Índice de Energia Elétrica IEE

IEELETRICA

error_outline Atualizado às . Delay 15 min
arrow_upward

70.743

+0.35%

70.398

70.857

997.131.782

Fechamento anterior 70.491
Abertura 70.546
Negócios 144.943
Quantidade 0
Volume 997.131.782
Mín — Máx (Dia) 70.398 - 70.857
Variação (Dia) +0.35%
Variação (Mês) +2.18%
Variação (2019) +43.59%
Variação (52 semanas) +48.51%

Sigla: IEE

Tipo: ÍNDICE SETORIAL

Setor: Energia e Saneamento

O Índice de Energia Elétrica (IEE) é o indicador do setor de energia elétrica. Seu objetivo é apresentar as cotações dos ativos mais negociados e mais representativos do setor. Ele é formado por uma carteira teórica de ativos, elaborada de acordo com critérios pré-estabelecidos, reformulada a cada 4 meses. O IEE foi lançado em 1996, sendo o primeiro índice setorial da então Bovespa, atual B3.

O IEE é composto pelas ações e units exclusivamente de ações de companhias do setor elétrico listadas na B3. Para compor o índice, um ativo deve ter participação em termos de volume financeiro maior ou igual a 0,01% no mercado a vista (lote-padrão) no período de vigência das 3 carteiras anteriores. Outro critério de inclusão é a presença em pregão de 80% no período de vigência das 3 carteiras anteriores. Os ativos também devem ter apresentado no mínimo 2 negócios ao dia em pelo menos 80% dos pregões em que foram negociados.

As empresas participam da carteira apenas com seu ativo mais líquido, ou seja, aquele que foi mais negociado. Ficam excluídos os ativos classificado como “Penny Stock”, cotados a menos de R$ 1.

Este é um índice de retorno total com reinvestimento no próprio ativo. Por ser de retorno total, o indicador procura refletir não apenas as variações nos preços dos ativos no tempo. Ele também  reflete o impacto que a distribuição de proventos por parte das companhias emissoras desses ativos teria no retorno do índice.

Por ser um índice com reinvestimento no próprio ativo, é efetuado um ajuste. Considera-se que o investidor vendeu as ações pelo último preço de fechamento anterior ao início da negociação “ex-provento”. Também considera-se que utilizou os recursos na compra das mesmas ações sem o provento distribuído.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na XP Investimentos – é grátis!