Embraer (EMBR3)

EMBRAER ON NM

error_outline Atualizado às 16h18. Delay 15 min
arrow_upward

26,84

+3.7%

25,80

27,00

413.224.211,00

Fechamento anterior 25,88
Abertura 25,98
Negócios 18.544,00
Volume$ 413,22 M
Mín — Máx (Dia) 25,80 - 27,00
Variação (Dia) +3.7%
Variação (Mês) +9.86%
Variação (2024) +19.87%
Variação (52 semanas) +49.52%

Invista com corretagem zero

Sobre Embraer

Sigla: EMBR3

Tipo: Ações

Setor: Industrial

Receita Líquida R$ 26,83 B
Lucro Líquido (LL) R$ -68,99 M
Margem Líquida -0.25%
Ebitda R$ 2,36 B
Margem Ebitda 8.82%
Ativo Total R$ 52,14 B
Dívida Bruta R$ 14,34 B
Dívida Líquida R$ 6,42 B
Patrimônio Líquido (PL) R$ 13,99 B
Índice de preço sobre lucro (P/L) -275,55
Retorno sobre o PL (ROE) -0.49%
Retorno sobre o Capital (ROIC) +2.78%

A Embraer foi criada pelo Governo Federal, em 1969, como Empresa Brasileira de Aeronáutica, empresa de capital misto e controle estatal. Privatizada em 1994, a companhia tornou-se a maior exportadora de produtos manufaturados de alta tecnologia do hemisfério sul e a terceira maior fabricante de jatos comerciais de até 150 lugares do mundo.

O governo brasileiro é detentor de uma Golden Share, que lhe dá o direito de veto sobre determinadas decisões estratégicas sobre a companhia. Mas o capital da Embraer é pulverizado. Suas ações (EMBR3) são negociadas no Novo Mercado da B3 e na Bolsa de Nova Iorque, por meio de ADRs, nível III.

Em julho de 2018, a Embraer anunciou parceria estratégica com a Boeing. Divulgou fato relevante sobre a venda do controle da sua divisão de aviação comercial para a fabricante de aviões norte-americana. Também comunicou ao mercado a criação de uma joint venture com a Boeing para a comercialização do cargueiro KC-390, um dos seus mais recentes e promissores projetos voltado para a aviação militar.

Dados complementares fornecidos pela

Com dinheiro