Em negocios / noticias-corporativas

Black Friday consciente: e-commerce de móveis sustentáveis ajuda a construir lares para quem precisa

A catarinense, Meu Móvel de Madeira, é um dos exemplos: a marca fará uma doação de 1 real a cada compra durante a Black Friday.

Cada vez mais, o consumo consciente vem se tornando um hábito entre os consumidores brasileiros. Todo consumo causa um impacto sobre o mundo, seja positivo ou negativo e, ao ter consciência desses impactos no momento de escolher o que comprar e/ou de quem comprar, o consumidor tem o poder de maximizar os impactos positivos e minimizar os negativos. Reflexo disso é uma pesquisa feita pela startup O Polen que mostra que, cerca de 94% dos consumidores tratam a responsabilidade social como um fator decisivo no momento de fechar a compra. Além disso, um estudo elaborado pelo Instituto Akatu e pelo Instituto Ethos indica que 60% dos consumidores acreditam que a atuação das empresas deve ser pautada também pelos potenciais benefícios que a sua atividade gera para a sociedade como um todo, além dos óbvios benefícios que busca obter para si.

Pensando nisso, algumas marcas de e-commerce compraram a ideia do grupo O Polen: uma startup que colabora para ONGs e instituições sociais, através da escolha do cliente.

Um desses e-commerces é a catarinense Meu Móvel de Madeira que já trabalha com móveis sustentáveis vindos de madeira de floresta plantada. Com descontos que vão de 20% até 80%,  a empresa viu na Black Friday a oportunidade ideal para convidar seus clientes a uma reflexão sobre o consumo consciente. Durante toda a temporada de Black Friday, a cada compra, de qualquer valor, o consumidor pode escolher entre três ONGs - Seove, Instituto Fazendo História e TETO -, e a MMM fará uma doação no valor de 1 real para a instituição escolhida, sem alterar o valor da compra. A doação é feita pela marca e o consumidor atua como agente de mudança e incentivo a doação.

"Selecionamos 3 ONGs que têm o mesmo objetivo da MMM: dar a alguém, um lar para chamar de melhor lugar do mundo", conta Vanessa Baron, responsável pela comunicação on-line da marca.  "A Seove acolhe mulheres acima dos 60 anos, em situação de vulnerabilidade ou risco social e garante proteção integral, assistência profissional e qualidade de vida. O Instituto Fazendo História promove o resgate e valorização de crianças e adolescentes com direitos violados que precisam ser afastadas de suas famílias. E a TETO busca superar a pobreza nas comunidades precárias, através da ação conjunta de voluntários que ajudam a construir moradias", finaliza.

Pautado no consumo consciente e em busca de realizar uma reflexão sobre o impacto dos hábitos dos consumidores, a iniciativa transforma clientes em agentes de mudança e responsáveis pelo direcionamento dos valores, e as marcas atuam com o investimento monetário em projetos sociais.

Website: https://www.meumoveldemadeira.com.br/

 

Contato