EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em negocios / noticias-corporativas

Tecnologia para sair da crise: empresas investem para superar cenário desfavorável

Inovação tem ajudado empresas a serem mais assertivas e melhorarem seus resultados.

Os últimos anos foram de crise para o mercado nacional. Com o PIB apresentando retração em 2015 e 2016 e um crescimento pífio de 1% no ano de 2017, as empresas tem buscado inovar para checar a soluções que permitam produzir aumento no faturamento, ou redução de custos. Ou, em um mundo ideal, as duas coisas.

Nesse cenário, o mercado fluminense sofreu de maneira bastante especial, já que seu governo estadual apresentou déficit elevado - que levou a uma reestruturação fiscal junto ao governo federal - e sucessivos casos de corrupção. Talvez por isso os casos de inovação sejam mais latentes no Estado.

Empresas tem apostado em novas tecnologias para realizar tarefas, viabilizar novos canais de vendas e entender melhor o perfil do consumidor, de modo a oferecer para ele soluções cada vez mais personalizadas.

"Vamos estar inovando"

Para além do estigma do gerundismo, empresas de call center estão entre aquelas que mais tem apostado na tecnologia para produzir novos e melhores resultados. Não somente no uso das chamadas URA - aquele robozinho que manda você apertar os botões para ativar funções pelo seu telefone - mas também para atender de maneira mais ágil o consumidor.

"Hoje já são mais de 2000 chamadas atendidas por semana via canais digitais, como Facebook Messenger, WhatsApp e Telegram. Com o uso dessas ferramentas, passamos a ficar disponíveis para o atendimento dos consumidores de nossos clientes que desejam quitar seus débitos de maneira muito mais próxima", diz Walter Romano, sócio da Easycob-n, agência de cobrança localizada no Rio de Janeiro.

Segundo Romano, mais da metade das operações da companhia hoje já são de atendimento automatizado, o que permitiu diminuir os custos em 15% para determinadas operações. "Usar a tecnologia é mandatório para que possamos superar esse cenário de crise no Rio", diz.

Com essa visão, empresas que apostam no digital e na tecnologia como forma de ofertar serviços também tem visto melhoria no seu desempenho, já que reduzem os custos dos seus clientes ao permitir a automatização de processos e mapeamento do comportamento.

"É importante que a empresa se estruture para dar o atendimento onde estiver presente o seu cliente. Veja, hoje não basta ter um site ou uma página no Facebook, é fundamental que as equipes tenham procedimento para realizarem o atendimento de maneira integrada ao conceito da empresa", diz Márcio Filho, diretor da MeSoCom, agência especializada na transformação digital de empresas.

Segundo ele, empresas que passam por uma transformação digital experimentam um crescimento médio de 50% de seus negócios. "Mais de 70% dos brasileiros usam internet, o número de aparelhos celulares já superou o volume de brasileiros há tempos. Abrir uma porta digital não é mais um luxo, mas sim uma necessidade", garante.

Contato