidos no Euromercado. São emissões realizadas por entidades financeiras, principalmente bancos de grande porte.Na maioria das vezes são denominados em dólares, mas podem também ser emitidos em outras moedas importantes no contexto internacional, como Euro, iene, etc.

Euro Commercial Paper

Títulos de curto prazo emitidos no Euromercado. Em geral, são emissões realizadas por entidades não financeiras, principalmente empresas de grande porte.Na maioria das vezes são denominados em dólares, mas podem também ser emitidos em outras moedas importantes no contexto internacional, como Euro, iene, etc.

Eurobônus (Eurobonds)

Títulos de renda fixa que são emitidos no Euromercado, com prazo mínimo de um ano, podendo também ser denominados em diversas moedas, como dólar, euro etc. Instrumento inicialmente utilizado por emissores de perfil de crédito privilegiado (governos, entidades supra-nacionais, grandes empresas e bancos) com o objetivo de obter custos de captação inferiores a seus respectivos mercados domésticos. Atualmente, os Eurobônus surgem como alternativa aos mercados domésticos de capital para praticamente todas as classes de emissores, incluindo governos e empresas de mercados emergentes.

Euroclear

Denominação dada à central de operações, liquidação e custódia de ativos financeiros e valores mobiliários que fornece serviços para instituições financeiras localizadas em mais de 80 países. Através da CSD (Central Securities Depositary) mantém serviços de custódia e administração de títulos para vários países.

Euromercado

Mercado offshore, ou seja, fora do controle das autoridades domésticas de regulamentação de mercado, que surgiu na Europa na década de 60. O Euromercado surgiu como resposta à crescente regulamentação imposta pelos vários governos europeus aos mercados locais de capitais, sobretudo nos mercados de renda fixa. O Euromercado oferece às empresas uma oportunidade de emitir títulos de dívida ou obter empréstimos fora de seus mercados nacionais, com custos inferiores. Isto só é possível devido a menor regulamentação governamental e ao maior universo de investidores.

Evento Gerador

Ver definição de fato gerador.

Excedente Financeiro

Termo que determina a diferença entre o rendimento garantido oferecido pela seguradora e a rentabilidade obtida através da aplicação das reservas matemáticas para benefícios dos planos de previdência.
Nos planos tradicionais, ou de rendimento garantido, as seguradoras acordam com os investidores um percentual de repartição deste excedente, que varia dependendo do tempo de permanência do participante no plano. No caso de resgates ou cancelamento do plano, poderão ser aplicados redutores sobre a reserva de excedente financeiro disponível.

Exclusão de Direito de Preferência

O estatuto de uma empresa que possuir autorização para aumento de capital pode prever a emissão sem direito de preferência aos antigos possuidores de ações, debêntures ou outros títulos conversíveis em ações.

Ex-Dividendo

Denominação dada às ações nas quais os acionistas não terão mais direito de receber dividendos já anunciados. Os dividendos são pagos em uma data determinada a todos os acionistas de posse de ações da empresa em um determinado momento (por exemplo, 15 de outubro), que pode ou não coincidir com a data de pagamento. Até esta data as ações continuam sendo negociadas “com dividendo”, ou seja, os acionistas têm direito de receber estes dividendos. A partir do dia seguinte à data “com dividendo, ou seja, 16 de outubro no exemplo acima, os acionistas não terão mais direito de receber estes dividendos, de forma que a ação passa a ser negociada “ex-dividendo”. Assim, uma ação “ex-dividendo” significa que o acionista não terá o direito de receber o dividendo já anunciado.

Execução de Ordem

Termo usado no mercado acionário que se refere à realização, por parte de uma corretora ou outro intermediário, de uma ordem de compra ou venda de títulos ou ações.

Exercício de Opções

Ao comprar (ou vender) uma opção, o investidor compra (ou vende) o direito de comprar ou vender um ativo a um determinado preço (preço de exercício) em uma determinada data. O exercício da opção é quando este direito é exercido pelo investidor ao preço de exercício determinado na opção. Para as opções que são negociadas em bolsa, existem dadas pré-determinadas nas quais diversas séries de opções vencem, de forma que estas datas são conhecidas como datas de exercício de opções. Nas opções do tipo americana é possível exercer o direito de compra/venda em qualquer tempo até a data de vencimento do contrato, enquanto nas opções européias o exercício só pode acontecer na data de vencimento da opção.

Exigibilidades

Denominação dada às obrigações, ou exigências financeiras, que uma empresa tenha que arcar. No balanço patrimonial da empresa seria equivalente à soma do Exigível de curto prazo e do Exigível de longo prazo.

Existing Home Sales

A Associação Norte-Americana de Corretores de Imóveis divulga mensalmente pesquisa sobre vendas de casas usadas nos EUA num período pré-determinado, e com base em taxas anualizadas.
Esse dado é importante, pois sinaliza as condições do mercado de imóveis, que possui elevada participação na composição do Produto Interno Bruto dos EUA.

Export notes

Termo que vem do inglês e significa notas de exportação. Contrato usado por exportadores para financiar suas vendas ao exterior. Nestes contratos o exportador cede aos investidores os direitos de venda decorrentes dos contratos de exportação, e, em troca recebe moeda local.

Expurgo

Significa a aplicação de índices de atualização monetária abaixo do que é efetivamente devido. Este percentual se baseia na diferença entre os índices aplicados pelo governo e o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os expurgos em geral têm sido pagos sobre os saldos antigos das contas de FGTS, em que a correção do saldo ficou abaixo do IPC.

Extinção de Contrato de Seguro

Um contrato de seguro se extingue na data do seu vencimento, determinada na apólice, ou quando o segurador paga a indenização ao segurado.

Extranet

Termo em inglês que denomina uma rede de acesso semiprivado, interligando uma comunidade limitada de clientes ou parceiros de negócio, ou organizações que compartilham e/ou trocam informações, ou realizam transações comerciais entre si através de meio eletrônico.