Em negocios / noticias-corporativas

Mercado brasileiro de audiovisual ganha novos cursos criados por Escola Britânica de Artes Criativas

No dia 11 de julho, quinta-feira, a instituição de ensino recebe líderes do setor para celebração da nova vertente de programas de Audiovisual e Computação Gráfica

No dia 11 de julho, quinta-feira, a partir das 19h, a Escola Britânica de Artes Criativas (EBAC) promove evento de lançamento da nova vertente de cursos em Audiovisual e Computação Gráfica com a presença de importantes nomes da indústria. Ao todo, são 14 novos programas, com início das atividades em agosto e setembro, entre graduação e especialização em animação, efeitos visuais, cinema digital, produção, edição, roteiro, entre outros, desenvolvidos por meio de pesquisa e com apoio de grandes empresas e representantes do setor, como a Fox, O2 Filmes, Prodigo Filmes, Vetor Zero, Los Bragas, Boutique Filmes, DOT Cine, Café Royal, The Foundry e SideFX. Entre os lançamentos estão programas, como o Digital Imaging Technology (DIT), Cinematografia para Filmes e Séries, Roteiro para Filmes e Séries, e muitos mais.

No dia do evento, a EBAC promove um bate-papo com alguns importantes nomes da indústria para falar sobre como a educação pode colaborar com o futuro do setor audiovisual no Brasil. Participam da mesa: Christiano Braga, coordenador da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Rita Moraes, fundadora da produtora Los Bragas, Francisco Neto, fundador e supervisor de pós-produção da DOT Cine, Zico Góes, vice-presidente de produções originais da FOX e Marianna Souza, presidente executiva da Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais (APRO), com mediação de Malu Andrade, diretora de desenvolvimento e políticas audiovisuais na Spcine.

A frente desse projeto está o britânico Kevin Fenemore, coordenador dos cursos de Audiovisual e Computação Gráfica da EBAC. Com extensa trajetória internacional acadêmica e profissional, Fenemore destaca que a educação de qualidade é fundamental para desenvolver a indústria criativa no mundo. Para elaboração dos cursos, ele aliou sua experiência acadêmica dedicada por mais de 10 anos à educação britânica, referência global em ensino de qualidade, aos feedbacks mundiais e nacionais da indústria, além do contato com os principais fornecedores de softwares e hardwares, como The Foundry (Nuke, Katana, Mari), SideFX, Houdini, Autodesk, Adobe, Arri, Blackmagic, Cannon e RED, mapeando um conjunto de habilidades ainda ausentes na educação brasileira, propondo uma nova metodologia de ensino baseada nas demandas reais da indústria.

É diante de um cenário promissor e em constante crescimento que a EBAC investe nessa nova vertente e expande sua atuação, lançando cursos em Audiovisual e Computação Gráfica. Os programas contarão com um time de professores formado por importantes nomes do mercado, como Marcelo Trotta, presidente da Associação Brasileira de Cinematografia (ABC) e coordenador do curso de Cinematografia para Filmes e Séries da EBAC e Ariel Wollinger, supervisor de pós-produção na O2 Filmes e coordenador do curso de Digital Imaging Technology (DIT) da EBAC, entre outros. A partir de agosto e setembro, a instituição recebe essas novas turmas de criativos que serão parte da engrenagem responsável por alavancar a indústria criativa brasileira.

Para Rafael Steinhauser, presidente do conselho consultivo da EBAC, a indústria audiovisual brasileira representa 0,5% do PIB nacional e está adquirindo reconhecimento internacional. “A capacitação técnica, artística e de gestão são fundamentais para promover o crescimento sustentável do setor audiovisual no Brasil, o que garante sua competitividade global. Essas demandas requerem instituições de ensino de nível internacional, como a EBAC, que não só conta com profissionais e programas de alto nível, como também possui infraestrutura, ferramentas de captação e processamento de imagem e computação gráfica que a digitalização da indústria local e global requerem."

Sempre atenta às demandas do país, a instituição de ensino expande sua atuação e lança uma nova vertente de cursos em Audiovisual e Computação Gráfica. A EBAC foi fundada em 2016 com a missão de fomentar a economia criativa na América Latina com programas de ensino de nível internacional aliado ao uso de tecnologias de última geração e network com líderes da indústria, capacitando o aluno para a carreira profissional. 

Sobre o mercado Audiovisual no Brasil:

O setor audiovisual no Brasil emprega hoje mais de 300 mil pessoas, com faturamento anual em torno de R$ 45 bilhões, o que corresponde a 0,46% do PIB nacional. É uma das atividades que mais cresce no país, com taxa média de 8,8% ao ano. No universo de filmes, animações e séries nacionais, o país vem ganhando notoriedade internacional com suas produções, atraindo grandes investimentos e sendo reconhecido em premiações importantes. Em 2018, o Brasil foi homenageado pelo festival francês Annecy, considerado o Cannes da animação mundial, garantindo dois prêmios: melhor curta-metragem na categoria Off Limits com “Garoto Transcodificado a partir de Fosfeno”, e na categoria de filmes produzidos pela TV o grande vencedor foi “Leica - Everthing in Black and White”. Nesse ano, em Cannes, os brasileiros garantiram duas premiações: “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho, que levou o Prêmio do Júri - o primeiro brasileiro a ganhar nessa categoria, e "A vida invisível de Eurídice Gusmão", dirigido por Karim Aïnouz, que venceu a mostra paralela Um Certo Olhar.

Um acontecimento recente, mas que traduz um novo modelo de consumo de produtos audiovisual no Brasil são as séries em streaming. Grandes companhias, como a Netflix estão apostando no potencial do mercado nacional. Em 2018, de acordo com a revista britânica “The Economist”, a Netflix investiu cerca de U$ 13 bilhões em programas originais. A Globo, por sua vez, além de disponibilizar todo o conteúdo de sua programação no seu canal online Globoplay, pretende ir além com produção de filmes e séries nacionais e internacionais e se tornar uma das principais transmissoras de streaming de vídeo do país.

Serviço:

Lançamentos da vertente de cursos em Audiovisual e Computação Gráfica da EBAC e mesa de debate sobre como a educação pode colaborar com o futuro do mercado audiovisual no Brasil

Data: 11 de julho, quinta-feira

Horário: 19h

Endereço: Rua Mourato Coelho, 1404 – Vila Madalena Site: www.ebac.art.br

 

Website: https://ebac.art.br/

 

Tudo sobre: 

Contato