Temporada de balanços

Sinqia (SQIA3) registra lucro de R$ 11,6 milhões no 4º trimestre de 2021, salto de 277%; ações saltam

Resultado foi acima das expectativas tanto em termos de receita como em termos de margens, apontam analistas

Por  Equipe InfoMoney -

A Sinqia (SQIA3) destacou ter reportado o melhor resultado de sua história em 2021, encerrando o ano com progresso relevante nos plano de consolidação e inovação. As ações registram fortes ganhos, de 7,06%, a R$ 17,29, às 11h (horário de Brasília), após o resultado.

O lucro líquido no quarto trimestre de 2021 da provedora de tecnologia e inovação para o mercado financeiro foi de R$ 11,6 milhões, salto de 277% em relação ao mesmo período do ano passado. O lucro líquido ajustado no ano foi de R$ 20,2 milhões, crescimento de 307,2%.

Já a receita líquida nos últimos três meses do ano foi de R$ 104,5 milhões, avanço de 76,9% na comparação anual. Em 2021, a receita líquida foi de R$ 352,6 milhões, alta de 67,9% na base anual, o que a companhia destacou como recorde. Devido à evolução do modelo de subscrição em Software e do modelo de serviços gerenciados em Serviços, a receita recorrente no ano atingiu recorde de R$ 315,8 milhões, representando 89,6% do total.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado somou R$ 21,8 milhões no trimestre, avanço de 105,4% na base anual. No ano, o Ebitda ajustado foi de R$ 70,6 milhões, alta de 133,8%.

Com isso, a margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) subiu 2,9 pontos percentuais no trimestre na base anual, a 20,9%. Em 2021, totalizou 20,0%, ganho de 5,7 pontos percentuais.

“No âmbito do plano de consolidação, [em 2021] realizamos 5 aquisições, e no de inovação, fizemos 6 investimentos. E entregamos excelentes resultados financeiros, com expressivo crescimento de receita e ganho de margem”, comentou Thiago Rocha, CFO da companhia, no release de resultados.

O Credit Suisse apontou que a companhia está recuperando a lucratividade enquanto entrega o crescimento esperado.

A receita líquida superou as estimativas em 5% do banco suíço. A superação da receita se concentrou principalmente em receitas não recorrentes (implementação), enquanto as receitas recorrentes na verdade ficaram um pouco abaixo das estimativas.

Do lado positivo, o Ebitda mais que dobrou na base anual, superando a estimativa em 18%, com uma margem mais forte do que o esperado de 20,9%, melhorando cerca de 2,9 pp tanto em base trimestral quanto anual .

O banco mantém recomendação outperform (desempenho acima da média) para Sinqia, e preço-alvo de R$ 27, potencial de valorização de 67% em relação ao fechamento da véspera.

A Levante Ideias de Investimentos aponta que o resultado da Sinqia foi bom e acima das expectativas tanto em termos de receita como em termos de margens.

“Nós esperamos impacto positivo no preço das ações SQIA3 na ação no curto prazo, impulsionada também pelo fraco desempenho das ações no ano”, apontam os analistas.

Além do forte resultado inorgânico, a companhia obteve um crescimento de receita orgânica animador (33%), mostrando que é capaz de realizar muito bem a estratégia de vendas cruzadas e obter sinergias com as aquisições.

Ao contrário do observado no último trimestre, a margem Ebitda foi um destaque positivo, muito por conta da inclusão das aquisições realizadas no ciclo atual, cujas margens operacionais são superiores às margens da “antiga” Sinqia. A margem bruta apresentou novamente uma queda marginal, refletindo o aumento no preço da mão-de-obra especializada.

“Vemos a Sinqia como um raro caso de empresa de crescimento no Brasil com alta blindagem ao cenário macro mais desafiador. Ao nosso ver, além do contexto setorial em que a empresa atua, as avenidas de crescimento seguirão intactas ao longo deste ano”, apontam os analistas.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

 

Compartilhe