Fechar Ads
Conteúdo editorial apoiado por

IM Trader

Ao Vivo

Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) puxam perdas da Bolsa com queda de commodities; bancos fecham mistos

Após bater mínima de 2023, com crise no Credit Suisse, Ibovespa se recuperou e fechou com queda de 0,25%

Por  Equipe InfoMoney -

Resumo de mercados

update 18h07

Encerramos nossa cobertura dos Mercados Ao Vivo

Acessa o Ao Vivo do InfoMoney todos os dias? Então, adicione este link aos favoritos do seu navegador para acompanhar diariamente a cobertura a partir das 7 horas ou acesse o InfoTrade, novo canal do InfoMoney sobre Mercados!

update 18h05

Bolsa engata quinta baixa seguida, com Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3); Eletrobras (ELET3), Bradesco (BBDC4) e varejo evitam queda maior

Não foi assim uma queda tão ampla (menos 0,25%), mas, por menor que seja, é a quinta sessão seguida que o índice nacional fecha no vermelho. O momento contribui, um cenário meio nebuloso, como as águas de março que fecham o verão. Por todo lado, o investidor vê um terreno pouco firme, como pisando em lama. No exterior, com a crise dos bancos norte-americanos ainda frescas na memória, vem a notícia de que o Credit Suisse foi largado à própria sorte, como aquela garrafa de SOS que os náufragos jogam ao mar. Por aqui, ainda se aguarda o novo arcabouço fiscal, que está agora no colo de Lula; e os balanços seguem fazendo água em alguns nomes. O céu ficou nublado com a Vale (VALE3) caindo 3,01%, e a Petrobras (PETR4), 1,77%, no embalo das commodities se dissolvendo. Se com os dois nomes recuando as trovoadas já aparecem, piora com ativos como CVC (CVCB3) caindo 6,12%, após balanço do 4T22 ainda no prejuízo; e Itaú Unibanco (ITUB4) recuando 0,25%. Alguns nomes tentaram limpar o tempo e deixar o céu azul brilhar, mas não tiveram força suficiente: Bradesco (BBDC4) passou o dia com uma nuvem pesada na cabeça, mas virou nas horas finais e fechou com mais 1,42%; Eletrobras (ELET3) disparou 4,89%; B3 (B3SA3) ganhou 0,87%; e o varejo conseguiu uma virada no meio da sessão, embora sem amplitude, especialmente com Magazine Luiza (MGLU3), que terminou com mais 2,14%, e Lojas Renner (LREN3), com mais 0,38%. Mas quem se esbaldou foi o Méliuz (CASH3), que entregou o balanço do 4T22 sem turbulências e subiu 14,44%. Se o céu segue pesado, com nuvens carregadas, nada melhor do que um dia depois do outro. Em tempos tão nebulosos, não se espera nem um límpido céu azul, mas que pelo menos não chova torrencialmente. (Fernando Lopes)

update 18h03

Ibovespa Futuro fecha com queda de 0,26%, aos 103.645 pontos; e dólar futuro, com alta de 0,63%, a R$ 5,3050

update 18h00

DIs: juros futuros fecham com queda por toda a curva de vencimentos

Dia (%)Valor (%)Variação (pp)NegóciosSemana (%)Mês (%)Ano (%)
DI1F24-0,9912,945-0,13036.825-1,63-3,18-3,75
DI1F25-1,5112,060-0,185102.747-2,58-4,93-5,00
DI1F27-0,7912,510-0,10055.697-1,11-3,55-0,75
DI1F29-0,7712,930-0,10025.952-1,00-3,072,13
DI1F31-0,8313,120-0,11015.608-1,13-2,673,72
DI1F33-0,9013,200-0,1204.052-1,05-2,444,68
update 17h56

Yduqs (YDUQ3) registra alta de 13,4% no prejuízo no 4º trimestre de 2022, para R$ 84,3 milhões

Receita líquida somou R$ 1,101 bilhão no quarto trimestre deste ano, crescimento de 4,9% na comparação com igual etapa de 2021.

update 17h48

Dólar fecha em alta de 0,70% e se aproxima dos R$ 5,30, com novos temores sobre setor bancário global

Principal acionista do Credit, o Saudi National Bank (SNB), da Arábia Saudita, descartou a hipótese de oferecer mais assistência financeira ao banco.

update 17h42

Ifix fecha sessão no campo positivo; FII HCTR11 dispara 10% e é destaque

E mais: 24 FIIs pagam dividendos; fundos que têm operações relacionadas ao Minha Casa, Minha Vida; Credit Suisse despenca mais de 20%.

update 17h34

Credit Suisse precisa de aumento de capital ou enfrentará um desmembramento, diz Morningstar

“Esperamos que as perdas de 2023 aumentem a tal ponto que a sua adequação de capital poderia estar ameaçada”, escreveu analista da consultoria.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

update 17h28

Mais negociadas do dia

AtivoNegóciosDia (%)Valor (R$)Variação (R$)Semana (%)Mês (%)Ano (%)
Petrobras PNPETR4140.501-1,7723,34-0,42-6,57-7,53-4,73
ValeVALE396.580-3,0181,45-2,53-1,73-2,44-6,35
Bradesco PNBBDC478.0791,4213,530,19-0,293,57-7,33
Itaú UnibancoITUB470.666-0,2523,64-0,06-1,79-6,98-5,27
LocalizaRENT369.3430,7452,900,39-3,66-4,67-0,56
Eletrobras ONELET357.9744,8933,861,586,41-1,34-19,61
GerdauGGBR457.328-4,6625,60-1,25-4,44-9,92-12,19
NaturaNTCO355.7156,6313,030,81-11,00-14,9512,23
Lojas RennerLREN350.0170,3818,540,07-2,06-0,59-9,47
B3B3SA347.2570,8711,540,102,499,38-11,98
update 17h25

Maiores altas do dia

AtivoDia (%)Valor (R$)Variação (R$)NegóciosSemana (%)Mês (%)Ano (%)
MéliuzCASH314,441,030,1313.8225,1018,39-12,71
MRVMRVE37,197,450,5029.62915,8626,27-1,97
NaturaNTCO36,6313,030,8155.715-11,00-14,9512,23
Eletrobras PNBELET66,0136,522,0726.8008,111,53-15,52
Rede D’OrRDOR35,8823,771,3228.6271,84-6,97-19,64
Eletrobras ONELET34,8933,861,5857.9746,41-1,34-19,61
CognaCOGN34,592,280,1014.8247,0412,877,55
EquatorialEQTL33,6827,040,9631.3403,366,330,07
EztecEZTC33,6514,470,5115.1426,0113,857,74
Grupo SomaSOMA33,348,970,2916.8331,242,16-11,54
update 17h21

Maiores quedas do dia

AtivoDia (%)Valor (R$)Variação (R$)NegóciosSemana (%)Mês (%)Ano (%)
CVCCVCB3-6,123,07-0,2019.889-10,501,32-31,63
CSNCSNA3-6,0414,77-0,9526.442-7,22-11,401,51
GerdauGGBR4-4,6625,60-1,2557.328-4,44-9,92-12,19
Met. GerdauGOAU4-4,1011,47-0,4921.069-3,38-8,06-10,83
3R PetroleumRRRP3-3,5827,18-1,0134.105-5,98-25,35-28,00
CSN MineraçãoCMIN3-3,504,69-0,1714.793-1,260,6414,95
PRIOPRIO3-3,2931,15-1,0644.925-6,20-7,57-16,29
ValeVALE3-3,0181,45-2,5396.580-1,73-2,44-6,35
KlabinKLBN11-2,8217,92-0,5228.430-6,62-7,91-8,81
BradesparBRAP4-2,6226,78-0,7212.355-1,72-3,18-9,89
update 17h18

Fechamento dos outros índices brasileiros

  • Small Caps (SMLL): -0,42%
  • BDRs (BDRX): +0,40%
  • Fundos Imobiliários (IFIX): +0,12%
update 17h15

Ibovespa fecha com queda de 0,25%, aos 102.675,45 pontos

  • Máxima: 103.048,28
  • Mínima: 100.692,04
  • Volume: R$ 52,50 bilhões*

Ibovespa toca mínima do ano, mas se recupera na reta final

Fonte Clear Trader

*ATUALIZADO: Ibovespa ajustou o volume após o exercício de opções. A primeira informação divulgada e publicada foi de volume de R$ 28,70 bilhões.

Confira a evolução do IBOV durante a semana, mês e ano:

  • Segunda-feira (13): -0,48%
  • Terça-feira (14): -0,18%
  • Quarta-feira (15): -0,25%
  • Semana: -0,91%
  • Março: -2,15%
  • 1T23: -6,43%
  • 2023: -6,43%

Ibovespa atingiu patamares de sete meses atrás

Fonte: Clear Trader
update 17h05

JBS (JBSS3): Antes dos resultados do 4T22 banco incorpora lucro mais fraco do que o esperado para a subsidiária Pilgrim’s Pride

O Bradesco BBI relata também estimativa mais conservadora para a Seara da JBS (JBSS3) no 4T22 depois que a BRF (BRFS3) reportou Ebitda pior do que o esperado no período. O BBI tem recomendação neutra para a JBS, com preço-alvo de R$ 30/ação.

update 17h03

Dólar fecha dia com alta de 0,70%

O dólar se valorizou diante do real, seguindo a forte alta de 1,11% do índice DXY. O câmbio subiu com investidores fugindo para ativos mais seguros, com as notícias de que o Credit Suisse está com problemas e que o investidor principal não fará mais aportes. No final do dia, o regulador financeiro suíço afirmou que dará liquidez ao banco.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • Venda: R$ 5,294
  • Compra: R$ 5,294
  • Mínima: R$ 5,273
  • Máxima: R$ 5,329
update 17h02

Índices em Nova York fecham em queda; Nasdaq se salva, mas sem amplitude

E podia ser pior, mas os investidores em Wall Street atenuaram durante o dia a crise do setor financeiro, que se alastrou para a Europa, com o Credit Suisse novamente nas manchetes. A inflação ao produtor nos EUA mostrou uma melhor substancial e também deu certo peso para balancear as notícias.

DIA (%)PONTOS
Dow Jones-0,8731.876,48
S&P 500-0,693.892,37
Nasdaq0,0511.434,05
update 16h58

Fechamento de Mercado com a analista Pam Semezzato

update 16h55

Ibovespa fecha preliminarmente com queda de 0,25%, aos 102.679,51 pontos

update 16h53

Crises de SVB e Credit Suisse não afetam solidez de bancos brasileiros, veem gestores e analistas

Após quebra do SVB, Credit levou o mercado a um novo baque após o seu maior investidor afirmar que não poderia fornecer mais assistência financeira.

update 16h46

Banco Nacional Suíço diz que fornecerá liquidez ao Credit Suisse caso seja necessário

Ações do banco suíço tiveram uma sessão de derrocada e espalharam temor após o principal acionista da empresa descartar elevar capital na empresa.

update 16h39

Hermes Pardini (PARD3) tem leve alta de 0,31%, a R$ 19,61, ainda na sombra do balanço do 4T22

A  Hermes Pardini (PARD3) obteve lucro líquido de R$ 41,6 milhões no 4T22, crescimento de 3,2% quando comparado com o 4T21. O Ebitda totalizou R$ 107,4 milhões no 4T22, um crescimento de 8% em relação ao 4T21. A margem Ebitda atingiu 21,1% entre outubro e dezembro, alta de 0,4 pp frente a margem registrada em 4T21.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

update 16h36

Na reta final, dólar opera com alta de 0,70%, a R$ 5,294

update 16h33

Nasdaq vira para positivo, embora sem amplitude: mais 0,10%

O índice de tecnologia opera entre perdas e ganhos, enquanto Dow Jones e S&P 500 ainda operam no vermelho, embora com perdas diminuídas: respectivamente, menos 1,02% e menos 0,82%.

update 16h32

Light (LIGT3): Aprovação da Aneel de reajuste tarifário anual tem implicações mistas para a empresa

O Itaú BBA espera pressão de fluxo de caixa da Light (LIGT3) com a devolução do crédito tributário de Pis/Cofins com o acordo. No entanto, no médio prazo, o banco vê melhora, uma vez que a Aneel concordou em abrir consulta pública para discutir uma revisão tarifária extraordinária, o que pode elevar a rentabilidade da empresa. O BBA tem recomendação underperform para a Light, com preço-alvo de R$ 9,80/ação.

update 16h31

Azul (AZUL4) salta mais de 70%, Gol (GOLL4) sobe 28% em março com renegociação de dívidas: otimismo deve continuar?

Analistas seguem cautelosos, temendo também que os recentes resultados operacionais, considerados positivos, não se sustentem no futuro.

update 16h24

CVC (CVCB3) fará menos investimentos em 2023 e fala em melhorias operacionais

Após aportes no desenvolvimento de tecnologia em venda digital, companhia de turismo deve ter ano mais conservador.

update 16h19

FUP: Petrobras (PETR4) vai investigar ligação de joias com venda de refinaria da Bahia

Segundo a entidade sindical, a informação foi transmitida por fontes da Petrobras (PETR4).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

update 16h09

Lula diz que ainda vai se reunir com Haddad para discutir sobre arcabouço fiscal

Segundo o Broadcast, Lula reforçou que pretende fazer a divulgação das novas regras fiscais antes de sua viagem à China, já que o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, vai com ele ao oriente.

update 16h07

Petroreconcavo (RECV3): CEO diz que movimento de ações não impacta na visão de futuro da empresa

Marcelo Magalhães, CEO da Petroreconcavo (RECV3), foi questionado sobre o assunto, na apresentação do relatório de certificação de reservas que se realiza agora. A ação da Petroreconcavo opera em queda de 18,79% neste momento.

update 16h06

Ouro com entrega para abril fecha dia com alta de 1,07%, a US$ 1.931,30 a onça

Já a prata com entrega em maio caiu 0,72%, a US$ 21,882, enquanto a platina fechou o dia com perdas de 2,71%, a US$ 970,30 a onça.

update 15h58

Lojas Renner (LREN3) acompanha pares do varejo e também vira para positivo, com mais 0,11%, a R$ 18,49

update 15h50

Ibovespa zera perdas da sessão, após ir às mínimas do ano – Confira no gráfico do dia

Fonte: Clear Trader
update 15h49

Ibovespa volta ao negativo, com menos 0,17%, aos 102.752,26 pontos

Índice brasileiro segue trocando de sinais, mostrando oscilação há cerca de 30 minutos.

update 15h45

Preços internacionais do petróleo fecham pelo terceiro dia seguido com forte queda

Os preços do petróleo caíram de forma ampla pelo terceiro dia seguido, de olho na crise dos bancos, que se amplia para a Europa, com o Credit Suisse balançando.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • WTI (abril): -5,22%, a US$ 67,61
  • Brent (maio): -4,85%, a US$ 73,69
update 15h42

Ibovespa sobe 0,11%, aos 103.048,28 pontos, nova máxima do dia

update 15h37

DIs: juros futuros operam com quedas por toda a curva de vencimentos

Dia (%)Valor (%)Variação (pp)NegóciosSemana (%)Mês (%)Ano (%)
DI1F24-0,6912,985-0,09029.486-1,33-2,88-3,46
DI1F25-1,2712,090-0,15572.910-2,34-4,69-4,77
DI1F27-0,4412,555-0,05543.620-0,75-3,20-0,40
DI1F29-0,3112,990-0,04017.811-0,54-2,622,61
DI1F31-0,3013,190-0,04011.959-0,60-2,154,27
DI1F33-0,3013,280-0,0402.678-0,45-1,855,31
update 15h37

Petroreconcavo (RECV3): Capex em 2022 com perfuração foi acima do esperado pelo mercado

Rafael Cunha, CFO da Petroreconcavo (RECV3), explicou que inflação, em especial de serviços especializados, aumento da complexidade de projetos e reconhecimento de demanda adicional de investimento em infraestrutura de facilidades, além de projetos revisados, fizeram os custos subirem de 2021 para 2022 acima do esperado em perfuração, de acordo com o relatório de certificação de reservas apresentado pela empresa nesta quinta (15).

update 15h34

Ibovespa volta ao negativo, com menos 0,06%, aos 102.867,30 pontos

Índice nacional apresenta nos últimos cinco minutos oscilação e troca de sinais.

update 15h32

Índices em Nova York melhoram performance

  • Dow Jones: -0,85% (às 13h55: -2,15%)
  • S&P 500: -0,83% (às 13h55: -1,89%)
  • Nasdaq: -0,11% (às 13h55: -1,28%)
update 15h29

Ibovespa vira para o positivo e renova máxima do dia: mais 0,09%, aos 103.027,16 pontos

update 15h27

Índice de BDRs (BDRX) apresenta alta de 0,76%, aos 11.787,74 pontos, nova máxima do dia

update 15h26

Localiza (RENT3): Depreciação da frota vai seguir forte e só deve estabilizar na segunda metade do ano, diz CFO

Executivo também afirmou que segmento de seminovos continua desafiador, mas já apresentou alguma melhora.

update 15h23

Mais negociadas do dia até aqui

AtivoNegóciosDia (%)Valor (R$)Variação (R$)Semana (%)Mês (%)Ano (%)
Petrobras PNPETR4115.972-2,1923,24-0,52-6,97-7,92-5,14
ValeVALE373.887-3,2281,28-2,70-1,93-2,64-6,54
Bradesco PNBBDC460.0170,6013,420,08-1,112,73-8,08
LocalizaRENT354.8150,8452,950,44-3,57-4,58-0,47
Itaú UnibancoITUB452.651-1,0523,45-0,25-2,58-7,73-6,03
NaturaNTCO342.7424,6612,790,57-12,64-16,5110,16
GerdauGGBR439.865-5,1025,48-1,37-4,89-10,34-12,60
Eletrobras ONELET336.4854,4033,701,425,91-1,81-19,99
Lojas RennerLREN334.4960,0518,480,01-2,38-0,91-9,77
B3B3SA333.9990,8711,540,102,499,38-11,98
update 15h23

Petroreconcavo (RECV3): CEO vê espaço para aumento do preço do gás

Marcelo Magalhães, CEO da Petroreconcavo (RECV3), apresenta neste momento relatório de certificação de reservas de campos de petróleo da oil junior, que tem previsão de aumento crescente de produção de gás nos próximos anos. O executivo cita a necessidade de reposição na Europa de gás, o que deve pressionar o preço do produto para cima.

update 15h21

Credit Suisse no Brasil negocia venda de participação na Verde, de Luis Stuhlberger, diz agência

Segundo Bloomberg, aquisição deve ser feita pela Lumina Capital, fundada pelo ex-presidente do Morgan Stanley no Brasil, Daniel Goldberg.

update 15h11

Novas regras fiscais e reforma tributária podem dar alívio à Bolsa, diz analista

Segundo Gustavo Cruz, estrategista da RB Investimentos, se o novo conjunto de regras fiscais for bem acordado entre os ministros pode ajudar no bastante no seu encaminhamento no Congresso e aceitação pelo mercado. Outro ponto de alento é reforma tributária, que “está mais transparente” e “sendo bem recebido pelo mercado”. “São dois temas benéficos para o País”, disse.

update 15h05

Petroreconcavo (RECV3): Utilizando preço de referência do ICE, a oil junior prevê preço médio do Brent a US$ 84/barril no final do ano

A Petroreconcavo (RECV3) segue apresentando a analistas de mercado relatório de certificação de reservas de seus campos de petróleo, com ano base de 2022. Para 2024, a previsão é do preço do Brent cair para US$ 78,99/barril.

update 15h05

CVC (CVCB3) vê mercado de turismo retornando, com aumento da procura em 2023

“O vento está muito a favor e o mercado de turismo está retornando muito forte, com muita atratividade”, disse Leonel Andrade, CEO da CVC (CVCB3), que participa de teleconferência com analistas. “A procura em 2023 continua alta e a demanda é enorme. Vamos, seguramente, continuar liderando o mercado”, afirmou, ressaltando ainda a evolução do marketplace dentro da empresa. (Vitor Azevedo)

update 15h00

Ibovespa cai 0,53%, aos 102.390 pontos, e tem melhora com bancos

Neste momento, as ações PN do Bradesco sobem 0,67%, a R$ 13,42, enquanto as do BB avançam 0,13%. Porém, Itaú PN e Santander Units ainda caem, respectivamente, 0,8% e 0,3%.

update 14h56

CVC (CVCB3) identifica oportunidades de melhorar geração de caixa

Segundo Leonel Andrade Neto, CEO da CVC (CVCB3), investimentos menores, associados à gestão mais eficiente, fará com que a companhia melhore sua geração de caixa e “mude de patamar”. “A empresa evoluiu substancialmente no controle gerencial. Neste ano, teremos uma eficiência muito melhor na empresa, não só em receita, mas também se apropriando das oportunidades em redução de custo e eficiência em processo”, disse. (Vitor Azevedo)

update 14h51

Petroreconcavo (RECV3) tem previsão de produzir no pico 40 mil barris/dia, em 2026

Em 2023, a média estimada de produção de barris equivalente de óleo é de 25,9 mil/dia. A Petroreconcavo (RECV3) apresenta neste momento o relatório atualizado de certificação de reservas de seus campos de petróleo.

update 14h51

CVC (CVCB3) prevê captar ganhos com reduções de despesas ao longo de 2023

Segundo Marcelo Kopel, CFO da CVC (CVCB3), a empresa vem fazendo controle de despesas, com revisão de fluxos, por meio de uma consultoria, que atua desde novembro com a companhia. “Estamos trabalhando nos processos de maior volume, agindo em ajustes e automação, para gerar as economias necessárias. Iremos capturar ao longo de 2023 reduções em relação a isso”, disse. (Vitor Azevedo)

update 14h47

Dólar comercial opera com alta de 1,17%, cotado a R$ 5,318 na compra e a R$ 5,319 na venda

update 14h46

Ibovespa reduz perdas, mas segue no negativo, com menos 0,77%, aos 102.136 pontos

update 14h40

Ibovespa flerta com 100 mil pontos, mas se segura nos 102 mil pontos

Segundo Marcelo Boragini, sócio da Davos Investimentos e especialista em renda variável, após atingir a mínima do ano, é preciso ter um “olhar um pouco técnico” para o gráfico do Ibovespa, para identificar a tendência do índice. “Tecnicamente, o Ibovespa perdeu um forte suporte de 101.500 pontos e ganhou espaço para uma queda ainda maior, podendo buscar os patamares de até 97 mil pontos, posteriormente 95.200, 95.300 pontos”, disse, acrescentando que, se a bolsa fechar acima dos 101.500 pontos, “essa tendência se inverte e o Ibovespa pode, sim, entrar num momento de ajuste técnico. Ou seja, voltar a subir, desde que as notícias ajudem também.”

update 14h26

Petroreconcavo (RECV3) apresenta neste momento relatório atualizado de certificação de reservas e destaca o aumento da participação do gás

De acordo com a Petroreconcavo (RECV3), as reservas de gás 2P (provadas e prováveis) subiram 21% enquanto as reservas de petróleo subiram 2%. A certificação compara relatório de 31 de dezembro de 2021 com relatório de 31 de dezembro de 2022.

update 14h21

Méliuz (CASH3): “dinheiro de venda do Bankly deve virar proventos para os acionistas”, dizem executivos; ações sobem forte

Indicação é de que banco digital será tocado por BV enquanto Méliuz (CASH3) focará no cartão e na experiência dos usuários dentro da plataforma.

update 14h19

Bradesco (BBDC4) vira para positivo, com mais 0,22%, a R$ 13,37

update 14h16

Prio, Eletrobras, Alupar e mais 7 ações “queridinhas” de 3 gestoras para investir apesar da turbulência na Bolsa

Empresas do setor energia elétrica são destaque; casas também veem oportunidades em companhias de aviação e de aluguel de carros.

update 14h08

Ações dos bancos melhoram performance e ajudam Ibovespa a diminuir perdas

O índice nacional perde agora 0,90%, com o Banco do Brasil (BBAS3) passando ao positivo, com mais 0,11%. Bradesco (BBDC4) ainda cai, com menos 0,45%, e Itaú Unibanco (ITUB4) também, com menos 1,60%.

update 13h58

Dólar amplia alta e se aproxima novamente da máxima do dia: mais 1,33%, a R$ 5,327

A máxima do dia é de R$ 5,329 e a mínima, de R$ 5,273.

update 13h56

Eletrobras (ELET6): Recompra de ações é uma prioridade

A UBS captou na teleconferência de resultados do 4T22 que a administração da Eletrobras (ELET6) vê seu estoque atualmente depreciado, com atual preço da ação atraente, e a recompra (em andamento) representa um bom uso de capital. O UBS tem recomendação de compra para a Eletrobras, com preço-alvo de R$ 70/ação.

update 13h55

Índices em Nova York ampliam quedas

  • Dow Jones: -2,15% (às 11h24: -1,47%)
  • S&P 500: -1,89% (às 11h24: -1,42%)
  • Nasdaq: -1,28% (às 11h24: -1,14%)
update 13h50

Setor de papel e celulose opera em queda: Klabin (KLBN11) tem menos 2,17%, Irani (RANI3) cai 2,28% e Suzano (SUZB3) perde 1,96%

update 13h44

Magazine Luiza (MGLU3) passa a operar com ganhos de 0,80%, a R$ 3,76, alta de R$ 0,03

update 13h43

Índices na Europa fecham dia com amplas perdas

Investidores na Europa recuaram de suas posições após a crise bancária atingir o Credit Suisse, que teve aporte negado por investidor árabe. As ações do Credit Suisse despencaram. O Banco Central Europeu entrou em contato com credores para saber o tamanho de cada exposição.

DIA (%)PONTOS
Stoxx 600Europa-3,01436,02
DAXFrankfurt-3,2514.737,25
FTSE 100Londres-3,817.345,80
CAC 40Paris-3,586.885,71
IBEX 35Madri-4,318.764,62
FTSE MIBMilão-4,6025568,00
MOEXMoscou-1,232262,07
update 13h38

CVC (CVCB3): Agência de viagens teve mais um trimestre difícil

Segundo o Bradesco BBI, as métricas de volume doméstico da CVC (CVCB3) cresceram em relação ao ano anterior em uma base de comparação fraca, mas ficaram abaixo dos níveis do 4T19 e abaixo das expectativas. A taxa de take rate (que incide sobre cada transação) caiu em relação ao ano anterior, levando a margens abaixo do esperado, apesar dos esforços da empresa para controlar as despesas gerais e administrativas, informa o banco. O BBI tem recomendação neutra para a CVC, com preço-alvo de R$ 6/ação.

update 13h35

Petróleo com amplas quedas no momento: WTI com menos 7,12%, a US$ 66,25; e Brent com menos 6,92%, a US$ 72,09

update 13h29

Lira diz que Câmara está disposta a aprimorar marco do saneamento

update 13h28

Cury (CURY3) sobe 3,31%, com balanço do 4T22

A Cury (CURY3) apresentou lucro de R$ 97,8 mi no 4T22, queda de 12,8% na base anual. O percentual atribuível à Cury (parte Cury) do lucro líquido foi de R$ 91,8 milhões, sendo 2,1% maior na comparação com o 3T22 e 11,6% menor em relação ao 4T21. O Ebitda ajustado totalizou R$ 131 milhões no 4T22, uma redução de 4,1% em relação ao 4T21. As vendas líquidas somaram R$ 753,1 milhões, 23,2% superior ao 4T21, atingindo VSO de 41,0%.

update 13h24

Petrobras (PETR4) renova mínima do dia, com menos 4,04%, a R$ 22,80

update 13h24

Méliuz (CASH3) reportou resultados no 4T22 marginalmente negativos

Para o Bradesco BBI, o momento é desafiador para a Méliuz (CASH3). O principal ponto a se considerar atualmente da Méliuz é um potencial exercício de opção de compra pelo Banco Votorantim da empresa. O BBI tem recomendação neutra para a Méliuz, com preço-alvo de R$ 1,50/ação.

update 13h22

Ibovespa opera com queda de 1,63%, ao menor valor desde julho de 2022

O índice brasileiro chega a 101.251,10 pontos, menor valor desde 27 de julho de 2022, quando operou entre 101.044,69 e 102.685,67 pontos. Naquele dia, o índice fechou com alta de 1,14%, aos 102.596,66 pontos.

update 13h18

Petroreconcavo (RECV3) desaba mais de 15% e é destaque em dia negativo para ações de petroleiras: o que explica movimento?

Além do cenário de queda para o petróleo, PetroReconcavo ([tivo=RECV3]) tem revisão de estimativas com analistas vendo compra de Polo Bahia Terra como mais difícil.

update 13h15

Banco Central informa a PTAX de fechamento com compra a R$ 5,2975 e venda a R$ 5,2981; alta é de 1,18%

COMPRAVENDA
Ontem5,23565,2362
1ª parcial5,28555,2861
2ª parcial5,29275,2933
3ª parcial5,30525,3058
4ª parcial5,30665,3072
update 13h07

Vale (VALE3) opera próximo da mínima do dia, com ampla queda: menos 3,86%, a R$ 80,74

A mínima do dia é de R$ 80,68.

update 13h04

Petrobras (PETR3 PETR4) segue com amplas perdas: respectivamente, 3,52% e 3,11%

update 13h03

Banco estima que crescimento nas vendas de shopping retorne a um dígito a partir de março

O Itaú BBA relata que o índice criado pelo banco para medir vendas em shopping centers apontou crescimento de 10% em fevereiro (em relação ao mesmo mês do ano passado), marcando uma desaceleração em relação ao ganho de 22% registrado em janeiro. Nesse contexto, o BBA manteve preferência por portfólios dominantes com exposição ao segmento de alta renda, sendo a do Iguatemi (IGTI3) a primeira escolha. O Índice de Vendas de Shopping Centers do Itaú BBA compila as transações mensais com cartão de crédito e débito de 500 shoppings no Brasil.

update 13h01

Ações do Méliuz (CASH3) voltam de leilão, com alta de 12,22%, a R$ 1,01, ganho de R$ 0,11

update 12h58

Estoques de petróleo dos EUA sobem 1,55 milhão de barris na semana, diz DoE

update 12h54

Haddad entregou proposta de novo arcabouço fiscal a Lula

A informação é da CNN Brasil, que acrescenta que o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e equipe econômica farão uma apresentação formal do novo projeto a Lula até o final da semana que vem. O presidente da República viaja para a China dia 24 de março. Haddad já afirmou anteriormente que pretende publicizar o novo arcabouço antes da viagem de Lula.

update 12h51

Após tombo de ontem, ações da Natura (NTCO3) sobem 3,44%, valendo R$ 12,64

Ontem, Natura (NTCO3) despencou 17,49%, fechando em R$ 12,22.

update 12h49

Méliuz (CASH3) volta a entrar em leilão, com alta de 10,00%, a R$ 0,99, ganho de R$ 0,09

update 12h48

Ações da WEG (WEGE3) operam próximas de topo histórico; o que esperar pela análise técnica?

Papéis da WEG têm fortes ganhos em 6 e 12 meses, mas aponta para movimento de lateralização no curto prazo. Confira na reportagem o que esperar das ações.

update 12h47

Via (VIIA3) passa a operar no positivo, na máxima do dia: mais 1,46%, a R$ 2,09, ganho de R$ 0,03

Lojas Renner (LREN3), Magazine Luiza (MGLU3) e Grupo Soma (SOMA3) também operam nas máximas do dia, mas seguem no campo negativo, diminuindo as perdas.

update 12h43

Tesouro Direto: taxa de título de inflação para 2045 volta à marca histórica de 6,58% ao ano

O maior retorno, entre os prefixados, é oferecido pelo Prefixado 2033, com 13,24%, superior aos 13,06% da véspera, uma diferença de 18 pontos-base.

update 12h42

Supermercadistas em queda neste momento: Assaí (ASAI3) cai 1,63%, Carrefour (CRFB3) recua 1,71% e Pão de Açúcar (PCAR3) tem menos 2,22%

update 12h40

Futuros de gás natural recuam 5,71% na NYMEX

Contratos são para entrega em abril.

update 12h39

Preços da gasolina no Brasil seguem abaixo da paridade internacional, diz Abicom

Petrobras (PETR3;PETR4) alterou os preços da gasolina e do diesel há 15 dias. A Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis publica o estudo diariamente, de segunda a sexta.

  • Diesel (média nacional): +2%, ou +R$ 0,09 (ontem: 0% ou R$ 0,00)
  • Gasolina (média nacional): -3%, ou -R$ 0,10 (ontem: -5% ou -R$ 0,15)
update 12h38

Localiza (RENT3): Mercado de seminovos está um pouco mais desafiador, admite CFO

Rodrigo Tavares, no entanto, disse que o primeiro bimestre de 2023 já apresentou um desempenho bem melhor. Ele participa de teleconferência sobre os resultados da Localiza (RENT3) no quarto trimestre do ano passado. Tavares disse ainda que nos dois primeiros meses de 2023, houve uma recomposição acelerada das margens de aluguel. (Mitchel Diniz)

update 12h37

Petroreconcavo (RECV3) é destaque negativo entre as petro juniores, com menos 14,79%

Enauta (ENAT3) cai 2,67%, PRIO (PRIO3) perde 4,91% e 3R Petroleum (RRRP3) tem menos 5,36%. Já a Eneva (ENEV3) opera estável.

update 12h29

Ações do Credit Suisse no Stoxx 600 diminuem levemente as perdas para 15,13%

O BDR (C1SU34) recua 13,15%, a R$ 5,68.

update 12h26

Dólar comercial sobe 1,02%, a R$ 5,310

update 12h25

Mercado imobiliário pode levar a Suécia à recessão ainda este ano

O mercado imobiliário local é considerado disfuncional pela falta de oferta e mantido no alto por taxas baixas e generosos benefícios fiscais. Mas com o aumento das taxas de juros para segurar a inflação, as famílias com grandes hipotecas estão controlando os gastos e as construtoras estão cortando o investimento, levando a Suécia à recessão. O país deve ser a única economia da UE a passar por uma recessão total este ano. “Não é que ninguém previu isso”, disse o presidente do Riksbank, Erik Thedeen. “O Riksbank alertou sobre isso… por muito tempo. E agora está claro que é um problema”. O país tem os níveis de endividamento entre os mais altos da UE, em torno de 200% da renda disponível, grande parte da qual é dívida hipotecária. E cerca de 60% dos suecos têm hipotecas com taxas flutuantes, o que significa que os aumentos das taxas têm um impacto imediato na maioria das famílias”.

update 12h23

Ibovespa opera acima dos 101 mil pontos, com queda de 1,80%, aos 101.083,56 pontos

update 12h18

Ações de Eletrobras (ELET3; ELET6) destoam do restante do Ibov, e sobem 0,81% e 2,20%

update 12h15

Ibovespa alivia queda para 1,72%, aos 101.160,43 pontos

update 12h15

Confira o Radar

update 12h13

Localiza (RENT3): Lucro líquido ajustado no 4T22 ficou em linha, mas com qualidade ruim pelo segundo trimestre consecutivo

A avaliação é do Itaú BBA. O Ebitda foi 10% a 15% pior do que o projetado no 4T22, mas compensado por despesas financeiras e impostos menores do que o previsto, segundo o banco. A Localiza (RENT3), relatou o BBA, elevou a depreciação dos carros de aluguel e de frota, sinalizando uma desvalorização substancialmente maior para 2023 em relação a 2022, embora a margem Ebitda de seminovos já tenha apresentado alguma melhora nesse início de ano. O banco tem recomendação outperform para a Localiza, com preço-alvo de R$ 76/ação.

update 12h12

Banco Central informa terceira parcial PTAX com compra a R$ 5,3052 e venda a R$ 5,3058

update 12h07

BCE contatou bancos para questionar sobre exposição ao Credit Suisse

O Credit Suisse é classificado como instituição financeira “sistemicamente importante”, segundo regras bancárias internacionais.

update 12h02

Confira as maiores altas do Ibovespa hoje

AtivoValor (R$)Dia (%)Variação (R$)Semana (%)Mês (%)
MéliuzCASH30,966,670,06-2,0410,34
Eletrobras PNELET635,131,970,684,00-2,34
Rede D’OrRDOR322,811,600,36-2,27-10,72
TaesaTAEE1137,051,230,452,974,40
MultiplanMULT325,041,130,28-0,12-0,52
EngieEGIE341,960,890,372,526,82
EztecEZTC314,070,790,113,0810,70
Eletrobras ONELET332,530,770,252,23-5,22
CopelCPLE66,930,730,052,82-1,70
MRVMRVE37,000,720,058,8618,64
update 12h00

Bancos europeus estão mais robustos do antes da crise de 2008, assegurou o primeiro-ministro da Espanha

Pedro Sanchez afirmou que o sistema financeiro europeu está mais capaz agora de lidar com o estresse financeiro. A preocupação se ampliou com a queda de mais de 20% nas ações do Credit Suisse, enquanto os swaps de inadimplência de crédito de cinco anos para o banco suíço atingiram um novo recorde, destacando as crescentes preocupações dos investidores. “Há um sistema de supervisão reforçado que não existia no início daquela crise financeira e que levou os bancos europeus a terem índices de liquidez e solvência muito mais altos”, disse Sánchez, ao lado do primeiro-ministro português Antonio Costa. “Após a crise financeira de 2008, os supervisores endureceram as regras de capital e o Banco Central Europeu tornou-se o supervisor dos bancos mais importantes da zona euro em 2014”. As informações são da Reuters.

update 11h59

Ações de Méliuz (CASH3) sobem 6,67% e voltam a leilão

update 11h59

Confira as maiores quedas do Ibovespa hoje

AtivoValor (R$)Dia (%)Variação (R$)Semana (%)Mês (%)
CVCCVCB33,02-7,65-0,25-11,95-0,33
CSNCSNA314,80-5,85-0,92-7,04-11,22
3R PetroleumRRRP326,86-4,72-1,33-7,09-26,23
QualicorpQUAL34,31-4,65-0,21-11,13-7,71
GerdauGGBR425,63-4,54-1,22-4,33-9,81
PRIOPRIO330,8-4,38-1,41-7,26-8,61
GerdauGOAU411,44-4,35-0,52-3,63-8,30
BradesparBRAP426,43-3,89-1,07-3,01-4,45
PetzPETZ35,98-3,55-0,220,34-7,29
ValeVALE381,05-3,49-2,93-2,21-2,92
update 11h55

Banco altera preço-alvo de empresas do setor de educação após o fechamento dos resultados de 2022

Para a Cogna (COGN3), o Credit Suisse elevou o preço-alvo de R$ 2,30 para R$ 2,50/ação, mas manteve recomendação underperform. Já a Ser Educacional (SEER3), o banco reduziu o preço-alvo de R$ 7,80 para R$ 4/ação e manteve recomendação neutra. Já a Yduqs (YDUQ3), o Credit Suisse diminuiu o preço-alvo de R$ 22 para R$ 10. Para 2023, o banco crê que a expansão significativa da base de alunos para o presencial é improvável, dada a aparente falta de incentivos econômicos. O Credit Suisse não inseriu efeito do Fies por conta da indefinição do programa pelo governo.

update 11h55

Credit Suisse luta para reconquistar a confiança do mercado diante da derrocada das ações

As ações do banco suíço caíram para o nível mais baixo já registrado e seus spreads de crédito subiram após investidor saudita descartar mais assistência.

update 11h55

Méliuz (CASH3): Apesar da parceria histórica, desde 2011, a relevância da Americanas dentro do nosso resultado já vinha caindo bastante ao longo de 2022

Gabriel Loures, diretor de Growth do Méliuz (CASH3) explica que isso se deu “por conta dos resultados da própria companhia”. E acrescenta: “a partir do momento em que pausamos a parceria, percebemos que houve fluxo das compras desses parceiros para outros. Isso deve ficar mais claro a partir do primeiro resultado de 2023”. (Vitor Azevedo)

update 11h53

Ações de Americanas (AMER3) operam com -3,85%, na mínima do dia, e voltam a valer R$ 1

update 11h53

Méliuz (CASH3): Em relação a Americanas, provisionamos tudo relacionado ao passado

Marcio Penna, head de RI da Méliuz (CASH3) informou também que os “R$ 4,7 milhões é cerca de 90% do total”. (Vitor Azevedo)

update 11h52

Itaú (ITUB4) e Bradesco (BBDC4) lideram perdas entre os grandes bancos, com -2,36% e 2,32%

Banco do Brasil (BBAS3) cai 1,52% e Santander (SANB11) tem perdas de 1,63%.

update 11h51

Méliuz (CASH3): Em relação a Americanas, aparecemos no reporte de credores e assim que começou o problema, pausamos o cashback

André Ribeiro, diretor de estratégia de shopping e dados da Méliuz (CASH3), acrescentou que suspendeu a parceria com a varejista “pela falta de visibilidade”. (Vitor Azevedo)

update 11h49

Ibov renova mínima, com -2,17%, aos 100.692,04 pontos

update 11h49

Méliuz (CASH3): Na parceria com o BV, há mudanças de valores; principal efeito positivo, é focar naquilo que é melhor

“É o cerne da nossa triangulação, com a venda do Bankly”, disse André Ribeiro, diretor de estratégia de shopping e dados da Méliuz (CASH3). “A rentabilidade dos usuários com produtos financeiros, iniciando com conta e cartão, virá do fato de que cada sócio trabalhará com aquilo que é melhor. É algo transformacional”. O executivo seguiu: “na parceria anterior, a experiência do usuário era quebrada. À medida que coloco mais produtos acessíveis ao usuário dentro do ecossistema, consigo aumentar valor, LTDV e margem. O mais importante é o todo, onde deixamos de ser asset heavy para ser asset light e para utilizarmos melhor nossos conhecimentos”. (Vitor Azevedo)

update 11h48

Na mínima do dia, Vale (VALE3) recua 3,43%, a R$ 81,10

update 11h47

Gol e Azul já toparam, diz ministro sobre programa de passagens aéreas a R$ 200

Gol e Azul dizem ver com ‘bons olhos a iniciativa’ e estar ‘à disposição para contribuir com o governo’; anúncio do programa causou atrito no governo Lula.

update 11h45

Dólar comercial sobe 1,13%, a R$ 5,316

update 11h45

BCE contatou credores do Credit Suisse para saber o tamanho da exposição

A preocupação do Banco Central Europeu é sobre um alastramento da crise, informou a Reuters.

update 11h43

Em declínio, Ibovespa renova mínima do ano mais uma vez, aos 100.732,75, com -2,14%

update 11h41

Ibov renova mínima, com -2,12%, aos 100.746,07 pontos

update 11h41

Ações de Petrobras (PETR3; PETR4) ampliam queda para 3,07% e 3,07%, na mínima do dia

update 11h41

Méliuz (CASH3): No Méliuz Day, entre final de abril ou começo de maio, serão informados quais as expectativas com receita, GMV e com parte de custos

“Iremos falar um percentual atrelado ao custo, sobre como enxugamos e enxugaremos mais o quadro de pessoas. Vou pedir um pouco de paciência”, disse Marcio Penna, head de RI do Méliuz (CASH3). “Os esforços de eficiência operacional, desde o segundo semestre do ano passado, estamos fazendo comitês e tentando ver, em todas as linhas, como podemos otimizar o negócio. Falamos com fornecedores, reestruturamos nosso time em janeiro, e por ai vai”, complementou Gabriel Loures, diretor de Growth. (Vitor Azevedo)

update 11h40

Com Ibov em queda de 2%, somente 11 ações sobem hoje; maior alta é de Méliuz (CASH3), com +3,33%

update 11h39

Ibovespa recua 2,10%, na mínima do dia, com 100.769,43 pontos

update 11h38

Dólar comercial sobe 0,99%, a R$ 5,308

update 11h35

Ibov volta a cair 2,03%, aos 100.839,79 pontos, próximo da mínima do dia, de 100.792,75 pontos

update 11h32

Méliuz (CASH3): Marcio Penna, head de RI, indica que valor recebido de venda do Bankly será distribuído em proventos

update 11h29

Dólar comercial sobe 0,94%, a R$ 5,306

update 11h27

Ações de Vale (VALE3) recuam 3,29%, a R$ 81,22

update 11h27

Com -2,07%, Ibov recua para 100.805,00 pontos, nova mínima do dia e do ano

update 11h27

Ibovespa renova mínima, com -2,02%, aos 100.854,43 pontos

Ibovespa futuro também recua para a mínima, com -2,19%, aos 101.645 pontos.

update 11h26

CVC (CVCB3): ações caem forte após resultado considerado fraco por analistas

Apesar de alta da receita, tipos de pacotes vendidos pela companhia diminuíram o take rate da companhia.

update 11h25

VIX: índice de volatilidade nos EUA dispara 14,62%

update 11h24

Índices em Nova York seguem em queda ampla, de olho na expansão da crise dos bancos

  • Dow Jones: -1,47% (na abertura: -1,50%)
  • S&P 500: -1,42% (na abertura: -1,40%)
  • Nasdaq: -1,14% (na abertura: -0,76%)
update 11h23

Ações de Vale (VALE3) recuam 3,00%, a R$ 81,46

update 11h22

Após virarem para alta, aéreas retornam para forte queda; Gol (GOLL4) recua 3,71% e Azul (AZUL4) tem perdas de 2,44%

update 11h21

STF decide que Imposto de Renda não deve incidir sobre doação e herança; entenda

Ministros entendem que taxar a transferência de imóveis pode gerar bitributação.

update 11h20

Stone (STOC31): Batida do 4T22 foi impulsionada pela receita e maior uso de caixa próprio

O UBS aponta que a fintech brasileira Stone (STOC31) apresentou menor despesa, parcialmente compensadas por outras menores receitas financeiras, devido maior utilização de caixa próprio no pré-pagamento e receitas acima do esperado de serviços de transação. O banco tem recomendação neutra para a Stone, com preço-alvo de US$ 9,80/ação.

update 11h17

Ações de Petrobras (PETR3; PETR4) ampliam queda para 2,85% e 2,82%

update 11h16

Índice de Fundos Imobiliários (IFIX) sobe 0,17%, aos 2.779,43 pontos, nova máxima do dia

update 11h16

Descasamento de liquidez pode ser 3º dominó a cair após anos de dinheiro fácil, diz Larry Fink, da BlackRock

Em carta a investidores, Fink destacou que é cedo para saber quão generalizado será o dano a bancos após falência do SVB.

update 11h11

Banco Central informa segunda parcial PTAX com compra a R$ 5,2927 e venda a R$ 5,2933

update 11h11

BCE agarrar-se agora à alta de 0,50% seria repetir o erro de 2011, alerta ex-integrante do conselho

Presidente do Société Générale comparou situação atual com a da crise da Grécia, quando BCE ajudou acelerar a instabilidade.

update 11h10

Após cair 2%, Ibovespa tem leve alívio e recua 1,55%, aos 101.340,19 pontos

update 11h09

Indefinição sobre uso de precatórios em concessões trava demanda de empresas

Setor de infraestrutura demonstra interesse nos títulos para melhorar custo de capital, mas paralisa negócios à espera do governo federal.

update 11h06

Ações de Vale (VALE3) caem 2,89%, a R$ 81,55

update 11h06

Índices setoriais recuam; destaque para materiais básicos e financeiro

AtivoValorDia (%)Variação (pp)NegóciosSemana (%)Mês (%)
ElétricaIEEX74383,18-0,58-432,1125052,000,791,27
IndustrialINDX19135,02-1,36-263,5687383,00-1,45-1,81
FinanceiroIFNC9490,75-1,82-175,9471133,00-2,93-3,40
Materiais BásicosIMAT5331,24-2,79-153,2152948,00-3,18-6,47
ConsumoICON2589,50-1,39-36,46133399,00-2,14-5,03
UtilitiesUTIL8499,17-0,36-30,8732371,000,710,51
ImobiliárioIMOB684,08-0,71-4,9121318-0,631,62
update 11h03

Ibov recua 2%, na mínima do dia, aos 100.878,28 pontos; valor é também a mínima do Ibov em 2023

update 11h02

Ibovespa cai mais e chega aos 100.896,59 pontos, com -1,98%

update 10h59

Dólar comercial opera em alta de 0,56%, a R$ 5,286

update 10h57

Ibov renova mínima do dia, aos 100.941,09 pontos, com -1,93%

update 10h57

Ibovespa cai 1,90%, aos 100.976,06 pontos

Na mínima do dia, chegou aos 100.959,97 pontos.

update 10h56

Ibovespa bate a mínima do ano – confira no gráfico de 5 minutos

Ibovespa mínima de 2023
Fonte: Clear Trader
update 10h56

Ações de Petrobras (PETR3; PETR4) ampliam queda para 2,52% e 2,40%

update 10h54

Ações de Eletrobras (ELET3; ELET6) viram para alta, com +0,19% e +1,57%

update 10h53

Méliuz (CASH3): Faturamento do marketplace no 4T22 foi 28% abaixo da estimativa

O UBS relata que o Méliuz (CASH3) reportou prejuízo no 4T22, mas, no lado positivo, as despesas ficaram bem abaixo das estimativas. O banco tem recomendação neutra para a Méliuz, com preço-alvo de R$ 1,30/ação.

update 10h51

AIE: sanções a exportações de petróleo da Rússia têm efeito desejado a Moscou

Governo russo conseguiu encontrar novos clientes, mas a um custo elevado para sua receita de exportação de petróleo.

update 10h49

Índice de volatilidade (VIX) tem alta de 11,7%

update 10h47

Chega à Câmara projeto do governo que prevê salários iguais para homens e mulheres

Texto permite emissão de liminar para obrigar a empresa a pagar imediatamente o mesmo salário para a empregada prejudicada.

update 10h46

Índice DXY avança 1,22%, aos 104,86 pontos

update 10h45

Bradesco (BBDC4) e Itaú (ITUB4) lideram perdas entre os grandes bancos, com -2,32% e 2,03%

Banco do Brasil (BBAS3) cai 1,15% e Santander (SANB11) tem perdas de 0,98%.

update 10h43

Preços do petróleo têm fortes quedas com ampliação de crise bancária

  • WTI: -3,39%, a US$ 68,89;
  • Brent: -3,53%, a US$ 74,68.

Dessa forma, petróleo cai para mínima de 15 meses.

update 10h43

EUA: rendimentos dos Treasuries caem à medida que ações de bancos ficam mais uma vez sob pressão

  • Treasuries: T-note de 10 anos a 3,460% (-0,176)
  • Treasuries: T-note de 2 anos a 3,875% (-0,350)
update 10h38

Signature Bank estava sendo investigado por elo com criptomoedas antes de cair, dizem fontes

Ainda não está claro se as investigações envolvendo o Signature Bank tiveram efeito sobre a decisão dos reguladores de fechar o banco.

update 10h37

CVC (CVCB3): Números operacionais no 4T22 novamente mostraram melhorias ano a ano

Segundo o BTG, as melhorias na CVC (CVCB3) foram impulsionadas pela maior busca por viagens internacionais e normalização da frequência de voos e destinos, parcialmente compensados pelos impactos da Copa do Mundo no 4T22. Depois de atingir o fundo do poço em 2020, o banco avalia que a CVC deve ser uma das principais beneficiárias da reabertura econômica pós-Covid. Mas o BTG mantém recomendação neutra para a CVC, com preço-alvo de R$ 13/ação, baseada nos grandes desafios que a empresa ainda enfrenta, principalmente relacionado à estrutura de capital.

update 10h37

Pedidos de hipotecas nos EUA crescem 6,5% na semana; taxa cai para 6,71%

Segundo a associação MBA, taxas recuaram seguindo a queda de rendimentos dos títulos do Tesouro, devido à crise bancária.

update 10h37

Bolsas em NY abrem com perdas, com extensão de crise bancária à Europa

  • S&P500: -1,4%;
  • Dow Jones: -1,5%
  • Nasdaq: -0,76%.
update 10h35

Ações de companhias aéreas viram para alta; Azul (AZUL4) sobe 2,28% e Gol (GOLL4) avança 0,82%

update 10h34

Ibovespa recua 1,63%, aos 101.258,64 pontos; na mínima, chegou aos 100.959,97 pontos

update 10h33

Ações de Vale (VALE3) acentuam queda para 2,57%, a R$ 81,82

update 10h32

Siderúrgicas caem forte hoje; CSN (CSNA3) recua 4,64%, Gerdau (GGBR4) cai 2,64% e Usiminas (USIM5) recua 2,00%

update 10h30

Fora de leilão, ações de CVC (CVCB3) recuam 5,81% e são a segunda maior queda do Ibovespa

update 10h28

A ressaca depois da quebra do SVB: qual é o impacto real para o ecossistema de startups?

As startups brasileiras foram as mais rápidas a reagir à crise do SVB; entenda os impactos para o ecossistema e as lições aprendidas.

update 10h25

Ex-ministro Maílson da Nóbrega afirma que resistências à reforma tributária estão menores

De acordo com o coordenador grupo que analisa a proposta, deputado Reginaldo Lopes (PT-MG), relatório será apresentado dentro de um mês.

update 10h23

Seguro Pix custa a partir de R$ 2,90, mas não é para qualquer situação: veja como funciona e quem oferece

Modalidade que protege transações é barata, mas tem cobertura restrita.

update 10h21

Vendas no varejo dos EUA caem 0,4% em fevereiro, para US$ 697,9 bilhões

Consenso Refinitiv previa uma retração menor nas vendas no mês, de 0,3%; núcleo que exclui comércio automotivo teve queda de 0,1%.

update 10h20

Dólar comercial chega à mínima do dia, a R$ 5,275, mas mantém alta de 0,34%

update 10h19

Ibovespa opera em queda de 1,55%, aos 101.337,18 pontos

update 10h19

Localiza (RENT3) tem Ebitda ajustado no 4T22 abaixo das estimativas

A receita líquida do 4T22 da Localiza (RENT3) também ficou abaixo da estimativa do Bradesco BBI. O banco ressalta ainda a depreciação por carro mais alta tanto do segmento de aluguel como de gestão de frota, uma vez que a Localiza acelerou a renovação da frota, vendendo carros mais antigos – a Localiza adquiriu 97,4 mil carros no 4T22 e vendeu 41,5 mil, levando a uma adição líquida de 55,9 mil. O BBI tem recomendação outperform para a Localiza, com preço-alvo de R$ 78/ação.

update 10h17

Petroleiras juniores recuam em bloco; Petroreconcavo (RECV3) lidera perdas, com -9,20%

Enauta (ENAT3) cai 2,84%, Petro (PRIO3) tem perdas de 2,67%, 3R Petroleum (RRRP3) recua 3,44%.

update 10h15

Ações de Localiza (RENT3) recuam 5,64% e operam em leilão após balanço do 4T22

update 10h15

Com Ibov em queda acentuada, só 3 ações sobem hoje: CASH3, BEEF3 e MRVE3

update 10h13

Ações de varejistas caem em bloco; Magazine Luiza (MGLU3) lidera perdas com -3,22%

Americanas (AMER3) tem queda de 0,96%, Via (VIIA3) cai 1,94%, Assai (ASAI3) recua 1,95%, Grupo Matheus (GMAT3) cai 1,86%, Grupo Soma (SOMA3) tem perdas de 2,88%, Lojas Renner (LREN3) recuam 1,95%, Natura (NTCO3) cai 1,88% e  Petz (PETZ3) cai 2,10%. 

update 10h12

Após balanço, Méliuz (CASH3) sobe 4,44% e entra em leilão

update 10h12

Ações de frigoríficas recuam hoje; BRF (BRFS3) cai 3,48%, JBS (JBSS3) recua 1,68%, Marfrig (MRFG3) tem perdas de 1,33%

update 10h11

Empresas de educação caem em bloco; maiores perdas são de Ser (SEER3), com -3,68%, Yduqs (YDUQ3), com -3,19%, e Anima (ANIM3), com -3,19%

update 10h10

Ações de Vale (VALE3) abrem dia em queda de 2,00%, a R$ 82,30

update 10h10

Companhias aéreas recuam; Azul (AZUL4) cai 3,14% e Gol (GOLL4) recua 2,47%

update 10h09

Após balanço, ações de CVC (CVCB3) recuam 7,34% e entram em leilão

update 10h09

Na esteira da crise bancária, grandes bancos do Brasil abrem dia em queda

Itaú (ITUB4) recua 1,22%, Banco do Brasil (BBAS3) cai 1,89%, Santander (SANB11) recua 1,36% e Bradesco (BBDC4) tem perdas de 1,72%.

update 10h08

Ações de Eletrobras (ELET3; ELET6) abrem em queda de 1,61% e 1,39%

update 10h08

Ações de Petrobras (PETR3; PETR4) abrem em queda de 2,07% e 2,44%

update 10h08

Ibovespa abre em queda de 1,83%, aos 101.046,34 pontos

update 10h07

Ações de construtoras começam dia em queda; maiores baixas são de Plano Plano (PLPL3), com 2,02%, Even (EVEN3), com -1,89%, e Cyrela (CYRE3), com -1,85%

update 10h05

Empresas de telefonia começam dia em queda; Oi (OIBR3) cai 2,70%, Tim (TIMS3) recua 1,02% e Vivo (VIVT3) cai 0,53%

update 10h05

Setor de papel e celulose começa quarta-feira em queda

Ações de Suzano (SUZB3) recuam 1,02%, Klabin (KLBN11) cai 0,54% e Irani (RANI3) recua 0,12%.

update 10h01

Ibovespa abre, preliminarmente, em queda de 0,03%, aos 102.906,61 pontos

update 9h55

Dólar comercial reduz alta para 0,48%, a R$ 5,282

update 9h54

Hermes Pardini (PARD3): Para banco, empresa teve bons resultados no 4T22, mas não é um risco-recompensa atraente

O Morgan Stanley relata que a recomendação para a Hermes Pardini (PARD3) pressupõe sua fusão com o Fleury (FLRY3). Para o banco, a fusão faz sentido estratégico e gera sinergias de margem, mas esses ganhos de margem parecem estar precificados e ainda existem riscos associados à história. O Morgan Stanley tem recomendação underweight para a Hermes Pardini, com preço-alvo de R$ 20,30/ação.

update 9h54

Terra Santa (LAND3) tem alta de 492% no lucro no 4º trimestre; empresa aprova R$ 130,3 mi em dividendos

Farão jus aos dividendos os acionistas da companhia na data base de 17 de março de 2023.

update 9h48

Após PPI, índices futuros dos EUA recuam quase 2%

  • Dow Jones Futuro (EUA), -1,94%
  • S&P 500 Futuro (EUA), -1,95%
  • Nasdaq Futuro (EUA), -1,47% 
update 9h48

Índice EWZ recua 2,25% no pré-mercado dos EUA

update 9h46

Órfãos do SVB recorrem a pesos-pesados de Wall Street e podem contribuir para maior concentração bancária

JPMorgan Chase, Citigroup, Bank of America e Wells Fargo têm adotado medidas de urgência para acomodar a demanda de bilhões de dólares.

update 9h46

Juros futuros recuam no curto prazo, e passam a subir no médio e longo prazo

Valor (%)Dia (%)Variação (pp)NegóciosSemana (%)Mês (%)
DI1F2413,020-0,42-0,0554550,00-1,06-2,62
DI1F2512,230-0,12-0,01519515,00-1,21-3,59
DI1F2712,6550,360,0458935,000,04-2,43
DI1F2913,0900,460,0604251,000,23-1,87
DI1F3113,2800,380,0501280,000,08-1,48
DI1F3313,3700,380,050462,000,22-1,18
update 9h44

Ibovespa futuro renova mínima, com -1,71%, aos 102.140 pontos

update 9h43

EUA: após PPI, predomina probabilidade de manutenção de juros a 4,50-4,75%, com 55,7% de chance

Segundo projeções do FedWatch, do CME Group, os juros que hoje estão na faixa de 4,50-4,75% devem permanecer neste patamar na reunião a ser realizada em 22 de março pelo Fed. As chances de haver uma elevação de 0,25 p.p, para 4,75%-5,00%, agora estão em 44,3%. Para a reunião de 3 de maio, a perspectiva predominante (50,3%) é de que a taxa de juros fique em 4,75%-5,00%. A manutenção em 4,50-4,75% agora é aposta de 31,3% do mercado. Uma alta de 0,50 p.p., para 5,00%-5,25% agora é vista por 18,4% do mercado.

update 9h40

Petróleo cai para mínima de 15 meses, com turbulência bancária impactando cenário

Queda das ações do Credit Suisse abalou mercados como um todo na manhã desta quarta-feira.

update 9h38

Ibovespa segue firme em região de suporte entre 103.100 e 101.600 pontos, mostra análise técnica

Em relatório de análise técnica, o Itaú BBA destaca que o Ibovespa segue firme na região de suporte entre 103.100 e 101.600 pontos e sem forças para reagir. “Se perder este nível, um novo impulso para baixo é esperado, podendo levar o índice a patamares como 97.000 e 95.200 pontos.” – Resistência – Em caso de recuperação, o índice encontrará primeira resistência em 104.200 pontos. “Caso consiga ultrapassá-la, o Ibovespa abrirá caminho para uma recuperação e encontrará próximas resistências em 106.700 e 108.600 – patamar que mantém o Ibovespa em tendência de baixa.”

Fonte: Relatório de análise técnica Itaú BBA
update 9h37

Ibovespa futuro acelera baixa para 1,33%, aos 102.540 pontos

update 9h36

Queda nas ações do Credit Suisse derrubam euro, libra e franco suíço

As moedas europeias caem de forma acentuada hoje, após a queda nas ações do Credit Suisse para uma nova mínima renovar os temores sobre o setor bancário europeu após o colapso do Silicon Valley Bank. Os problemas do credor suíço levavam o índice bancário europeu SX7P para seu nível mais baixo desde o início de janeiro e desencadeavam uma liquidação nos mercados de câmbio. “As notícias sobre o Credit Suisse desta manhã estão causando todos os danos aos mercados cambiais uma vez que as ações de bancos europeus sofrem de novo hoje”, disse Simon Harvey, chefe de análise cambial do Monex. Os mercados monetários mudaram suas apostas para os aumentos dos juros do Banco Central Europeu em meio à turbulência bancária europeia. Os mercados agora estão precificando 50% de chance de um aumento de 50 pontos-base nos juros do BCE na quinta-feira. Mais cedo, eles precificavam uma chance de 90% de tal movimento. (Reuters)

update 9h36

Cury (CURY3) manteve margens sólidas no 4T22, além de forte velocidade de vendas e geração de caixa recorde

O Bradesco BBI ressalta que apesar da ligeira perda de resultado no 4T22 pela Cury (CURY3), a desaceleração é consequência da estratégia da companhia de reduzir lançamentos no 4T22, enquanto se deve ver os números melhorando no 1T23 já que a companhia já lançou seis empreendimentos em 2023.  A Cury continua sendo um dos nomes favoritos no setor de construção para o banco. O BBI tem recomendação outperform para a Cury, com preço-alvo de R$ 20/ação.

update 9h35

Dólar comercial ameniza alta para 0,69%, a R$ 5,293

update 9h30

EUA: PPI recua 0,1% em fevereiro; consenso Refinitiv previa alta de 0,3%

O índice de demanda final subiu 4,6% nos 12 meses encerrados em fevereiro, segundo o Bureau of Labor Statistics dos EUA. Em fevereiro, a queda no índice de demanda final foi liderada pelos preços dos bens de demanda final,
que caiu 0,2 por cento. O índice de serviços de demanda final recuou 0,1%.

update 9h29

Dólar sobe e supera patamar de R$ 5,30 com novos temores sobre setor bancário global

Principal acionista do Credit, o Saudi National Bank (SNB), da Arábia Saudita, descartou a hipótese de oferecer mais assistência financeira ao banco.

update 9h25

Stone (STOC31) reportou resultados bons e acima das expectativas no 4T22

Para o Itaú BBA, o lucro líquido ajustado superou as estimativas de aumento de receitas da Stone (STOC31) no 4T22 e redução sequencial das despesas financeiras. Ganhos de eficiência nas despesas financeiras levaram a melhores margens da fintech no período, destaca ainda o banco. O BBA tem recomendação market perform para a Stone, com preço-alvo de US$ 11/ação.

update 9h23

Índices futuros dos EUA recuam entre 1,4% e 1,7% antes de PPI

  • Dow Jones Futuro (EUA), -1,74%
  • S&P 500 Futuro (EUA), -1,75%
  • Nasdaq Futuro (EUA), -1,42% 
update 9h20

Dólar comercial alivia alta para 0,80%, a R$ 5,298

update 9h17

Ibovespa Futuro acompanha exterior e opera com forte baixa, em meio a preocupações com Credit Suisse

Ibovespa futuro recua 1,04% agora, aos 102.840 pontos.

update 9h16

ADRs PBRA e PBR da Petrobras recuam, respectivamente, 1,23%, a US$ 8,94, e 1,56%, a US$ 10,09 no pré-mercado

  • ADRs de Exxon Mobil: -2,16%
  • ADRs de Chevron: -2,03%
  • ADRs de Shell PLC: -4,63%
  • ADRs de BP PLC: -4,08%
  • ADRs de TotalEnergies: -5,01%
update 9h15

Balanço da Equatorial do 4º trimestre está previsto para 29 de março

Diferente do que publicamos às 7h, o balanço da elétrica sairá dia 29/03. Para esta quarta-feira (15) estão previstos os resultados, após o fechamento dos mercados, de Lojas Marisa, Taesa, YDUQS, entre outros nomes.

update 9h14

ADRs da Vale recuam 2,45%, a US$ 15,55, no pré-mercado

  • ADRs de BHP: -4,03%
  • ADRs da Rio Tinto: -4,57%
update 9h13

PIB do G20 avança 0,3% no 4º trimestre ante 3º trimestre, diz OCDE

No terceiro trimestre, houve avanço de 1,4% ante o anterior.

update 9h11

EUA: índices futuros caem forte com paralisação de ações do Credit Suisse e problemas do setor financeiro

Nos últimos dias, uma crise no setor financeiro se concentrou em bancos regionais, com o colapso do Silicon Valley Bank e do Signature Bank, diante de oito aumentos nas taxas de juros pelo Federal Reserve nos últimos 12 meses. A atenção da manhã de hoje voltou-se para os grandes bancos, com as ações do Credit Suisse atingindo a mínima histórica. O Saudi National Bank, maior investidor do Credit Suisse, disse na quarta-feira que não poderia fornecer mais financiamento, de acordo com um relatório da Reuters.

  • Dow Jones Futuro (EUA), -1,73%
  • S&P 500 Futuro (EUA), -1,80%
  • Nasdaq Futuro (EUA), -1,48% 
update 9h09

TC (TRAD3) tem prejuízo ajustado de R$ 24,4 mi no quarto trimestre de 2022, alta anual de 221,3%

A receita líquida somou R$ 15,9 milhões no quarto trimestre deste ano, recuo de 8,2% na comparação com igual etapa de 2021.

update 9h07

Índice EWZ tem queda de 2,44% no pré-mercado dos EUA

update 9h06

Inflação anual da Argentina atinge 102,5% em fevereiro e é a maior em 31 anos: o que acontece com o país?

O índice anual superou os três dígitos pela primeira vez desde outubro de 1991.

update 9h05

Dólar comercial salta 1,07% na abertura, a R$ 5,313

update 9h05

Juros futuros recuam por toda a curva

Valor (%)Dia (%)Variação (pp)NegóciosSemana (%)Mês (%)
DI1F2413,015-0,45889-0,060364-1,10-2,66
DI1F2512,165-0,65333-0,080810-1,74-4,10
DI1F2712,56-0,39651-0,050264-0,71-3,16
DI1F2912,99-0,30698-0,04047-0,54-2,62
DI1F3113,19-0,30234-0,04015-0,60-2,15
DI1F3313,28-0,3003-0,04011-0,45-1,85
update 9h03

Dólar futuro abre em alta de 1,16%, cotado a R$ 5,333

update 9h02

Ibovespa rompeu suporte imediato e confirma pivot de baixa, aponta análise técnica

Conforme a Genial, com o fechamento em baixa da véspera, de 0,18% aos 102.932 pontos, o Ibovespa rompeu seu suporte imediato, que ficava em 103.170 pontos. O rompimento desse suporte confirmou o pivot de baixa [traçado em vermelho no gráfico abaixo], “dando continuidade a tendência de baixa de curto e médio prazo”. Os próximos suportes ficam em 101.630 e 95.270 pontos. Já as próximas resistências ficam em 106.720, 110.175 e 112.000 pontos [LTB traçada em roxo no gráfico abaixo].

Fonte: Relatório de análise técnica Genial
update 9h01

Ibovespa futuro abre em queda de 1,17%, cotado aos 102.700 pontos

update 9h01

Hermes Pardini (PARD3): Resultados do 4T22 foram neutros em geral

O Bradesco BBI destaca como resultado positivo a margem Ebitda registrada pela Hermes Pardini (PARD3) no período, com aumento de preços e reversão de participação nos lucros. O BBI tem recomendação underperform para a Pardini, com preço-alvo de R$ 21/ação – a tese do banco para a Pardini é ainda como uma empresa autônoma e não adquirida pelo Fleury (FLRY3).

update 8h45

Méliuz (CASH3) registra queda de volume bruto de mercadorias no 4T22, revertendo o crescimento do 3T22

O Morgan Stanley destaca ainda a diminuição de receita da Méliuz (CASH3) no período. O banco ressalta, no entanto, que a margem Ebitda expandia, embora ainda negativa, mas marca a primeira expansão anual desde o 4T20. O Morgan Stanley tem recomendação equal-weight para a Méliuz, com preço-alvo de R$ 1,50/ação.

update 8h45

BC chinês mantém principais taxas de juros e anuncia injeção de liquidez no sistema bancário

O vice-presidente do PBoC, Liu Guoqiang, disse no início deste mês que eventuais mudanças na política monetária seriam adotadas de maneira suave.

update 8h41

Analistas descartam corte da Selic neste momento em função da crise bancária nos EUA

Expectativas de corte seguem concentradas nos últimos meses do ano.

update 8h40

Confira o InfoMorning

update 8h40

Ações do Credit Suisse despencam mais de 20% e têm negociações suspensas, após investidor saudita descartar mais assistência

“Não podemos porque iríamos acima de 10%. É uma questão regulatória”, disse o presidente do Saudi National Bank, Ammar Al Khudairy, à Reuters.

update 8h35

Minério de ferro segue firme com continuidade do otimismo sobre demanda na China

Os contratos futuros de minério de ferro se mantiveram firmes nesta quarta-feira, com os dados de atividade da China em janeiro e fevereiro apontando para uma recuperação econômica, embora gradual, no maior produtor de aço do mundo. O banco central da China aumentou as injeções de liquidez ao rolar o empréstimos com vencimento de médio prazo pelo quarto mês consecutivo, o que também deu suporte aos futuros de ferrosos. O movimento do Banco Popular da China veio após os dados da semana passada que mostraram um crescimento de crédito inesperadamente forte para fevereiro, conforme Pequim procura apoiar a recuperação econômica. “O consumo geral de produtos siderúrgicos mostrou um crescimento inesperado, o que melhorou muito a confiança do mercado”, disseram analistas da Huatai Futures em nota. (Reuters)

 

 

update 8h35

Ibovespa não confirma repique de alta, aponta análise técnica

Em relatório de análise técnica da XP, Gilberto Coelho destaca que o Ibovespa, na véspera, não conseguiu confirmar o candle de alta e, caso perca os 102.250 pontos, deve retomar tendência de baixa mirando o fundo nos 101.000 ou 98.500 por Fibonacci. “Um fechamento acima dos 104.155 traria sinal de recuperação favorecendo repique na direção dos 106.700 a 108.500”, analisou, ressaltando que “o IFR (índice de força relativa) apontou para baixo, favorecendo quedas”.

Fonte: Relatório de análise técnica XP
update 8h30

Petroreconcavo (RECV3): Banco reduz preço-alvo de R$ 46 para R$ 37/ação, mas mantém recomendação outperform

Para o Bradesco BBI, o closing do Polo Bahia Terra é improvável ocorrer neste momento para a Petroreconcavo (RECV3) devido as recentes declarações do CEO da Petrobras (PETR4) e o fato de que o processo só ocorreria quando a próxima administração indicada pelo atual governo estiver em vigor.

update 8h29

Índice EWZ recua 1,65% no pré-mercado dos EUA

update 8h24

Produção industrial da zona do euro sobe 0,7% em janeiro ante dezembro, acima do esperado

Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam alta de 0,5%.

update 8h23

China: produção industrial sobe 2,4%, vendas no varejo avançam 3,5% em fevereiro e mostram recuperação gradual após reabertura

Recuperação ocorre apesar dos desafios da demanda global fraca e de uma desaceleração persistente no setor imobiliário.

update 8h22

Enjoei (ENJU3) tem progresso sequencial nas taxas de captação líquida no 4T22 impulsionadas pela maior volume de mercadorias de moda

Para o Bradesco BBI, no entanto, a desaceleração da receita da empresa de comércio eletrônico Enjoei (ENJU3) chamou à atenção, pois a escala continua sendo fundamental para que o negócio forneça retornos atraentes. Para o banco, os resultados do 4T22 não parecem ser um grande catalisador para a tese de investimento. O BBI tem recomendação neutra para a Enjoei, com preço-alvo de R$ 1,20/ação.

update 8h21

XP: Oportunidades de swing trade para 15/3, por Gilberto Coelho

C ou VATIVOGatilhoParcialAlvoLossMOTIVOParcial (%)Alvo (%)Loss (%)
CompraGOAU412,0612,6613,7711,49IFR4,98%14,18%-4,73%
CompraRRRP328,2630,8933,1526,63IFR9,31%17,30%-5,77%
VendaALPA49,498,757,5110,01MM217,80%20,86%-5,48%
VendaVIIA32,041,861,712,16Canal de baixa8,82%16,18%-5,88%
update 8h16

IBP entra com ação no STF questionando constitucionalidade do imposto de exportação de óleo

Na peça, a instituição destaca a preocupação da indústria em relação à atratividade do País para investimentos robustos e de longo prazo.

update 8h10

Cury (CURY3) relata no 4T22 conjunto de resultados sólidos

Segundo Itaú BBA, apesar da ligeira desaceleração esperada na receita, a Cury (CURY3) apresentou uma margem bruta consistente, ressaltando sua política de preços eficaz e controle de custos. O banco destaca que a construtora lançou seis projetos até agora em 2023, com forte demanda e um sólido desempenho em toda a linha. O BBA tem recomendação outperform para a Cury, com preço-alvo de R$ 17/ação.

update 8h09

ADRs PBRA e PBR da Petrobras recuam, respectivamente, 0,55%, a US$ 9,00, e 0,59%, a US$ 10,19 no pré-mercado

  • ADRs de Exxon Mobil: -1,96%
  • ADRs de Chevron: -1,91%
  • ADRs de Shell PLC: -3,99%
  • ADRs de BP PLC: -3,79%
  • ADRs de TotalEnergies: -4,45%
update 8h08

Eletrobras (ELET3;ELET6): Chesf terá crédito de R$ 96,7 milhões do Banco do Nordeste para melhoria em instalações de transmissão

update 8h08

ADRs da Vale recuam 2,45%, a US$ 15,55, no pré-mercado

  • ADRs de BHP: -3,38%
  • ADRs da Rio Tinto: -3,76%
update 8h04

Credit Suisse: negociações de ações do banco suíço são interrompidas após queda de 24%

Ações do banco Credit Suisse recuaram fortemente hoje e atingiram outra baixa histórica pela segunda sessão consecutiva, caindo mais de 24% pouco antes de as negociações das ações serem interrompidas. O maior investidor do Credit Suisse, o Saudi National Bank, disse que não poderia fornecer mais assistência financeira ao banco suíço, de acordo com um relatório da Reuters. Segundo a CNBC, os investidores também continuam avaliando o impacto do anúncio do banco na terça-feira de que havia encontrado “fraquezas materiais” em seus processos de relatórios financeiros para 2022 e 2021.

update 8h02

Indústrias Romi (ROMI3) aprova pagamento de JCP no valor de R$ 18.457.031,25, com base na posição acionária de 20 de março

O montante equivale a R$ 0,23 por ação, a serem pagos em 26 de abril.

update 8h01

Mercados da Europa aprofundam queda, com bolsas da Itália e França caindo 3%; ações de bancos paralisaram negociações após fortes quedas

Os mercados europeus caem forte hoje, com as ações do setor bancário em território profundamente negativo após as consequências globais do SVB. O Credit Suisse caiu forte após o banco revelar que “fraquezas materiais” foram encontradas em seus relatórios na terça-feira. Credit Suisse, Société Générale e várias ações de bancos italianos foram interrompidas devido às fortes perdas.

  • FTSE 100 (Reino Unido), -2,17%
  • DAX (Alemanha), -2,40%
  • CAC 40 (França), -2,96%
  • FTSE MIB (Itália), -3,29% 
  • STOXX 600, -2,32%
update 7h58

Méliuz (CASH3) tem resultados fracos e precisa olhar pra frente, aponta XP

Embora a Méliuz (CASH3) tenha apresentado uma melhora marginal em relação ao trimestre anterior, analistas da XP veem o resultado do 4T22 como negativo, principalmente pela queda a/a das receitas de Shopping Brasil. Do lado de custos e despesas a empresa foi ajudada por itens extraordinários ligados a: (i) a reversão parcial do earn-out a pagar das empresas adquiridas em 2021; ii) atualização da opção de compra do Picodi; e (iii) provisão de perda da Americanas. Segundo os analistas, os investidores devem voltar suas atenções para o que vai ser da empresa após a conclusão da aliança estratégica com o Banco BV, que obteve a aprovação dos acionistas na AGE de 8 de março de 2022. A recomendação é de compra para CASH3.

update 7h57

Índice EWZ recua 1,13% no pré-mercado dos EUA

update 7h54

Pardini (PARD3): resultados levemente acima das expectativas, diz XP

O Pardini (PARD3) reportou resultados ligeiramente positivos no 4T22, com lucro líquido de R$ 42 milhões. A receita aumentou 6,2% a/a com crescimento de ambas as unidades de negócios. Analistas da XP destacam o desempenho positivo da vertical de Lab-to-Lab (L2L), impactada por (i) maiores volumes combinados com (ii) aumentos dos preços. Mais uma vez, a margem Ebitda foi beneficiada pelo aumento de receita, mas os analistas acreditam que os menores volumes de testes de Covid-19 e Toxicologia podem ter compensado parcialmente esse efeito a/a. Como a empresa está em processo de fusão com o Fleury, o resultado pode influenciar pouco na performance do papel. Preço-alvo de R$ 21,0.

update 7h50

Localiza (RENT3): resultado do 4T22 mostra construção de maior competitividade e situação financeira mais saudável, aponta XP

A Localiza (RENT3) apresentou resultado um pouco abaixo do esperado no 4T22, com lucro líquido ajustado de R$ 638 milhões (-5% vs. XP). Do lado positivo analista da XP destacam a forte adição líquida de frota, uma vez que a Localiza negociou melhores descontos e mix com as montadoras; e tarifas de aluguel e performances de margem continuamente fortes. Por outro lado, destaque para resultados de Seminovos abaixo do esperado (margem Ebitda sequencialmente menor e com maior depreciação); e volumes de RaC mais fracos (-12% T/T) devido à venda de remédios da Unidas de ~50k carros. A visão positiva foi reiterada, com recomendação de Compra para a Localiza.

update 7h48

Reservas provadas da PetroRecôncavo (RECV3) atingem 136,6 mi de barris

A PetroRecôncavo divulgou ontem uma nova certificação de reservas e recursos da Companhia e suas subsidiárias Recôncavo E&P, Potiguar E&P e SPE Miranga, elaborada pela consultoria independente Netherland, Sewell & Associates, Inc. – NSAI (NSAI), com data de referência de 31 de dezembro de 2022. As reservas provadas da companhia (1P) atingiram 136,6 milhões barris de óleo equivalente, alta de 10,6% sobre certificação anterior, com valor de US$ 2,224 bilhões. Já as reservas provadas e prováveis (2P) chegaram a 170,8 milhões de barris de óleo equivalente, contra 155,9 milhões de barris da certificação do final de 2021.

update 7h47

Cury (CURY3) tem resultados sólidos conforme esperado, diz XP

A receita líquida da Cury (CURY3) cresceu 18,2% a/a, apesar da desaceleração gradual das vendas líquidas (-15% t/t). Além disso, a margem bruta ficou acima das expectativas (+80bps vs. XPe), atingindo 38,2%. O lucro líquido atingiu R$ 92 milhões (-12% a/a e +2% t/t), levando o ROE a níveis expressivos de 49,1%. Assim, a XP manteve a preferência por CURY3 com preço-alvo de R$ 17,00/ação.

update 7h44

Enjoei (ENJU3) tem resultados melhores no 4T22, apontam analistas da XP

O Enjoei reportou resultados ligeiramente melhores no 4T22, com destaque para as melhores dinâmicas de Ebitda. Embora o GMV total tenha caído 4% a/a (-4% em relação às expectativas da XP), a Copa do Mundo e as eleições foram obstáculos para a demanda/tráfego no trimestre. Apesar da queda do GMV, as vendas líquidas aumentaram 16% a/a, apoiadas por take-rate maior, de 16,1% (+1,2 p.p T/T e +3 p.p A/A). A rentabilidade foi o destaque desse resultado, com a margem bruta aumentando 10,9 p.p. A/A, enquanto o lucro bruto foi mais do que suficiente (em 110%) para cobrir as despesas SG&A (excluindo marketing), mantendo o foco na redução dos custos de logística e incentivos.

update 7h41

EUA: probabilidade de alta de juros em 0,25 p.p. predomina para a próxima reunião, com 79,7%

Segundo projeções do FedWatch, do CME Group, os juros que hoje estão na faixa de 4,50-4,75% devem chegar a 4,75-5,00% na reunião a ser realizada em 22 de março pelo Fed, ou seja, uma alta de 0,25 p.p. As chances de haver uma elevação de 0,50 p.p, para 5,00%-5,25%, deixaram de existir. Os outros 20,3% do mercado apostam em uma manutenção na faixa dos 4,50-4,75%. Para a reunião de 3 de maio, a perspectiva predominante (63,7%) é de que a taxa de juros chegue a 5,00%-5,25%. Uma alta menor, de 0,25 p.p, é aposta de 32,3% do mercado. A manutenção da taxa em 4,50%-4,75% agora é vista por 4,1% do mercado.

update 7h36

Petrobras (PETR4) tem recursos negados no Carf e débito de R$ 18 bilhões vira definitivo

A decisão ocorreu na Terceira Turma da Câmara Superior de Recursos Fiscais.

update 7h33

Localiza (RENT3) tem lucro líquido ajustado de R$ 637,7 milhões no 4º trimestre de 2022, queda de 12,5%

Já a receita líquida consolidada no período cresceu 40,3% na comparação anual, para R$ 5,885 bilhões.

update 7h30

Mercadante defende dobrar desembolsos do BNDES e diversificar taxas adotadas pelo banco

O presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, afirmou ontem à noite que a intenção é dobrar o volume de desembolsos do banco até 2026 e negociar com o governo a adoção de outras taxas além da TLP (Taxa de Longo Prazo) nos empréstimos da instituição, adotando custos reduzidos para determinados setores. A meta do banco é chegar a 2% do PIB em desembolsos até 2026, contra patamar atual de 1%, disse Nelson Barbosa, diretor do BNDES. Os dois executivos também defenderam uma redução dos dividendos pagos pelo banco ao Tesouro. Segundo Barbosa, a ideia é que o BNDES volte a repassar cerca de 25% de seus dividendos à União, e não 60%, como vinha acontecendo. Em entrevista coletiva para comentar o balanço do BNDES referente ao quarto trimestre de 2022, Mercadante frisou que não é papel de bancos de desenvolvimento financiar o Tesouro e sim financiar investimentos, emprego e renda. (Reuters)

update 7h26

EUA: rendimentos dos Treasuries caem à medida que os investidores avaliam a inflação e as perspectivas da política de taxas de juros

  • Treasuries: T-note de 10 anos a 3,560% (-0,076)
  • Treasuries: T-note de 2 anos a 4,150% (-0,075)
update 7h25

Índice DXY sobe 0,46%, aos 104,07 pontos

update 7h22

Hermes Pardini (PARD3) tem alta de 3,2% no lucro no 4º trimestre de 2022, a R$ 41,6 milhões

Receita bruta consolidada somou R$ 546,7 milhões no 4T22, crescimento de 5,6% na comparação com igual etapa de 2021.

update 7h20

WEG (WEGE3) aprova pagamento de JCP no valor de R$ 223,4 milhões

Montante correspondente a R$ 0,053235294 por ação e será pago no dia 16 de agosto de 2023.

update 7h18

Enjoei (ENJU3) tem prejuízo de R$ 7,1 mi no quarto trimestre de 2022, baixa anual de 79%

A receita líquida somou R$ 34,2 milhões no quarto trimestre deste ano, crescimento de 15,8% na comparação com igual etapa de 2021.

update 7h16

Méliuz (CASH3) reduz prejuízo consolidado em 82% no quarto trimestre de 2022, para R$ 5,4 milhões

Lucro líquido excluindo Bankly (em processo de venda para o BV), foi de R$ 2,8 milhões, contra o prejuízo de R$ 29,7 milhões de um ano antes.

update 7h14

CVC (CVCB3) reduz prejuízo em 33,6% no quarto trimestre de 2022, para R$ 96,8 milhões

A receita líquida somou R$ 321,4 milhões no quarto trimestre deste ano, crescimento de 2,4% na comparação com igual etapa de 2021.

update 7h12

Cury (CURY3) lucra R$ 97,8 mi no quarto trimestre de 2022, queda de 12,8% na base anual

As vendas líquidas somaram R$ 753,1 milhões, 23,2% superior ao 4T21, atingindo VSO de 41,0%.

update 7h11

Stone (STOC31) reverte prejuízo e tem lucro ajustado R$ 234,8 mi no quarto trimestre de 2022

Receita líquida somou R$ 2,706 bilhões no quarto trimestre deste ano, crescimento de 44,5% na comparação com igual etapa de 2021.

update 7h10

Ibovespa caiu ontem 0,18%, com cautela com emergentes e mercado de olho em nova regra fiscal; dólar caiu 0,22%, a R$ 5,25

De acordo com especialistas, a palavra dominante no cenário interno, por enquanto, é “cautela”, enquanto lá fora as notícias recentes despertaram algum otimismo.

update 7h07

Agenda dos EUA hoje tem PPI e dados de varejo

A agenda desta quarta-feira tem como destaque os dados do varejo americano referentes a fevereiro, às 9h30. O consenso Refinitiv prevê uma retração de 0,3% em relação a janeiro. No mesmo horário sai o Índice de manufatura Empire State e o Índice de preços ao produtor. O Índice do mercado imobiliário residencial NAHB será divulgado às 11h. E às 11h30 saem dados de Estoques de petróleo EIA semanal.

update 7h06

Barris de petróleo avançam, recuperando perdas

Os preços do petróleo operam com alta, apagando parte das perdas da véspera, já que uma perspectiva mais forte da Opep sobre a demanda da China ajudou a compensar o pessimismo dos investidores após as recentes falências de bancos nos Estados Unidos. As cotações do minério de ferro na China fecharam estáveis, com investidores repercutindo dados mistos da atividade econômica do país.

  • Petróleo WTI, +0,66%, a US$ 71,80 o barril
  • Petróleo Brent, +0,67%, a US$ 77,97 o barril
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian fechou estável, a 926,50 iuanes, o equivalente a US$ 134,32 
update 7h04

Bolsas da Europa caem mais de 1% em meio a temores sobre crise bancária

Os mercados europeus operam em baixa generalizada, com as ações do setor bancário ainda em território negativo após as consequências globais do Banco do Vale do Silício. As ações da BMW são destaque positivo na sessão de hoje, após a montadora elevar a previsão de margem Ebit, esperando entregas mais altas à medida que aumenta o lançamento elétrico. A BMW está realizando um massivo lançamento de veículos elétricos a bateria e prevê que atingirá mais de 50% de participação nesse segmento bem antes de 2030. A participação da empresa está programada para atingir 15% em 2023. O Reino Unido está se preparando para o Orçamento de Primavera do chanceler Jeremy Hunt hoje, no qual ele deve anunciar as principais reformas de pensões e creches, enquanto o país continua lutando contra a crise do custo de vida.

  • FTSE 100 (Reino Unido), -1,32%
  • DAX (Alemanha), -1,24%
  • CAC 40 (França), -1,72%
  • FTSE MIB (Itália), -1,92% 
  • STOXX 600, -1,26%
update 7h02

EUA: índices futuros recuam em meio à repercussões da crise do SVB

Os índices futuros dos EUA operam com baixa nesta manhã de quarta-feira, depois que as ações dos bancos subiram na sessão passada, e os investidores afastaram os temores de que a recente turbulência bancária se espalharia para o setor como um todo. O setor financeiro teve alta de 2,2%, graças ao retorno das ações do setor bancário, com os investidores apostando na resiliência do setor, apesar da falência do Silicon Valley Bank e do Signature Bank.

  • Dow Jones Futuro (EUA), -0,70%
  • S&P 500 Futuro (EUA), -0,69%
  • Nasdaq Futuro (EUA), -0,63% 
update 7h01

Mercados da Ásia fecham em alta, com recuperação das bolsas de NY do dia anterior

Os mercados asiáticos fecharam com alta, acompanhando a recuperação dos mercados em Wall Street na sessão passada, com as expectativas de que os riscos de contágio da quebra do Silicon Valley Bank estão sendo contidas. Na frente econômica, a produção industrial da China aumentou 2,4% no período de janeiro a fevereiro, mostraram dados oficiais. Já as vendas no varejo subiram 3,55% no mesmo período, em linha com as expectativas. O investimento em ativos fixos da China nos primeiros dois meses do ano registrou alta de 5,5%, acima das expectativas de economistas consultados pela Reuters, que previam crescimento de 4,4%.

  • Shanghai SE (China), +0,55%
  • Nikkei (Japão), +0,03%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), +1,52%
  • Kospi (Coreia do Sul), +1,31% 
  • ASX 200 (Austrália), +0,86%
update 7h00

Abertura de mercados

Em dia de agenda global cheia, os mercados asiáticos fecharam com alta, enquanto índices futuros dos Estados Unidos e bolsas da Europa operam com baixa, com investidores monitorando a crise dos bancos nos EUA, que pode fazer o Fed pausar o ciclo de alta das taxas de juros. Na véspera, comentários e notícias afastaram os temores de que a recente turbulência com falência do SVB se espalharia para o setor como um todo, elevando as esperanças dos investidores de que o tumulto provavelmente passará. Em indicadores, após o índice de preços ao consumidor (CPI) nos EUA de fevereiro dentro do esperado, investidores obterão mais informações sobre a saúde da economia americana por meio das vendas no varejo e dos dados do índice de preços ao produtor. Na China, os dados atividade econômica vieram mistos, com as vendas no varejo subindo dentro do previsto, enquanto a produção industrial veio um pouco abaixo do que o esperado. Enquanto isso, a agenda econômica está esvaziada e as atenções segue voltadas para divulgação da nova âncora fiscal. Já temporada de balanços conta com a divulgação de resultados de Lojas Marisa, Taesa, YDUQS, entre outros nomes.

Acompanhe diariamente a cobertura sobre bolsa, dólar e juros a partir das 7 horas.

Sugestões, dúvidas e críticas entre em contato com o editor de Mercados Ao Vivo do InfoMoney: rodrigo.petry@infomoney.com.br.

InfoTrade: notícias, análises, vídeos, podcasts e guias no novo canal do InfoMoney sobre Mercados.

Compartilhe