Petroleira

PetroRio (PRIO3) reverte prejuízo e lucra R$ 125 mi no 3º trimestre, com Brent valorizado

Receita avançou ajudada pela valorização do preço do barril de petróleo do tipo Brent, que teve seu maior patamar dos últimos três anos

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – A PetroRio (PRIO3) apresentou no terceiro trimestre deste ano um lucro líquido de R$ 125,159 milhões, revertendo prejuízo líquido de R$ 117,738 milhões do mesmo período do ano passado.

Segundo a empresa, o resultado foi impactado pela expansão da receita, como “reflexo do aumento nas vendas e do crescimento do preço do Brent”, referência internacional do barril de petróleo, que atingiu uma média de US$ 73,23 por barril no período analisado.

“É o maior patamar do Brent dos últimos três anos”, destacou a empresa, reforçando ser um aumento de 69% na comparação ano a ano e 6% na comparação com o trimestre anterior.

“Vale lembrar que no começo da pandemia, em março de 2020, o petróleo, tanto Brent, como a referência norte-americana WTI, experimentaram quedas históricas. A recuperação, agora, impacta de maneira positiva”, acrescentou.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado ficou em R$ 547,183 milhões, o que representa um crescimento de 169% em relação aos R$ 203,724 de um ano antes.

Assim, a margem Ebitda acabou em 58%, ou 16 pontos percentuais acima do mesmo trimestre de 2020.

Receitas do balanço da PetroRio

No período, a PetroRio (PRIO3) registrou receita líquida de R$ 939,517 milhões, o que corresponde a um aumento de 92%, impactada positivamente pela alta do preço do petróleo tipo Brent.

Mas a receita também foi positivada pelo mix de vendas, como escreveu a empresa, com uma proporção maior do óleo do campo de Polvo + TBMT, que possui maior desconto comercial e, “em menor escala, por um offtake de Polvo, que teve desconto superior ao normalmente praticado por apresentar maior teor de água.”

Segundo a empresa, “o terceiro trimestre de 2021 começou com a maior conquista operacional da companhia até o momento: a conclusão do tieback entre Polvo e Tubarão Martelo”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“O projeto, além de contribuir de maneira expressiva para a redução do lifting cost, que chegou a US$12,3 por barril nesse trimestre, e para a redução da pegada de carbono da companhia”, ressaltou.

Na produção por campo, o de Frade ampliou a produção em 27,7%. O de Manati subiu 7,4% (embora só 10% seja parte da empresa). Já o de Polvo e TBMT teve queda de 9,5%.

No total, a produção da PetroRio no período teve um acréscimo de 7,8%.

Análises

O Credit Suisse comentou que a empresa reportou fortes resultados, com destaque para redução de custos e melhores preços realizados. O banco diz que há boas razões para permanecer otimista com a empresa devido aos preços mais altos do petróleo. Além disso, a potencial aquisição da Albacora pode ser um catalisador positivo para as ações. O banco mantém avaliação outperform para ações e preço-alvo de R$ 25,00.

Já o Morgan Stanley escreveu que os resultados vieram abaixo das estimativas, principalmente devido aos menores volumes de vendas em comparação com o que esperado. Segundo o banco, a PetroRio tem sido o “garoto propaganda Junior de E&P” no Brasil, tendo entregue uma notável reviravolta no campo de Polvo nos últimos anos.

O banco diz que gosta da estratégia de M&A focada da empresa e acredita que qualquer anúncio potencial pode ser um catalisador poderoso para os próximos trimestres.  O Morgan Stanley mantém avaliação equalweight (exposição em linha com a média de mercado) para ações e preço-alvo de R$ 25,00.

O Bradesco BBI apontou que os resultados foram fracos, conforme o esperado, devido a itens não recorrentes. Para o quarto trimestre, os analistas esperam uma recuperação significativa graças à normalização das margens, maior produção de
petróleo e forte dinâmica dos preços do petróleo.

“A recomendação segue de compra, mas o preço-alvo foi reduzido para R$ 24,00/ação, de R$ 25,00/ação, a fim de incorporar o cenário de maior risco para o mercado de ações no Brasil. As ações estão sendo negociadas com um prêmio significativo de 95% em relação aos seus pares da América Latina, o que é parcialmente explicado pelo valor de longo prazo na ação. Acreditamos que Albacora ainda pode ser um gatilho significativo para a ação, pois a escala dos campos oferece um potencial de criação de valor de R$ 14-21/ação”, avalia o banco.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Curso inédito “Os 7 Segredos da Prosperidade” reúne ensinamentos de qualidade de vida e saúde financeira. Faça sua pré-inscrição gratuita.

Compartilhe