Telefônica Brasil (VIVT3)

TELEF BRASILON ER

error_outline Atualizado às 17h07. Delay 15 min
arrow_downward

49,07

-0.62%

48,51

49,30

78.896.011,00

Fechamento anterior 49,38
Abertura 49,19
Negócios 8.862,00
Volume$ 78,89 M
Mín — Máx (Dia) 48,51 - 49,30
Variação (Dia) -0.62%
Variação (Mês) -0.98%
Variação (2024) -6.24%
Variação (52 semanas) +27.3%

Invista com corretagem zero

Sobre Telefônica Brasil

Sigla: VIVT3

Tipo: Ações

Setor: Telecomunicações

Receita Líquida R$ 52,1 B
Lucro Líquido (LL) R$ 5,03 B
Margem Líquida 9.67%
Ebitda R$ 21,31 B
Margem Ebitda 40.9%
Ativo Total R$ 120,73 B
Dívida Bruta R$ 18,73 B
Dívida Líquida R$ 14,37 B
Patrimônio Líquido (PL) R$ 69,62 B
Índice de preço sobre lucro (P/L) 16,19
Retorno sobre o PL (ROE) +7.23%
Retorno sobre o Capital (ROIC) +5.92%

A Telefônica Brasil S.A. é uma empresa de telecomunicações, com atuação em âmbito nacional. A companhia trabalha com produtos como voz fixa e móvel, banda larga fixa e móvel, ultra banda larga, dados e serviços digitais, TV por assinatura e TI. Ela é a dona da operadora Vivo.

Ao final de 2018, a empresa contabilizava 95 milhões de clientes. A estratégia de atuação têm se focado em dados. A cobertura de 4g alcança quase 90% da população, em 3100 cidades. Na operação fixa, a Telefônica fechou o ano de 2018 com quase 20 milhões de casas atendidas por fibra.

O Grupo Telefónica, da Espanha, é o acionista controlador da Telefônica Brasil.  O grupo está presente em 16 países, com 336 milhões de acessos, aproximadamente 122 mil empregados e receitas de 48,7 bilhões de euros em 2018.

A empresa entrou no Brasil em 1998, quando adquiriu a Companhia Riograndense de Telecomunicações, do Rio Grande do Sul. No mesmo ano, adquiriu a estatal paulista Telesp, assim como as empresas da antiga Tele Sudeste Celular. Por conta dessa compra, foi obrigada a vender os negócios de telefonia fixa no Rio Grande do Sul.

No ano de 2004 a Telefônica adquiriu a Atrium Telecomunicações. Em 2006 a companhia celebrou um acordo com o Grupo Abril. O acordo acrescentou aos serviços de telecomunicações e banda larga da Telefônica os serviços de TV a cabo. Em 2008 foi adquirida a empresa de banda larga Ajato.

Em 2012, incorporou sua subsidiária Vivo e mudou todos os serviços da empresa para a marca. A empresa investiu cera de R$ 120 milhões na transição.

No ano de 2015 adquiriu a empresa de internet GVT e em 2016 a empresa se fundiu com a Vivo. No ano seguinte a Telefônica adquiriu a totalidade das ações representativas do capital social da Terra Networks Brasil.

A Telefônica está listada na B3 com ações ordinárias (VIVT3) e também está no mercado fracionado (VIVT3F).

Dados complementares fornecidos pela

Com dinheiro