Ao Vivo

AO VIVO – Acompanhe o que movimenta a Bolsa em tempo real

Ibovespa fechou com queda de 2,09%, aos 103.412 pontos, enquanto o dólar avançou 0,29%, cotado a R$ 5,60; juros futuros tiveram alta

Por  Equipe InfoMoney -

Destaques da bolsa ao vivo

  • Leilão do 5G, repercussão de balanços corporativos e PEC dos Precatórios movimentaram o mercado nesta quinta-feira.

Últimas atualizações

O Ibovespa terminou os negócios desta quinta-feira (4) em queda e renovou a menor pontuação de fechamento do ano. Mais uma vez, o índice ficou abaixo dos 104 mil pontos chegando até mesmo a oscilar na casa dos 102 mil.

O mercado voltou a se estressar ao perceber que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que adia o pagamento de precatórios, abrindo espaço no Orçamento, pode ter dificuldades para avançar.

A PEC passou em primeiro turno no plenário da Câmara, mas a votação foi contestada pelo PDT no STF, em relação a sua constitucionalidade. Isso porque houve mudança no regimento para que parlamentares que estavam fora do país pudessem votar de forma remota.


17h25 – Maiores altas e baixas do fechamento do pregão


17h15 – Ibovespa fecha em queda de 2,09% aos 103.412 pontos, pior pontuação de fechamento do ano 

  • Volume de negócios do dia ficou em R$ 30,1 bilhões
  • Dólar comercial fechou em alta de 0,29%, a R$ 5,606 na compra e R$ 5,606 na venda.
  • Juros futuros avançam:

DI para janeiro de 2023 subiu cinco pontos-base, a 12,09%; DI para janeiro de 2025 avançou 14 pontos-base a 12,17%; e o DI para janeiro de 2027 teve alta de 15 pontos-base, a 12,19%.


17h08 – Fechamento de Wall Street

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • Dow Jones fechou em queda de 0,09% a 36.124 pontos
  • S&P teve ganhos de 0,42% a 4.680 pontos (novo recorde)
  • Nasdaq subiu 0,81% a 15.940 pontos (novo recorde)

17h03 – Arthur Lira diz que votação do 2º turno da PEC dos Precatórios será na terça, às 9h

Em entrevista a jornalistas, o presidente da Câmara afirmou que a expectativa é por um quórum maior na próxima sessão. Segundo ele, não previsão de mudança de votos entre os parlamentares dos partidos, em resposta a Ciro Gomes, do PDT.


16h47 – Após travar duelo acirrado por 5G, ações da Unifique (FIQE3) recuam 3,8%

Integrante do Consórcio 5G Sul, junto com a Copel Telecom, as ações da Unifique recuam após arrematar lote regional Sul de 80 MHz na faixa de 3,5 GHz.

A proposta inicial do Consórcio 5G Sul havia começado em R$ 19 milhões. Lance a Lance, a Mega Net disputou as ofertas da concorrente até parar em R$ 70 milhões.


Analistas ajustam recomendações ao cenário de alta de juros, mirando em ações que podem se beneficiar ou ser menos prejudicadas.


16h20 – Exportadoras de proteínas voltam a liderar altas do Ibovespa

Entre os destaques da bolsa neste ano, as empresas exportadoras de proteínas voltam novamente a se valorizar nesta quinta-feira, com os papéis de Minerva (BEEF3), +4,18%; da Marfrig (MRFG3), +4,02%; e JBS (JBSS3), +3,29%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Conforme o especialista em Mercado do InfoMoney, Henrique Esteter, dados do USDA mostram que a demanda segue aquecida por bovinos nos EUA, assim como as exportações para alguns mercados que estavam suspensas estão sendo retomadas.

“Essas empresas se beneficiam com a alta do dólar, aumentando suas exportações, e podem ser consideradas menos impactadas pelo cenário macro, o que as torna mais defensivas na bolsa”, disse.



16h03 – Depois de cair quase 10%, ações da Brisanet (BRIT3) avançaram 4,08% e entraram em leilão; empresa arrematou mais um lote (E4) do leilão 5G por R$ 111 milhões


15h44 – Ações da Unidas (LCAM3) operam em leve queda de 0,05% após empresa ter dobrado de lucro no terceiro trimestre

O Credit Suisse comentou que a Unidas reportou resultados do terceiro trimestre de 2021 um pouco acima das estimativas, mas com uma qualidade melhor, já que a batida veio do segmento RAC (rent a car), ao invés de uma batida de resultados não recorrentes de Seminovos. O banco mantém avaliação outperform para ações da empresa e preço-alvo de R$ 33,00. O papel é negociado agora a R$ 21,26.


15h34 – Ações da CSN (CSNA3) caem 3,08%, a R$ 21,45, após lucro menor no terceiro trimestre

O Bradesco BBI comentou que os números vieram muito mais fracos do que o esperado na divisão de minério de ferro, devido à fraca realização de preços (impacto não recorrente de ajustes provisórios de preços) e desempenho de custos. Os analistas acreditam que a ação está descontada e fazem avaliação outperform para a CSN, com preço-alvo de R$ 67.


14h46 – PDT aciona Supremo Tribunal Federal (STF) contra a PEC dos Precatórios, afirma CNN

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os deputados da legenda estariam contestando a constitucionalidade da votação que aprovou a Proposta de Emenda à Constituição em primeiro turno na Câmara. Para o partido, a votação de parlamentares que não estavam no plenário não poderia ter sido autorizada. O Ibovespa aprofunda perdas e recua 2,24%.


14h21 – Após reverter prejuízo e lucrar R$ 107 milhões no terceiro trimestre, Marcopolo (POMO4) tem ações operando em alta de 6,25% a R$ 2,89

O Bradesco BBI comentou que a Marcopolo apresentou Ebitda ajustado fraco no 3T21, devido a demanda fraca por ônibus novos, já que os operadores de ônibus lutam com os impactos do COVID-19 e a perda de market share da empresa. Os analistas mantiveram avaliação underperform para as ações da empresa, com preço-alvo de R$ 2,50.

O Credit Suisse também avalia que a Marcopolo ainda enfrenta desafios relacionados à pandemia, tendo que adequar seu quadro de funcionários e aumentar o provisionamento para dispensas. Além disso, a empresa perdeu market share no mercado interno, que segue em dificuldades apesar da reabertura da economia. O banco mantém avaliação underperform para as ações, também com preço-alvo de R$ 2,50.

 


13h29 – Ações da Brisanet (BRIT3) recuam quase 10% após levar lotes do 5G; o do Nordeste com ágio de 13.741% [veja notas das 13h26 e 13h40]


13h50 – Bolsas nos EUA operam majoritariamente com alta após Fed; Europa fecha em alta

O S&P 500 sobe pelo sexto dia consecutivo na quinta-feira, com os investidores digerindo o anúncio do Fed de desacelerar o seu programa de compra de títulos neste final de mês, em meio a dados econômicos nos EUA mais fortes do que o esperado. O Nasdaq também avança para novo recorde histórico.

Na Europa, os principais índices fecharam em alta, após Fed e decisão do Banco da Inglaterra de manter as taxas estáveis ​​por enquanto, segundo a CNBC.

Veja as principais cotações:

  • S&P (EUA): +0,25%
  • Dow Jones (EUA): -0,25%
  • Nasdaq (EUA): +1,06%
  • Dax (Alemanha): +0,44%
  • FTSE (Londres): +0,43%

13h40 – Brisanet (BRIT3) leva lote C5 de 5G no Centro-Oeste, com ágio de 4.054%; ações passam a cair 3,29%

Após arrematar o lote Nordeste, a Brisanet levou o lote C5, com as mesmas condições do anterior, na região Centro-Oeste por R$ 105 milhões, valor superior ao ofertado pela Cloud To You, de R$ 80 milhões.

Com o segundo lote arrematado, as ações da companhia passaram a recuar 3,68%, cotado R$ 7,35.


13h26 – Brisanet (BRIT3) leva lote C4 de 5G no Nordeste, com ágio de 13.741%; ações avançam 3,2%

A empresa será a nova operadora de 5G, atuando na região Nordeste, com obrigação de atender municípios com menos de 30 mil habitantes, com bloco de 80MHz, na faixa de 3,5GHz.

A oferta da Brisanet foi de R$ 1,250 bilhão, ante proposta da Meganet, de R$ 9,030 milhões.

As ações da companhia, que operavam entre perdas e ganhos, aceleraram a alta, após o resultado, subindo 3,29%, a R$ 7,85.


13h16 – Ações de TIM e Telefônica/Vivo avançam após levarem os principais lotes do 5G

As ações da TIM (TIMS3) subiam 0,32% e as da Vivo (VIVT3) avançavam 0,73%, após ambas levarem, respectivamente, por R$ 351 milhões e R$ 420 milhões novas faixas de 5G.


13h06 – Quarto bloco do leilão nacional fica sem proponentes; certame passa a propostas regionais

Sem propostas, o quarto bloco nacional da de 80MHz da faixa de 3,5 GHz do leilão do 5G ficou sem ser outorgado.

Agora, seguem os blocos regionais, que ficou sem proposta o lotes C1 e C3, que abrangem, principalmente, a região Norte.

Já a Sercomtel levou o lote regional C3, por R$ 82 milhões, com ágio superior a 700%.


13h01 – TIM fica terceiro lote da faixa 3,5 GHz do leilão de 5G

A TIM ficou com o terceiro lote (B3) do bloco nacional de 80MHz da faixa de 3,5 GHz do leilão do 5G. A proposta foi de R$ 351 milhões.


12h57 – Telefônica leva segundo lote de faixa 3,5 GHz do leilão de 5G

Sem participação da Claro, que levou o primeiro lote, a Telefônica levou o segundo lote (B2) de 5G, de licença nacional de 80MHz de 3,5GHz, com proposta de R$ 420 milhões.

A proposta da TIM foi de R$ 390 milhões.


12h47 – Claro leva primeiro lote da faixa de 3,5 GHz do leilão de 5G

Com um lance de R$ 338 milhões, a Claro levou o lote B1 da faixa de 3,5 GHz do leilão de frequência de quinta geração (5G), que acontece neste momento.

A proposta mínima era de R$ 321 milhões. A TIM ofereceu cerca de R$ 331 milhões e a Telefônica, R$ 321 milhões. Nenhuma das duas quis apresentar proposta substitutiva.


12h45 – Winity vence 1º lote de leilão do 5G e vira a mais nova operadora de telefonia móvel do país

Empresa ofereceu pouco mais de R$ 1,4 bilhão para o lote de abrangência nacional da faixa de 70 MHz.



12h15 – Ações da Pague Menos (PGMN3) sobem 1,8%, após lucro 11% no terceiro trimestre

Para o Itaú BBA, a Pague Menos (PGMN3) teve faturamento bruto ficou em linha com suas expectativas, mas com lucro líquido trazendo uma surpresa positiva, por conta de resultados financeiros melhores do que o esperado.

O banco diz que os dados o tornam confiante de que o processo de retomada (turnaround) da empresa está se materializando, o que pode se refletir em números melhores no futuro. Assim, o banco reitera a empresa como top pick no setor de farmácias.


12h10 – Maiores altas e baixas


12h08 – Opep+ rejeita apelo de Biden para acelerar aumento da produção

A Opep e aliados decidiram manter o lento ritmo de aumento da produção de petróleo, ignorando o pedido do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para acelerar a reposição de barris.

Após uma breve reunião na quinta-feira, o grupo aprovou um aumento da produção de 400 mil barris por dia para dezembro, segundo delegados. É um ritmo que os maiores consumidores dizem ser lento demais para sustentar a recuperação econômica pós-Covid. O governo dos EUA pediu o dobro desse volume. (Bloomberg)


11h59 – Próximo governo pode ter que implementar até novo arcabouço fiscal, diz Credit Suisse, levando a consequências mais duradouras para a economia

Com a mudança na regra do teto de gastos, não só se reduz a credibilidade desse instrumento fiscal, como se aumenta a probabilidade de a regra ser alterada novamente em 2023, destacam Solange Srour e Lucas Vilela, economistas do Credit.

Isso porque seria muito difícil para qualquer presidente eleito no próximo ano encerrar esse benefício social temporário, sendo que a tentação de tornar esse aumento do gasto social permanente forte.

Assim, acreditam, o próximo governo terá que implementar um novo ajuste na regra do teto de gastos ou mesmo um novo arcabouço fiscal.


11h48 – Após registrar um lucro 45% menor, as ações da CSN Mineração (CMIN3) caem 2,5%

O Morgan Stanley comentou que o Ebtida reportado veio mais fraco, mas o caixa operacional ficou bem acima das estimativas.

Já o Bradesco BBI escreveu que os números foram significativamente mais fracos do que o esperado, devido impacto não recorrente nas quedas de realização de preços no terceiro trimestre. O banco diz, porém, que as ações são negociadas a múltiplos muito atraentes.

O Morgan Stanley mantém avaliação equal-weight para ações da CSN Mineração (CMIN3, e preço-alvo de R$ 7,50. Já o Bradesco BBI mantém avaliação outperform, com preço-alvo de R$ 14,00.


11h42 – Ações do GPA (PCAR3) recuam 4% após prejuízo 39% maior no 3º trimestre com pressão inflacionária

Para o Itaú BBA, os resultados do GPA no 3º trimestre vieram amplamente em linha com suas projeções de receita, mas ficaram aquém de suas projeções de lucro líquido ajustado e lucratividade.

Segundo o banco, os resultados sugerem que a empresa ainda está trabalhando para colocar suas operações de volta aos níveis pré-pandêmicos.

O banco mantém avaliação outperform para ações da GPA (PCAR3), e preço-alvo de R$ 39,00.


11h34 – AES Brasil (AESB3) lucra 8 vezes mais no 3º trimestre, mas ações recuam 2,6%

Para o Morgan Stanley, o Ebitda da AES Brasil (AESB3) veio cerca de 30% abaixo das expectativas, principalmente devido à geração eólica mais fraca do que o esperado, juntamente com compras de energia acima do esperado.

O banco espera uma combinação de altos preços à vista e alto déficit hídrico no período 2021-23, um cenário que afeta negativamente os geradores hidrelétricos, uma vez que eles precisam comprar energia para atender aos requisitos do contrato.

O banco mantém avaliação outperform para ações da AES Brasil (AESB3), e preço-alvo de R$ 16,00.


11h21 – Omega recua mais de 6% após balanço, com prejuízo de R$ 25,7 milhões impactado por inflação e despesas financeiras 

O Credit Suisse comentou que os resultados operacionais da Omega no 3º trimestre foram piores do que o esperado, principalmente com base na atividade comercial mais fraca e na produção eólica menor de algumas unidades.

O banco mantém avaliação outperform para ações da Omega (OMGE3), e preço-alvo de R$ 45,30.


11h16 – Ibovespa aprofunda perdas após votação sobre Precatórios; dólar tem ganhos moderados

Investidores assimilam aprovação da PEC que muda o teto de gastos público.


11h11 – Central de FIIs: investidores em fundos imobiliários chegam a 1,5 milhão e novas ofertas podem somar R$ 270 mi

O Ifix, índice dos FIIs mais negociados da Bolsa, opera no campo negativo nesta quinta-feira, caindo 0,1%, aos 2.666 pontos. No ano, o Ifix acumula queda de 7,24%.


11h05 – Líder do governo na Câmara, Ricardo Barros diz votação em 2º turno da PEC dos Precatórios ocorrerá na próxima terça-feira 

Em entrevista à CNN, ele afirmou ainda que a análise dos destaques, da votação em 1º turno, também ocorrerá na terça-feira.

A intenção inicial da base aliada ao governo do presidente Jair Bolsonaro, incluindo o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), era tentar votar o segundo turno ainda nesta quinta, mas os parlamentares já começam a ir embora de Brasília, o que dificulta o quórum necessário para votar uma PEC. (Reuters)


10h54 – Ações do Itaú (ITUB4) recuam cerca de 2,5%, após balanço mostrar lucro 34% maior no ano, mas em linha com as estimativas

Para o Credit Suisse, o Itaú reportou sólidos resultados, porém o banco suíço ainda vê uma desconexão entre lucratividade e avaliação, apesar do desempenho superior das ações.

Já o Morgan Stanley comentou que o Itaú entregou um trimestre forte, com mais pontos positivos do que negativos, ressaltando que o crédito segue crescendo rapidamente e, junto com a alta da Selic, deve continuar impulsionando as receitas financeiras nos próximos 6 a 12 meses.

Segundo o Morgan Stanley, o Itaú continua altamente eficaz na gestão de custos, oferecendo alavancagem operacional à medida que as receitas aumentam.

O Credit Suisse mantém avaliação outperform para ações do Itaú (ITUB4), com preço-alvo de R$ 33,00. O Morgan Stanley também manteve avaliação outperform, com preço-alvo das ADRs de US$ 8,00.


10h40 – Cielo (CIEL3) lidera altas do Ibovespa após balanço; Copasa (CSMG3) puxa as baixas

Na abertura dos negócios, as ações da Cielo disparam 6,47%, após o balanço superar as expectativas, segundo o Credit Suisse, mesmo em ambiente desafiador [ver nota das 9h52].

Já a Copasa puxava as baixas, com queda de 6,32%, também após a divulgação do balanço, com lucro 93% menor, que foi impactado por itens não recorrentes. Para o Morgan Stanley, os resultados vieram abaixo do esperado [ver nota das 9h43].


10h33 – Tesouro Direto: títulos públicos prefixados apresentam alta nesta 5ª; retornos chegam a 12,1%

Com as atenções voltadas para a aprovação apertada da PEC dos Precatórios em primeiro turno na Câmara, além dos números da produção industrial, o mercado de títulos públicos negociados via Tesouro Direto opera sem direção única na manhã desta quinta-feira (4).


10h30 – Ibovespa abre entre perdas e ganhos, e passa a cair 0,43%; dólar sobe 1,03%, cotado a R$ 5,61

Na manhã seguinte à aprovação em primeiro turno da PEC dos Precatórios, na Câmara dos Deputados, o Ibovespa abriu os negócios próximo da estabilidade, passando a recuar após a primeira meia hora de negócios.

O avanço da proposta que limita o pagamento de dívidas judiciais da União, abrindo espaço no Orçamento, por um placar apertado, era bastante aguardado pelos investidores e chegou a movimentar os negócios ainda ontem após o fechamento dos mercados. 


10h23 – Acompanhe a cerimônia do leilão de 5G da Anatel

5G: 15 empresas disputam exploração da tecnologia no Brasil; saiba como será o leilão nesta quinta-feira

 


10h15 – Opep+ se reúne hoje em meio a cenário de recusa de aumento da produção de acordo com demanda global

O Bradesco BBI aponta que ficará atento para ver se a organização mantém o ritmo atual de aumento de produção mensal de 400 mil barris por dia, em meio a críticas sobre a oferta, como as feitas pelos EUA.

“Acreditamos que sim. Em nossa opinião, faz pouco sentido para a Opep+ mudar sua estratégia atual antes de entender melhor se (e quando) o acordo nuclear com o Irã estará de volta à mesa”, escreveram.

“Além disso, a aceleração dos aumentos da produção agora potencialmente aumentaria a volatilidade do preço do petróleo em 2022”, apontam os analistas.


  • Ibovespa abre próximo da estabilidade; índice tem leve queda de 0,08% aos 105.532 pontos

10h00 – Arezzo (ARZZ3) tem resultados em linha, mas que devem ficar entre os mais fortes do setor de moda, aponta Itaú BBA

Com a piora do cenário macroeconômico, o banco diz acreditar que investidores deverão focar nos resultados do quarto trimestre e avalia que a empresa não observou uma desaceleração no desempenho de vendas.

O banco reafirma sua avaliação outperform (expectativa de valorização acima da média do mercado), destacando que a Arezzo está exposta a classes de renda que devem sofrer no cenário adverso.


9h52 – Cielo (CIEL3): resultados superaram as expectativas, mesmo em ambiente desafiador, diz Credit Suisse

O banco diz que embora a intensa competição no negócio de adquirência e o aumento das taxas do CDI devam ser obstáculos persistentes nos próximos trimestres, as ações da Cielo ainda devem reagir positivamente aos resultados.

O Credit Suisse mantém avaliação neutra para ações da Cielo (CIEL3), e preço-alvo de R$ 4,80, frente à cotação de quarta-feira (03) de R$ 2,32.


9h48 – Itaú (ITUB4) teve resultados sólidos no terceiro trimestre, destaca Credit Suisse

Para o banco suíço, ainda existe uma uma desconexão entre lucratividade e a sua avaliação, apesar do desempenho superior das ações.

Dessa forma, o Credit Suisse mantém avaliação outperform para ações do Itaú (ITUB4), e preço-alvo de R$ 33,00, frente à cotação de quarta-feira (03) de R$ 24,45.


9h43 – Copasa (CSMG3) tem resultados pouco abaixo do esperado, afetado por itens não recorrentes e não monetários, diz Morgan Stanley

Entre as perdas estão as relacionadas a processos administrativos e despesas relacionadas à implantação de plano de demissão voluntária.

Mesmo assim, o banco destaca a avaliação atrativa da companhia, visto que suas ações são negociadas a cerca de 0,7 EV/RAB e oferecem aproximadamente 12% de TIR, bem como política de dividendos relativamente atrativa. Além disso, a Copasa tem exposição relativamente menor ao risco macroeconômico e hidrológico.

O mantém avaliação outperform para ações da Copasa (CSMG3), e preço-alvo de R$ 21,00, frente à cotação de quarta-feira (03) de R$ 14,39.


9h37 – GPA (PCAR3) tem números divergentes entre segmentos, pontua Morgan Stanley

Enquanto a receita de Exito ficou 11% acima da expectativa do banco, com Ebitda 30% superior por conta de recuperação do faturamento bruto melhor do que o esperado, em especial na Colômbia, o Ebitda no Brasil ficou 30% abaixo da expectativa do Morgan Stanley.

O banco mantém avaliação equal-weight (perspectiva de valorização em linha com a média do mercado) e preço-alvo de R$ 39, frente à cotação de quarta de R$ 24,8.


9h29 – Ultrapar (UGPA3) teve resultados impulsionados pela Oxiteno, superando as expectativas, destaca Credit Suisse

Para o Credit Suisse, a Ipiranga, contudo, ficou abaixo da expectativa, com a receita sendo puxada por efeitos extraordinários de reversão de impostos.

O banco mantém avaliação neutra sobre a empresa, e preço-alvo de R$ 16, frente à cotação de quarta de R$ 13,47.


9h25 – PetroRio (PRIO3) teve resultados abaixo das estimativas, por menores volumes de vendas, escreveu o Morgan Stanley

Segundo o banco, a PetroRio tem sido o garoto propaganda Junior de E&P no Brasil, tendo entregue uma notável reviravolta no campo de Polvo nos últimos anos. O banco diz que gosta da estratégia de M&A da empresa e acredita que qualquer anúncio potencial pode ser um catalisador poderoso para os próximos trimestres.

O Morgan Stanley mantém avaliação equal-weight (perspectiva de valorização dentro da média de mercado) para ações do Petrorio (PRIO3), e preço-alvo de R$ 25,00, frente à cotação de quarta-feira (03) de R$ 23,80.


9h15 – Gerdau (GGBR4) anuncia oferta de recompra de títulos no exterior

Segundo a empresa, a oferta de recompras terá o valor máximo de principal de US$ 500 milhões, dos títulos de dívida em circulação no mercado internacional.

O principal objetivo da recompra é o gerenciamento dos passivos da companhia e de suas controladas.


Dólar comercial abriu em leve queda e recua 0,13% a R$ 5,582 na compra e na venda

  • Juros futuros em queda

O DI para janeiro de 2023 cai dois pontos-base, a 12,04%; DI para janeiro de 2025 avança dois pontos-base a 12,05%; e o DI para janeiro de 2027 tem alta de três pontos-base, a 12,08%


9h10 – Arthur Lira comemora pelo Twitter resultado da votação da PEC dos Precatórios


9h00 – Produção industrial caiu 0,4% em setembro ante agosto, resultado ficou próximo das expectativas

Dessa forma, na série com ajuste sazonal, este foi o quarto resultado negativo consecutivo, acumulando no período perda de 2,6%.

Frente a setembro de 2020, a indústria recuou 3,9%, intensificando a redução do mês anterior (-0,7%). O setor acumula altas de 7,5% no ano e de 6,4% em 12 meses.

Produção industrial na comparação com igual período de 2020


8h55 – Ciro Gomes deixa em suspenso pré-candidatura à presidência

Por meio do Twitter, Ciro afirmou nesta manhã que vai deixar sua pré-candidatura à presidência, “em suspenso até que a bancada do meu partido reavalie sua posição”, disse, em relação ao apoio do PDT à PEC dos Precatórios, defendendo que membros do partido se posicionem de forma diferente no segundo turno da votação.

“Há momentos em que a vida nos traz surpresas fortemente negativas e nos coloca graves desafios. É o que sinto, neste momento, ao deparar-me com a decisão de parte substantiva da bancada do PDT de apoiar a famigerada PEC dos Precatórios”, acrescentou Ciro

Dos 24 votos da bancada do PDT, 15 foram favoráveis à aprovação da PEC em primeiro turno, porcentual de 63%. Desse total de favoráveis, quatro foram do PDT do Ceará.

A PEC foi aprovada com 312 votos, quatro a mais do que os 308 necessários. A expectativa é de que a votação siga na terça-feira.


8h46 – CSN (CSNA3) teve números muito mais fracos do que o esperado na divisão de minério de ferro, aponta Bradesco BBI

Segundo o BBI, a divisão de minério foi impactada pela fraca realização de preços (impacto não recorrente de ajustes provisórios de preços) e desempenho de custos.

O banco também destaca que a CSN é negociada a 1,7x EV / EBITDA 2022, contra aproximadamente 4,0x que considera justo para a empresa.

O Bradesco BBI mantém avaliação outperform para ações da CSN, com preço-alvo de R$ 67,00.



8h43 – Itaú (ITUB4) entrega trimestre forte, mais pontos positivos do que negativos, diz Morgan Stanley

O banco diz que o crédito segue crescendo rapidamente e, junto com a alta da Selic, deve continuar impulsionando as receitas financeiras nos próximos 6 a 12 meses.

Segundo o Morgan Stanley, o Itaú continua altamente eficaz na gestão de custos, oferecendo alavancagem operacional à medida que as receitas aumentam.

O Morgan Stanley mantém avaliação outperform para ações do Itaú (ITUB4), com preço-alvo de US$ 8,00.


8h40 – Principais balanços divulgados:

Veja a cobertura completa da Temporada de Balanços


8h25 – GPA, PetroRio, CSN, Ultrapar, Cielo, Itaú, Rede D’Or e mais: resultados e repercussões são destaques no noticiário corporativo

A temporada de resultados segue dominando o noticiário corporativo, com a repercussão dos números do Itaú, Cielo, Ultrapar, GPA, PetroRio, entre outros. Já nesta quinta, são divulgados os balanços de Bradesco, Tenda, Minerva, JHSF, Eneva, entre outras companhias.

Já Cosan, M. Dias Branco, Rede D’or São Luiz e Armac anunciaram aquisições ou conclusões de compras anunciadas anteriormente.

A Arezzo (ARZZ3), além de divulgar seus números do trimestre, disse que, em resposta às notícias veiculadas na mídia sobre uma possível compra do Grupo Soma, não assinou qualquer proposta de combinação de negócios junto ao referido grupo.


8h20 – Radar Cripto: Bitcoin volta a US$ 60 mil, Shiba Inu desaba 30% e mais assuntos que vão movimentar o mercado hoje

O Bitcoin (BTC) abriu esta quinta-feira (4) em queda de 2,1%, ao esbarrar em uma resistência no nível de US$ 63 mil ontem. Nesta madrugada, a moeda digital chegou a mergulhar rapidamente para US$ 60 mil em algumas corretoras, mas se recuperou em seguida e é cotada a US$ 61.811 às 7h05.


8h15 – Bolsas em leve alta, PEC dos precatórios, início do leilão do 5G e mais assuntos que vão movimentar o mercado hoje

As bolsas mundiais registram ganhos nesta quinta-feira (4), tendo ainda no radar a decisão do Federal Reserve da tarde da véspera. Foi anunciado o início da redução do programa de compra de títulos, mas há sinalizações de manutenção das taxas de juros baixas nos EUA por um longo tempo.

O noticiário no Brasil é movimentado, com atenção à aprovação em primeiro turno da PEC dos Precatórios pelo plenário da Câmara durante a madrugada, abrindo espaço para R$ 91,6 bilhões no orçamento de 2022. A medida ainda precisa ser aprovada em segundo turno antes de ir para o Senado.

No radar corporativo, atenção ainda para o leilão do 5G, repercussão de resultados de blue chips como Itaú, Cielo, GPA e Ultrapar, enquanto a agenda econômica conta ainda com os dados da produção industrial de setembro.

Curso inédito “Os 7 Segredos da Prosperidade” reúne ensinamentos de qualidade de vida e saúde financeira. Faça sua pré-inscrição gratuita.

Compartilhe