Tempo Real

3R (RRRP3) lidera altas da bolsa; Americanas (AMER3) e Magazine Luiza (MGLU3) puxam quedas

Ibovespa fechou acima dos 103 mil pontos, com Petrobras puxando índice

Por  Equipe InfoMoney -
update 18h02

Encerramos nossa cobertura dos mercados em Tempo Real

O Ibovespa fechou a sexta-feira com alta de 0,55%, aos 103.164,69 pontos, após atingir uma máxima de 103.989,47 pontos. O principal índice da Bolsa brasileira acompanhou o bom humor nos EUA, cujos índices fecharam renovando máximas pelo terceiro dia seguido. Já o dólar recuperou-se relativamente e subiu 0,21%, a R$ 5,174 na compra e na venda. Entre as ações, mais um dia de destaque para a Petrobras (PETR3;PETR4), que divulgou balanço com lucro acima do esperado.
update 18h02

Ibovespa futuro fecha com alta de 0,04%, aos 103.550 pontos; e dólar futuro, com alta de 0,01%, a R$ 5,188

update 17h47

Petrobras (PETR4) e 3R (RRRP3) puxam altas; Usiminas (USIM5) cai após balanço e varejo derrapa

A Petrobras foi a grande estrela da bolsa hoje, ajudando o Ibovespa a subir mais de 1%, se mantendo acima dos 103 mil pontos. Um conjunto de fatores favoreceu a companhia: a divulgação de balanço acima das expectativas, anúncio de distribuição de dividendos maior do que o previsto e uma nova diretriz para a sua política de preços. Dessa forma, as ações (PETR3;PETR4) subiram, respectivamente, 6,4% e 5,7%. Outro fator que ajudou a Petrobras e o setor como um todo foi a nova valorização do preço do barril do tipo Brent, com alta de 2,6%, se aproximando dos US$ 110 novamente. Isso ajudou na disparada das ações da 3R Petroleum (RRRP3), +6,8%, bem como de Petrorio (PRIO3), +1,8%; PetroReconcavo (RECV3), 2,1%; e Enauta (ENAT3), +2,8%. Já a Vale (VALE3), que anunciou o pagamento de dividendos, recuou 1,33%, na esteira do balanço considerado fraco e com números já esperados. A analistas, a companhia afirmou que, se as condições do mercado melhorarem acima das expectativas, poderá pagar dividendos extraordinárias na segunda metade do ano. Quem se destacou na reta final do pregão foi a Braskem (BRKM5), com alta de 5,78%, para R$ 36,95, com informações, publicadas pelo Valor Econômico, com fontes, de que há ao menos três interessados em seus ativos: Apollo, BTG e Unipar, com ofertas independentes, mas partindo de R$ 40 por ação. Mais balanços Entre as companhias que divulgaram seus resultados, entre os destaques, ficou Hypera (HYPE3), com alta 5% de suas ações, com analistas avaliando positivamente os resultados. Outra companhia que animou os investidores, após o balanço classificado como robusto, foi a Vulcabras (VULC3), com +4,2%. Na ponta inversa dos resultados esteve as ações da Usiminas (USIM5), que reportou baixa de 77% do lucro, mas trouxe aspectos positivos, conforme analistas. Mesmo assim, a siderúrgica fechou com queda de 4,7%. Por fim, as ações de Multiplan (MULT3) recuaram mais de 3%, mesmo após resultados bem avaliados por analistas. Quedas O setor de consumo, que disparou ao longo do mês, não sustentou o fôlego até o encerramento de julho. As ações de Americanas (AMER3) lideraram as quedas da bolsa hoje, com menos 7% (no mês, +4,4%), seguidas de Magalu, com menos 5% (no mês, +10,2%); e Natura (NTCO3), com -4,18% (+16,1% no mês). Só as ações de Via (VIIA3), que recuaram hoje 4,3%, mantiveram a forte valorização mensal, de 25,5%. Entretanto, no acumulado do ano, assim como os seus pares, soma perdas acima de 50%. (Rodrigo Petry) Confira os destaques de ações:
update 17h41

Fechamento dos outros índices brasileiros

  • Small Caps (SMLL): -0,18%
  • BDRs (BDRX): +0,86%
  • Fundos Imobiliários (IFIX): +0,44%
Acumulado da semana:
  • Small Caps (SMLL): +3,07%
  • BDRs (BDRX): -2,14%
  • Fundos Imobiliários (IFIX): +0,74%
Acumulado de julho:
  • Small Caps (SMLL): +5,16%
  • BDRs (BDRX): +7,65%
  • Fundos Imobiliários (IFIX): +0,66%
update 17h31

Índices setoriais fecham mistos nesta sexta

  • Consumo (ICON): -0,45%
  • Energia Elétrica (IEE): +0,08%
  • Financeiro (IFNC): -0,33%
  • Imobiliário (IMOB): -1,49%
  • Industrial (INDX): +0,02%
  • Materiais Básicos (IMAT): +0,95%
  • Utilidade Pública (UTIL): +0,35%
update 17h15

Ibovespa fecha com mais 0,55%, aos 103.164,69 pontos

Pelo terceiro dia consecutivo, acompanhando NY, o índice brasileiro registra altas consistentes, ultrapassando agora os 103 mil pontos. É o maior patamar desde 10 de junho de 2022 (105.481 pontos).
  • Máxima: 103.989,47
  • Mínima: 102.514,25
  • Volume: R$ 31,20 bilhões
Ao se aproximar dos 104 mil pontos, Ibovespa hoje desacelera alta
Fechamento Ibovespa em 29 de julho. Fonte: Reprodução B3
Confira a evolução do IBOV durante a semana, mês e ano:
  • Segunda-feira (25): +1,36%
  • Terça-feira (26): -0,50%
  • Quarta-feira (27): +1,67%
  • Quinta-feira (28): +1,14%
  • Sexta-feira (29): +0,55%
  • Semana: +4,22%
  • Julho: +4,87%
  • 2022: -1,26%
Bolsa fecha o mês próximo das máximas do período
Ibovespa em julho de 2022. Fonte: Reprodução B3
update 17h09

Índices em NY fecham terceiro dia seguido com forte alta; semana e mês de julho acumulam ganhos

Pelo terceiro dia consecutivo, os investidores levaram os principais índices em Wall Street a máximas, refletindo o que vem sendo considerada uma boa temporada de balanços trimestrais, aliada à perspectiva futura de queda da inflação nos EUA, o que faria o Fed pisar no freio na política mais restritiva.
  • Dow Jones: +0,97%, a 32.845,13 pontos
  • S&P 500: +1,42%, a 4.130,29 pontos
  • Nasdaq: +1,88%, a 12.390,69 pontos
Confira o acumulado da semana:
  • Dow Jones: +2,96%
  • S&P 500: +4,26%
  • Nasdaq: +4,70%
E confira o acumulado de julho:
  • Dow Jones: +6,71%
  • S&P 500: +9,11%
  • Nasdaq: +12,35%
update 17h03

Dólar fecha com alta de 0,21%

A moeda norte-americana chegou a ser negociada durante toda a sessão a um nível de ganhos mais alto, mas perdeu fôlego na reta final, acompanhando o Ibovespa (que também reduziu ganhos) - foi uma semana de expressiva recuperação de ativos de risco em todo o mundo pela suavização de expectativas para a política monetária nos EUA.
  • Venda = R$ 5,174
  • Compra = R$ 5,174
  • Mínima = R$ 5,146
  • Máxima = R$ 5,213
update 16h59

Fechamento do mercado com Pam Semezzato, da Clear Corretora

https://www.youtube.com/watch?v=rlcxlBUI8d8
update 16h55

Ibovespa fecha, preliminarmente, com alta de 0,74%, aos 103.357,14 pontos

update 16h51

Summers critica fala de Powell e diz ser inconcebível taxa neutra nos EUA a 2,5%

Ex-secretário do Tesouro americano, Lawrence Summers. disse hoje que o presidente do Fed, Jerome Powell, fez falas "analiticamente indefensáveis" durante a coletiva de imprensa na última quarta-feira (27) após decisão monetária. A crítica foi feita em entrevista à Bloomberg TV. Na ocasião, Powell afirmou acreditar que o Fed alcançou a taxa neutra de juros, na faixa entre 2,25% e 2,5%, destaca Summers. "É elementar que o nível de taxa neutra depende da taxa de inflação", notou Summers, que destacou o salto anual de 9,1% na leitura mais recente do índice de preços ao consumidor, em junho. "Não há nenhuma maneira concebível de que uma taxa de 2,5% em uma economia com esse nível de inflação seja quase neutra. E se você pensa que é neutra, você está interpretando mal a postura da política de maneira fundamental", avaliou. (Estadão Conteúdo)
update 16h39

Dólar reduz ganhos e passa a subir 0,27%, a R$ 5,177

update 16h30

Preços internacionais de petróleo fecham em alta nesta sexta

Os preços do petróleo subiram com foco na reunião da Opep+ da próxima semana e as expectativas de que não haverá um aumento na oferta, como esperado pelos EUA. O presidente norte-americano, Joe Biden, esteve recentemente na Arábia Saudita tentando convencer o governo local a ampliar a produção e trazer os preços internacionais para baixo. Hoje, a referência WTI norte-americana chegou a passar do patamar de US$ 100, mas recuou nos ganhos e fechou abaixo.
  • WTI (setembro): +2,35%, a US$ 98,69
  • Brent (setembro): +2,765%, a US$ 109,98
update 16h26

Ouro com entrega para dezembro fecha com alta de 0,7%, para US$ 1.781,80 a onça-troy

O ouro saltou para máxima que não se via há, reafirmando-se como porto de um dólar mais fraco, fruto de dados macroeconômicos mais fracos nos EUA. A prata com entrega em setembro ganhou 1,66%, a US$ 20,198, enquanto a platina para outubro subiu 1,41%, a US$ 889,50 a onça.
update 16h05

Juros encerram sexta-feira com recuos por toda a curva

A perspectiva de que a inflação está em queda projetou-se nos juros, trazendo-os para baixo. No Brasil, analistas entendem que pode haver deflação na próxima leitura, reflexo das retiradas de impostos em setores estratégicos, como combustíveis, energia e comunicações. Nos EUA, o Fed já consegue enxergar uma desaceleração do índice nas leituras do segundo semestre.
  • DI (2023): -0,05 pp, a 13,80%
  • DI (2024): -0,12 pp, a 13,36%
  • DI (2025): -0,13 pp, a 12,71%
  • DI (2027): -0,13 pp, a 12,62%
  • DI (2029): -0,14 pp, a 12,74%
  • DI (2031): -0,17 pp, a 12,79%
update 15h49

Confira a agenda dos próximos balanços do 2T22 que serão divulgados hoje e segunda-feira (1º)

Nesta sexta (29), além de Irani (RANI3) e Usiminas (USIM5), que divulgaram seus balanços do 2T22 antes da abertura do mercado - reportando, respectivamente, lucro de R$ 84,6 milhões, com alta de 25%; e queda de 77% no lucro - só a Raia Drogasil  (RADL3) divulga seus números, após o fechamento do mercado. Na segunda-feira (1º), saem mais seis balanços, todos após o encerramento do pregão:
update 15h41

CSN (CSNA3) arremata geradora de energia CEEE-G com oferta de R$ 928 milhões

CSN (CSNA3) disputou o ativo em modo viva voz com a Auren Energia (AURE3). A oferta teve um ágio de 10,93% sobre o preço mínimo de R$ 836,9 milhões definido em edital.
update 15h38

BC da Argentina sobe taxa de juros em 8 pontos porcentuais, para 60%

Decisão acontece em meio à crise no gabinete do presidente argentino, que levou à demissão de dois ministros da Economia em menos de um mês. “A economia enfrenta um aumento da volatilidade de preços em um contexto de flutuações financeiras não relacionadas aos fundamentos macroeconômicos do país”, diz a nota.
update 15h36

Juros ampliam queda na reta final

  • DI (2023): -0,04 pp, a 13,80% (às 13h49, a queda era de 0,04 pp, a 13,80%)
  • DI (2024): -0,10 pp, a 13,37% (às 13h49, a queda era de 0,07 pp, a 13,40%)
  • DI (2025): -0,12 pp, a 12,72% (às 13h49, a queda era de 0,08 pp, a 13,76%)
  • DI (2027): -0,11 pp, a 12,64% (às 13h49, a queda era de 0,05 pp, a 13,70%)
  • DI (2029): -0,12 pp, a 12,76% (às 13h49, a queda era de 0,05 pp, a 13,83%)
  • DI (2031): -0,14 pp, a 12,82% (às 13h49, a queda era de 0,08 pp, a 13,88%)
update 15h26

Ibovespa tem nova máxima, com mais 1,13%, aos 103.758 pontos

update 15h26

Raízen (RAIZ4), São Martinho (SMTO3) e Arezzo (ARZZ3): as ações candidatas a integrar a nova carteira do Ibovespa

A definição dos ativos incluídos/excluídos das carteiras é determinada com base em cálculos feitos pela própria B3 e as prévias oficiais das carteiras serão divulgadas em 1º de agosto, 16 de agosto e em 1 de setembro, com as substituições definitivas em 5 de setembro de 2022.
update 15h19

Fed precisará continuar elevando juros para controlar inflação, diz Bostic

O presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) em Atlanta, Raphael Bostic, disse que o Fed precisará continuar elevando seus juros básicos para controlar a inflação, mas fez a ressalva de que o ritmo de aperto monetário dependerá dos dados dos próximos meses.
update 15h15

PT quer aproveitar propostas no Congresso para acelerar mudanças tributárias se Lula for eleito

O PT pretende aproveitar a tramitação das propostas de reforma tributária que já estão hoje no Congresso para tentar acelerar uma proposta própria, no caso do ex-presidente Lula ser eleito. “É um esforço que estamos fazendo. Ter um projeto completo, abrangente, de reforma tributária, mas construir uma estratégia de encaminhamento fatiado”, disse o coordenador do plano de governo de Lula, Aloizio Mercadante, acrescentando que as duas propostas que tramitam hoje no Congresso estão bem avançadas e é possível avançar em cima delas. (Reuters)
update 15h13

PSB aprova coligação com PT às eleições presidenciais e confirma Alckmin como vice de Lula

A decisão foi tomada em convenção nacional da sigla, que acontece em um hotel em Brasília. Os filiados ao PSB aprovaram a participação do partido na coligação com PT, PC do B, PV, PSOL, Solidariedade e Rede para a disputa ao Palácio do Planalto.
update 15h00

CSN (CSNA3) arremata CEEE-G, companhia de geração de energia do RS, por R$ 928 milhões

update 14h55

Em nova máxima, Ibovespa atinge os 103.561 pontos, alta de 0,94%

update 14h55

Vale (VALE3): “Dividendos extraordinários dependerão de cenário do segundo semestre”

Após registrar números poucos animadores, a Vale (VALE3) tentou trazer uma mensagem de mais otimismo e afirmou que dividendos extraordinários estão no seu radar.
update 14h52

Hypera (HYPE3): os pontos do balanço que reforçam a visão positiva à ação mesmo após alta de 50% no ano

A Hypera (HYPE3), dona de marcas como Dramin, Benegrip e Buscopan, apresentou fortes resultados no 2T22, com lucro líquido de R$ 456 milhões e ações registram ganhos agora de 3,6%. Analistas seguem vendo potencial para ações depois de um resultado forte do 2º tri, apesar do bom desempenho das ações já registrado.
update 14h46

Ibovespa renova máxima do dia, com alta de 0,84%, aos 103.457 pontos

update 14h36

Ações da Petrobras atingem o seu maior valor em 12 meses

Após a divulgação de balanço acima das expectativas, anúncio de distribuição de dividendos maior do que o previsto e uma nova diretriz para a sua política de preços, as ações da Petrobras (PETR3;PETR4) atingiram hoje a sua maior cotação nos últimos doze meses. Veja o desempenho das ações da petroleira em um ano
Ações da Petrobras (PETR4) máxima em 12 meses. Fonte: Reprodução B3 
update 14h29

Índice de BDRs (BDRX) sobe 0,75%, mas semana segue negativa acima de 2%

  • Maior alta do dia: First Solar (FSLR34), +11,61%
  • Maior baixa do dia: Roku (R1KU34), -24,77%
  • Maior alta da semana até aqui: First Solar (FSLR34), +28,27%
  • Maior baixa da semana até aqui: Roku (R1KU34), -31,31%
update 14h15

Hypera (HYPE3) teve uma performance forte no 2T22 e BofA reafirma recomendação de compra para as ações

O BofA destaca vendas em alta de 25,8%, Ebitda em 31,0% e EPS queda de 4,8%, superando o consenso em cerca de 12%. "Forte crescimento do mercado institucional e recentes lançamentos, execução, sinergias de aquisição", entende. A análise reafirma a recomendação de compra, com preço-alvo sugerido de R$ 51,00. No momento, HYPE3 tem alta de 4,84%, a R$ 42,45.
update 14h07

Índice de Small Caps (SMLL) recua 0,20%, mas semana caminha para ser positiva em mais de 3%

  • Maior alta do dia: Allied (ALLD3), +8,45%
  • Maior baixa do dia: Guararapes (GUAR3), -5,62%
  • Maior alta da semana até aqui: Kepler Weber (KEPL3), +16,65%
  • Maior baixa da semana até aqui: Espaçolaser (ESPA3), -14,09%
update 13h58

Ibovespa renova mais uma vez a máxima: mais 0,83%, aos 103.446,27 pontos

Há 20 minutos, havia renovado para 103.348,61 pontos. É o maior patamar desde 10 de junho de 2022 (105.481 pontos). Ações da Petrobras (PETR3;PETR4) e ambiente externo seguem sustentando altas do Ibovespa hoje.
update 13h53

Vale (VALE3) elimina mais duas barragens a montante em Minas Gerais

update 13h49

Curva de juros segue em queda, como nos dois dias anteriores

A perspectiva de que a inflação está em queda projeta-se nos juros. No Brasil, analistas entendem que pode haver deflação na próxima leitura, por conta das retiradas de impostos em setores estratégicos. Nos EUA, o Fed já consegue enxergar uma desaceleração do índice.
  • DI (2023): -0,04 pp, a 13,80%
  • DI (2024): -0,07 pp, a 13,40%
  • DI (2025): -0,08 pp, a 12,76%
  • DI (2027): -0,05 pp, a 12,70%
  • DI (2029): -0,05 pp, a 12,83%
  • DI (2031): -0,08 pp, a 12,88%
update 13h43

Isa CTEEP (TRPL4): após resultados do 2T22, Morgan Stanley preço-alvo e recomendação para as ações

Segundo o Morgan Stanley, o Ebitda da Isa CTEEP (TRPL4) (excluindo outras despesas operacionais) de R$ 571 milhões (-11% A/A) veio em linha com a estimativa de R$ 560 milhões. O lucro líquido de R$ 74 milhões ficou abaixo da estimativa, "principalmente devido a resultados financeiros abaixo do esperado". Mas a classificação segue outperform, devido ao perfil de risco-recompensa atraente; e a perspectiva de crescimento positiva, com projetos greenfield contratados e receitas incrementais de investimentos em retrofit. O preço-alvo segue em R$ 29,00. No momento, TRPL4 cai 3,67%, a R$ 22,60,
update 13h34

Ibovespa renova máxima: mais 0,73%, aos 103.348,61 pontos

É o maior patamar desde 10 de junho de 2022 (105.481 pontos).
update 13h32

Usiminas (USIM5): analistas têm visões visões diversas sobre resultado, enquanto monitoram alta de custos; ações caem

Alta do volume de venda do minério de ferro é destacada como positiva; em teleconferência da Usiminas (USIM5), executivos destacaram iniciativas para diminuir custos. “Os resultados operacionais foram bons e ficamos satisfeitos em ver o preço realizado do aço aumentando 16% na base trimestral e refletindo o aumento dos preços de automóveis”, avaliam os analistas do Goldman Sachs. Do lado negativo, a geração de fluxo de caixa livre no trimestre foi próxima de zero devido ao forte consumo de capital de giro de R$ 1,2 bilhão (estoques mais precificados). No momento, USIM5 recua 4,76%, a R$ 8,61.
update 13h26

Preços internacionais do petróleo seguem avançando nessa sexta e WTI volta ao patamar dos US$ 100

Os preços do petróleo sobem com a atenção voltada para a reunião da Opep+ da próxima semana e as expectativas de que não haverá um aumento na oferta, como esperado pelos EUA. O presidente norte-americano, Joe Biden, esteve recentemente na Arábia Saudita tentando convencer o governo local a ampliar a produção e trazer os preços internacionais para baixo. "O mercado de petróleo na Europa está consideravelmente mais apertado do que nos EUA, o que também se reflete na forte queda da curva futura do Brent”, disse à CNBC Carsten Fritsch, analista do Commerzbank.
  • WTI (setembro): +3,74%, a US$ 100,04
  • Brent (setembro): +2,78%, a US$ 110,12
update 13h23

Relação dólar-euro segue estável, com paridade inalterada

A volatilidade do dólar nas últimas semanas não alterou a relação com a moeda europeia, que perdeu bastante força no último mês diante da norte-americana. No momento, um euro compra 1,0196 dólar, variação mínima negativa de 0,01%.
update 13h19

Petrobras (PETR3 PETR4) seguem liderando altas no Ibovespa

As ações da Petrobras (PETR3;PETR4) recuperam terreno perdido este ano. PETR3 sobe neste instante 7,11%, a R$ 37,21, e vai ao maior valor desde 20 de maio de 2022. Já PETR4 ganha 6,01%, a R$ 34,23, maior patamar desde 23 de maio de 2022. Empresa divulgou balanço na noite desta quinta (28), com lucro acima do esperado, mas alta do petróleo no mercado internacional também contribui.
update 13h12

Índices setoriais operam sem direção definida e sem amplitude

  • Consumo (ICON): -0,56%
  • Energia Elétrica (IEE): -0,51%
  • Financeiro (IFNC): +0,12%
  • Imobiliário (IMOB): -1,84%
  • Industrial (INDX): -0,07%
  • Materiais Básicos (IMAT): +0,16%
  • Utilidade Pública (UTIL): +0,18%
update 13h04

Multiplan (MULT3) tem mais uma vez resultados fortes e analistas reiteram recomendação de compra, mas ações caem

Resultado reforça a qualidade do portfólio da Multiplan (MULT3) (alto poder de barganha e vendas fortes) e das operações, mas ações caem neste momento 3,66%, indo a R$ 23,70.
update 12h56

Principais índices europeus fecham dia em alta; semana também fica positiva

Os mercados da Europa fecharam a sexta em forte alta, impulsionados pelo otimismo em Nova York, que vem de três dias com ganhos intensos. O índice em Londres encerrou com a melhor semana desde o final de junho. O índice francês fechou com a melhor semana desde o início de março. Já o índice de Milão, na Itália, a despeito da crise política local, não consegue ganhos acumulados em uma semana tão altos desde a primeira semana de fevereiro de 2021.
  • Stoxx 600: +1,28%
  • DAX (Frankfurt): +1,15%
  • FTSE 100 (Londres): +1,09%
  • CAC 40 (Paris): +1,72%
  • IBEX 35 (Madri): +0,82%
  • FTSE MIB (Milão): +2,10%
  • MOEX (Moscou): +1,13%
Confira o acumulado da semana:
  • Stoxx 600: +2,96%
  • DAX (Frankfurt): +1,73%
  • FTSE 100 (Londres): +2,05%
  • CAC 40 (Paris): +3,73%
  • IBEX 35 (Madri): +1,23%
  • FTSE MIB (Milão): +5,56%
  • MOEX (Moscou): +5,58%
update 12h49

Petrobras (PETR3 PETR4) dispara com balanço e dividendos; CFO diz que provento é compatível com saúde financeira

Durante teleconferência com analistas, o CFO da Petrobras, Rodrigo Araújo Alves, explicou que os dividendos são compatíveis com a sustentabilidade financeira da empresa e confortáveis em relação ao futuro da companhia. As ações da Petrobras (PETR3;PETR4) lideram os ganhos do Ibovespa hoje repercutindo o lucro de R$ 54,33 bilhões no segundo trimestre e os dividendos de R$ 6,73 por ação, a serem distribuídos pela petrolífera.
update 12h30

Multiplan (MULT3): Brasil vai ter bom desempenho, apesar de todos os problemas, projeta CEO

José Isaac Peres, CEO da Multiplan (MULT3), disse estar otimista com os próximos trimestres para o Brasil, apesar do período eleitoral. Após a crise de Covid e com a retomada de fluxo nos shoppings, a expectativa da companhia é de fechar o ano com recorde de vendas – superando os R$ 20 bilhões no ano.
update 12h30

Vale (VALE3) diz que não há nada decidido sobre IPO de metais básicos

Ao ser questionado por analistas sobre um possível IPO do braço de metais básicos, o vice-presidente e diretor financeiro da Vale (VALE3), Gustavo Pimenta, afirmou que não há nada decidido. “Não sabemos se será através de IPO, mas queremos ter governança dedicadas aos metais básicos. É um negócio diferente do minério. Temos muito crescimento a ver. Precisamos buscar essa estratégia. E também podemos destravar valor”, disse. “Acreditamos que faz sentido algo que nos apoie nesta frente", afirmou, acrescentando, no contexto de transição energética, que "ninguém tem as commodities" que a Vale possui. "Se quiser ser parceiro, privado ou público, será com a Vale." Ainda sobre um possível IPO, Marcelo Spinelli, diretor-executivo de Ferrosos e Carvão, acrescentou: “Não tem valor percebido nos metais básicos na Vale, somos uma empresa de ferrosos." (Ampliado às 12h41)
update 12h29

Usiminas (USIM5): não observamos desaceleração no consumo e demanda de aço e há oportunidades no segundo semestre

"Estamos vendo uma certa estabilidade no consumo e na demanda do mercado interno", disse Miguel Homes, Vice-Presidente Comercial da Usiminas (USIM5). "Além da volatilidade, incerteza e turbulência, é um dado positivo essa estabilidade da demanda no mercado interno, derivado do comportamento de muitos setores industriais, como o automotivo". "A gente acredita ter oportunidades, caso melhore a situação de disponibilidade de peças e componentes (ao setor automotivo), que seriam positivas tanto para o mercado interno quanto para o order book da Usiminas", explica. "Há um cenário positivo no segundo semestre em projetos de energia, o que dá oportunidades em chapas grossas".
update 12h26

Confira o Radar InfoMoney

https://www.youtube.com/watch?v=GwgQSacateY
update 12h19

Usiminas (USIM5): custos vão se manter no patamar atual

Carlos Rezzonico, CEO de Mineração da Usiminas (USIM5), afirma que "os custos, em princípio, vão se manter no patamar atual; estamos trabalhando na redução de custos, mas as ações que vamos implementar não podem ser no curto prazo, mas vai depender também do custo do combustível, porque na mineração a movimentação de material é um dos maiores custos".
update 12h14

Usiminas (USIM5): aceleração dos gastos em capex se concentra no 4T22

Tiago Rodrigues, Vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores da Usiminas (USIM5), afirma que "conforme a gente vai chegando mais perto da data da parada do alto-forno 3, as atividades vão incrementando e também os desembolsos, então a Usiminas deve ter uma curva ascendente até o quatro trimestre".
update 12h11

Ações ordinárias (PETR3) da Petrobras disparam 7,2%, a R$ 37,23; preferenciais (PETR4) sobem 5,7%, a R$ 34,17

update 12h11

Ibovespa rompe os 103 mil pontos, com alta de 0,41%

A bolsa se beneficia da alta das ações da Petrobras, que sobem, não só diante dos fortes resultados e dividendos extraordinárias anunciados, mas também por conta da valorização do Brent, que hoje sobe 3%.
update 12h08

Usiminas (USIM5) não prevê pagamento de dividendos relativos ao primeiros semestre de 2022

Tiago Rodrigues, Vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores da Usiminas (USIM5), ainda disse que a empresa vai "aguardar o resultado do ano para definir proventos aos acionistas".
update 12h01

Vale/Spinelli: Devemos ter último trimestre do ano e 1º trimestre de 2023 melhores do que tivemos no ano passado

update 12h00

Vale/Spinelli: Retomada de investimentos em infraestrutura na China deve beneficiar minério

“Na segunda metade deste ano, mesmo considerando a produção do mesmo período do ano passado, não temos nenhuma meta energética por lá, não há Olimpíadas”, afirmou o diretor de Ferrosos e Carvão da Vale (VALE3). “Mas há um atraso nos investimentos de infraestrutura. Há o risco do Covid e de energia, que é mundial, mas, após a eleição deles, cremos que eles têm capacidade para aumentar os investimentos”. (Ampliada às 12h04)
update 12h00

Usiminas (USIM5) diz que pode pensar em ter um preço médio um pouco acima do mercado

Segundo Miguel Homes, Vice-Presidente Comercial da Usiminas (USIM5), "pela característica, pelo mix de produtos vendido". "Em relação aos descontos, os prêmios, estamos encontrando uma volatilidade muito forte das variáveis - fretes internacionais, câmbio, preços internacionais. Ao fazer a conta, podemos falar de um prêmio em torno de 12% a 15%, um prêmio que a gente acredita que não incentiva, pelo contrário, as importações. Acredita-se que com esse prêmio se mantenha a redução gradativa na participação das importações no consumo interno", seguiu.
update 11h54

Vale (VALE3) apresenta resultados fracos e dividendos anunciados sugerem postura mais cautelosa; ações caem forte

As perspectivas já não eram muito animadoras para a Vale (VALE3) e as mineradoras em geral em um cenário de alta de custos e menores preços. Mas os resultados da companhia do segundo trimestre de 2022, divulgados na véspera, acabaram por decepcionar os analistas de mercado.
update 11h51

Multiplan (MULT3): novos shoppings serão feitos de forma racional, com custos menores e visando potencial de pequenas e médias cidades

Ao ser questionado sobre possíveis projetos greenfields para o médio prazo, José Isaac Peres, CEO da Multiplan (MULT3), destacou que o Brasil é um país que ainda tem um potencial de crescimento enorme. Segundo a diretoria, há também muitos shoppings já existentes que estão “pedindo para serem expandidos”.
update 11h50

Vale/CEO: Não estou preocupado com o turnaround em metais básicos

Segundo Eduardo Bartolomeo, CEO da Vale (VALE3), a companhia vai "extrair valor de uma forma ou de outra". "Nem que tenhamos de trazer parceiros para operar", afirmou, sobre as operações de metais básicos. Algumas das minas da companhia tiveram problemas durante o primeiro semestre. “No curto prazo temos desafios, sabemos o que está acontecendo no setor. Sossego teve uma parada pontual por quatro meses, após postergado isso dois anos. Mas é pontual”, comentou, durante teleconferência com analistas. “Os projetos de crescimento estão vindo aí e não há mudanças. Temos melhores recursos e reservas, é o que importa”, defendeu. “Preço de níquel está bom. O do cobre caiu mas está saudável, apesar da perspectiva de recessão. São ativos muito bons e nós temos ótimas reservas. Nada mudou.”
update 11h47

Usiminas (USIM5): ainda está em estudo o necessário para prolongar vida útil das coquerias

"O que será necessário para prolongar a vida útil das coquerias ainda está em estudo", revela Tiago Rodrigues, Vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores da Usiminas (USIM5). "Hoje, o que fazemos são trabalhos de preservação, que são basicamente manutenções, e que devem trazer os fornos de volta à operação de forma gradativa". "Nossa previsão é de um retorno linear, mas isso por variar, obviamente, dependendo das performances das intervenções nos fornos", reforçou. "O que pode trazer um espaço maior para que a gente acelere o retorno dos fornos é o alto-forno 3: entendemos que (o retorno) vai ser linear, com potencial de retorno mais significativo a partir da volta do alto-forno 3, na segunda metade do próximo ano".
update 11h46

Petrobras: Custo de extração não traduz custo total de produção, que está em US$ 42 por barril

update 11h46

Petrobras: Expectativa para custo de extração nos próximos meses é de US$ 6 por barril

update 11h42

Multiplan (MULT3): mais eventos e constante mudança de mix vão criar atmosfera positiva para vendas e receitas com aluguéis

Estratégia para os shoppings da Multiplan (MULT3), segundo Armando d’Almeida Neto, CFO, é para ampliar o market share do mercado. Ele destaca que o ambiente no Brasil está melhor do que o que havia sido projetado antes, e os recentes incentivos na economia fazem a diretoria ficar otimista para o segundo semestre. Ele citou a revisão da expectativa do PIB como sinal de que a economia brasileira está reagindo melhor.
update 11h41

Petrobras/Salvador: Papel do conselho é monitorar e não decidir sobre preço de combustíveis, poder da diretoria executiva

update 11h40

Petrobras/CFO: Mesmo em um cenário desafiador de preço e consumo, estamos com liquidez bastante adequada

update 11h39

Usiminas (USIM5): efeito das coquerias deve permanecer estável no próximo trimestre

"Em relação à estrutura de custos da empresa no 3T22, a gente espera que ela permaneça muito parecida com o 2T22, os efeitos das coquerias devem permanecer estáveis no segundo semestre, e o efeito preço deve variar um pouco", afirma Tiago Rodrigues, Vice-presidente de Finanças e Relações com Investidores da Usiminas (USIM5). "No 3T22 a gente ainda vai consumir placas, por exemplo, compradas por preços elevados; a gente só vai ver uma redução de preço de forma mais acentuado mais para o 4T22".
update 11h39

Vale/Spinelli: Custo de caixa deve cair no segundo semestre

Segundo Marcelo Spinelli, diretor-executivo de Ferrosos e Carvão, o custo de caixa deve cair no segundo semestre, principalmente por conta do projeto de redução de custo em R$ 1 bilhão, “Tivemos um segundo trimestre desafiador. Esperamos que os gastos se normalizem, com maiores volumes vindos do Norte no futuro próximo”, acrescentou.
update 11h35

Multiplan (MULT3) está desalavancando e sendo muito seletiva no uso de recursos, afirma CFO

Armando d’Almeida Neto destacou, em teleconferência, que a companhia vai avaliar sobre possível nova distribuição de Juros Sobre Capital Próprio.
update 11h31

Vale (VALE3): se mercado melhorar acima da expectativa, no 2º semestre a cia fará distribuição de dividendos extraordinários

“Somos os mais disciplinados na indústria neste ponto, mas precisamos analisar a condição do mercado. A volatilidade é forte em minério, mas a sazonalidade costuma ser melhor no segundo semestre”, disse Eduardo Bartolomeo, CEO da Vale (VALE3). “Sobre dividendos e recompra de ações, nós temos agido como falamos. Estamos retornando valor para acionistas. É isso que continuaremos a fazer. Vai depender de como a geração de caixa se dará no segundo trimestre”, acrescentou Gustavo Pimenta, CFO da Vale (VALE3). (Ampliada às 11h35)
update 11h30

Usiminas (USIM5): setor industrial continuará sendo um destaque no próximo trimestre

Isso em função "do bom momento do agronegócio e das oportunidades de exportação de diferentes setores, como eletro-eletrônicos", disse Miguel Homes, Vice-Presidente Comercial da Usiminas (USIM5). "O setor de distribuição é o que pode sofrer mais com a situação internacional, com volatilidade e incerteza altas". O executivo cita que cenários de juros altos, que afetam o consumo, podem também influenciar o setor automotivo.
update 11h28

Ibovespa avança 0,31%, aos 102.917 pontos; impulsionado por Petrobras

update 11h27

Ações da Petrobras disparam: PETR3, +6%; PETR4, +4,6%; maior valorização do Ibovespa

update 11h26

Vale/Spinelli: Esperamos que o prêmio médio aumente no 2º semestre por conta do início do funcionamento de setores da cadeia Norte

A Vale (VALE3) espera iniciar operações do Projeto Gelado, que está quase concluindo - mas faltando algumas licenças. “Em S11D, conseguimos licença de instalação do projeto Serra Sul 120”, diz Spinelli, durante teleconferência com analistas.
update 11h25

Petrobras tem previsão de 28 paradas programadas para 2º semestre

As declarações foram de Fernando Borges, diretor de exploração e produção da Petrobras.
update 11h24

Vale (VALE3): Podemos ter mais ajustes de volume de acordo com as condições de mercado

As declarações foram dadas por Marcelo Spinelli, diretor-executivo de Ferrosos e Carvão, durante teleconferência com analistas.
update 11h22

Ações da Vale (VALE3) ampliam queda, para -3,52%, a R$ 68,21; maior queda do Ibovespa

update 11h20

Multiplan (MULT3): crescimento de vendas, receita e tráfego foi excepcional no 2T22, aponta CEO

update 11h18

Usiminas (USIM5): aumento da venda de minério de ferro teve um aumento significativo em relação ao trimestre anterior, diz diretoria

Entretanto, o resultado foi impactado pela comparação mais fácil do 1T22, por conta das chuvas. No webcast de resultado que se iniciou agora, a diretoria ainda pondera que as 2,389 toneladas vendidas no 2T22 é um volume acima da média dos trimestres anteriores. O Ebitda teve um resultado "expressivo", segundo a diretoria da Usiminas (USIM5): "foi um trimestre muito bom, com aumento e margem e em valores absolutos em todas as unidades de negócios". O lucro líquido não acompanhou o aumento do Ebitda, "principalmente em função da variação cambial do período, impactando nossas dívidas em dólar".
update 11h17

Vale (VALE3) prevê manutenção de minas no Canadá no 3º trimestre

"Teremos uma grande manutenção no terceiro trimestre no sistema de minas e moinhos no Canadá. Nossas refinarias de níquel funcionarão utilizando concentrados já estocados", disse Deshnee Naidoo, diretora-executivo de Metais Básicos da (VALE3), durante teleconferência com analistas. "A produção de cobre canadense deve ser mais afetada, uma vez que trabalhamos com essa commodity em circuitos mais curtos do que o Níquel", acrescentou.
update 11h15

Multiplan (MULT3): receita total em vendas pode chegar ao recorde de R$ 20 bilhões em 2022, diz CEO

Após recorde de receita bruta no 2º trimestre, José Isaac Peres considera que as vendas, com as festas de fim de ano, devem trazer números inéditos para os shoppings da companhia. Informação foi comentada na teleconferência de resultados nesta manhã.
update 11h15

Petrobras/Mastella: Na nossa visão, cenário é de manutenção de preços elevados, em especial o diesel

Segundo ele, exceção seria em caso de recessão global, o que ainda não se confirmou. As declarações foram dadas durante teleconferência com analistas.
update 11h13

Petrobras/Mastella: Buscamos paridade de preço continuamente, mas evitamos repassar volatilidade

update 11h10

Petrobras/Rittershaussen: Temos mais exposição a contrato de longo prazo e mais chances de mitigar aumento de inflação

update 11h09

Petrobras: No curto prazo, estamos bem hedgeados (protegidos) com relação a aumento de custos

A declaração foi de João Henrique Rittershaussen, diretor de desenvolvimento de produção da Petrobras.
update 11h07

Petrobras: Conselho acompanha politica de preços para garantir disciplina na formação, diz Salvador

update 11h03

Petrobras/CFO: Sempre buscamos assegurar que a distribuição de dividendos não comprometa proposta de entregar 60% do caixa livre

"Cálculo de dividendo também se ajusta ao que estiver acontecendo", acrescentou Rodrigo Araujo, CFO da Petrobras.
update 11h03

Usiminas (USIM5) opera em queda de 1,22%

update 11h02

Vulcabras (VULC3) salta 5,09% com dados do 2º trimestre

A receita da companhia saltou 64,4%, para R$ 656,8 milhões, um recorde da companhia – principalmente suportado por crescimento de volume (alta de 46% na base anual) tanto em calçados como em confecções e acessórios e um melhor preço/mix nessas categorias.
update 11h01

Petrobras: Reavaliamos estoques para 2º semestre e antecipamos compras, diz Mastella

update 11h01

Petrobras: Não estamos com dificuldade de adquirir diesel dos fornecedores tradicionais, diz Mastella

update 11h00

Petrobras: Ainda enxergamos com cautela o cenário do diesel para os próximos meses

A declaração foi de Claudio Mastella, diretor de comercialização e logística da petroleira.
update 10h59

Vamos (VAMO3) sobe 3,02% depois de resultados do 2T22

update 10h59

Multiplan (MULT3) cai 3,21% após divulgação de balanço

update 10h59

Petrobras: Execução de politica de preço não muda do ponto de vista operacional, mas cabe ao conselho monitorar o andamento das práticas

A declaração foi de Salvador Dahan, diretor de governança da Petrobras.
update 10h57

Ibovespa desacelera e tem alta de 0,11%, aos 102.704 pontos

update 10h56

Petrobras/CFO: Dividendos são compatíveis com nossa sustentabilidade financeira e confortáveis em relação ao futuro da companhia

update 10h53

Vale (VALE3): 2T22 veio em linha com estimativas e expectativa é de melhores resultados para o 2º semestre, destacam analistas

A Eleven manteve a recomendação de compra para a Vale (VALE3), com preço-alvo de R$ 112. Segundo os analistas, apesar dos maiores volumes no 2T, os preços realizados no trimestre causaram a redução do Ebitda, junto com maiores custos de C1 e frete. Para o 2º semestre, a expectativa é de maiores volumes e preços de minério de ferro estáveis, menores custos com estoques e uma estabilização dos custos logísticos e de alguns insumos de produção.
update 10h53

Petrobras/CFO: Estamos trabalhando com caixa acima disso favorecido por entradas extraordinárias

update 10h53

Petrobras/CFO: Queremos trazer nosso caixa para nível ótimo entre US$ 8 bilhões e US$ 10 bilhões

update 10h52

Petrobras/CFO: Estamos trabalhando para que dívida seja equacionada ano que vem

update 10h51

Petrobras/CFO: Temos trajetória natural de crescimento da dívida em 2023

update 10h50

EUA: PMI recua para 52,1 pontos em julho; previsão era de 55 pontos

update 10h50

Debate presidencial realizado por consórcio de imprensa está marcado para 14 de setembro

O Consórcio é formado por Folha de S. Paulo, UOL, G1, O Estado de S. Paulo, O Globo e Valor Econômico. Os veículos afirmam que convidarão os quatro primeiros colocados das pesquisas de intenção de voto. O debate terá duração aproximada de duas horas e será transmitido ao vivo exclusivamente nas plataformas digitais dos veículos do consórcio.
update 10h46

Petrobras/CFO: Nosso framework é compatível com sustentabilidade financeira de curto, médio e longo prazo

update 10h45

Petrobras/CFO: Seguimos fazendo gestão ativa desse endividamento

update 10h45

Petrobras (PETR4): resultados vieram acima das estimativas, mas incerteza política sobre preços continua, destaca análise

A Eleven manteve a recomendação neutra para Petrobras, com preço-alvo de R$ 34, ao destacar que os sólidos resultados financeiros do 2T se devem ao bom momento da indústria de petróleo, com preços crescentes e demanda aquecida, juntamente com a continuidade da política de preços. Por outro lado, permanece a grande incerteza sobre a política de preços da estatal, principalmente em uma possível troca de governo, segundo os analistas.
update 10h44

Petrobras/CFO: Mercado de capitais está bastante desafiador para novas emissões

update 10h43

Petrobras/CFO: Endividamento está confortável, um pouco abaixo do range ótimo, diz CFO

update 10h42

Petrobras (PETR4): com diretriz de formação de preços a companhia reforça compromisso com preços de mercado, diz CFO

As declarações foram de Rodrigo Araújo, CFO e RI da Petrobras, na abertura de teleconferência.
update 10h41

Isa Cteep (TRPL4) lidera baixas do Ibovespa pós-balanço do 2T; queda é de 3,62%

update 10h37

Ações da Petrobras (PETR3; PETR4) ampliam altas e chegam a +5,47% e 4,31%

update 10h36

Ibovespa renova máxima: 102.987 pontos, +0,38%

update 10h31

Ibovespa abre com alta de 0,23%, se sustentando acima dos 102,8 mil pontos

O Ibovespa abriu o último pregão de julho em alta, após Petrobras (PETR3; PETR4) e Vale (VALE3) divulgarem seus resultados na véspera. As ações são as mais negociadas do dia. No momento, o índice sobe 0,23%, aos 102.829 pontos. As maiores alta são das ações de Petrobras, repercutindo o forte balanço e a distribuição robusta de dividendos. Já a Vale está entre as maiores quedas do Ibovespa desta sexta, após um resultado considerado fraco por analistas, puxado principalmente pelos maiores custos do minério de ferro. O dólar também avança, e está cotado a R$ 5,199 no momento, com alta de +0,69%. Mas, na máxima do dia, chegou a R$ 5,213.
update 10h30

Índices em NY abrem em alta, após dois dias de fortes ganhos

O otimismo parece que decidiu morar em Nova York, dessa vez impulsionado pelos resultados considerados "fortes" de Apple (AAPL34) e Amazon (AMZO34), já projetando o melhor mês para o S&P 500 desde 2020. Apesar da Amazon ter revertido lucro em prejuízo de US$ 2 bi, as ações disparam com receita acima do esperado. Já a Apple lucrou um valor acima do previsto, também puxando as ações.
  • Dow Jones: +0,09%
  • S&P 500: +0,38%
  • Nasdaq: +0,55%
update 10h28

Recuperação do mercado de trabalho continua trilhando um bom caminho, afirma XP

A afirmação veio após a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), do IBGE, que registrou que a taxa de desemprego no Brasil recuou para 9,3% no segundo trimestre, de 9,8% no trimestre móvel até maio, exatamente em linha com a expectativa da XP e consenso de rua. "Outra notícia positiva veio do salário médio real habitual, que melhorou em junho pelo quarto mês consecutivo (0,5% mês a mês). No entanto, o indicador ainda está cerca de 6,5% abaixo dos níveis vistos antes da pandemia", afirma. A taxa de desemprego com ajuste sazonal deve encerrar 2022 em 9,0%, o que considera um aumento marginal no quarto trimestre, projeta a XP. "Antecipamos uma taxa média de desemprego de 9,8% este ano".
update 10h24

Ações da Vale (VALE3) ampliam queda e são a maior baixa do Ibovespa do dia, com -2,46%

update 10h23

Ações da Vulcabras (VUL3) disparam 6% após divulgação de resultados

A Vulcabras (VULC3) reportou lucro líquido R$ 95 milhões no segundo trimestre de 2022, cifra 207,4% superior ao mesmo período de um ano antes.
update 10h22

Dólar renova máxima, a R$ 5,213 na compra e na venda, +0,77

update 10h21

Ações de grandes bancos recuam em bloco

Maior queda do dia no setor é de Itaú (ITUB4), com -0,68%, seguido por Banco do Brasil (BBAS3) que recua 0,50%, e Santander (SANB11) que recua -0,14%. Bradesco (BBDC4) cai 0,12%.
update 10h18

Petroleiras sobem, na esteira de Petrobras

3R Petroleum (RRRP3) é a maior alta do setor, com +2,64%. Enauta (ENAT3) sobe 0,83%, PetroRio (PRIO3) tem alta de 0,59%, e Petrorecôncavo (RECV3) sobe 0,29%.
update 10h15

Ecorodovias (ECOR3) no 2T22: melhor performance operacional impacta positivamente no Ebitda, diz XP

A Ecorodovias (ECOR3) apresentou resultados neutros, de acordo com a XP, com o Ebitda ajustado de R$ 463 milhões, um pouco acima das estimativas, e apresentando queda de 19% ano a ano, impactado pelo vencimento das concessões Ecocataratas e Ecovia Caminho do Mar em novembro de 2021. Do lado positivo, a XP notou um melhor desempenho na operação. No lado negativo, um aumento sequencial de 0,5p.p. nos níveis de alavancagem; e) taxas de juros mais altas impedindo um desempenho positivo de lucro. A XP reitera a recomendação Neutra na Ecorodovias.
update 10h14

Isa Cteep (TRPL4) recua 1,58% depois de divulgar balanço

update 10h14

Papéis da Vamos (VAMO3), após divulgação de resultados, sobem 1,75%

update 10h14

Hypera (HYPE3) avança 0,57% com dados do 2T

update 10h13

Ecorodovias (ECOR3) sobe 1,25% após divulgação de balanço

update 10h13

Multiplan (MULT3): papéis abrem em queda de 0,12% após balanço

update 10h11

Ações da Usiminas (USIM5) recuam 0,11% após balanço

update 10h10

Vamos (VAMO3) no 2T22: uma rara combinação de crescimento e rentabilidade, destaca a XP

A Vamos (VAMO3) apresentou números fortes no 2T22, segundo a análise, com lucro líquido atingindo R$ 142 milhões (+42% ano a ano e 12% acima da estimativa). "Notamos uma combinação poderosa de: resultados operacionais gerais positivos com o negócio principal (aluguéis) mostrando um forte crescimento, bem como concessionárias atingindo níveis recordes de margem; e bom desempenho de yield. A XP reitera a visão positiva sobre a Vamos e destaca que o ativo é o preferido no setor de Transportes.
update 10h10

Vale (VALE3) abre com queda de 1,06% após balanço, a R$ 69,94

update 10h10

Ibovespa abre com alta de 0,26%, aos 102.862 pontos

update 10h09

Petrobras (PETR3; PETR4) abre em forte alta de 3,97% e 4,03%

update 10h07

Dólar acelera alta e atinge R$ 5,187 na compra e R$ 5,18 na venda, +0,48%

update 10h07

Ibovespa abre, preliminarmente, com queda de 0,06%, aos 102.536 pontos

update 10h06

Usiminas (USIM5) tem 2T22 um pouco mais fraco do que o esperado, segundo BBA

Na visão dos analistas, foi um segundo semestre "negativo". A Usiminas (USIM5) reportou Ebitda ajustado de R$ 1,930 bilhão no 2T22, 6% abaixo da estimativa do BBA, mas 24% acima do trimestre anterior. "Os resultados foram auxiliados por aumentos sequenciais nos volumes e preços domésticos de aço (aumento de 9% e 16%, respectivamente e trimestralmente) e um aumento nos embarques consolidados de minério de ferro, que mais do que compensaram menores volumes de exportação de aço e piora na realização de preços de minério de ferro". Pelo lado negativo, a empresa divulgou que suas coquerias devem estar em plena operação apenas no 2S23, impactando negativamente os custos. A classificação para USIM5 é outperform, com preço-alvo de R$ 17,00.
update 10h01

Usiminas (USIM5) no 2T22: Ebitda em linha e caixa operacional abaixo das expectativas do Morgan Stanley

Ebitda normalizado de R$ 1.850 bilhão - excluindo R$ 31 milhões do ganho na venda de ativos não operacionais - ficou 2% abaixo da estimativa do Morgan Stanley. "principalmente devido a uma falha na divisão de aço (por exemplo, preços mais baixos e CPV por tonelada) que mais do que compensaram os melhores resultados na divisão de processamento de aço". Já o caixa operacional de R$ 353 milhões ficou bem abaixo da estimativa de R$ 1,006 bilhão, "devido a maiores necessidades de capital de giro (principalmente estoques) e maiores impostos pagos". O Morgan Stanley segue com classificação equal-weight (equivalente a neutro) para as ações da Usiminas (USIM5), com preço-alvo de R$ 10,00.
update 9h59

Vale (VALE3) apresenta resultados fracos e dividendos anunciados sugerem postura mais cautelosa, apontam analistas

As perspectivas já não eram muito animadoras para a Vale (VALE3) e as mineradoras em geral em um cenário de alta de custos e menores preços. Mas os resultados da companhia do 2T acabaram por decepcionar os analistas de mercado.
update 9h50

BR Properties (BRPR3) aprova redução de capital no valor de R$ 1,125 bilhão

Acionistas da BR Properties (BRPR3) na data base de 28 de setembro de 2022 terão direito ao recebimento da restituição de capital.
update 9h50

Preços dos combustíveis no Brasil seguem acima da paridade internacional, diz Abicom

Após mais uma redução do valor da gasolina ontem, a Petrobras (PETR3;PETR4) agora só está há 42 dias sem alterar os preços do diesel. A Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis publica o estudo diariamente.
  • Diesel (média nacional): +5%, ou R$ 0,24 (ontem era +2% ou 0,10)
  • Gasolina (média nacional): +3%, ou R$ R$ 0,12 (ontem era +2% ou 0,07)
update 9h47

Índice Futuros de NY desaceleram alta pouco após PCE

Ainda sob o otimismo após resultados na véspera de Amazon e Apple, as bolsas em NY desaceleram levemente o seu ritmo de valorização após os dados do PCE, divulgados há pouco. O Dow Jones Futuro passou a operar próximo da estabilidade, com alta de 0,03%, enquanto o S&P Futuro sobe 0,38% e o Nasdaq Futuro avança 0,68%. O índice de preços das despesas de consumo pessoal subiu 6,8% em junho em relação ao mesmo mês do ano anterior, no nível mais alta desde 1982.
update 9h42

ADR da Vale cai 0,51%, a US$ 13,59, após balanço

update 9h41

ADR PBRA e PBR da Petrobras sobem, respectivamente, 5,68%, a US$ 13,21, e 6,12%, a US$ 14,21

update 9h39

BC: Gastos com juros nominais do setor público chegam a R$ 33 bi em maio

No mesmo mês de 2021 o valor foi de R$ 21,9 bilhões.
update 9h37

Setor público registra déficit primário de R$ 33,0 bilhões em maio, diz BC

Em maio de 2021 o déficit foi de R$15,5 bilhões. No Governo Central e nas empresas estatais houve déficits, na ordem, de R$ 40,0 bilhões e R$ 307 milhões, e nos governos regionais, superávit de R$ 7,3 bilhões no mês. Nos doze meses encerrados em maio, o superávit primário do setor público consolidado atingiu R$119,9 bilhões, equivalente a 1,32% do PIB.
update 9h35

Morgan Stanley troca Bradesco (BBDC4) e Equatorial (EQTL3) por Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) para a carteira de agosto

Ao incorporar os números divulgados recentemente, os analistas consideram que um possível relaxamento da política de zero Covid na China vai levar a uma demanda mais forte por metais básicos. Bradesco foi excluído com a perspectiva de que o ciclo de aperto de juros chegue ao fim em agosto. Já Equatorial saiu do radar do Morgan Stanley pois o banco preferiu reduzir sua exposição a nomes defensivos domésticos. As top pick ações do Morgan Stanley para o Brasil são: XP, JBS, Itaú, Petrobras, BTG Pactual, Vale e Localiza.
update 9h33

PCE: Núcleo da inflação nos EUA sobe 0,6% em junho e acumula alta de 4,8% na comparação anual

O resultado ficou acima das expectativas do mercado, pois o consenso Refinitiv projetava uma alta de 0,5% na base mensal e de 4,7% na anual. O indicador é importante por ser uma das principais referências do Fed (Federal Reserve, o Banco Central americano) em suas decisões de política monetária, para definir a taxa básica de juros do país (o que afeta os mercados acionários em todo o mundo). (Ampliado às 9h38)
update 9h30

Dólar passa a cair 0,09%, cotado a R$ 5,158 na compra e a R$ 5,159 na venda

update 9h22

Ambev (ABEV3) prefere manter guidance, apesar de alta da receita e recuo dos preços das commodities

A Ambev (ABEV3) viu parte do seu resultado pressionado no primeiro semestre de 2022 pela alta dos insumos que utiliza em sua produção. Mesmo assim, a companhia vem conseguindo, majoritariamente, entregar o guidance de crescimento prometido no começo do ano, ficando além do esperado – mas prefere manter as expectativas do jeito que estão.
update 9h17

Análise técnica de Ibov e dólar, por Pamela Semezatto, da Clear Corretora

IBOV: "Deu continuidade no movimento de alta, e fechou acima das máximas anteriores. Vem de um movimento esticado e uma correção pequena seria ideal para um bom rompimento. Próxima resistência na região de 106.000 e suporte nos 100.000 e 94.000 pontos." DÓLAR: "Segue com bastante força vendedora e por enquanto sem sinais de correção. Rompeu o suporte de R$ 5.300 e o próximo ponto de briga está em R$ 5.160. Já está esticado no movimento de baixa e sem definição de tendência no curtíssimo prazo."
update 9h12

Gol (GOLL4): com 2T22 negativo, Credit Suisse reduz preço-alvo de R$ 19 para R$ 10

Os custos de combustível mais elevados e uma lenta recuperação da capacidade fizeram desaparecer a rentabilidade captada pela Gol (GOLL4), segundo os analistas. Entre os riscos destacados para a companhia estão novos aumentos do preço do combustível, enfraquecimento do câmbio, perfil de liquidez fraco e desaceleração de viagens. O rating é de underperform, pois o Credit Suisse vê um perfil de liquidez fraco, uma estrutura de custos pesada, geração de FCF fraca e aumento da concorrência com a Azul.
update 9h10

PNAD traz menor patamar de taxa de desocupação desde 2015, de 8,4%

A taxa de desocupação ficou em 9,3% no trimestre encerrado em junho, queda de 1,8 ponto percentual na comparação com o trimestre anterior. O número de desempregados recuou 15,6% no trimestre, chegando a 10,1 milhões de pessoas. Isso representa 1,9 milhão de pessoas a menos em busca por trabalho no país. “A retração da taxa de desocupação no segundo trimestre segue movimento já observado em outros anos. Em 2022, contudo, a queda mais acentuada dessa taxa foi provocada pelo avanço significativo da população ocupada em relação ao primeiro trimestre”, destaca a coordenadora da pesquisa do IBGE, Adriana Beringuy. A população ocupada é a maior desde o início da série histórica da pesquisa, em 2012. Esse contingente foi estimado em 98,3 milhões, o que representa uma alta de 3,1% frente ao trimestre anterior.
update 9h10

Curva de juros opera mista

  • DI (2023): -0,01 pp, a 13,83%
  • DI (2024): +0,01 pp, a 13,48%
  • DI (2025): -0,01 pp, a 12,83%
  • DI (2027): -0,01 pp, a 12,74%
  • DI (2029): -0,01 pp, a 12,87%
  • DI (2031): -0,02 pp, a 12,94%
update 9h07

Petrobras (PETR3 PETR4) informa sobre descoberta de gás na Colômbia

A Petrobras confirmou a descoberta de acumulação de gás natural no poço exploratório Uchuva-1, perfurado em águas profundas da Colômbia, a 32 quilômetros da costa e a 76 quilômetros da cidade de Santa Marta, em uma lâmina d’água de aproximadamente 830 metros. O poço Uchuva-1 foi perfurado no Bloco Tayrona, tendo a Petrobras como operadora (participação de 44,44%), em parceria com a Ecopetrol, com a participação de 55,56%. "O consórcio dará continuidade às atividades no Bloco Tayrona, visando avaliar as dimensões da nova acumulação de gás", completou o comunicado.
update 9h07

Petrobras (PETR3;PETR4): resultado trimestral impressionou, mas dividendos roubaram a cena

Para as casas de análise, a grande estrela desta temporada da petrolífera foram os dividendos anunciados ontem à tarde, antes da divulgação do balanço.
update 9h05

Dólar comercial abre em alta de 0,07%, cotado a R$ 5,167 na compra e na venda

update 9h01

Taxa de desemprego vai a 9,3% em junho, aponta IBGE; consenso Refinitiv era de 9,4%

Taxa de desocupação das pessoas de 14 anos ou mais de idade, na semana de referência, Brasil - 2012/2022 (%)
Taxa de desocupação. Fonte: Reprodução IBGE
update 9h00

Dólar futuro abre em queda de 0,40%, cotado a R$ 5,166

update 9h00

Ibovespa futuro abre em alta de 0,19%, cotado aos 103.700 pontos

update 8h59

Petrobras (PETR4) tem um trimestre para ficar na memória, diz XP

Segundo a XP, o Ebitda de US$ 20 bilhões ficou 23% acima das estimativas da casa e 17% acima do consenso do mercado. A análise destacou a geração de fluxo de caixa livre (FCF) de US$ 13 bilhões, que somada aos US$ 6,8 bilhões em desinvestimentos + acordo de coparticipação, permitiu que a empresa anunciasse o valor recorde de US$ 17 bilhões em dividendos (20,8% yield) sem comprometer sua posição financeira (Dívida Líquida/EBITDA atual de 0,6x). Por fim, a XP reforçou recomendação de compra, com preço alvo de R$ 47,3 para as ações.
update 8h53

Brasil sobe para 41º em ranking global sobre gasolina mais barata

O preço médio da gasolina despencou de R$ 7,39 o litro no fim do mês passado, na semana entre 19 a 25 de junho, para R$ 5,89 na semana passada, entre 17 e 23 de julho, segundo o levantamento semanal da ANP.
update 8h50

Isa Cteep (TRPL4): Embora a alavancagem tenha se deteriorado, novo ciclo de RAP deve oferecer melhora natural

Analisando o resultado no 2T22 da Isa Cteep (TRPL4), o Itaú BBA destacou que o segmento de linha transmissão é o menos atrativo do universo de utilities, dada a preocupação com lances agressivos em recentes leilões de transmissão e a reprogramação da Aneel do pagamento da dívida das indenizações da Rede Básica Sistema Existente (RBSE). O banco manteve classificação market perform e preço-alvo de R$ 28,2.
update 8h48

Petróleo em alta e os cenários para Petrobras (PETR4) com Lula ou Bolsonaro: as visões do diretor do CBIE Bruno Pascon para o mercado

Bruno Pascon, cofundador e diretor da CBIE Advisory (Centro Brasileiro de Infraestrutura), destacou em entrevista ao InfoMoney que a oferta mais restrita seguirá impactando mais o mercado da commodity, principalmente na segunda metade do ano.
update 8h43

Confira o InfoMorning

https://www.youtube.com/watch?v=P-hxdRgZ3wE
update 8h42

Vale (VALE3): resultado ruim com números abaixo do consenso no 2T22, diz XP

Os menores preços realizados de finos de minério de ferro e maiores custos de C1 e frete afetaram os resultados da Vale (VALE3), apesar de um ambiente de volume de vendas saudável para minério de ferro e para preços de níquel. A geração de caixa foi melhor do que no 1T22, principalmente devido ao maior pagamento sazonal de imposto de renda no 1T22 e impacto positivo do capital de giro neste trimestre. A recomendação é de compra.
update 8h37

Jack Ma, bilionário chinês, pretende ceder o controle do Ant Group

O afastamento de Ma faz parte da estratégia da fintech de se afastar do Alibaba Group Holding Ltd. O movimento ocorre após mais de um ano de pressão chinesa para que Ma abrisse mão do controle do grupo.
update 8h32

Usiminas (USIM5) aprova retorno da operação do Alto-Forno nº 2 da Usina de Ipatinga

A previsão é de retornar até o final de outubro de 2022. O Capex total envolvido nos reparos deste Alto-Forno foi mantido em R$35 milhões. A companhia também informou que as coquerias da Usina de Ipatinga permanecem apresentando menor disponibilidade de produção e que esforços e medidas mitigadoras estão em curso no momento.
update 8h30

Usiminas (USIM5) projeta volumes de vendas de aço da unidade de siderurgia de 950 a 1.050 milhares de toneladas para o 3T22

update 8h25

Títulos do Tesouro dos EUA sobem após divulgação do PIB

  • Treasuries: T-note de 10 anos a 2,703% (+0,022)
  • Treasuries: T-note de 2 anos a 2,878% (+0,001)
update 8h15

Hypera (HYPE3): após balanço forte, ação é a preferida do setor de saúde, apontam analistas

O Morgan Stanley ressaltou que o sell-out de Hypera (HYPE3) ainda cresce dois dígitos e que a receita líquida veio acima do esperado. Os analistas destacaram ainda que a diluição de SG&A continua sendo positiva e preveem que o forte impulso de lucros deve continuar em 2022. O rating é de outperfom, com preço-alvo de R$ 47,20. A ação fechou ontem em R$ 40,49.
update 8h13

Irani (RANI3) lucra R$ 84,6 mi no 2º trimestre, alta de 25% na base anual

Segundo a empresa, os principais impactos no lucro líquido deste trimestre foram relacionados ao aumento da receita líquida quando comparado ao 2T21.
update 8h11

Usiminas (USIM5): lucro recua no 2º trimestre com perdas cambiais

O lucro líquido da Usiminas (USIM5) caiu 16,1% no 2T22, para R$ 1,060 bilhão, ante o trimestre anterior (R$ 1,3 bilhão). Apesar das perdas cambiais, o resultado foi parcialmente compensado pelo melhor lucro operacional antes do resultado financeiro no período.
update 8h10

Usiminas (USIM5) tem lucro e ebitda em linha com as estimativas

A Usiminas (USIM5) reportou um lucro de R$ 1,060 bilhão, em linha com a projeção do consenso da Refinitiv, de R$ 1,045 bilhão. Enquanto o Ebitda reportado ficou em R$ 1,930 bilhão, em linha com os R$ 1,932 bilhão. O InfoMoney considera em linha resultados até 5% acima ou abaixo do consenso.
update 8h06

Vulcabras (VULC3) vê lucro triplicar no 2º trimestre, a R$ 95 milhões

O lucro líquido da Vulcabras (VULC3) no 2T22 foi 207,4% maior do que o registrado no segundo trimestre de 2021. O Ebitda recorrente cresceu 85,1%, para R$ 124,6 milhões.
update 8h00

Usiminas (USIM5): Ebitda ajustado sobe 24% ante 1T22, para R$ 1,930 bilhão, mas recua 62% ante 2T21

A margem Ebitda ajustada ficou em 23%, ante 53% de um ano antes – queda de 30 pontos porcentuais. Frente ao primeiro trimestre, a margem subiu 3 pontos porcentuais. (Nota ampliada às 8h26)
update 7h59

Usiminas (USIM5): lucro líquido cai 16% ante 1T22, para R$ 1,060 bilhão; ante 2T21, recua 77%

No primeiro semestre, o lucro foi de R$ 2,323 bilhões, uma retração de 60%. (Nota ampliada às 8h24)
update 7h57

CCR (CCRO3) celebra aditivo para novos investimentos em Itapeva

A CCR (CCRO3) informou que foi celebrado o Termo Aditivo e Modificativo nº 21/2022 ao Contrato de Concessão nº 010/CR/2000 entre a controlada Rodovias Integradas do Oeste (SPVias) e a Secretaria de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, com a interveniência e anuência da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), para que a SPVias assuma a execução dos novos investimentos referentes à obra de prolongamento da duplicação de trecho urbano do município de Itapeva.

update 7h53

Ecorodovias (ECOR3): resultados do 2T22 têm reflexos de mudanças contínuas no portfólio de concessões

O Itaú BBA avaliou os resultados da Ecorodovias (ECOR3) como neutros. “Notamos que as comparações típicas em relação ao mesmo período do ano passado continuam a ser afetadas com o final de dois contratos de concessão em novembro de 2021”, avalia o banco. A instituição apontou que a dívida líquida/Ebitda continua a aumentar, atingindo 4,1x, tendência que provavelmente se reverterá em 2023 com o ramp-up de novos projetos. O BBA manteve classificação outperfom, com preço-alvo de R$ 15,60.
update 7h50

Bitcoin ronda US$ 24 mil e pode fechar melhor mês desde topo histórico

Ignorando um novo aumento de taxas de juros na quarta e uma queda maior do que o esperado do PIB dos EUA ontem, o Bitcoin (BTC) segue em recuperação hoje, em alta acumulada de 20% em julho.
update 7h46

Petrobras (PETR3;PETR4) teve resultados mais fortes do que o esperado, diz análise

Para Itaú BBA, os resultados do 2T22 da Petrobras (PETR3;PETR4) mais fortes do que o esperado. O Ebitda ajustado recorrente de US$ 20,2 bilhões foi 6% acima da estimativa da instituição de US$ 19,1 bilhões. O rendimento dos dividendos atingiu 21% no 2T22, acima da estimativa já otimista de 15% do BBA. O banco manteve a ação PETR4 com classificação outperform, com preço-alvo de 43.
update 7h41

PIB da França sobe 0,5% no 2º trimestre na 1ª estimativa

O resultado veio acima da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que esperavam crescimento de 0,2%, e representa aceleração frente à queda registrada no primeiro trimestre de 2022, que foi de 0,2% em sua leitura final, na comparação trimestral.
update 7h37

PIB da zona do euro (1ª estimativa) cresce 0,7% no 2º trimestre

O resultado veio acima da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que esperavam crescimento de 0,2%, e representa aceleração frente à queda registrada no primeiro trimestre de 2022, que foi de 0,2% em sua leitura final.
update 7h36

ADR da Vale recua 0,59%, a US$ 13,58, após divulgação de balanço

update 7h34

ADR PBRA e PBR da Petrobras sobem, respectivamente, 6,00%, a US$ 13,25, e 6,72%, a US$ 14,29

A Petrobras (PETR3;PETR4) divulgou ontem lucro de R$ 54,330 bilhões, ante projeção de R$ 38,02 bilhões do consenso dos analistas consultados pela Refinitiv. O Ebitda somou R$ 98,260 bilhões, também acima dos R$ 83,273 bilhões esperados pelo mercado. A companhia divulgou ontem ainda o seu Conselho de Administração aprovou o pagamento de dividendos de R$ 6,732003 por ação.
update 7h33

Irani (RANI3) lucra R$ 84,6 mi no 2º trimestre, alta de 25% na base anual

Segundo a empresa, os principais impactos no lucro líquido deste trimestre foram relacionados ao aumento da receita líquida quando comparado ao 2T21. O Ebitda ajustado cresceu 21,6% no 2T22, totalizando R$ 144,8 milhões.
update 7h33

Boa Safra (SOJA3) conclui obras do Centro de Distribuição de Sorriso, no Mato Grosso

O terreno de Sorriso possui 90 mil m² e está localizado na Rodovia BR-163. No local, poderão ser estocadas até 40.000 big bags em posições refrigeradas (1.000 kg cada), sendo 20.000 big bags para a primeira fase da obra. CDs como esse vão garantir que as sementes beneficiadas e tratadas sejam armazenadas por mais tempo em condições de temperatura e umidade ideais, mantendo assim sua alta capacidade germinativa.
update 7h31

Vale (VALE3) tem balanço mais fraco do que o esperado e desempenho de custos decepciona, aponta análise

O Itaú BBA espera uma reação negativa do mercado após a divulgação do balanço da Vale. Os números abaixo das projeções vieram, especialmente, pelos custos maiores de minério de ferro, enquanto os resultados da divisão de metais básicos permanecem abaixo do potencial. Apesar disso, os analistas apontaram forte fluxo de caixa. A classificação de outperform foi mantida, com expectativa de melhora da demanda da China  para os 2º semestre. Preço-alvo de US$ 23.
update 7h25

Equatorial (EQTL3): volume de energia injetada na rede cresceu 0,8% no 2T22 na comparação anual, para 10.701 GWh

update 7h24

Vale (VALE3): 2T22 veio abaixo de projeção por receitas mais baixas e despesas mais altas, diz banco

O Morgan Stanley destaca que o Ebitda ajustado veio 10% abaixo do consenso e que o caixa operacional da Vale (VALE3) de R$ 3,6 bilhões ficou significativamente abaixo da estimativa de US$ 4,8 bi, principalmente devido a resultados operacionais mais baixos e maiores necessidades de capital de giro. A recomendação é de equal-weight (em linha com o mercado), com preço-alvo de US$ 16.
update 7h21

Vamos (VAMO3) lucra R$ 142,5 milhões no 2T22, alta de 42% ante 2T21

O Ebitda somou R$ 450,4 milhões, uma alta de 77,5% na comparação anual, enquanto a receita avançou 80%, para R$ 1,199 bilhão.
update 7h18

Petrobras (PETR3;PETR4): 2T22 reportou resultados muito fortes, com rendimentos impressionantes, diz análise

Segundo o Credit Suisse, o Ebitda da Petrobras (PETR3;PETR4) superou em 9% o consenso, enquanto que o lucro líquido veio em linha com as expectativas. O banco prevê que o mercado vai receber bem os resultados no pregão de hoje. Os analistas destacaram ainda a sólida geração de caixa, o positivo capital de giro e o recorde de altos dividendos, resultados de uma reviravolta corporativa após 2015, o que coloca a Petrobras no caminho certo, apesar de todas as preocupações de governança. Recomendação de outperform, com preço-alvo de US$ 18.
update 7h17

Cteep (TRPL4) lucra 74,1 milhões no 2T22, queda de 70%; Ebitda recua 12%

A Cteep (TRPL4) destacou que a queda do lucro, em relação ao mesmo período do ano passado, veio por conta, principalmente, da diminuição da receita líquida (-59%) e da piora do resultado financeiro líquido (-117%). O Ebitda somou R$ 555 milhões, uma queda de 12%, com uma margem de 75,7% (-3,9 p.p.).
update 7h12

Vale (VALE3): resultado do 2T22 foi negativo, com Ebitda pressionado por custos, destaca análise

A mineradora reportou Ebitda 7% abaixo da estimativa do Itaú BBA, especialmente pelos custos da divisão de minério de ferro e de cobre, e dos preços mais fracos. Apesar disso, os analistas destacam o fluxo de caixa sólido, junto com o pagamento de dividendos de US$ 3 bilhões. A recomendação é de outperfom, com preço-alvo de US$ 20.
update 7h11

EUA divulga dados de despesas pessoais

Às 9h30 os EUA divulgam dados do PCE de junho, com consenso Refinitiv apontando para alta de 4,7% na base anual. Às 11h saem dados de confiança do consumidor de julho.
update 7h10

Amazon: prejuízo soma US$ 2 bilhões no 2º trimestre, revertendo lucro de US$ 7,8 bi de um ano antes

Segundo a empresa, o prejuízo líquido considera uma perda de avaliação antes de impostos de US$ 3,9 bilhões, incluído as despesas não operacionais das ações ordinárias na Rivian Automotive, Inc. A receita da Amazon (AMZO34) somou US$ 121,23 bilhões, acima dos US$ 119,09 bilhões projetados pelo consenso da Refinitiv.
update 7h10

Agenda brasileira tem dados de desemprego e resultado primário

A semana termina com destaque para dados da taxa de desemprego (PNAD Contínua) no Brasil. Às 9h, o governo federal divulga os números relativos a junho. O consenso Refinitiv aponta para um taxa de desemprego de 9,4% Às 8h serão divulgados dados de confiança de serviços de julho. Às 9h30 saem os números do resultado primário de maio; consenso Refinitiv espera déficit de R$ 24,5 bilhões
update 7h08

Barris de petróleo sobem mais de 2%

Os preços do petróleo sobem com oferta apertada à medida que as atenções se voltam para OPE, que concordou em uma reunião na próxima semana, marcando o fim de seu pacto de redução de produção de 2020. As cotações do minério de ferro sobem e engatam a sexta alta consecutiva.
  • Petróleo WTI, +2,21%, a US$ 98,56 o barril
  • Petróleo Brent, +2,28%, a US$ 109,58 o barril
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 1,82%, a 782,00 iuanes, o equivalente a US$ 116,11
update 7h07

Ecorodovias (ECOR3) tem lucro abaixo do esperado, mas Ebitda acima

A Ecorodovias (ECOR3) divulgou prejuízo líquido de R$ 13 milhões no 2º trimestre deste ano, revertendo lucro líquido de R$ 127,4 milhões; ou, em termos recorrentes, perdas líquidas de R$ 10 milhões. A projeção do consenso da Refinitiv era de um lucro de R$ 2 milhões, ao invés de prejuízo. Por sua vez, o Ebitda ajustado somou R$ 463,1 milhões, acima dos R$ 430 milhões projetados. O InfoMoney considera em linha resultados até 5% acima ou abaixo do consenso.
update 7h06

Mercados europeus sobem após PIB de +0,7%

Os mercados europeus operam em alta com os investidores digerindo uma nova faixa de lucros corporativos e crescimento do PIB da zona do euro acima do esperado. O bloco divulgou hoje que registrou alta de 0,7% no PIB, superando as expectativas de crescimento de 0,2% e contrastando fortemente com as leituras negativas dos Estados Unidos no 1T e 2T.
  • FTSE 100 (Reino Unido), +0,66%
  • DAX (Alemanha), +0,87%
  • CAC 40 (França), +1,48%
  • FTSE MIB (Itália), +1,70%
  • Stoxx600, +0,95%
update 7h05

Multiplan (MULT3) tem lucro acima do esperado, mas Ebitda abaixo

A Multiplan (MULT3) registrou um lucro líquido de R$ 172,5 milhões no segundo trimestre, cifra 84% superior ao reportado um ano antes, mas acima do previsto pelo consenso da Revinitiv, de R$ 154,3 milhões. O Ebitda somou R$ 287,5 milhões, avanço de 61%, porém ficou abaixo dos R$ 312 projetados. O InfoMoney considera em linha resultados até 5% acima ou abaixo do consenso.
update 7h04

Índices futuros dos EUA: big techs impulsionam altas

Os índices futuros dos EUA operam em alta impulsionados pelos ganhos de Amazon e Apple, que reportaram números animadores após o fechamento dos mercados. A alta ocorre apesar de um aumento de 0,75 ponto percentual dos juros na quarta-feira e uma leitura negativa do PIB ontem. Os investidores têm navegado em um lote misto de relatórios de ganhos esta semana. Hoje, os principais balanços incluem Chevron, Exxon Mobil e Procter & Gamble. Veja o desempenho dos mercados futuros:
  • Dow Jones Futuro (EUA), +0,21%
  • S&P 500 Futuro (EUA), +0,69%
  • Nasdaq Futuro (EUA), +1,16%
update 7h04

Hypera (HYPE3) tem lucro e Ebitda acima das expectativas

A A Hypera (HYPE3) divulgou reportou lucro líquido das operações continuadas de R$ 455,5 milhões no 2º trimestre, desempenho acima do esperado pelo consenso da Revinit, de R$ 409 milhões. Já o Ebitda reportado somou R$ 683,3 milhões, acima dos R$ 640 milhões esperados. O InfoMoney considera em linha resultados até 5% acima ou abaixo do esperado pelo consenso.
update 7h02

Vale (VALE3) fará a distribuição de R$ 3,572 por ação em dividendos

A data de corte para os detentores de ações negociadas na B3 será no dia 11 de agosto de 2022, e a record date para os detentores de ADRs será no dia 15 de agosto de 2022. As ações da Vale serão negociadas ex-dividendo na B3 e na NYSE a partir de 12 de agosto. O pagamento acontece em 1º de setembro.
update 7h02

Mercados asiáticos fecham sem direção

Os mercados asiáticos encerraram o dia mistos, com destaque para baixa de 2% do índice Hang Seng, de Hong Kong, pressionado por ações de tecnologia. As ações de Alibaba e Meituan caíram 7,01% e 7,18%, respectivamente. O Alibaba caiu pela 3º sessão consecutiva após as notícias de que vários executivos do Ant Group deixaram o cargo de parceiros do Alibaba. Os líderes chineses sinalizaram ontem que é improvável que Pequim tente impulsionar a economia e minimizaram a meta do PIB do país de “cerca de 5,5%”. Além disso, Pequim parece comprometida com sua política de zero Covid.
  • Shanghai SE (China), -0,89%
  • Nikkei (Japão), -0,05%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), -2,26%
  • Kospi (Coreia do Sul), +0,67%
update 7h01

Vale (VALE3) tem lucro, em dólares, de US$ 6,203 bilhões, acima do esperado

A projeção do consenso da Revinitiv apontava para um lucro de US$ 2,837 bilhões. Dessa forma, o lucro reportado veio 118% acima do esperado. Um ano antes, o lucro, em dólares da Vale, havia sido de US$ 7,537 bilhões. O Ebitda ajustado da mineradora somou US$ 5,534 bilhões, em linha com expectativas, que era de US$ 5,826 bilhões. Um ano antes, o Ebitda havia somado US$ 11,038 bilhões. Segundo a empresa, a cifra foi inferior na comparação com o 1T22 trimestre, em US$ 840 milhões, refletindo a queda nos preços de minério de ferro e cobre no final do trimestre, mas parcialmente compensado por maiores volumes de vendas de minério de ferro.
update 7h00

Petrobras (PETR3;PETR4) tem lucro e Ebitda acima do consenso

O lucro da Petrobras (PETR3PETR4) somou R$ 54,330 bilhões, ante projeção de R$ 38,02 bilhões do consenso dos analistas consultados pela Refinitiv. O Ebitda somou R$ 98,260 bilhões, também acima dos R$ 83,273 bilhões esperados pelo mercado. O InfoMoney considera em linha resultados até 5% acima ou abaixo do consenso esperado. A companhia divulgou ontem ainda o seu Conselho de Administração aprovou o pagamento de dividendos de R$ 6,732003 por ação. A Petrobras (PETR3;PETR4) registrou um expansão do lucro líquido puxada pelo crescimento do Ebitda, que, em dólares, subiu 34%, e pelo fluxo de caixa livre, com alta de 61%. Segundo a empresa, estes desempenhos refletem a valorização do Brent no período, melhor resultado com a venda de derivados e gás natural e menores volumes de importações de GNL. A petroleira destaca, por outro lado, que o desempenho foi impactado pelo resultado financeiro negativo decorrente da depreciação do real. Dessa forma, as perdas financeiras líquidas somaram R$ 15,757 bilhões, ante ganhos líquidos de 10,776 bilhões de um ano antes.
update 6h59

Abertura de mercados

Os mercados asiáticos fecharam sem direção definida, enquanto as bolsas da Europa e índices futuros dos EUA operam em alta hoje, puxados por fortes relatórios corporativos das principais empresas de tecnologia americanas e à espera de dados econômicos importantes da zona do euro. Os futuros foram apoiados por ganhos no after-market por duas das maiores ações do mercado. As ações da Amazon e da Apple subiram depois de mostrar um forte crescimento de vendas no 2T. O otimismo nos Estados Unidos ocorre apesar de um surpreendente declínio de 0,9% no PIB americano no 2T, confirmado ontem e aprofundando os temores de uma possível recessão. Os investidores aguardam informações atualizadas sobre uma leitura importante da inflação e os custos de emprego do 2T hoje, que podem ser dados importantes para o Fed considerar seus próximos passos.

InfoTrade: notícias, análises, vídeos, podcasts e guias no novo canal do InfoMoney sobre Mercados

Compartilhe