Em negocios / noticias-corporativas

Cursos profissionalizantes tiveram alta no primeiro trimestre entre jovens estudantes e desempregados de várias idades

Após a reforma no Ensino Médio e a inclusão de Cursos Profissionalizantes (ainda não obrigatória) em sua grade curricular, trouxe um aumento considerável entre jovens e o público da meia idade, em sua grande maioria desempregados, aumentando consideravelmente as vendas nesse setor.

Segundo Renato Viri, Gerente Administrativo de uma das maiores escolas de Cursos Profissionalizantes do País, o Instituto SIM, desde o início do ano teve um aumento considerável em cerca de 30% pela procura de novos Cursos Profissionalizantes, principalmente pelo público jovem entre 15 e 30 anos para se matricularem.

O Executivo acredita que grande parte desse percentual esteja acontecendo porque ocorreram mudanças referentes à flexibilização do Ensino Médio, e deverão ser implementadas já a partir desse ano. De acordo com o texto do Projeto de Lei de Conversão (PLV) 34/2016, que substituiu a Medida Provisória (MP) 746, em vigor desde setembro de 2016 e seguiu para sanção presidencial, o cronograma para a implantação da reforma foi elaborado no primeiro ano letivo após a publicação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Já a flexibilização do currículo, por sua vez, que incluem os Cursos Profissionalizantes em sua carga horária, deveram ocorrer a partir do próximo ano, em 2019.

"Alguns agentes da Secretaria da Educação já estão circulando pelas escolas públicas de São Paulo, informando a todos sobre a reforma, acreditamos que boa parte dos pais e alunos já estejam se conscientizando da importância em se profissionalizar, principalmente pelo alto índice de desemprego atual, mais de 12 milhões em todo Brasil, e consecutivamente estejam buscando escolas profissionalizantes antes mesmo do prazo previsto para o início da profissionalização nas escolas. O Instituto SIM tem feito mais de 300 matriculas por mês, um número avassalador em comparação com a concorrência, um dos fatores que mais nos diferenciam de nossa concorrência é a estrutura que oferecemos para nossos alunos, e parcerias como a que temos com a Faculdade Drummond, o fato de encaminharmos esses jovens para o mercado de trabalho diariamente também são grandes diferenciais, diariamente encaminhamos jovens para oportunidades de carreira em empresas nos mais variados nichos de mercado".

Com o aumento considerável em matrículas, se o mercado permanecer estável, o estrategista aposta em um modelo de franquias para o Instituto SIM, com possibilidades de unidades por todo o Brasil, para o próximo ano, profissionalizando e educando os jovens não só em São Paulo capital, mas sim, por todo o Brasil.

Recentemente o PRONATEC lançou uma nota em seu portal, com os principais cursos e expectativas dos jovens para o segundo semestre de 2018, e encabeçando a sua lista estava a área de tecnologia, pensando nisso, o Instituto SIM já adicionou cerca de mais de 50 novos cursos em seu portfólio, entre eles destacam-se o curso de Youtuber, Operador de Drone, e Desenvolvedor de Games, todos os cursos já estão à disposição dos alunos.

"Com a inserção dos novos cursos, e a procura exacerbada por Cursos Profissionalizantes, pretendemos dobrar o número de matriculas já nos próximos meses, com isso estaremos profissionalizando os alunos e os integrando ao mercado de trabalho".

 

 

 

Website: http://www.institutosim.com.br

 

Tudo sobre: 

Contato