Radar InfoMoney

Proventos de Vivo (VIVT3), Copasa (CSMG3) e de outras empresas; investidores seguem de olho em Petrobras (PETR4) e mais notícias

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta sexta-feira (18)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta sexta-feira (18) destaca o pagamento de dividendos e juros sobre capital próprio de Telefônica (VIVT3), Copasa (CSMG3), Lojas Renner (LREN3) e Fleury (FLRY3). Além disso, Eletrobras (ELET3;ELET6), Gafisa (GFSA3) e M. Dias Branco (MDIA3) divulgam seus balanços, após fechamento dos mercados.

A B3 (B3SA3) registrou um lucro líquido de R$ 1,091 bilhão no 4T21, praticamente estável na comparação anual, com queda de 0,5% frente ao mesmo intervalo de 2020.

Já a Lojas Renner (LREN3) registrou lucro líquido de R$ 415,8 milhões no 4T21, cifra 17,5% superior ao registrado no quarto trimestre de 2020.

O GPA (PCAR3) anunciou a saída de Jorge Faiçal Filho do comando da empresa e entrada Marcelo Pimentel, vindo da Marisa (AMAR3). 

Leia também:

A brMalls (BRML3), por sua vez, recusou nova proposta de combinação de negócios com Aliansce Sonae (ALSO3). Confira mais destaques: 

Petrobras (PETR3;PETR4)

Os investidores seguem monitorando o noticiário sobre Petrobras. O governo vem expondo o presidente da estatal, Joaquim Silva e Luna, a uma espécie de fritura pública na expectativa que ele peça demissão do cargo após aumento do desgaste.

O jornal Valor destacou que, nos bastidores, até mesmo integrantes da ala militar do governo têm criticado o colega. Somente dois quadros militares têm defendido Silva e Luna publicamente: o vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos), que tem uma relação estremecida com Bolsonaro, e o ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque.

Esse processo tem abalado as ações da Petrobras, que fechou a sessão da véspera em queda, descolando-se dos seus pares do setor.

Apesar de toda a pressão vinda do governo e diretamente de Jair Bolsonaro, a cúpula da Petrobras diz não ver prazo para baixar os preços, estimulando os atritos recentes.

Arthur Lira ontem voltou a cobrar a Petrobras e defendeu a discussão sobre um subsídio temporário focalizado, mas depois de a estatal reduzir os preços – o projeto ainda não está desenhado pelo Planalto.

Já ontem à noite, em transmissão nas redes sociais, Jair Bolsonaro falou de seus limites para interferir na Petrobras. “Se eu quiser trocar hoje o presidente da Petrobras, não posso”, disse o chefe do Executivo. “A Petrobras é praticamente independente”, acrescentou.

De acordo com o presidente, o grande problema do Brasil é não refinar todo seu petróleo. “Entre as dez grandes economias do mundo, somos a única que não refina”, declarou Bolsonaro. “Se refinarias tivessem sido concluídas, seríamos superavitários em diesel e gasolina e estaríamos exportando.” O chefe do Executivo ainda voltou a dizer que o preço dos combustíveis no Brasil, apesar de alto, está abaixo da média mundial.

brMalls (BRML3) e Aliansce Sonae (ALSO3)

O conselho de administração da brMalls (BRML3) decidiu,  por unanimidade, recusar a nova proposta não solicitada de combinação de negócios enviada pela Aliansce Sonae Shopping Centers em 16 de março de 2022.

Segundo comunicado, a nova proposta não-solicitada continua subavaliando, consideravelmente, o valor econômico justo da companhia e do seu portfólio de ativos, vez que apresentou um incremento de preço insuficiente e,  portanto, ainda não atende aos melhores interesses  dos acionistas da brMalls. 

Por fim, o conselho de administração da brMalls reitera que avaliará eventual  nova proposta que seja enviada pela Aliansce Sonae.

A brMalls também divulgou seus dados do trimestre. A companhia registrou lucro líquido de R$ 186,2 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa uma redução de 6,6% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Telefônica (VIVT3

A Telefônica Brasil aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio no montante  bruto  de R$ 250 milhões, equivalentes a R$ 0,14929120379 por papel.

O crédito dos proventos será realizado até 31 de julho de 2023, com base na posição acionária de 31 de março de 2022.

Copasa (CSMG3

A Copasa (CSMG3) aprovou JCP no valor de R$ 33,8 milhões, o equivalente a R$ 0,0893 por ação.

A data de corte será no dia 22 de março e o crédito ocorrerá em até 60 dias após a declaração (17/03). As ações serão negociadas ex-direito a partir de 23 de março deste ano.

Lojas Renner (LREN3

A Lojas Renner (LREN3) registrou lucro líquido de R$ 415,8 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), cifra 17,5% superior ao registrado no quarto trimestre de 2020.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado cresceu 5,3% no 4T20, totalizando R$ 776,1 milhões.

O conselho de administração da varejista aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio no montante bruto de R$ 141 milhões, correspondentes a R$ 0,143910 por ação.

O pagamento será feito conforme definição na Assembleia Geral Ordinária de 2023, com base na posição acionária de 22 de março de 2022. Dessa forma, as ações serão negociadas ex-direito a partir de 23 de março deste ano.

B3 (B3SA3

A B3 (B3SA3) registrou um lucro líquido de R$ 1,091 bilhão no 4º trimestre do ano passado, praticamente estável na comparação anual, com queda de 0,5% frente o mesmo intervalo de 2020.

Segundo a empresa, esse resultado refletiu o desempenho operacional positivo nos segmentos de Balcão e Tecnologia, Dados e Serviços no trimestre.

Excluindo itens não recorrentes, o lucro líquido teria atingido R$ 1,229 bilhões no trimestre, aumento de 6,0%.

Paranapanema (PMAM3)

A Paranapanema (PMAM3) registrou prejuízo de R$ 188,1 milhões no quarto trimestre de 2021, revertendo lucro de R$ 150,8 milhões do mesmo período de 2020.

O Ebitda ajustado somou R$ 10,5 milhões no 4T21, contra R$ 23,8 milhões do 4T20.

A receita líquida foi de R$ 1,038 bilhão entre outubro e dezembro de 2021, uma redução de 29% sobre o desempenho de igual etapa de 2020.

Grupo Soma (SOMA3)

O Grupo Soma (SOMA3) teve lucro ajustado de R$ 111,9 milhões no quarto trimestre de 2021, salto de 180,5% contra um ano antes.

O Ebitda ajustado cresceu 166% e atingiu R $180,6 milhões.

Enauta (ENAT3)

A Enauta (ENAT3) registra lucro de R$ 690,7 milhões no quarto trimestre de 2021, crescimento de 1.707,9% contra 4T20.

O Lucro líquido do acumulado de 2021, de R$ 1,4 bilhão, é o maior da história da empresa.

CPFL Energia (CPFE3)

A CPFL Energia (CPFE3) apresentou lucro líquido 34,5% maior no quarto trimestre de 2021 (4T21), com R$ 1,331 bilhão, ante R$ 989 milhões do mesmo trimestre de 2020.

Fleury (FLRY3

O Fleury (FLRY3) apresentou lucro líquido de R$ 70,8 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), uma queda de 49,2% em relação ao mesmo período de 2020, quando havia reportado R$ 139,5 milhões.

Apesar da queda no trimestre, o lucro líquido da empresa cresceu 36,2% no acumulado de 2021, para R$ 349,9 milhões.

O Conselho de Administração aprovou a distribuição de dividendos aos acionistas com base no lucro líquido referente ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2021, no valor por ação de R$ 0,70981285766. 

Os dividendos serão pagos aos acionistas em até 4 de abril de 2022, com base na posição acionária 22 de março de 2022.

Energisa (ENGI11

A Energisa (ENGI11) reportou lucro líquido 203,4% maior no quarto trimestre de 2021 (4T21), chegando a R$ 582,6 milhões, mais de três vezes o consolidado no mesmo período de 2020, com R$ 192,0 milhões.

Cyrela (CYRE3)

A Cyrela (CYRE3) reportou um lucro líquido de R$ 218 milhões no balanço do 4º trimestre (4T21), desempenho 16,7% inferior ao do mesmo intervalo de 2020, de R$ 261 milhões.

Cury (CURY3

A Cury (CURY3) registrou lucro líquido de R$ 103,8 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa um crescimento de 52,6% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Sinqia (SQIA3

A Sinqia (SQIA3) registrou lucro líquido de R$ 11,6 milhões no quarto trimestre de 2021, alta de 277% na comparação anual.

Vivara (VIVA3)

A Vivara (VIVA3) divulgou o balanço do quarto trimestre de 2021 (4T21) com alta de 36,4% no lucro líquido, chegando a R$ 127,129 milhões, contra R$ 93,182 milhões do mesmo período de 2020.

Infracommerce ([ativo=INFC3])

A Infracommerce (INFC3) reportou prejuízo líquido de R$ 24,5 milhões no quarto trimestre de 2021, revertendo lucro registrado no mesmo período de 2020.

GPA (PCAR3) e Marisa (AMAR3)

O GPA (PCAR3) anuncia a troca do comando de suas operações. Segundo comunicado da empresa, Jorge Faiçal deixa a presidência da companhia para o ingresso de Marcelo Pimentel, até então CEO da Marisa (AMAR3).

Conforme o GPA, a saída de Faiçal ocorre após a conclusão da transição da bandeira Extra, e seu desligamento é a partir desta quinta-feira (17).

Pimentel tem passagem por empresas como Walmart e Grupo DPSP, além de Lojas Marisa, sua última atuação.

Do outro lado, o conselho de administração da Lojas Marisa informou que o processo de seleção do novo Diretor-Presidente já foi iniciado e que, interinamente, Adalberto Pereira dos Santos, atual Vice-Presidente Financeiro, Administrativo e Diretor de Relações com Investidores assumirá as funções do cargo de Diretor-Presidente.

Embraer (EMBR3)

A Eve, da Embraer, e a Acciona, empresa global líder em fornecimento de soluções regenerativas para uma economia de baixo carbono, anunciaram hoje uma parceria estratégica para acelerar o desenvolvimento de um ecossistema de Mobilidade Aérea Urbana global e sustentável. 

Sob os termos da parceria, após a conclusão da combinação de negócios da Eve com  a  Zanite Acquisition Corp.,a  Acciona investirá US$ 30 milhões e se juntará ao grupo de investidores estratégicos que atualmente estão apoiando o desenvolvimento da Eve e de seu plano de negócios.

Como parte do acordo, José Manual Entrecanales, presidente e CEO da Acciona, se  tornará um dos sete membros do Conselho de Administração após a listagem da Eve na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE), que está prevista para acontecer no segundo trimestre de 2022.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

 

Compartilhe