Jorginho Mello (PL) é eleito governador de Santa Catarina

Senador venceu Décio Lima (PT) no 2º turno, contando com o apoio de Jair Bolsonaro

Mariana Segala

(Agência Senado)

Publicidade

Jorginho Mello (PL) venceu a disputa em segundo turno para o governo de Santa Catarina. Com 77,27% das urnas apuradas no estado até as 19h03, matematicamente não há mais chance de virada para seu adversário, Décio Lima (PT).

Até o momento, Mello tem 70,76% do total de votos, enquanto Lima registra 29,24%. Os números estão sendo divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Mello passou para o segundo turno com quase 1,6 milhão de votos, o equivalente a 38,61% do eleitorado catarinense. Professor universitário, bancário e advogado, ele contou com o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL) na disputa pelo Poder Executivo do estado.

Continua depois da publicidade

Nascido em Ibicaré, interior do estado, Mello tem longa trajetória política, começando como vereador na cidade de Herval D’Oeste, entre 1976 e 1980. Mais tarde, entre 1995 e 2007, foi deputado estadual e, entre 2011 e 2019, foi deputado federal. Atualmente, ele representa Santa Catarina no Senado Federal.

O que faz um governador?

A governadora ou o governador exerce o Poder Executivo no Estado e no Distrito Federal. Cabe a quem ocupa o cargo representar, dentro do país, a respectiva Unidade da Federação nas relações jurídicas, políticas e administrativas. Na chefia da administração estadual, é auxiliado pelas secretárias e secretários de Estado.

Governadores podem propor leis e vetar ou sancionar leis aprovadas pelos deputados estaduais. Também respondem pela Segurança Pública dos Estados, da qual fazem parte as polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros. Como no Brasil os Estados (e o DF) têm autonomia, as competências e responsabilidades do cargo são estipuladas pelas respectivas Constituições estaduais (e, no caso do DF, por sua Lei Orgânica).

O mandato de um governador é de quatro anos, com possibilidade de reeleição para mais um mandato de quatro anos. Caso reeleito, o governador tem como limite o período de oito anos no poder, ou seja, ele não terá o direito de se reeleger novamente de forma consecutiva para o mesmo cargo.

Newsletter

Infomorning

Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Mariana Segala

Editora-executiva do InfoMoney