Indústria de transportes

Marcopolo (POMO4) reverte prejuízo e lucra R$ 107 mi no 3º trimestre; exterior impulsiona receitas

A receita líquida recuou 9,4%, para R$ 757,6 milhões. Enquanto no Brasil o faturamento caiu 21,7%, no exterior subiu 73,6%

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – A Marcopolo (POMO4) registrou um lucro líquido de R$ 107,1 milhões no balanço do terceiro trimestre deste ano, revertendo prejuízo líquido de R$ 57,4 milhões de um ano antes.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização somou R$ 95,1 milhões, ante perdas de R$ 23,8 milhões de um ano antes.

A receita líquida recuou 9,4%, para R$ 757,6 milhões. Enquanto as receitas no Brasil recuaram 21,7%, para R$ 376 milhões, as no exterior subiram 73,6%, para R$ 284,7 milhões.

No 3T21, a produção brasileira de ônibus chegou a 2.941 unidades, uma redução de 35,9% em relação ao 3T20.

O mercado interno respondeu por uma queda de 40,9% e o externo por um decréscimo de 10,4% de unidades exportadas.

Enquanto isso, a Marcopolo teve desempenho diferente. A produção consolidada da empresa foi de 2.210 unidades no 3T21. No Brasil, a produção atingiu 1.514 unidades, o que é 50,6% inferior a do 3T20, enquanto no exterior a produção foi de 696, 94,4% superior às unidades produzidas no mesmo período do ano anterior.

As despesas com vendas totalizaram R$ 39,3 milhões no 3T21, o que chega a 5,2% da receita líquida, contra R$ 53,3 milhões no 3T20, ou 6,4% sobre a receita líquida.

A participação de mercado da companhia na produção brasileira de carrocerias foi de 34,5% no 3T21 contra 55,7% no 3T20.

Curso inédito “Os 7 Segredos da Prosperidade” reúne ensinamentos de qualidade de vida e saúde financeira. Faça sua pré-inscrição gratuita.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Compartilhe