PT e União Brasil conquistam 4 estados, mas Republicanos lidera em eleitores; veja números

Quem se destacou no 2º turno foi o PSDB, que elegeu 3 governadores ontem e se tornou o 4º maior partido em número de eleitores comandados

Lucas Sampaio

Publicidade

PT e União Brasil foram os partidos que mais elegeram governadores neste ano (4 cada um), mas o Republicanos é quem vai comandar o maior número de eleitores (35,7 milhões), pois venceu no maior colégio eleitoral do país: o estado de São Paulo.

Outro partido que se destacou após o segundo turno das eleições foi o PSDB, que não elegeu nenhum governador no primeiro, mas conquistou 3 estados no domingo (30) e se tornou o 4º partido em número de eleitores governados (17,6 milhões).

O Republicanos venceu no segundo turno em São Paulo (34,7 milhões de eleitores) com Tarcísio de Freitas, ex-ministro da Infraestrutura do governo Jair Bolsonaro, e no primeiro já havia levado o Tocantins (1 milhão), com a reeleição de Wanderlei Barbosa.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

Na sequência vem o PT, que conquistou também a eleição nacional, com a vitória de Lula sobre Bolsonaro. Nos estados, o partido venceu no primeiro turno no Ceará (com Elmano de Freitas), no Piauí (Rafael Fonteles) e no Rio Grande do Norte (Fátima Bezerra) e no segundo ganhou na Bahia (Jerônimo Rodrigues), unidade da federação que tem o 4º maior colégio eleitoral do país (11,2 milhões de eleitores).

Com isso, o partido vai comandar 23,2 milhões de eleitores. A copo “meio vazio” é que a sigla estava em 4 disputas ontem e poderia chegar a 7 estados conquistados, mas perdeu em 3: São Paulo (com Fernando Haddad), Santa Catarina (Décio Lima) e Sergipe (Rogério Carvalho).

O terceiro colocado em número de eleitores é o PL, partido de Bolsonaro e de Valdemar Costa Neto (político condenado no mensalão). A sigla venceu em “apenas” 2 estados — Rio de Janeiro (com Cláudio Castro) no primeiro turno e Santa Catarina (Jorginho Mello) no segundo —, mas vai comandar 18,3 milhões de eleitores porque o Rio tem o terceiro maior colégio eleitoral do Brasil (12,8 milhões).

Continua depois da publicidade

Os maiores vencedores das disputas estaduais:

Partido Nº de estados UFs Nº de eleitores
1. Republicanos 2 SP e TO 35.761.796
2. PT 4 BA, CE, PI e RN 23.240.738
3. PL 2 RJ e SC 18.316.954
4. PSDB 3 MS, PE e RS 17.608.077
5. Novo 1 MG 16.290.870
6. União Brasil 4 AM, GO, MT e RO 11.218.503
7. PSB 3 ES, MA e PB 11.056.189
8. MDB 3 AL, DF e PA 10.611.013
9. PSD 2 PR e SE 10.147.433
10. PP 2 AC e RR 954.673
11. Solidariedade 1 AP 550.687

Em quarto lugar aparece o PSDB, que ontem venceu no Rio Grande do Sul (com Eduardo Leite), em Pernambuco (Raquel Lyra) e no Mato Grosso do Sul (Eduardo Riedel) e comandará 17,6 milhões de eleitores. Isso porque o Rio Grande do Sul tem o 5º maior colégio eleitoral do país (8,5 milhões) e Pernambuco, o 7º maior (7 milhões).

Na sequência vem o Novo, que conquistou “apenas” Minas Gerais no primeiro turno (com Romeu Zema) e não estava em nenhuma disputa no segundo,  mas o estado tem o 2º maior colégio eleitoral do Brasil (16,2 milhões). O partido ficou à frente inclusive do União Brasil, que venceu em 4 estados mas o maior deles foi Goiás (Ronaldo Caiado), que tem o 12º maior colégio eleitoral (4,8 milhões).

O União Brasil ganhou também no Amazonas (com Wilson Lima), em Mato Grosso (Mauro Mendes) e em Rondônia (Coronel Marcos Rocha) e vai governar para 11,2 milhões de eleitores. O número é bem próximo ao do PSB (11 milhões de eleitores), que conquistou 3 estados: Espírito Santo (Renato Casagrande), Maranhão (Carlos Brandão) e Paraíba (João Azevêdo).

O MDB também elegeu 3 governadores, assim como PSDB e PSB, mas é apenas o 8º do ranking porque venceu em Alagoas (com Paulo Dantas), no Distrito Federal (Ibaneis Rocha) e no Pará (Helder Barbalho). O maior colégio eleitoral conquistado pelo partido é o Pará (9º maior, com 6 milhões), e a partir de 2023 o partido vai liderar 10,6 milhões de eleitores.

Veja o tamanho dos colégios eleitorais do Brasil:

Posição Estado Nº de eleitores
1 SP 34.667.793
2 MG 16.290.870
3 RJ 12.827.296
4 BA 11.291.528
5 RS 8.593.469
6 PR 8.475.632
7 PE 7.018.098
8 CE 6.820.673
9 PA 6.082.312
10 SC 5.489.658
11 MA 5.042.999
12 GO 4.870.354
13 PB 3.091.684
14 ES 2.921.506
15 AM 2.647.748
16 PI 2.573.810
17 RN 2.554.727
18 MT 2.469.414
19 AL 2.325.656
20 DF 2.203.045
21 MS 1.996.510
22 SE 1.671.801
23 RO 1.230.987
24 TO 1.094.003
25 AC 588.433
26 AP 550.687
27 RR 366.240

Veja os 27 governadores eleitos em 2022:

Os 12 eleitos no 2º turno (dos quais 6 foram reeleitos):

Os 15 eleitos no 1º turno (dos quais 12 foram reeleitos):

R: reeleito
R*: deixou o cargo no início do ano e voltará ao comando do estado

Newsletter

Infomorning

Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Lucas Sampaio

Jornalista com 12 anos de experiência nos principais grupos de comunicação do Brasil (TV Globo, Folha, Estadão e Grupo Abril), em diversas funções (editor, repórter, produtor e redator) e editorias (economia, internacional, tecnologia, política e cidades). Graduado pela UFSC com intercâmbio na Universidade Nova de Lisboa.