Por Dino - Divulgador de notícias Em negocios / noticias-corporativas  16 jan, 2017 17h19 - Atualizada em 17h20

Ferramenta gratuita permite o cálculo do custo dos clientes no varejo

Criada pelas empresas Sischef e SumOne, a iniciativa ajuda os empreendedores do ramo da alimentação a tornar as ações de marketing mais eficientes

Por Dino - Divulgador de notícias Em negocios / noticias-corporativas  16 jan, 2017 17h20

Em geral, os empreendedores têm dificuldades de medir o retorno das ações de marketing realizadas para atrair um consumidor no seu estabelecimento, sobretudo no varejo físico, que ainda carece de mecanismos de acompanhamento e registro. Para auxiliar nesse cenário, os empresários do segmento de food service passam a contar com uma nova ferramenta que determina e compara o custo para conquistar um cliente, com dados do setor. Desenvolvida pelas empresas Sischef e SumOne, a solução está disponível online para todo o Brasil - no link: Custo do Cliente - e é gratuita.

O varejo físico sempre apostou em diversas ferramentas de marketing para atrair o consumidor para dentro do seu estabelecimento, como outdoors, rádio, jornais, distribuição de flyers, revistas e internet. Em um cenário de incertezas no comércio - de acordo com o Indicador Serasa Experian, as vendas nas lojas, no último Natal, recuaram pelo terceiro ano consecutivo e tiveram o segundo pior desempenho em 14 anos - medir o retorno deste investimento e saber o quanto custa um cliente pode ser estratégico para negócios retomarem o crescimento e prosperarem.

Segundo Carlos Eduardo de Souza, Diretor de Marketing e cofundador da empresa SumOne, a maior dor dos donos de negócios como restaurantes, bares, lanchonetes de fast food é adquirir novos clientes quando há pouco dinheiro a ser investido. "Essa é uma forma que encontramos para ajudar cada micro, pequeno e médio empresário do ramo, mostrando quanto o mercado está investindo e qual seria o valor de investimento em marketing ideal para trazer mais clientes para loja dele. Talvez com o diagnóstico, ele perceba que a forma como está fazendo a gestão de marketing não é a mais correta e que ele precisa direcionar o investimento para outras ferramentas", completa.

Como funciona

O custo para trazer um novo cliente para a loja (mais conhecido como CAC - Custo de Aquisição do Cliente) é uma métrica de marketing que determina o investimento médio utilizados nas ações para conquistar o consumidor. O cálculo é a proporção entre o total investido nas áreas de marketing pelo número de novos clientes. "Se o empresário investiu R$ 1 mil em marketing, como mídia social, por exemplo, e captou 10 clientes, o custo é de R$ 100 por cliente", explica Souza.

O diagnóstico online leva em consideração outros aspectos para a análise comparativa da concorrência, como o tipo de segmento de alimentação, a localização, o gasto médio do cliente no estabelecimento e as ações de marketing usadas. O empreendedor coloca os dados nos campos solicitados e a ferramenta determina o investimento mensal com ações de marketing, a quantidade e o valor gasto para ter novos clientes por mês. A plataforma também fornece a análise comparativa do investimento na aquisição de novos clientes, em relação aos concorrentes diretos, o que é fundamental para a construção de uma estratégia eficiente.

Sobre a SumOne
A SumOne é uma empresa de tecnologia e inovação focada em levar resultados para seus parceiros com conexão entre marcas e clientes por meio de relações "ganha-ganha". As soluções atendem, inicialmente, o varejo físico, especificamente o food service. A empresa, que tem sede operacional em Florianópolis (SC) e sede comercial no Rio de Janeiro (RJ) , é responsável pelo desenvolvimento do Bonuz - voltando ao consumidor final - e do seu principal produto Companion - criado para o acompanhamento dos empreendedores. Entre os mais de 30 clientes, estão redes como a Subway, maior empresa de fast food do mundo, Habibs, Divino Fogão, Spoleto, Koni e Megamatte. Até o início de agosto, eram 1,5 mil estabelecimentos participantes e a meta é alcançar 7 mil pontos de venda até 2018. Em maio de 2016, a empresa recebeu aporte do fundo Cventures Primus, no valor de R$ 3 milhões.

Sobre a Sischef
A Sischef desenvolve um sistema para a gestão de restaurantes, bares, fast foods, deliveries, cafeterias e similares. Conta com controle por comanda eletrônica, pedidos por tablets ou smartphone com notificações dos pedidos na copa e na cozinha, integração com balanças e emissão de NF-e/NFC-e. Além disso, permite ao gestor ter controle total sobre as receitas, despesas, custos e manutenção de estoque. Tudo isso mesclando a facilidade da gestão online (nuvem) com a confiabilidade das soluções desktop.
Website: http://www.custodocliente.com/

Contato