STOCK PICKERS NO AR Halving: o Bitcoin vai explodir ou implodir? Entenda o que realmente deve acontecer

Halving: o Bitcoin vai explodir ou implodir? Entenda o que realmente deve acontecer

Tempo Real

CVC (CVCB3) e Inter (BIDI11) lideraram perdas do Ibovespa; Eletrobras (ELET3;ELET6) fechou com maior alta

Confira o que movimenta os mercados

Por  Equipe InfoMoney -

18h19 – Encerramos nossas transmissões. Confira os destaques do Ibovespa hoje.



17h45 – CFO da BRF (BRFS3) sai da companhia e vai para Raízen (RAIZ4); vice da operação brasileira também deixa empresa

Segundo o Itaú BBA, a notícia é ligeiramente negativa para a BRF, para quem os analistas da casa possuem recomendação marketperform (desempenho em linha com a média do mercado) e preço-alvo de R$ 24, ou potencial de valorização de 35% frente o fechamento desta quarta-feira.

O BBA aponta que Moura é muito conceituado pelo mercado, lembrando que, após ingressar na empresa, em setembro de 2019, ele foi visto como tendo um papel fundamental na recente reestruturação financeira e na melhoria da estrutura de capital da empresa. A saída de Manzaro também parece negativa, visto que ele ingressou na BRF em 2005 e tem mais de 14 anos de experiência nos negócios domésticos da empresa.



17h42 – União Brasil, MDB, PSDB e Cidadania se reúnem em Brasília e tentam compor um candidato único para concorrer à Presidência da República

Segundo nota enviada à imprensa, na próxima quinta-feira (14), o União Brasil confirmará o nome do partido para apreciação das outras legendas. O candidato de consenso será anunciado apenas no dia 18 de maio.

Entretanto, para a XP, “embora seja uma decisão política importante, fica claro em pesquisas a falta votos para essa união ser competitiva”.



17h40 – CVC (CVCB3) e Inter (BIDI11) lideraram perdas do Ibovespa; Eletrobras (ELET3;ELET6) fechou com maior alta

As blue chips ajudaram a amortecer a queda do Ibovespa nesta quarta-feira. Destaque para os papéis da Vale (VALE3), que fecharam em alta de 1,51%, a R$ 96,55. A J&F, dona da JBS (JBSS3), comprou minas de manganês e de ferro da mineradora. Segundo o jornal Valor Econômico, a compra de ativos foi concentrada no estado de Mato Grosso do Sul e movimentou mais de R$ 1 bilhão.

Os papéis da Petrobras descolaram dos preços do petróleo no mercado internacional hoje. A ação PETR3 fechou em alta de 0,32%, a R$ 34,94, enquanto PETR4 encerrou o pregão com uma ligeira queda de 0,093%. PetroRio (PRIO3), por sua vez, fechou em baixa de 2,08%, a R$ 23,55, enquanto 3R Petroleum (RRRP3) subiu 1,54%, a R$ 44,07. Ontem, a empresa recebeu certificação de reservas do Polo Potiguar. O Bradesco BBI destacou que, com a certificação, a 3R agora possui as maiores reservas entre as empresas listadas na América Latina.

Os papéis de empresas do setor de consumo, tecnologia e varejo sofreram novamente na sessão de hoje, com sinais mais agressivos do Fed e alta da curva de juros Brasil. As ações da CVC (CVCB3) e Inter (BIDI11) lideraram as perdas do Ibovespa, recuando, respectivamente, 8,97% e 8,70%, seguidas pela Méliuz (CASH3), que recuaram 8,33%.

Os destaques positivos ficaram com as ações da Eletrobras (ELET3;ELET6), que subiram, respectivamente, 3,76% e 2,93%, seguidas pela Suzano (SUZB3), com ganho de 2,16%.

As ações da elétrica subiram nesta quarta-feira, após notícias de que a área técnica do Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que seja reajustado o preço mínimo que o governo pretende pedir por ação na privatização da companhia. Suzano, cujas receitas, em boa parte, vêm do exterior, subiu em um dia de valorização para o dólar.

Confira as maiores altas e baixas do Ibovespa hoje:

Maiores altas

Ativo Variação % Valor (R$)
ELET3 3.75 39.5
ELET6 2.92 38.7
SUZB3 2.15 55.34
BEEF3 1.72 13.59
RRRP3 1.54 44.07

Maiores baixas

Ativo Variação % Valor (R$)
CVCB3 -8.96 15.73
BIDI11 -8.69 18.9
CASH3 -8.33 2.42
LWSA3 -8.02 9.05
NTCO3 -7.25 25.84


17h13 – Ibovespa fecha em queda de 0,55%, aos 118.227 pontos



17h02 – Dólar fecha em alta de 1,19%, a R$ 4,714 na compra e R$ 4,715 na venda



17h02 – Bolsas em Nova York fecham em baixa com sinalização mais hawkish do Fed e prolongamento da guerra na Ucrânia

  • Dow Jones recuou 0,42%, aos 34.497 pontos
  • S&P 500 caiu 0,97%, aos 4.481 pontos
  • Nasdaq teve baixa de 2,22%, aos 13.888 pontos


17h – Morgan Stanley enxerga “algumas surpresas” na ata do Fomc; projeção segue sendo de novo aumento de 50 pontos-base em maio

Entre as surpresas, o plano para o escoamento do balanço patrimonial com limites de reinvestimento agregados fixados em um ritmo de US$ 95 bilhões por mês, acima dos US$ 80 bilhões esperados por mês, embora sem compromisso sobre o início do processo. O MS espera o começo em maio.

As discussões sobre taxas de juros foram “duras”, com muitos participantes defendendo um aumento de 50pb, mas revertendo ficando com aumento de 25pb à luz da incerteza decorrente da situação geopolítica. Ainda assim, muitos participantes acharam que um ou mais aumentos de 50pb seriam apropriados nos próximos meses.

Os analistas do Morgan continuam a ver o FOMC elevando as taxas em 50pb nas reuniões de maio e junho deste ano, e em 25pb em cada reunião subsequente para o balanço do ano.



16h55 – Ibovespa recua 0,71%, aos 118.039 pontos, no fechamento preliminar



16h50 – Bélgica bloqueia transações de mais de 196 bilhões de euros da Rússia

De acordo com o Financial Times, citando o Ministério das Finanças belgo, o valor excepcionalmente alto para um país relativamente pequeno deve-se ao fato de a Bélgica ser um país baseado em empresas de compensação como a Euroclear, especializada na liquidação de títulos.

O Swift, um sistema internacional de mensagens bancárias que rompeu laços com sete bancos russos sob sanções, também está sediado na Bélgica.

Além das transações bloqueadas, a Bélgica congelou 2,7 bilhões de euros em ativos pertencentes a pessoas físicas e jurídicas sob sanções do ocidente. A alfândega belga também bloqueou 1 mil veículos de luxo de fora da UE que passavam por portos belgas a caminho da Rússia.



16h45 – Preços do petróleo fecham em baixa com liberação de reservas da matéria-prima pelos EUA

  • WTI (maio): -4,78% (US$ 97,09)
  • Brent (junho): -4,73% (US$ 101,98)


16h42 – Lula tem 41,5% e Jair Bolsonaro 35,3% em levantamento estimulado do Paraná Pesquisas para corrida ao Planalto

Ciro Gomes aparece com 5,8% e João Doria com 3,1%, no cenário sem Sergio Moro. Não sabem/não responderam atingiram 4,3% e nenhum/branco/nulo somaram 8,8%.

Na espontânea, Lula tem 26,8% das intenções e Bolsonaro 23%, enquanto Ciro Gomes aparece com 1,6%, Sérgio Moro com 1,3% e João Doria com 0,4%.

Outros 36,4% informaram que não sabem/não responderam e 9,7% não votariam em ninguém/branco/nulo.

Pesquisa foi realizada entre os dias 31 de março e 5 de abril, com grau de confiança de 95,0%.



16h38 – Rio Bravo: Ata da reunião reforça tom “hawkish” do Fed, reforçando possibilidade de alta dos juros em 0,5 ponto

“Os mercados já consideravam essa possibilidade, mas a comunicação a reforçou”, aponta Luca Mercadante, economista da Rio Bravo.

“A reação dos mercados reflete esse tom mais duro com a inflação do Banco Central americano, com as bolsas caindo e juros abrindo logo após a divulgação”, complementa.

Mercadante também ressalta que o Fed detalhou a velocidade de redução do balanço de ativos, que ocorrerá a um ritmo mais rápido do que a redução anterior. A velocidade máxima de diminuição do balanço deve ser US$ 95 bilhões por mês, a ser atingido em 3 meses, com início do processo possivelmente após a próxima reunião em maio. Apesar do detalhamento, os mercados já precificavam essa movimentação.



16h36 – Membros da UE não aprovaram quinto pacote de sanções contra a Rússia, diz site

O portal de notícias econômicas Pravda diz que as discussões continuarão na quinta-feira, já que não houve acordo sobre o banimento total da importação de carvão russo, e sobre a proibição de navios russos atracarem em portos da União Europeia.

Segundo os diplomatas, a Comissão Europeia deve indicar se a proibição se aplica aos contratos de carvão existentes ou apenas aos novos. Alguns países, liderados pela Alemanha, queriam definir mais claramente as condições sob as quais a UE deveria se cortar para sempre do fornecimento de carvão russo.

A Comissão Europeia já havia proposto um prazo de três meses para rescindir os contratos existentes, mas diplomatas a instruíram a adicionar detalhes adicionais à nova proposta, que devem ser discutidas amanhã.



16h30 – EUA incluem filhas do presidente russo Vladimir Putin em novas sanções



16h22 – Janet Yellen disse que banir totalmente petróleo russo poderia fazer os preços “subirem como um foguete”

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, não concordou com a abordagem pedida por alguns aliados de banir totalmente o petróleo russo.

Segundo a Reuters, em vez disso, Yellen espera que as empresas petrolíferas nos EUA e em outros lugares possam aumentar a produção nos próximos seis meses, especialmente atraídas por preços mais altos, de modo a permitir o banimento total.



16h17 – Reservas internacionais ucraniana subiram para US$ 28,1 bilhões em março, apesar da guerra

Segundo o Banco Nacional da Ucrânia (NBU), em 1º de abril, dados preliminares mostram que as reservas internacionais da Ucrânia totalizavam US$ 28.107,5 milhões.

“O crescimento de 2% veio principalmente devido ao recebimento de financiamentos de parceiros internacionais, que compensaram a venda de moeda pelo NBU e os pagamentos do serviço da dívida pública”, informou a instituição.

Contam também as operações do NBU no mercado cambial interbancário e a reavaliação de instrumentos financeiros, devido a mudanças no valor de mercado e taxas de câmbio.



16h07 – Bolsonaro quer definir logo comando da Petrobras (PETR4); dois nomes ganham força



16h05 – Ata do Fomc confirma expectativa de Fed mais agressivo ao longo do ano, dizem analistas

Para Thomas Giuberti, economista e sócio da Golden Investimentos, a minuta da última reunião de março reforça ainda mais a percepção de que os juros nos Estados Unidos devem subir em 0,5 ponto percentual na próxima reunião de política monetária. “A inflação está muito alta e bem difusa, a guerra na Ucrânia intensificou ainda mais a falta de produtos”, afirma Giuberti.

O economista destaca também a sinalização de redução do balanço de ativos, que está “muito inchado”, fazendo com que o Fed “antecipe movimentos”.

Gustavo Cruz, estrategista da RB Investimentos, também acredita que é mais provável que o Fed seja mais agressivo na próxima reunião. “Se nos Estados Unidos estão apertando condições monetárias mais rápido, o mundo inteiro acaba pressionado indiretamente. Vamos ter o ativo mais seguro do mundo pagando juros mais altos e as Bolsas recuam com isso”, afirma Cruz.



15h57 – Ibovespa desacelera perdas e passa a recuar 0,58%, aos 118.199 pontos



15h45 – 5 pontos importantes da ata do Fomc sobre a reunião de março

1. EMPREGO: Os indicadores de atividade econômica e emprego continuaram a se fortalecer. Os ganhos de emprego foram fortes nos últimos meses, e a taxa de desemprego diminuiu substancialmente. A inflação permanece elevada, refletindo desequilíbrios de oferta e demanda relacionados à pandemia, preços mais altos de energia e pressões mais amplas sobre os preços.

2. GUERRA: A invasão da Ucrânia pela Rússia está causando enormes dificuldades humanas e econômicas. As implicações para a economia dos EUA são altamente incertas, mas no curto prazo a invasão e os eventos relacionados provavelmente criarão uma pressão ascendente adicional sobre a inflação e pesarão sobre a atividade econômica.

3. INFLAÇÃO: O Comitê busca alcançar o máximo de emprego e inflação à taxa de 2% no longo prazo. Com o adequado fortalecimento da política monetária, o Comitê espera que a inflação volte ao seu objetivo de 2% e o mercado de trabalho continue forte. Em apoio a essas metas, o Comitê decidiu aumentar a faixa-alvo para a taxa dos fundos federais para ¼ a ½ por cento e prevê que os aumentos contínuos na faixa-alvo serão apropriados.

4. BALANÇO: O Comitê espera começar a reduzir suas participações em títulos do Tesouro e dívida de agências e títulos lastreados em hipotecas de agências em uma próxima reunião.

5. POLÍTICA MAIS RESTRITIVA: Ao avaliar a postura adequada da política monetária, o Comitê continuará monitorando as implicações das informações recebidas para as perspectivas econômicas. O Comitê estaria preparado para ajustar a postura da política monetária conforme apropriado se surgirem riscos que possam impedir o alcance das metas do Comitê. As avaliações do Comitê levarão em consideração uma ampla gama de informações, incluindo leituras sobre saúde pública, condições do mercado de trabalho, pressões inflacionárias e expectativas de inflação e desenvolvimentos financeiros e internacionais.



15h36 – Títulos do governo norte-americano incrementam alta após ata do Fomc

Os títulos do governo norte-americano de 10 anos passam a subir 2,62% (contra 2,59% pré-ata) ou mais 0,064 pontos (contra 0,036 pontos).

Os títulos de 2 anos sobem 0,018 pontos.

Os de 7 anos sobem 0,045 pontos (contra 0,015) e os de 5 anos avançam 0,024 pontos (contra queda de 0,008).



15h33 – Preços do petróleo aceleram perdas após ata do Fomc

O WTI com entrega para maio passou a cair 5,59% (contra menos 3,69% pré-ata), para US$ 96,36. Já o Brent com entrega para junho passou a perder 5,16% (contra menos 3,37% pré-ata), para US$ 101,14.



15h24 – Ata do Fomc: Implicações da guerra na Ucrânia são “altamente incertas” e podem contribuir com postura mais rígida do Fed

Os participantes julgaram que, no curto prazo, a invasão e os eventos relacionados provavelmente criariam uma pressão ascendente adicional sobre a inflação e pesariam na atividade econômica.

“Muitos participantes observaram que – com a inflação bem acima do objetivo do Comitê, riscos inflacionários para cima e a taxa dos fundos federais bem abaixo das estimativas dos participantes de seu nível de longo prazo – eles teriam preferido um aumento de 50 pontos base no intervalo da meta”, afirmou a ata.

“Todos os participantes indicaram seu forte compromisso e determinação em tomar as medidas necessárias para restaurar a estabilidade de preços. Foi totalmente justificado”, seguiu. “Os participantes julgaram que seria apropriado mudar rapidamente a postura da política monetária para uma postura neutra. Eles também observaram que, dependendo dos desenvolvimentos econômicos e financeiros, uma mudança para uma postura mais rígida poderia ser justificada”.



15h20 – Juros futuros médios e longos ampliam alta: DIF23, +0,03 pp, a 12,75%; DIF25, +0,15 pp, a 11,47%; DIF27, +0,18 pp, a 11,25%; DIF29, +0,19 pp, a 11,34%; DIF31, +0,18 pp, a 11,42%



15h17 – Dólar comercial amplia valorização: +1,05%, cotado a R$ 4,070 (compra) e R$ 4,708 (venda); dólar futuro sobe 1,27%, a R$ 4,745



15h14 – Fed “concorda” em redução gradual do balanço da instituição em US$ 95 bi, aponta ata do Fomc



15h13 – Índices em Nova York ampliam perdas após ata do Fomc

O Dow Jones recua 0,82%, enquanto o S&P 500 cai 1,36% e o Nasdaq opera em baixa de 2,51%.



15h11 – Ibovespa amplia queda: -1,24%, aos 117.409 ponto



15h09 – Ata do FOMC: participantes apresentam opções para um ritmo mais rápido de escoamento do balanço

Os participantes concordaram que a inflação elevada e as condições apertadas do mercado de trabalho justificavam o início do segundo turno de discussões em uma próxima reunião, com um ritmo mais rápido de declínio nas posses de títulos do que no período 2017-19.

As detenções de títulos do Federal Reserve devem ser reduzidas ao longo do tempo de maneira previsível, principalmente ajustando os valores reinvestidos.



15h09 – Ata do Fomc: Decisão não foi tomada formalmente, mas houve “progressos substanciais” e redução do balanço patrimonial poderá começar após reunião de maio



15h07 – Ata do Fomc: Reduções seriam graduais, em um período de três meses ou “um pouco mais”



15h06 – Ata do Fomc: Federal Reserve concorda que deverá reduzir US$ 60 bilhões por mês das contas do Tesouro e US$ 35 bilhões em títulos hipotecários



15h03 – Ata do Fomc: Participantes do comitê concordam que condições econômicas exigem início de redução de balanço na próxima reunião



14h50 – Juros futuros avançam no Brasil: DIF23, +0,03 pp, a 12,75%; DIF25, +0,12 pp, a 11,44%; DIF27, +0,16 pp, a 11,22%; DIF29, +0,17 pp, a 11,33%; DIF31, +0,17 pp, a 11,41%.



14h48 – Índices em Nova York caem antes da ata do Fomc

O Dow Jones recua 0,38%, enquanto o S&P 500 cai 0,92% e o Nasdaq desce 2,01%.

O petróleo também recua no mercado internacional. O WTI com entrega para maio cai 3,69%, para US$ 98,18. Já o Brent com entrega para junho desce 3,37%, para US$ 103,08.

Os títulos do governo norte-americano de 10 anos sobem 2,59% ou mais 0,036 pontos. Os de 7 anos sobem 0,015 pontos e os de 5 anos recuam 0,008 pontos.



14h47 – Dólar valoriza-se 0,97%, cotado a R$ 4,703 na compra e a R$ 4,704 na venda 



14h45 – Ibovespa recua 0,60% a 15 minutos do Fomc, aos 118.169 pontos



14h41 – Digital segura alunos, mas empresas de educação têm dificuldade em aumentar mensalidades



14h26 – Inflação alta nos EUA não deve ser solucionada rapidamente, diz dirigente do Fed

O presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) na Filadélfia, Patrick Harker, afirmou hoje que não acredita que o problema da inflação nos Estados Unidos alta será solucionado rapidamente.

Em evento organizado pela Câmara de Comércio de Delaware, o dirigente explicou que deve demorar algum tempo até que os gargalos na cadeia produtiva sejam resolvidos.

Na visão dele, a elevação dos preços de energia também deve persistir indefinidamente. (Estadão Conteúdo)



14h22 – Infracommerce (IFCM3) desaba 10,30% e lidera baixas entre as Small Caps

Entre as principais baixas aparecem também CVC (CVCB3), com menos 9,09%; Méliuz (CASH3), com menos 7,58%; Sequoia (SEQL3), baixa de 7,53%; e Locaweb (LWSA3), com menos 7,32%.

Entre as maiores altas, estão Brasilagro (AGRO3), que sobe 2,70%; Odontoprev (ODPV3), com mais 1,72%; São Martinho (SMTO3), com mais 1,69%; Cury (CURY3), com mais 1,64%; e VTRM (AURE3), avançando 1,47%.

Índice de Small Caps (SMLL) recua 2,14% no momento; dos 137 componentes, apenas 18 sobem em relação ao dia anterior.



14h19 – PMI global de serviços cai de 54 em fevereiro para 53,4 em março

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços global caiu de 54 em fevereiro a 53,4 em março, segundo leitura conjunta do banco JPMorgan e da S&P Global, divulgada nesta quarta-feira, 6. Já o PMI composto – que inclui serviços e indústria – cedeu de 53,5 a 52,7 no período.

Em comunicado, as instituições explicam que a economia mundial perdeu fôlego no final do primeiro trimestre, em meio à escalada da inflação, aos gargalos na cadeia produtiva e às tensões geopolíticas decorrente da guerra entre Rússia e Ucrânia. (Estadão Conteúdo)



14h04 – Bolsas europeias encerram quarta-feira em forte queda, diante de novas sanções mais duras à Rússia e de indicações de mais aperto pelo Federal Reserve

Ontem, a vice-presidente do Fed, Lael Brainard, disse que o banco central precisará reduzir seu balanço patrimonial rapidamente e continuar a aumentar as taxas de juros em um ritmo constante para conter a inflação crescente. O impacto na Europa veio hoje.

Novas sanções à Rússia e relações diplomáticas cada vez mais ríspidas, confirmadas nesta manhã pela Casa Branca, além do pessimismo da OTAN de que a guerra pode “durar anos” (veja nota das 12h20), pesaram no sentimento.

  • Stoxx 600: -1,53%;
  • DAX (Frankfurt): -1,89%;
  • FTSE 100 (Londres): -0,34%;
  • CAC 40 (Paris): -2,21%;
  • IBEX 35 (Madri): -1,64%;
  • FTSE MIB (Milão): -2,06%;
  • MOEX (Moscou): -1,93%.


13h53 – BofA recomenda compra de Mercado Livre (MELI34)

As taxas de crescimento de 2 anos em GMV e TPV podem se estender por 2022, segundo o Bank of America. É uma notícia “particularmente boa, dada uma série de aumentos de preços efetivos destinados a compensar os custos de financiamento mais altos e a inflação”.

Os preços do início de 2022 incluem novas taxas de atendimento, a eliminação de juros nos saldos das carteiras dos comerciantes, durações seletivamente reduzidas nas listagens de parcelas com juros zero e a introdução cuidadosa de algumas taxas de transação argentinas”, lista a análise.

Além disso, os investimentos do Mercado Livre no Brasil devem aumentar 70% em 2022.

Neste momento, o BDR é negociado com queda de 4,62%.



13h48 – PL de privatização dos Correios sucumbe com eleições e ausência de liderança do governo no Senado



13h37 – Márcio Weber é novo cotado para assumir Petrobras (PETR3; PETR4), diz jornal

Ele é conselheiro da empresa e passaria, neste momento, pelo teste de governança da estatal, segundo o Estadão. Conforme a publicação, o presidente Jair Bolsonaro estaria “irritado” com a situação e acenou que pode acelerar a troca no comando da estatal.

Weber foi membro da Diretoria de Serviços da Petrobras Internacional, a Braspetro, e diretor da Petroserv, encaixando-se no perfil exigido ontem pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), de ao menos ter experiência no setor.

Além disso, Weber já é conselheiro da empresa e passou pela checagem, atendendo às regras de governança. O Estadão destaca ainda que outro nome cogitado, mas para a presidência do conselho é o de Sonia Villalobos.

Assim como Weber, ela já faz parte do conselho, o que facilitaria sua aprovação pelo crivo da governança.



13h36 – Altas nos preços de diesel, gasolina e fertilizantes turbinam inflação no atacado



13h32 – Servidores do Tesouro vão parar no dia 13, diz sindicato; movimento pode atrasar as divulgações e os leilões de títulos públicos

Os servidores do Tesouro Nacional decidiram, em assembleia realizada nesta terça-feira (5), manter a operação-padrão nos próximos dias. Além disso, a categoria fará nova paralisação total das atividades na quarta-feira (13).



13h27 – Hamilton Mourão diz que Caio Paes de Andrade, ventilado para assumir a Petrobras (PETR3; PETR4), “não tem experiência no setor”

Segundo o site Poder 360, o vice-presidente da República alertou que o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Caio Paes de Andrade tem experiência em gestão, mas “não especificamente nessa área”.

“Eu conheço o Caio. Ele tem feito um excelente trabalho nessa parte de desburocratização. Mas vamos ver o que pode progredir disso aí porque, na realidade, ele não tem experiência nessa área de óleo e gás”, disse o general.

“Ele tem uma experiência como gestor, mas não especificamente nessa área”, declarou em conversa com jornalistas nesta manhã”.



HORA DO MERCADO

13h22 – Ibovespa cai 0,70%, a 118.057 pontos, enquanto dólar sobe e ronda os R$ 4,70; petróleo vira para queda

A sessão é de queda para o Ibovespa, apesar de mais amena em relação ao início do dia, enquanto o dólar registra alta e ronda os R$ 4,70, após superar essa barreira mais cedo.

A sessão é de mau humor para os mercados globais, em meio a receios de aperto mais agressivo das condições monetárias nos Estados Unidos e com os investidores à espera da ata da última reunião do Fomc às 15h. Dados fracos da China na esteira de lockdowns no país adicionaram pressão, assim como as expectativas de mais sanções à Rússia, com impacto para a inflação.

Por aqui, a curva de juros está pressionada, acompanhando, em parte, o que é visto lá fora, em meio à alta do rendimento dos Treasuries. O rendimento dos DIs para janeiro de 2023 avança quatro pontos, para 12,76%, e os dos DIs para janeiro de 2025, 17 pontos, para 11,49%. Na ponta longa, as taxas dos DIs para 2027 e 2029 sobem, ambas, 18 pontos, para 11,25% e 11,36%.

A curva de juros derruba as ações de tecnologia e do varejo, mais expostas a ela. O destaque fica com as units do Banco Inter (BIDI11), em baixa de cerca de 8,50%, seguida por Locaweb (LWSA3) e CVC (CVCB3), ambas com queda de cerca de 8%. Méliuz (CASH3), Americanas (AMER3) e Magazine Luiza (MGLU3) também registram forte queda, superior a 4%.

Ajuda a pesar ainda na curva de juros a performance do dólar, que se valoriza frente o real e aumenta as perspectivas de que a inflação acelerará: o contrato futuro da moeda tem alta de 0,76%, a R$ 4,694 na compra e na venda, ainda que desacelerando as altas de mais de 1% registradas mais cedo.

O petróleo, por sua vez, passou a ter queda após subir mais cedo, com o brent para junho em baixa de 2,33%, a US$ 104, 25 o barril. Isso após um aumento surpreendente nos estoques de petróleo dos EUA e após notícias de que grandes nações consumidoras também liberariam petróleo de reservas em conjunto com os Estados Unidos para combater as preocupações com a oferta.

Contudo, ações como da 3R Petroleum (RRRP3) sobem mais de 1%. Já a Vale (VALE3) avança em meio à valorização do minério nesta sessão.





13h09 – China evita novos contratos por petróleo russo, apesar dos grandes descontos

Segundo a Reuters, as refinarias estatais chinesas estão cumprindo os contratos de petróleo russos existentes, mas estão evitando novos, apesar dos descontos, por medo das sanções ocidentais ficarem mais fortes.

As estatais Sinopec, maior refinaria da Ásia, CNOOC, PetroChina e Sinochem não compraram cargas russas de petróleo com entrega em maio, e não querem que seus negócios sejam confundidos com apoio direto à Rússia ou interpretados como posicionamento oficial do governo chinês.

Segundo uma fonte da Reuters, “a ideia e o tom são claros – controle de risco e conformidade são mais importantes que lucro.



12h57 – EUA se recusam a participar de reuniões do G20 que a Rússia também participe

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, deu a informação nesta quarta-feira, segundo a CNN internacional, ao falar no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara. Yellen deixou essa posição clara para outros ministros das Finanças do G20.

“O presidente (dos EUA, Joe) Biden deixou claro, e eu certamente concordo com ele, que não pode ser normal para a Rússia estar em nenhuma das instituições financeiras”, disse Yellen. “Ele pediu que a Rússia fosse removida do G20 e deixei claro para meus colegas na Indonésia que não participaremos de várias reuniões se os russos estiverem lá”.

A Polônia fez um pedido em março para que a Rússia fosse expulsa do G20, e Biden, em visita recente à Europa, concordou com a expulsão, entretanto há a necessidade de um acordo com os outros membros, que não verdade são 19 e incluem o Brasil, a Índia, a China e a Arábia Saudita, que não condenam formalmente as ações russas na Ucrânia.

A próxima cúpula de líderes do G20 está marcada para novembro na Indonésia.



12h49 – Itaú BBA reduz preço-alvo do Burger King (BKBR3) para R$ 10,00 (de R$ 12,00) e mantém classificação outperform

A nova projeção vem, em grande parte, devido à revisão para cima nas estimativas de inflação para o Brasil em 2022, juntamente com um custo de capital assumido mais alto. “Ainda assim, a vantagem de 30% em relação ao nosso preço-alvo revisado merece manter a classificação de outperform [desempenho acima da média do mercado]”, explica o BBA.

Para a análise, a previsão de lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) pré-IFRS 16 para 2022 e 2023 foi reduzida em 7% e 13%, respectivamente, mas há potencial de crescimento do Ebitda no médio prazo a taxas superiores a 20%.

No momento, BKBR3 despenca 5,33%, a R$ 7,28.



12h40 – Credit Suisse não vê ainda risco com a venda de mina em Corumbá para as operações da Hidrovias do Brasil (HBSA3)

A Vale (VALE3) anunciou a venda da mina de Corumbá, entre outros ativos, para a J&F Investimentos.

O Credit Suisse lembra que a Hidrovias do Brasil é quem transporta minério de ferro para a mina e, “a menos que o HBSA autorize, a Vale permanece como garantidora do contrato take or pay, portanto não há alteração imediata no risco de crédito”.

No momento, HBSA3 cai 3,12%, a R$ 3,40.



12h32 – Reino Unido detecta nova variante do coronavírus

A variante XE foi detectada até agora em 637 pacientes, segundo a CNBC, citando a Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido.

O país enfrenta um novo aumento nas hospitalizações por Covid-19 e a XE foi detectada em 637 pacientes, no entanto, sem haver evidências suficientes para tirar conclusões sobre sua transmissibilidade ou gravidade.

A XE é uma mistura da cepa BA.1 omicron, anteriormente altamente infecciosa, que surgiu no final de 2021, e a variante BA.2 mais recente, atualmente a variante dominante do Reino Unido.



12h27 – Todos os índices setoriais operam no vermelho neste momento; exceção é Materiais Básicos (IMAT), que sobe apenas 0,22%

A performance repete a sessão anterior, que também operou em queda, entretanto hoje os índices caem com maior amplitude.

Imobiliário (IMOB) lidera, com menos 2,59%; seguido por Consumo (ICON), com baixa de 2,41%; Energia Elétrica (IEE), com menos 1,16%; Utilidade Pública (UTIL), caindo 1,14%; Industrial (INDX), com baixa de 0,89%; e Financeiro (IFNC), com menos 0,75%.



12h20 – Guerra na Ucrânia pode “demorar anos”, diz Secretário-geral da OTAN

“Não vimos nenhuma indicação de que o presidente Putin mudou sua ambição de controlar toda a Ucrânia e também de reescrever a ordem internacional, então precisamos estar preparados para o longo prazo”, disse Jens Stoltenberg hoje, em Bruxelas, enquanto se reúne com ministros das Relações Exteriores do bloco. “Temos que ser realistas e perceber que isso pode durar muito tempo, muitos meses ou até anos”.

A fala é uma dura realidade para o mercado, que torcia por uma guerra de rápida conclusão e impactos socioeconômicos menores.

Em contrapartida, a OTAN e seus aliados seguem fornecendo ajuda militar à Ucrânia e tentando se manter afastada militarmente do conflito para que ele não ultrapasse as fronteiras ucranianas. “O que os aliados estão fazendo é significativo”, afirmou, alertando que a guerra terá implicações de segurança de longo prazo para a Europa, independentemente de quando terminar.



12h14 – União Europeia já pagou € 35 bilhões à Rússia durante a guerra; ajuda à Ucrânia soma € 1 bilhão



12h02 – Casa Branca confirma que novas sanções econômicas “severas” serão impostas hoje contra a Rússia, em resposta a “Massacre de Bucha”

“Como parte desse esforço, os Estados Unidos estão anunciando medidas econômicas devastadoras para proibir novos investimentos na Rússia e impor as mais severas sanções financeiras ao maior banco da Rússia e várias de suas empresas estatais mais importantes”, ressaltou a Casa Branca, em comunicado oficial.

Os EUA anunciam bloqueio total à maior instituição financeira da Rússia, o Sberbank, e ao maior banco privado da Rússia, o Alfa Bank.

Pessoas e empresas norte-americanas ficam proibidas de fazer negócios e investimentos na Rússia. As sanções também se estendem aos filhos adultos do presidente russo, Vladimir Putin, à esposa e à filha do ministro das Relações Exteriores, Sergey Lavrov, e aos membros do Conselho de Segurança da Rússia.



11h51 – Ações do Banco Modal (MODL11) caem mais de 2% neste momento; ontem, empresa anunciou compra da W2 Digital

A companhia também concluiu a aquisição de 100% das quotas de emissão da Galapos.

As units agora valem R$ 10,90, queda de 2,50%.



11h46 – Associação Latinoamericana de Aço projeta ligeira queda de 2,1% no consumo de aço em 2022

A Alacero lembra que o consumo regional aumento 26,6% em 2021, mas no corrente ano há cautela devido ao contexto global., cheio de incertezas, como eleições, inflação e políticas monetárias rígidas que podem ter impacto sobre a atividade industrial, além da guerra na Ucrânia que elevou o custo da energia global e das matérias-primas, lembrando que a Ucrânia é o 14º maior produtor de aço bruto (21,4Mt em 2021) e o 8º maior exportador de aço do mundo (15Mt em 2021), segundo dados da OCDE.

Em 2021, a produção de aço bruto aumentou 15,7% em relação ao ano anterior, atingindo um total de 64,8 Mt. O ano terminou com um consumo regional total de 74,8 Mt, um aumento de 26,6%.



11h37 – Viktor Orbán mina unidade europeia e diz que Hungria pagaria por gás russo em rublos

O primeiro-ministro húngaro se reelegeu esta semana para seu quinto mandato e adicionou que seu país “não cederá” à pressão para estender sanções da União Europeia contra o petróleo e o gás da Rússia.

Tal posicionamento questiona o discurso de “unidade” adotado pelo bloco europeu, pelo Reino Unido e pelos EUA, na abordagem contra a ofensiva russa na Ucrânia, embora Budapeste tenha condenado a guerra.

Como resposta, a Comissão Europeia disse ontem que está lançando um processo disciplinar contra a Hungria.



11h30 – PF lança operação sobre potencial fraude no BB Consórcios, do Banco do Brasil (BBAS3)



11h12 – Patrick Harker, do Fed, diz esperar uma série de “deliberados e metódicos” aumentos de juros ao longo deste ano

Para o presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) na Filadélfia, início da redução do balanço de ativos será “em breve”.

Em discurso na Câmara de Comércio do Estado de Delaware, o dirigente se disse “agudamente preocupado” com a escalada inflacionária nos Estados Unidos.



11h06 – Câmara pode votar hoje MP que aumenta valor do Auxílio Brasil para R$ 400 por família

A sessão está marcada para as 13h55. A Medida Provisória 1076/21 foi adiada de dezembro de 2021 pois dependia da aprovação da PEC dos Precatórios, para que o pagamento desse adicional pudesse ser estendido durante todo o ano de 2022.

Hoje o pagamento médio está em torno de R$ 224, valor que voltaria a vigorar em 2023, já que a MP tem caráter provisório.

Segundo o governo, o total gasto em dezembro de 2021 foi de cerca de R$ 2,67 bilhões e o estimado para cada mês de 2022 será semelhante, resultando em cerca de R$ 32,04 bilhões para os doze meses.



HORA DO MERCADO

11h00 – Ibovespa cai 0,99%, aos 117.704 pontos

O principal índice da bolsa brasileira firmou tendência de queda após a primeira hora do pregão, acompanhando as principais bolsas internacionais – nos EUA, Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq recuam, respectivamente, 0,75%, 1,18% e 2,15%.

Lá fora, investidores continuam cautelosos, esperando a ata do Fomc. As falas de ontem da diretora do Federal Reserve, Lael Brainard, reforçaram a crença de que o Federal Reserve pode acelerar o arrocho econômico, aumentando mais os juros e começando a redução do seu balanço mais cedo. Os treasuries yields para dez anos sobem 6,8 pontos-base, para 2,622%, maior nível desde o começo de 2019.

Por aqui, a curva de juros também está pressionada, acompanhando, em parte, o que é visto lá fora. O rendimento dos DIs para janeiro de 2025 avança quatro pontos, para 12,76%, e os dos DIs para janeiro de 2025, 18 pontos, para 11,50%. Na ponta longa, as taxas dos DIs para 2027 e 2029 sobem, ambas, 19 pontos, para 11,26% e 11,35%.

A curva de juros derruba as ações de tecnologia e do varejo, mais expostas a ela. As ações ON da Méliuz (CASH3) são destaques entre as quedas, caindo 7,20%, bem como as da Locaweb (LWSA3), que recuam 7%. As ordinárias da Magazine Luiza (MGLU3) e Via (VIIA3), por sua vez, caem 5,64% e 5,46%.

Ajuda a pesar ainda na curva de juros a performance do dólar, que se valoriza frente o Real e aumenta as perspectivas de que a inflação acelerará: o contrato futuro da moeda tem alta de 1,17%, a R$ 4,74, e o dólar comercial sobe 1,15%, a R$ 4,712 na compra e a R$ 4,713 na venda.

A alta das commodities também ajuda a aumentar a cautela com a inflação. Do outro lado, porém, assim como a alta do dólar, impulsiona as companhias exportadoras desses produtos. As ações ordinárias da Suzano (SUZB3) sobem 2,46%, sendo a principal alta. Elas são seguidas pelas unitárias da Klabin (KLBN11) e pelas ordinárias da Vale (VALE3), que têm altas de, respectivamente, 1,51% e 1,30%.



10h50 – Bradesco BBI vê ANP acelerando leilão de área do pré-sal para potencializar receitas do governo federal

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis acredita que poderá iniciar o processo de licitação das áreas do pré-sal, no modelo de oferta permanente, já no segundo semestre deste ano. O edital e a minuta dos contratos já passaram por processo de consulta pública no final de março. Há autorização para a inclusão de 11 blocos na oferta permanente, dos quais seis seriam incluídos na 7ª e 8ª rodadas de partilha de produção – Ágata, Água Marinha, Esmeralda, Jade, Turmalina e Tupinambá.

Em 14 de abril, a ANP realizará o 3º ciclo da oferta permanente de concessão. “Esses esforços aceleram o leilão de alguns ativos que deveriam ser oferecidos nos próximos anos, a fim de potencializar as receitas do governo”, analisa o BBI.



10h48 – Tesouro Direto: com treasuries subindo, no aguardo da ata do Fomc, juros de papéis prefixados avançam pelo 2º dia seguido e oferecem até 11,47%

O destaque está nos papéis prefixados, que chegam a subir até 13 pontos-base (0,13 ponto percentual), como é o caso do Tesouro Prefixado 2025. Às 9h20, esse título oferecia um juro de 11,47%, acima dos 11,34% registrados ontem (5).

Já entre os papéis atrelados à inflação, o retorno real entregue pelo Tesouro IPCA +2055, com cupom semestral, avançava de 5,54% para 5,58%, na primeira atualização da manhã.



10h42 – União Europeia aprovou pagamento urgente de € 3,5 bilhões aos países do bloco que recebem refugiados ucranianos

O Conselho da União Europeia segue abrindo os cofres para evitar uma nova crise de refugiados, como aconteceu na ocasião da guerra na Síria, em 2011, de acordo com o serviço oficial de imprensa do Conselho. O pagamento será feito ao longo do ano e não precisa de nova lei, pois usará a mesma já aprovada como apoio para a pandemia. Os Estados-Membros receberão cotas de acordo com o número de refugiados que abrigarem.

Um sistema de pagamentos pessoais também está sendo introduzido, o que torna mais fácil e rápido o uso de fundos. O pagamento é fixado em € 40 por semana e pode ser usado por um período máximo de 13 semanas a partir da data de chegada à União Europeia. Espera-se que esse pagamento ajude também a fomentar a economia dos países.



10h36 – Venda de carros despencam 63% na Rússia em março na base anual, resultado das sanções internacionais

Os dados são da Associação de Empresas Europeias (AEB), grupo que representa investidores estrangeiros na Rússia. Os números da AEB mostram que as vendas caíram apenas 4,8% em fevereiro. Embora o governo russo não admita que as sanções ocidentais surtam efeitos, dados oficiais mostram que EUA e aliados têm conseguido minar a economia do governo Putin aos poucos.

Segundo nota da CNN internacional, os números marcam um declínio significativo e repentino no mercado automotivo russo, à medida que as empresas estrangeiras, como a Volkswagen e a Ford, se retiram e que começam emergir escassez de peças, que levam a paralisações nas fábricas. Além disso, há o colapso do rublo, que elevou o preço de um carro novo.



10h33 – Bolsas americanas abrem em queda, com investidores aguardando ata do Fomc

  • Dow Jones recua 0,70%
  • S&P 500 cai 0,87%
  • Nasdaq cai 1,41%


10h32 – Todos os setores da bolsa operam no campo negativo, com exceção de materiais básicos

O índice IMOB, que mede desempenho do setor imobiliário, recua 1,07%, aos 783 pontos, enquanto ICON cai 1,02%, 4.115 pontos



10h27 – Papel da Moura Dubeux (MDNE3) avançam 3,63%, R$ 6,85, com a divulgação de dados preliminares recordes no primeiro trimestre



10h26 – Rússia fez pagamentos de Eurobonds em rublos e não em moeda estrangeira

O Ministério das Finanças da Rússia informou que transferiu fundos para pagar Eurobonds em rublos, já que o banco correspondente não permitiu pagamentos em dólares, por conta das sanções ocidentais.

O correspondente estrangeiro se recusou a executar ordens de Eurobonds com vencimento em 2022 e 2042 no valor total de US$ 649,2 milhões. Em 4 de abril de 2022, a Rússia transferiu os fundos para fazer esses pagamentos em rublos, à taxa de câmbio oficial do Banco da Rússia daquele dia, para as contas de seus clientes depositários, disse o comunicado.

Na Rússia, essas obrigações são consideradas “cumpridas”, mas na maioria dos casos, os credores estrangeiros não reconhecem a moeda russa como pagamento da dívida feita originalmente em moeda estrangeira. Se isso acontecer no caso deste pagamento específico, passa-se a se considerar um default técnico.



10h23 – Ações PN da Gol (GOLL4) recuam 2,05%, R$ 16,85, após divulgação de prévia operacional



10h20 – Ibovespa cai 0,45%, aos 118.326 pontos

Principal índice da bolsa brasileira acompanha performance do exterior e volta a sofrer com a alta de juros. Companhias de tecnologia e varejo são, novamente, as principais impactadas – as ações ordinárias da Locaweb (LWSA3) recua 4,17%, as da Méliuz (CASH3), 4,17% e as da Magazine Luiza (MGLU3), 4,05%.

Nem mesmo a alta das commodities e do dólar, que puxa companhias exportadores, impede a queda. Entre as altas, as ordinárias da Suzano (SUZB3) sobem 1,64% e as da Vale (VALE3), 0,92%.



10h18 – Units do Banco Inter (BIDI11) lideram novamente as baixas do Ibovespa, caindo 5,65%, a R$ 19,53

Os papéis do banco recuaram 8,89%, cotados a R$ 20,70 na sessão anterior.



10h14 – Ação ON da Vale (VALE3) sobe 0,47%, R$ 95,56, repercutindo venda de ativos para J&F e valorização do minério na China



10h08 – Papéis ON e PN da Petrobras (PETR3;PETR4) sobem, respectivamente, 1,00%, R$ 35,18, e 1,02%, R$ 32,72, apesar das incógnitas sobre o comando da estatal



10h05 – Ibovespa abre em queda preliminar de 0,10%, aos 118.744 pontos



10h01 – Vale (VALE3) confirma venda de seus ativos do Sistema Centro-Oeste para J&F, dona da JBS (JBSS3)

O enterprise value da transação é de cerca de US$ 1,2 bilhão para um conjunto de ativos que contribuiu com US$ 110 milhões de Ebitda ajustado para a Vale em 2021.

No fechamento da transação, a Vale receberá cerca de US$ 150 milhões, além de transferir ao comprador as obrigações relacionadas aos contratos logísticos de take-or-pay e demais passivos existentes no conjunto de ativos das referidas sociedades.



9h58 – Petrobras (PETR3;PETR4) fará assembleia dia 13 com nomes do CEO e chairman, diz ministro à G1

O ministro Bento Albuquerque, de Minas e Energia, que a assembleia de acionistas da Petrobras, marcada para 13 de abril, vai ocorrer já com os nomes indicados pelo governo para a presidência da estatal e para o comando do Conselho de Administração.

O governo ainda não escolheu os nomes mas pesar do prazo apertado, o adiamento, para o ministro, não é uma opção.



9h55 – Radar InfoMoney: Vale (VALE3) e minério, dados da Gol (GOLL4), especulações sobre sucessão na Petrobras (PETR4) e mais notícias



9h55 – Petrobras (PETR3;PETR4): BBI acredita que a promoção de alguém de dentro da estatal seria o caminho mais fácil

Os acionistas minoritários da Petrobras querem adiar a assembleia geral marcada para 13 de abril, dada a dificuldade do governo em encontrar candidatos a CEO.

Sendo assim, o Bradesco BBI acredita que a promoção de um nome de dentro da empresa pode ser um caminho mais fácil, pois o processo de verificação de antecedentes seria mais simples. Entre as opções, o Diretor de E&P Fernando Borges parece ser um nome técnico que não ameaçaria a política de preços de combustíveis.



9h51 – Suspensão temporária de produção da Mercedes-Benz pode afetar os resultados de Marcopolo (POMO4) e Tupy (TUPY3) no segundo trimestre, avalia BBI

A Mercedes-Benz está suspendendo temporariamente a produção de caminhões em duas fábricas no Brasil por duas semanas devido à falta de semicondutores.

O Bradesco BBI mantém avaliação outperform Tupy e preço-alvo de R$ 27. Também mantém classificação outperform para Marcopolo, com preço-alvo de R$ 4.



9h45 – Elevação de preço das siderúrgicas pode afetar os setores de bens de capital, construção e varejo, pontua BBI

As siderúrgicas anunciaram um aumento de preço de 20% para abril de 2022. Os contratos de fornecimento de aço das montadoras são reajustados 1 ou 2 vezes por ano, o que pode levar a um aumento de preço de 15% até julho de 2022.

Analistas do banco destacam que a notícia é negativa principalmente para o setor de bens de capital, pois essas empresas precisarão aumentar os preços para proteger as margens.



9h40 – Queda nas vendas de veículos usados indica que a inflação começou a impactar a demanda por carros usados, diz BBI

O Bradesco BBI avalia que é uma notícia negativa para Localiza, (RENT3), com recomendação outperform e preço-alvo de R$ 63,00, Movida (MOVI3), outperform e R$ 27, e Unidas (LCAM3), outperform, R$ 28,00.



9h37 – Credit Suisse altera projeção para PIB do Brasil em 2022 de queda de 0,5% para alta de 0,2%

O Credit Suisse elevou as suas projeções para o PIB do Brasil em 2022, passando de queda de 0,5% para leve alta de 0,2% neste ano, enquanto mantiveram suas expectativas para inflação e juros.

Segundo os economistas que assinam o relatório, o governo implementou várias medidas para estimular o crescimento econômico de curto prazo, como redução de 25% no imposto sobre produtos industrializados (IPI) e liberação de saques do FGTS no valor de 0,4% do PIB. Para 2023, a projeção de crescimento do PIB de 2,1% em função da flexibilização do ciclo monetário se manteve.

Já no caso da inflação, os economistas do banco suíço projetam avanço de 7,8% em 2022 e de 4,3% em 2023, ante as metas do Banco Central do Brasil de 3,5% e 3,25%, respectivamente.



9h31 – Manutenção de medidas restritivas em Xangai devem agravar a ruptura logística global, impactando a indústria automotiva, avalia BBI

A notícia é negativa para a Iochpe (outperform, R$ 21,00), Mahle Metal Leve (underperform, R$ 20,00) e Tupy (outperform, R$ 27,00).

Analistas também esperam que esta situação continue elevando os preços de frete internacional, o que pode facilitar as negociações contratuais entre a Santos Brasil (outperform, R$ 12,00) e companhias de navegação.



9h28 – Ecorodovias (ECOR3): prorrogação do contrato de concessão da Ecovias Imigrantes é positivo, diz BBI

Isso porque, segundo Bradesco BBI, a empresa está gerando valor para o acionista com novos investimentos em uma concessão madura com retornos atrativos e baixo risco de execução.

O banco mantém classificação outperform para o papel, e preço-alvo de R$ 14 frente a cotação de terça-feira (05) de R$ 7,65.



9h25 – Bolsonaro avança 4 pontos com melhora de avaliação do governo e saída de Moro, aponta pesquisa Ipespe

O presidente Jair Bolsonaro avançou nas intenções de voto na disputa de outubro em função da melhora na avaliação da atual administração e a retirada do nome de Sérgio Moro da relação de candidatos à Presidência, o ex-ministro de Bolsonaro atingia 9% das intenções de voto.

Bolsonaro subiu de 26% para 30% nas intenções de voto — seu maior percentual registrado até aqui. Ele continua atrás de Lula, que mantém a liderança com 44%, mesmo patamar da pesquisa anterior.

Também se beneficiam da saída de Moro a candidatura de Ciro Gomes, que avança de 7% para 9%, a de João Doria, que passa de 2% para 3%, e a de Simone Tebet, que avança de 1% para 2% — todas as oscilações dentro da margem de erro. Os que não sabem, não responderam ou votam nulo e branco saltam 3 pontos percentuais com saída de Moro, indo de 9% para 12%.

Veja a avaliação do governo

 



9h23 – Cruzeiro do Sul (CSED3) é a principal escolha da XP no setor de educação

Depois de dois anos muito difíceis para as empresas de educação, analistas da XP acredita que as perspectivas de curto e médio prazo para a indústria são, em sua maioria, positivas, dadas as expectativas em relação a uma recuperação no segmento presencial; crescimento consistente no segmento digital; e crescimento nas faculdades de medicina a partir da maturação de vagas e de novas vagas.

A XP diz que a Cruzeiro do Sul (CSED3) é sua principal escolha principalmente devido ao valuation (P/L de 8,1x em 2023E).

Além disso, a corretora destaca que a Cruzeiro do Sul está bem posicionada na agenda ESG, tanto no que tange à iniciativas, quanto também a divulgação de informações – embora a empresa tenha feito IPO em 2021, a Cruzeiro do Sul já contava com dados relativos à frente ESG bem estruturados e divulgados, em linha com as normas internacionais.



9h20 – Moura Dubeux (MDNE3) reporta números preliminares decentes, diz BBI

O Bradesco BBI comentou que os números operacionais da Moura Dubeux foram positivos, reforçando a atual aceleração da empresa, além de seu domínio no Nordeste do Brasil.

Enquanto isso, analistas destacam que não esperam grandes surpresas do lado financeiro nos resultados do 1T22, o que, juntamente com a avaliação altamente atrativa de 4,5x PE22, reforça o rating outperform para o papel, com preço-alvo de R$ 13.



9h17 – Itaú BBA mantém rating outperform para Mercado Livre (MELI34) e eleva preço-alvo de US$ 1.557 para US$ 1.573

O banco comentou que o Mercado Livre registrou métricas de crédito positivas em fevereiro, apesar dos macro ventos contrários. Os destaques dos números mensais da companhia foram o ritmo acelerado de crescimento da carteira de crédito FIDC em fevereiro e a melhora mensal de 2 pp no ​​índice de inadimplência.

Além disso, analistas acreditam que a empresa continua se desvinculando de seus pares devido à sua capacidade aprimorada de monetizar seu ecossistema em um momento desafiador para os concorrentes.



9h13 – Fenabrave mantém orientação para 2022, mas números parecem estar em risco, pontua BBI

Para a concretização da projeção de crescimento de vendas de 4,6% em 2022, as vendas de veículos precisariam crescer +14% A/A de abril a dezembro, ou as vendas trimestrais de veículos precisariam saltar +50% em relação ao 1T22.

Na opinião do Bradesco BBI, esse cenário parece excessivamente agressivo, já que a guerra entre Rússia e Ucrânia agravou a escassez de semicondutores e a inflação mais alta no Brasil começou a impactar a demanda por veículos novos.

O banco mantém a preferência pela VAMOS (outperform, R$ 18,00) e Marcopolo (outperform, R$ 4,00).



9h10 – Afya adquire plataforma de conteúdo CardioPapers por R$ 35 milhões

A Afya informou a aquisição da CardioPapers, plataforma de conteúdo e de educação médica na área de cardiologia, por R$ 35 milhões. O contrato prevê ainda um earn-out de até R$ 15 milhões, sendo R$ 14 milhões referente a metas de receita e R$ 1 milhão referente a outras metas, estabelecidas para 2023 e 2024.

A plataforma adquirida oferece cursos e livros desenvolvidos para médicos, abrangendo todas as fases da carreira, alinhados à estratégia de negócios da Afya.



9h03 – Ibovespa futuro abre em queda de 0,82%, aos 118.245 pontos

Curva de juros avança em bloco. Rendimento dos DIs para 2023 e 2025 sobem, respectivamente, três e oito pontos-base, para 12,75% e 11,40%. Na ponta longa da curva, os DIs para 2027 e 2029 veem suas taxas avançarem, ambas, sete pontos, para 11,14% e 11,23%.

Dólar futuro opera próximo da estabilidade, a R$ 4,689. Dólar comercial sobe 0,09%, a R$ 4,662 na compra e a R$ 4,663 na venda.



8h59 – Morgan Stanley reduz exposição à ações de commodities e aposta em nomes de alta qualidade orientados para o mercado doméstico

Em relatório, o banco americano disse que reduziu sua exposição ao grupo de ações de commodities em 9 de março devido ao risco da destruição não linear da demanda global e avaliações assimétricas para Petrobras (PETR3;PETR3) e Vale (VALE3). Além disso, um real mais forte não deve ajudar as empresas exportadoras.

Dessa forma, o Morgan Stanley girou para empresas de orientação doméstica de alta qualidade alavancados para um eventual início de um novo ciclo de flexibilização monetária no início de 2023, como Iguatemi (IGTI11), XP (XPBR31), B3 (B3SA3), Equatorial (EQTL3) e Localiza (RENT3).



8h48 – China impõe lockdown total para 25 milhões em Xangai para tentar conter surto de Covid



8h45 – Hapvida (HAPV3) relata mais um mês de tendência de adições líquidas fracas em fevereiro, destaca BBA

De acordo com dados da ANS, a base de beneficiários do Hapvida encolheu durante fevereiro, com uma perda de 19 mil beneficiários em base pro forma, liderada por uma grande queda em Belo Horizonte. A NotreDame ([ativo=GNDI3]) também teve um desempenho fraco, perdendo 36 mil beneficiários no mês. Hapvida e a Notre Dame mantiveram sua participação de mercado no país em 17,9%.

Analistas ressaltam que embora os números da ANS devam ser vistos com cautela, eles podem indicar um cenário mais brando para as adições líquidas no 1T22.



8h40 – Itaú BBA avalia como fracas as vendas de veículos no primeiro trimestre de 2022

Apesar dos números decepcionantes do 1T22, o Itaú BBA mantém taticamente sua preferência por nomes com exposição ao setor de veículos leves em 2022, como Iochpe Maxion (MYPK3) Tegma ([ativo=TEGM3]), mas reconhece os consideráveis ​​ventos contrários no curto prazo.

O banco atribuiu o fraco desempenho das vendas de veículos leve a questões relacionadas à oferta e demanda, como gargalos de produção (principalmente semicondutores), aumento das taxas de juros e maiores restrições ao crédito, que têm pesado nas vendas no varejo e maiores custos de matéria-prima.

Em relação a veículos pesados, analistas do BBA enxergam pouco espaço para surpresas positivas em 2022, dados os níveis já altos. Também destacam o fluxo de notícias recentes sobre a interrupção da produção nas operações brasileiras de caminhões devido à falta de semicondutores.



8h35 – Moura Dubeux (MDNE3) reporta fortes números operacionais preliminares no primeiro trimestre, em meio a uma perspectiva desafiadora, avalia Itaú BBA

“As vendas contratadas atingiram um recorde, com a melhora acentuada em relação ao ano anterior, impulsionada por um desempenho de vendas robusto da última safra de lançamentos”, explicam analistas

A velocidade de vendas consolidada atingiu 28%, com a velocidade de vendas de lançamentos subindo para 58%. As vendas de estoques acabados aumentaram no trimestre, e a empresa registrou uma geração de caixa decente de R$ 30 milhões.

O banco mantém classificação outperform para Moura Dubeux, e preço-alvo de R$ 11,80 frente a cotação de terça-feira (05) de R$ 6,61.



8h27 – Credit Suisse reitera classificação outperform para Weg (WEGE3), mas reduz preço-alvo de R$ 44 para R$ 43

Analistas justificam a recomendação devido ao potencial de crescimento 10% e 15% acima do consenso para receitas e resultados de 2022, respectivamente, e a negociação de ações em um ponto de entrada atraente (15% abaixo da média de três anos em um P/L a termo de um ano em 35,9x).

Em resumo, o banco acredita que o mercado está subestimando o crescimento da receita da WEG em duas de suas linhas mais relevantes: Geração, Transmissão e Distribuição doméstico e Equipamentos Industriais Eletroeletrônicos (EEIE) internacional.



8h23 – Bradesco BBI mantém classificação outperform para 3R Petroleum (RRRP3) e eleva preço-alvo de R$ 83 para R$ 111

O banco destaca que com a certificação da Degolyer & MacNaughton (D&M) anunciada ontem, a 3R agora possui as maiores reservas entre as empresas listadas na América Latina, com 494 milhões de barris de petróleo ou equivalentes de reservas 2P, das quais 98% são de petróleo. As reservas de EV/2P da empresa estão sendo negociadas a US$ 2,7/boe, muito abaixo da média global de US$ 13,3/boe.

Na opinião do BBI, este é um passo positivo para reduzir o risco Potiguar, que ainda não está incluído no preço-alvo derivado de R$ 111 para o ano de 2022. Além de todo o potencial da Potiguar, analistas acreditam que o momento da aquisição foi positivo, pois aconteceu antes de toda a curva do preço do petróleo se valorizar.



8h15 – J&F, dona da JBS (JBSS3), comprou minas de manganês e de ferro da Vale (VALE3)

Segundo o jornal Valor Econômico, a compra de ativos foi concentrada no estado de Mato Grosso do Sul e movimentou mais de R$ 1 bilhão.

A holding dos irmãos Batista deve anunciar em breve a entrada no negócio do mineração. O plano seria criar uma “JBS da mineração”.



8h12 – Moura Dubeux (MDNE3) registra resultados acima das expectativas do Credit Suisse

Analistas do banco disseram que a Moura Dubeux apresentou fortes números operacionais, superando as expectativas tanto em lançamentos quanto em vendas líquidas. A empresa continua se beneficiando de sua posição de liderança no mercado nordestino, lançando projetos com alta aceitação, o que vem se traduzindo em velocidade de vendas superior.

Nesse sentido, a construtora tem lançado com sucesso projetos no formato condomínio, o que tem permitido uma aceleração da velocidade de vendas apesar do cenário mais desafiador.

O banco mantém classificação outperform para a ação dada sua valorização descontada e o desempenho resiliente e liderança da empresa na região Nordeste. O preço-alvo é de R$ 8.



8h09 – Preço da tonelada do minério de ferro avança 2,15% no porto chinês de Dalian, a US$ 145,62



8h05 – Petróleo avança, com investidores de olho em novas sanções à Rússia: WTI para maio sobe 1,7%, a US$ 103,67, Brent para junho avança 1,33%, a US$ 108,06



8h00 – IGP-DI avança 2,37% em março, diz FGV, ante consenso de alta de 2,1%

O percentual é  superior ao apurado no mês anterior, quando o índice variou 1,50%. Com este resultado, o IGP-DI acumula alta de 6,00% no ano e 15,57% em 12 meses.



7h52 – Mundo pode estar à beira de uma nova era inflacionária, diz chefe do BIS



7h43 – Agenda do dia: Ata do Fomc, pesquisas eleitorais e dados do petróleo

Na agenda do dia desta quarta-feira (6), destaque para a publicação da ata do Fomc, marcada para às 15h. Ainda nesta linha, às 10h30, há discurso do diretor do Federal Reserve, Patrick Harker.

No Brasil, o destaque fica para a publicação das pesquisas eleitorais XP/Ipespe, às 9h, e da pesquisa do Paraná Pesquisas, às 15h, que trazem mais dados sobre a corrida para ocupar o Palácio do Planalto em 2023.

Em dados macroeconômicos, destaque para a publicação dos níveis de estoque de petróleo nos EUA, às 11h30. No âmbito corporativo, a CBA (CBAV3) precifica o seu follow on no fim do pregão.



7h42 – Criptos hoje: Bitcoin cai com receio de aperto monetário mais drástico nos EUA; Dogecoin vai na contramão e sobe por Elon Musk



7h40 – Futuros americanos recuam, com investidores de olho em ata do Fomc

O mercado continua aguardando a publicação da ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), marcada para hoje. Após falas mais duras de diretores do Fed, investidores se posicionam com cautela, esperando um tom ainda mais hawkish.

  • Dow Jones Futuro (EUA), -0,52%
  • S&P 500 Futuro (EUA), -0,64%
  • Nasdaq Futuro (EUA), -0,97%


7h26 – Europa recua, com novas sanções à Rússia no radar

Além da forte alta dos rendimentos dos tresuries, pesa sobre a performance dos índices do Velho Continente a perspectiva de que haverão novas sanções ao país governado por Vladimir Putin, conforme se fortalece a narrativa de crime de guerra na cidade de Bucha.

Até então, comenta-se que a intenção da UE é proibir a importação de carvão mineral russo – cerca de 20% do total de carvão comprado pelo bloco em 2021. Ucranianos, porém, continuam pressionando pela interrupção da compra de petróleo e gás da Rússia.

  • FTSE 100 (Reino Unido), – 0,43%
  • DAX (Alemanha), – 1,52%
  • CAC 40 (França), – 1,37%
  • FTSE MIB (Itália), – 1,61%
  • STOXX 600 (Zona do Euro), – 1,18%


7h20 – Bolsas asiáticas fecham em queda, de olho em curva de juros

Após as falas mais duras de Lael Brainard, diretora do Federal Reserve, sobre o ciclo de alta de juros e também sobre a redução de balanço, os treasuries yields dispararam – o título com vencimento em dez anos é negociado com taxa de 2,643% no pré-mercado, maior nível desde fevereiro de 2019.

Com isso, foram destaque entre as quedas no pregão asiático as companhias de tecnologia – algo que já tinha sido visto no pregão de ontem no ocidente.

  • Shanghai SE (China), _ 0,02%
  • Nikkei (Japão), – 1,58%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), – 1,87%
  • Kospi (Coreia do Sul), – 0,88%


Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe