Resultado de techs

Apple (AAPL34) lucra US$ 19,4 bi no 3º tri fiscal, acima do previsto; ações sobem no after-market

Resultado veio ligeiramente acima do consenso de mercado

Por  Felipe Moreira -

A Apple (AAPL34) divulgou nesta quinta-feira (28) resultados fiscais do terceiro trimestre que superaram as expectativas de Wall Street para vendas e lucro, mas mostraram um crescimento lento para a fabricante do iPhone. A companhia lucrou US$ 19,4 bilhões, um recuo de 10,6% frente o mesmo período do ano passado. Contudo, o lucro por ação foi de US$ 1,20, acima dos US$ 1,16 previstos.

As ações da Apple sobem 2,94%, a US$ 161,95, no after market.

A receita da Apple foi de US$ 83 bilhões no 3T22, um crescimento de 2% frente ao mesmo período de 2021, acima do consenso de US$ 82,81 bilhões.

Já a receita gerada do iPhone somou US$ 40,67 bilhões no terceiro trimestre de 2022, uma elevação de 3% na comparação com mesma etapa do ano passado, também acima das projeções de US$ 38,33 bilhões estimados.

A batida do consenso sugere que a demanda por modelos do iPhone 13 continua forte mesmo na segunda metade do ciclo anual de lançamento do produto. A Apple normalmente lança novos iPhones em setembro e as vendas caem à medida que os clientes antecipam novos modelos.

“ Os resultados recordes deste trimestre refletem os esforços constantes da Apple para inovar, avançar em novas possibilidades e enriquecer a vida de nossos clientes”, disse Tim Cook, CEO da Apple.

A receita de serviços foi de US$ 19,60 bilhões no 3T22 contra US$ 19,70 bilhões estimados, um aumento de 12% ano a ano.

As vendas de Mac ficaram abaixo das expectativas de consenso e caíram mais de 10% ano a ano. O CEO da Apple disse que isso se deve a restrições de oferta e ao dólar forte.

Por fim, a Apple disse que gastou mais de US$ 28 bilhões em recompras de ações e dividendos durante o trimestre.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe