Em negocios / noticias-corporativas

A alta da baixa temporada: demanda de hospedagem no período aumentou 20% em 2016

Crise leva turistas a buscar ofertas de passagens aéreas e formas de hospedagem mais em conta, como a locação de casas, que, na baixa, oferece diária com valor até 30% menor

Em geral, turistas do mundo todo costumam reservar os períodos das festas de fim de ano e recesso escolar para fazer as viagens mais longas de férias, otimizando as agendas de toda a família. Mas, dada a crise econômica dos últimos meses, esse comportamento mudou e o período, antes considerado de baixa temporada, ganha uma representatividade maior no faturamento das empresas.

Esse é o caso da Temporada em Orlando, empresa especializada no aluguel de casas de alto padrão na cidade. "Estávamos receosos de que, em 2016, com o orçamento curto, os turistas fossem adiar os planos da viagem internacional de férias, mas o que apuramos é que os hóspedes preferiram viajar nos períodos de baixa temporada a deixar de viajar", comenta o CEO da empresa, Wendel Ferrari.

A empresa apurou que, nos dois últimos anos, as vendas no período da baixa temporada aumentaram 20% em relação aos anos anteriores. Segundo Ferrari, viajar nessa época tem outras vantagens além da questão financeira. "Os turistas também conseguem promoções em passagens áreas e a cidade de Orlando está mais vazia e propicia passeios mais calmos e menos cansativos nos parques", comenta o executivo.

A empresa considera os períodos de baixa temporada entre: 1º e 16 de fevereiro; do dia 3 de março a 30 de junho; e de 1º de agosto a 9 de dezembro. "Nesses períodos conseguirmos ofertar diárias com desconto em, pelo menos, 60% do nosso portfólio de casas – um total de 200 casas- e, em alguns casos, o valor chega a ficar até 30% menor", ressalta Ferrari.

Essa mudança de comportamento reflete o crescimento da empresa nos últimos anos mesmo diante à instabilidade econômica e, consequentemente, das oscilações do dólar. "Em 2015 crescemos 10% no comparativo com o ano anterior e, em 2016, 15%. Nossa expectativa para 2017 é ampliar as vendas em até 20%, período em que esperamos o início da retomada do crescimento da economia", finaliza o executivo.

Na foto está o exemplo da casa referência 93, que na alta temporada a diária sai por US$ 230,00 e na baixa, US$ 160,00. "A quantidade máxima para essa residência é de oito pessoas, levando cada uma a pagar US$ 20,00 a diária no período de menor demanda", afirma Ferrari.
________________________________________
A Temporada em Orlando

A Temporada em Orlando é uma empresa brasileira, líder no país em aluguel de casas de alto padrão, localizadas na cidade e destinadas ao turismo de curta temporada. Surgiu em abril de 2011, como Temporada na Disney e sob o comando do empresário Wendel Ferrari. Em sua primeira viagem de lua de mel à cidade americana, o empresário conheceu o sistema de aluguel de casas. Gostou tanto, que resolveu investir na compra de um imóvel já vislumbrando a possibilidade de um novo negócio.

Hoje, a empresa coloca à disposição mais de 180 casas de alto padrão, mobiliadas, com piscina privativa, localizadas em condomínios fechados em Kissimmee e cidades no entorno, com atendimento totalmente personalizado e suporte 24 horas nos Estados Unidos. Mais informações: www.temporadaemorlando.com.br.


Website: http://temporadaemorlando.com.br/#

Contato