Locação de automóveis

Unidas (LCAM3) lucra 116% a mais no 3º trimestre; locação e seminovos puxam desempenho

Destaque do trimestre fica para recuperação da margem em locação de carros e seminovos, com desempenhos recordes

Por  Equipe InfoMoney

SÃO PAULO – A Unidas (LCAM3) divulgou lucro líquido recorrente 116,5% maior no terceiro trimestre, na comparação com o mesmo período do ano passado, somando R$ 267,269 milhões.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ficou em R$ 636,024 milhões, crescimento de 72,5%, com uma margem de 75,4%, 11,8 pontos percentuais acima do mesmo trimestre de 2020.

O destaque é para a recuperação da margem dos itens Aluguel de Carros e Seminovos que, por mais um trimestre consecutivo, apresentaram nível recorde.

“Encerramos mais um período apresentando recordes em todas as nossas frentes de negócio, impulsionados pelos segmentos de locação, que capturaram com eficiência a demanda que vem crescendo de maneira acelerada trimestre após trimestre tanto em Aluguel de Carros (RAC) quanto em Terceirização de Frotas”, escreveu Luis Fernando Porto, CEO da Unidas, no relatório de administração que acompanha o balanço.

Receitas da Unidas

A receita líquida totalizou R$ 1,559 bilhão no trimestre, 11,2% abaixo dos R$ 1,756 bilhão do 3TRI20.

Enquanto a receita líquida de locação subiu 45,6%, a de venda de veículos caiu 39,1%. Em compensação, os custos de locação diminuíram 36,8%.

“Sobre o processo de fusão entre a companhia e a Localiza (RENT3)”, lembrou Porto, “em 6 de setembro foi publicado pela Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), cuja análise do processo foi prorrogada por mais 90 dias, a contar de 6 de outubro de 2021”.

Compartilhe