Tempo Real

Vale (VALE3), 3R Petroleum (RRRP3) e Petrobras (PETR4) lideraram altas do Ibovespa; Ambev (ABEV3) foi maior baixa

Confira o que movimentou os mercados hoje

Por  Equipe InfoMoney -

18h46 – Encerramos nossas transmissões. Veja o que movimentou o Ibovespa hoje.



18h38 – Vale (VALE3), 3R Petroleum (RRRP3) e Petrobras (PETR4) são destaque de alta do Ibovespa; Ambev (ABEV3) liderou perdas

Em uma sessão mais curta, o Ibovespa garantiu retorno aos 115 mil pontos amparado por ações ligadas a commodities. Os preços das matérias-primas voltaram a subir hoje no mercado internacional, com o petróleo renovando máximas em sete anos e o minério de ferro subindo mais de 2%. Isso explica a presença de mineradoras e petrolíferas na lista de maiores altas do Ibovespa hoje.

3R Petroleum (RRRP3) encabeçou os ganhos, seguida por PetroRio (PRIO3). O terceiro lugar ficou com a CSN (CSNA3) e, na sequência, veio a Vale (VALE3). A mineradora é a ação de maior peso do Ibovespa, mas não foi a única blue chip a se beneficiar com o cenário favorável ao preço das commodities. Petrobras também subiu forte, com as ordinárias (PETR3) fechando em alta de 3,16%, a R$ 37,52 e as preferenciais (PETR4) avançando 1,97%, a R$ 34,67.

Os bancos, por sua vez, não encontraram motivos para subir. As ações do Itaú (ITUB4) fecharam em baixa de 1,67%, a R$ 25,03 enquanto Bradesco (BBDC4) recuou 1,03%. Mas foi uma outra blue chip, a Ambev (ABEV3) que encabeçou as perdas do dia, repercutindo a alta das commodities agrícolas no mercado internacional. A lista continua com Natura (NTCO3) e Cielo (CIEL3) que passaram a maior parte do dia entre as maiores baixas do índice.

Veja as principais altas e baixas do Ibovespa nesta quarta-feira (2):

[altas-e-baixas]



18h12 -Ibovespa fecha em alta de 1,8%, aos 115.173 pontos, com giro financeiro de R$ 27,7 bilhões



18h11 – EUA não têm interesse estratégico em reduzir o fornecimento global de energia, ressaltou a Casa Branca

“E é por isso que reduzimos os pagamentos de energia de nossas sanções financeiras”, disse. O comunicado da Casa Branca afirmou que há interesse em “degradar o status da Rússia como principal fornecedor de energia ao longo do tempo”.

Controles de exportação visando o refino de petróleo visam afetar uma importante fonte de receita para as forças armadas russas. Por meio de controles de exportação de equipamentos de extração de petróleo e gás, o Departamento de Comércio dos EUA imporá restrições às exportações de tecnologia que apoiariam a capacidade de refino da Rússia a longo prazo.

No total, 22 entidades russas relacionadas à defesa serão atingidas pelas novas sanções anunciadas hoje, incluindo empresas que fabricam aeronaves de combate, veículos de combate de infantaria, sistemas de guerra eletrônica, mísseis e veículos aéreos não tripulados para as forças armadas da Rússia.



18h08 – “Estamos impedindo Putin de acessar sua máquina de guerra”, diz a Casa Branca em comunicado

“Hoje, os EUA, em coordenação com aliados e parceiros, estão impondo custos econômicos adicionais à Rússia e à Bielorrússia em resposta à brutal invasão da Ucrânia pelo presidente Putin”, explicou o comunicado, ao anunciar as novas sanções nesta quarta.

“Os Estados Unidos tomaram medidas para responsabilizar enfraquecer o setor de defesa russo e seu poder militar nos próximos anos, para atacar as fontes de riqueza mais importantes da Rússia e banir as companhias aéreas russas dos EUA. Como resultado de nossa coordenação histórica e multilateral, a Rússia se tornou um pária econômico e financeiro global”.

A Casa Branca ressaltou que os Estados Unidos e aliados estão agindo em conjunto para minimizar o impacto dessas medidas na economia, liberando em conjunto cerca de 60 milhões de barris de petróleo de reservas estratégicas.



18h07 – Juros futuros encerram sessão estendida em alta nos contratos curtos e longos

DIF23, + 0,22 pp, a 12,66%; DIF25, + 0,18 pp, a 11,60%; DIF27, + 0,14 pp, a 11,46%; DIF29, +0,14 pp, a 11,60%



18h02 – Bolsas em Nova York fecham em forte alta, mesmo com escalada de conflitos na Ucrânia

  • Dow Jones fechou em alta de 1,79%, aos 33.889 pontos
  • S&P 500 subiu 1,86%, a 4.386 pontos
  • Nasdaq avançou 1,62%, a 13.752 pontos


17h55 – Aos 115.216 pontos, Ibovespa sobe 1,83% no fechamento preliminar



17h44 – Biden: Putin achou que conseguiria nos dividir, mas ele errou

“Putin acreditou que os EUA e a OTAN não iam responder, agora ‘o mundo livre’ está mais unido do que nunca”, disse o presidente dos Estados Unidos, em pronunciamento agora há pouco. “Ele está mais isolado do que nunca e estamos mais fortes”, reforçou Joe Biden.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden (Reprodução da Internet)


17h38 – Petróleo tem maior preço de fechamento em 7 anos com escalada de conflitos na Ucrânia

  • WTI (abril): +6,99% (US$ 110,64)
  • Brent (maio): +7,36% (US$ 112,70)


17h38 – Defesa aérea da Ucrânia derrubou míssil russo que mirava centro de controle, afirma porta-voz do governo ucraniano

Anton Herashchenko, assessor do Ministério do Interior da Ucrânia, informou pelas redes sociais que os destroços do foguete derrubado danificaram o aquecedor principal de Kiev, mas os danos serão reparados amanhã.

Herashchenko afirma que o míssil tinha como alvo um dos “centros de controle” da Ucrânia. “Se este míssil atingir um alvo em algum lugar no centro de Kiev, as baixas e destruição seriam terríveis”, escreveu o porta-voz do Ministério do Interior.



17h29 – Agenda de dividendos: Vale (VALE3) vai pagar R$ 3,70 por ação em março; lista completa com 31 empresas inclui bancos e elétricas



17h27 – Estação Ferroviária do Sul em Kiev tem circulação de trens após ataque aéreo russo

Em comunicado nas redes sociais, a Ukrzaliznytsia (Ukrainian Railways) informou que o movimento dos trens continua e informações sobre vítimas estão sendo esclarecidas. O projétil russo, segundo o comunicado, deixou “pequenos danos” no prédio da estação.

“Terroristas russos lançaram um ataque aéreo na Estação Ferroviária do Sul em Kiev, para onde milhares de mulheres e crianças ucranianas estão sendo evacuadas”, diz o comunicado da companhia.



17h17 – Foguete russo teria atingido gasoduto central de aquecimento em Kiev, afirmam autoridades ucranianas

Agora, o serviço de fornecimento de aquecimento pode ter sido destruído em um ataque de foguete perto da estação ferroviária, atacada minutos atrás. As informações foram dadas pelo conselheiro do Ministério do Interior, Anton Herashchenko.

O sistema de aquecimento é estratégico, especialmente diante do inverno atual, que registra temperaturas negativas.

A empresa que administra a estação ferroviária, Ukrzaliznytsia (Ukrainian Railways), disse que o local é o ponto de evacuação de civis. Em comunicado da própria empresa, ela afirma que “mais de 50 mil estrangeiros deixaram o país nos últimos 6 dias”.



17h12 – Ibovespa sobe 1,78%, aos 115.155 pontos

As maiores altas do índice são empresas relacionadas à commodities, com destaque para petrolíferas. 3R Petroleum (RRRP3) lidera os ganhos, subindo 12,16%, seguida por CSN (CSNA3), subindo 8,17% e PetroRio (PRIO3), avançando 7,98%.

Ações da Petrobras também sobem, com PETR3 (ordinárias) avançando 3,22% e PETR4 (preferenciais) ganhando 2,15%. Vale (VALE3) também está entre as maiores altas do dia, avançando 7,52% agora.

Entre as maiores baixas, estão Ambev (ABEV3), recuando 4,47%, Natura (NTCO3) em baixa de 3,97% e Cielo (CIEL3) em baixa de 3,89%.



17h – Dólar comercial fecha em queda de 0,94%, a R$ 5,107 na compra e na venda



16h55 – Preços ao consumidor avançam a ritmo robusto em todo os EUA, diz Livro Bege

Segundo o documento, alguns Distritos relataram uma aceleração dos preços, com o aumento dos custos de insumos, sendo citado como o principal fator para a indústria, junto com custos elevados de transporte logístico.

“Os aumentos nos custos de mão de obra e a contínua escassez de materiais também contribuíram para os preços mais altos dos insumos”, acrescentou o documento, ressaltando que as empresas “esperam aumentos de preços adicionais nos próximos meses, à medida que continuam a repassar os aumentos nos custos de insumos”.

Sobre a atividade, o Livro Bege destacou que se expandiu em ritmo de modesto a moderado, desde meados de janeiro. “Muitos distritos relataram que o aumento nos casos de COVID-19 interrompeu temporariamente a atividade comercial”, apontou.



16h49 – EUA mantém “porta diplomática aberta” para Rússia, afirma secretário de Estado

“Se a Rússia recuar e quiser conversar, estamos prontos”, disse Antony Blinken, ressaltando que tais conversas só podem acontecer diante de um recuo militar russo.

O secretário de Estado dos EUA ressaltou a força do Ocidente diante da guerra na Ucrânia: “a Rússia ficou mais fraca”

“O Presidente Putin está mais isolado hoje do que jamais esteve. A Rússia ficou mais fraca e o mundo ficou mais forte”, disse Blinken, lembrando o recado dado pelas Nações Unidas, ao aprovar por quase unanimidade a resolução contra a guerra na Ucrânia.

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken (Reprodução da internet)


16h47 – Projetos para conter escalada dos combustíveis estarão na pauta do Senado na próxima semana

“Mais do que nunca, diante do aumento do valor do barril de petróleo, precisamos tomar medidas que impeçam a elevação do preço dos combustíveis”, escreveu o presidente da Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco, nas redes sociais.



16h41 – Secretário de Estado dos EUA chama invasão da Ucrânia de “agressão premeditada”

Anthony Blinken reafirmou que o Ocidente está cumprindo o que prometeu caso a invasão acontecesse, com sanções contra os russos e apoios militar e financeiro aos ucranianos. “Impomos sanções contra instituições financeiras e contra o fundo soberano”, lembrou Blinken.

Blinken ainda ressaltou que os EUA vão apoiar todos os países vizinhos que receberem refugiados: “vamos garantir a segurança desse fluxo” de pessoas.



16h40 – Secretário de Estado dos EUA anuncia força-tarefa para rastrear e congelar bens de empresas russas

“Nós e nossos aliados estamos lançando uma força-tarefa para identificar, rastrear e congelar os bens de empresas russas. Vamos congelar seus jatos, iates e bens de luxo”, disse Antony Blinken.

Ele que o sistema financeiro e econômico da Rússia “está sendo atacado” para que o país perca acesso à tecnologia, dinheiro e investimentos para bancar a guerra.

“Estamos impondo sanções contra empresas que constroem sistemas de defesas para os russos. São 22 entidades nessa lista”, disse Blinken. As sanções vão ser ampliadas para todos que apoiarem a Rússia, incluindo a Bielorrússia.

Veja o pronunciamento:



16h27 – Estação ferroviária central de Kiev teria sido alvo de “ataque massivo”, diz agência

Grande tremor de terra foi sentido em diversas partes da capital, segundo a Reuters, com confirmação de um assessor do Ministério do Interior da Ucrânia, Anton Herashchenko. Ainda não há informações sobre mortos e consequências estruturais.

Outros jornalistas de guerra que estão Kiev também fizeram relatos sobre a explosão em redes sociais. “Uma grande explosão agora na região central de Kiev. Senti o prédio onde estou tremer”, escreveu a jornalista britânica Sara Firth.



16h – Bilionário russo Roman Abramovich anuncia venda do Chelsea; recursos serão destinados a vítimas da Ucrânia

Abramovich já havia anunciado seu afastamento do comando do atual campeão da Liga dos Campeões e do Mundial de Clube da FIFA.

“Gostaria de abordar a especulação na mídia nos últimos dias em relação à minha propriedade do Chelsea FC. Como já disse antes, sempre tomei decisões com o melhor interesse do clube em mente. Na situação atual, tomei, portanto, a decisão de vender o Clube, pois acredito que seja do interesse do Clube, dos adeptos, dos colaboradores, bem como dos patrocinadores e parceiros do Clube”, escreveu o bilionário em um comunicado.

“A venda do Clube não será acelerada, mas seguirá o devido processo. Eu não vou pedir nenhum empréstimo para ser reembolsado. Isso nunca foi sobre negócios ou dinheiro para mim, mas sobre pura paixão pelo jogo e pelo clube. Além disso, instruí minha equipe a criar uma fundação de caridade onde todos os lucros líquidos da venda serão doados. A fundação será para o benefício de todas as vítimas da guerra na Ucrânia. Isso inclui fornecer fundos essenciais para as necessidades urgentes e imediatas das vítimas, bem como apoiar o trabalho de recuperação de longo prazo”, sublinhou.

 



15h42 – 3R Petroleum (RRRP3) lidera altas da bolsa em meio à disparada do preço do petróleo



15h39 – Índice de Materiais Básicos (IMAT) dispara 4,35% neste momento; apenas dois índices setoriais caem

O Índice Imobiliário (IMOB) recua 1,21%; o Financeiro (IFNC) perde 0,72%.

Neste dia mais curto na bolsa brasileira, o índice Industrial (INDX) avança 1,32%; seguido por Consumo (ICON), com alta de 1,08%; Utilidade Pública (UTIL), subindo 0,14%; Energia Elétrica (IEE), que gira em torno da estabilidade, com mais 0,01%.



15h33 – Governo de Honduras decreta país “livre de mineração a céu aberto”; Itaú BBA vê notícia como negativa para a Aura Minerals (AURA33)

O Ministério de Energia, Recursos Naturais, Meio Ambiente e Minas de Honduras divulgou um comunicado de imprensa anunciando sua intenção de cancelar a aprovação de licenças de extração mineral e revisar ou suspender licenças, autorizações e concessões ambientais para a atividade de mineração no país.

A Aura não prevê mudanças significativas de curto prazo em suas operações em Honduras, mas o BBA acredita “que os investidores poderiam levar em consideração um risco maior de intervenção do governo”, e considera o evento “negativo para a empresa”.

No momento, o ativo despenca 13,84%, a R$ 43,03.



15h26 – Preços internacionais do petróleo seguem em forte alta nesta quarta-feira

No momento, o WTI para entrega em abril sobe 5,34%, a US$ 108,93; enquanto o Brent para entrega em maio avança 5,76%, a US$ 111,01.



15h22 – “Cada avanço da OTAN é uma ameaça para si própria”, afirmou ministro russo das Relações Exteriores

“Ao se mover para perto de nossas fronteiras, a OTAN estava apenas procurando um inimigo, esse é o significado e o propósito de OTAN”, disse Alexander Grushko, ministro das Relações Exteriores da Rússia, segundo a agência russa de notícias TASS.

“Qualquer pessoa que possa usar sua cabeça entende perfeitamente que a expansão da OTAN visava efetivamente a busca de um inimigo. A OTAN percebeu que não pode existir sem um inimigo”, afirmou.

Grushko ainda insinuou que a Rússia foi “provocada” pela OTAN: “quando chegaram tão perto, foi como se dissessem que precisamos nos defender contra uma grande ameaça do ocidente, precisamos de armas lá, precisamos aumentar os orçamentos militares. Mas, ao mesmo tempo, eles criaram vulnerabilidades para si mesmos. Cada expansão da aliança realmente piorou sua segurança”.



14h49 – Presidente da Ucrânia vê a votação na ONU como uma “coalizão global anti-Putin”

Volodymyr Zelensky agradece a votação expressiva de hoje na ONU que repreende a Rússia pela invasão à Ucrânia: “congratulo-me com a aprovação da AG (Assembleia Geral) por uma maioria sem precedentes de resoluções com um forte apelo à Federação Russa para parar imediatamente o ataque traiçoeiro na Ucrânia. Sou grato a todos e a todos os estados que votaram a favor. Você escolheu o lado certo da história”.

O presidente ucraniano evitou críticas à Rússia em si e sublinhou que o “inimigo” é o presidente Vladimir Putin: “os resultados destrutivos da votação na ONU para o agressor mostram de forma convincente que uma coalizão global anti-Putin foi formada e está funcionando. O mundo está conosco. A verdade está do nosso lado. A vitória será nossa”.



14h41 – “Putin é um criminoso de guerra”, afirmou o embaixador da Ucrânia na ONU

Em entrevista coletiva agora há pouco nas Nações Unidas, Sergiy Kyslytsya agradeceu os votos dos 141 países que aprovaram a resolução contra a guerra na Ucrânia e voltou a chamar Vladimir Putin de “criminoso de guerra”.



14h35 – Powell diz ser apropriado subir juro em março e que proporá alta de 0,25 ponto



14h27 – Diferença entre Lula (PT) e Bolsonaro (PL) cai para 8 pontos, segundo pesquisa da Poder360

O ex-presidente conseguiu 40% das intenções de voto na pesquisa realizada de 27 de fevereiro a 1º de março, enquanto o atual presidente marcou 32%. Na pesquisa anterior, de 13 a 15 de fevereiro, Lula tinha os mesmos 40% contra 31% de Bolsonaro.

Ciro Gomes (PDT) tem 7%, Sérgio Moro (Podemos) marcou 6%. Eduardo Leite (PSDB) agora cotado para disputar o Planalto pelo (PSD) fez 3% e está empatado na margem de erro com João Dória (PSDB) e André Janones (Avante), ambos com 2%, e com Simone Tebet (MDB), que conseguiu 1%. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

A mesma pesquisa mostrou que Lula bateria Bolsonaro em um provável segundo turno por 51% a 37%.



14h17 – Bolsas europeias fecham no azul neste sétimo dia de guerra na Ucrânia

Os investidores enxergam as sanções contra a Rússia como um aceno de que a guerra pode perder força.

Do lado de dados, as notícias não foram boas. O aumento dos custos de energia levou a inflação na Europa a outro recorde, levantando questões sobre quando o banco central deve intervir para aliviar o problema.

Inflação na zona do euro
Inflação na zona do euro

Os preços ao consumidor nos 19 países que usam o euro aumentaram a uma taxa anual de 5,8% em fevereiro, informou a agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, na quarta-feira. O recorde anterior foi visto em janeiro passado, com 5,1% estabelecido no mês passado.

  • DAX (Frankfurt): +0,69%
  • FTSE 100 (Londres): +1,36%
  • CAC 40 (Paris): +1,59%
  • IBEX 35 (Madri): +1,62%
  • FTSE MIB (Milão): +0,70%


14h13 – Meirelles defende privatizar Caixa: País não precisa de 2 grandes bancos federais

O ex-ministro Henrique Meirelles, responsável por coordenar o plano econômico da candidatura do governador João Doria (PSDB) ao Palácio do Planalto, disse que considerou a venda da Caixa ao capital privado, num processo em que seria transferido ao Banco do Brasil o papel de financiador do programa nacional de habitação, como a melhor solução.

“É importante discutir se devemos continuar tendo dois bancos. A nossa conclusão é de que não precisamos e, entre os dois, o que faz mais sentido é a privatização da Caixa, já que o BB é o único que financia o setor agrícola”, sustentou o ex-ministro da Fazenda e ex-presidente do Banco Central (BC). “Nos bancos, a melhor solução é a privatização completa da Caixa”, reforçou. (Estadão Conteúdo)



14h09 – Jerome Powell: Economia americana está preparada para lidar com alta de juros

O presidente do Federal Reserve afirmou que o mercado de trabalho americano está bastante forte e, partindo desse pressuposto, a autoridade monetária está em um “bom lugar” para tentar controlar a inflação.

“Os trabalhadores vão continuar tendo bons trabalhos e a ter aumentos de salário por um tempo. A economia está forte e consegue aguentar os juros, que vamos subir”, disse Powell.

O chairman afirma que é preciso alinhar oferta e demanda para colocar a inflação em nível mais apropriado.

“Essa é a maior inflação que já vi desde que estava na faculdade, 50 anos atrás”, disse Powell, que está sendo sabatinado por deputados da Comissão de Serviço Financeiros.



14h02 – Focus traz leve alta na projeção de inflação; PIB e Selic ficam estáveis frente semana passada

Focus de 25 de fevereiro de 2022


14h00 – ONU ACABA DE APROVAR RESOLUÇÃO CONTRA GUERRA NA UCRÂNIA

Foram 141 países a favor da resolução que condena a invasão da Rússia na Ucrânia, enquanto 5 países votaram contra e 35 abstenções. Os 5 votos contra foram da própria Russa, Belarus, Síria, Coreia do Norte e Eritreia.

O Brasil votou a favor da resolução contra a guerra. Tal resultado mostra o tamanho do isolamento russo.



13h57 – Rússia está se preparando para aumentar a brutalidade contra a Ucrânia, disse a embaixadora dos EUA na ONU

De acordo com a Reuters, em seu discurso ocorrido há pouco, Linda Thomas-Greenfield pediu aos membros da Assembleia Geral que votem a favor de uma resolução que deve repreender Moscou por sua invasão.

“Vimos vídeos de forças russas movendo armas excepcionalmente letais para a Ucrânia, que não têm lugar no campo de batalha. Isso inclui munições de fragmentação e bombas a vácuo – que são proibidas pela Convenção de Genebra. O presidente Putin continua a aumentar – colocando as forças nucleares da Rússia em alerta máximo, ameaçando invadir a Finlândia e a Suécia. A cada passo do caminho, a Rússia traiu as Nações Unidas. As ações da Rússia vão contra tudo o que este órgão representa” ela disse, acusando os russos de crimes de guerra.”



13h52 – “Essa não é minha guerra, é um erro”, disse embaixador da Ucrânia na ONU

Em discurso agora há pouco nas Nações Unidas, Sergiy Kyslytsya comparou os russos com os nazistas e Putin a Hitler: “há mais de 80 anos, outro ditador tentou finalmente resolver a questão de outro povo. Ele falhou, com o mundo respondendo de forma resoluta e unida”.

O diplomata pediu novamente apoio militar do Ocidente e disse que esse é um “momento decisivo para nossa geração”: “nossa geração é a geração que nossos predecessores supunham estar salva do flagelo da guerra. É por isso que nossos predecessores criaram as Nações Unidas. E, ainda hoje, cabe a nós salvar as gerações futuras”. Seu discurso foi amplamente aplaudido.

O embaixador russo tomou a palavra na sequência dizendo que a invasão da Ucrânia foi feita para “defender a paz”.



13h51 – Dirigente do Fed, Evans diz que postura atual sobre juros não é adequada e precisa mudar



13h45 – Papéis da Aura Minerals (AURA33) despencam 16,62%, R$ 41,69, após governo de Honduras cancelar licenças de exploração extrativistas no país



13h41 – Setores da bolsa operam mistos, com destaque para materiais básicos 

O índice IMAT, que mede desempenho das empresas do setor de materiais básicos, sobe 3,10%, aos 6.339 pontos.



13h37 – Ibovespa avança 1,58% puxado pelo setor de commodities e bolsas internacionais

No retorno do feriado de Carnaval, a bolsa brasileira abriu em forte alta, de quase 2%, acompanhando os mercados internacionais, mas desacelerou parte dos ganhos e opera agora com alta de 1,58%, nos 114.982 pontos.

O movimento de alta é puxado pelas ações do setor de commmodities, influenciadas pela disparada do preço do barril de petróleo, em meio ao avanço do conflito entre Rússia e Ucrânia, e alta do minério de ferro.

Em NY, após um início de semana oscilante, as bolsas sobem: S&P500, +1,86%; Dow Jones, +1,85%; e Nasdaq, +1,42%.

O dólar comercial opera com alta de 0,23%, cotado a R$ 5,167 na compra e a R$ 5,168 na venda.

Os juros futuros operam mistos, com curtos em alta e longos em baixa: DIF23, +0,10 pp, a 12,55%; DIF25, +0,08 pp, a 11,51%; DIF27, -0,02 pp, a 11,32%; e DIF29, -0,01 pp, a 11,46%.



13h33 – As ações ON da CVC (CVCB3) lideram as perdas dentro do Ibovespa, recuando 4,62%, R$ 11,97

  • PNs da Gol (GOLL4) operam em baixa de 3,36%, R$ 16,70;
  • Papéis PN da Azul (AZUL4) caem 2,06%, R$ 24,77;


13h22 – Siderúrgicas sobem em bloco e figuram entre as maiores altas do Ibovespa 

  • CSN (CSNA3) +6,49%, a R$ 26,73;
  • Gerdau (GGBR4) +4,08%, a R$ 26,50;
  • Met. Gerdau (GOAU4) +4,61%, a R$ 10,89;
  • Usiminas (USIM5) +2,38%, cotada a R$ 15,06.


13h19 – No sétimo dia de guerra com o Ucrânia, Rússia mantém a bolsa de valores fechada

É o terceiro dia consecutivo que a MOEX não opera. O site da bolsa de Moscou segue fora do ar. Embora o Banco Central da Rússia mantenha a bolsa suspensa, disse que permitirá uma gama limitada de operações pela primeira vez nesta semana.

O banco central também elevou sua taxa básica de juros de 9,5% para 20%, ordenou que empresas lideradas pela exportação vendessem 80% de suas moedas estrangeiras e proibiu estrangeiros de vender títulos russos esta semana em uma medida de emergência para combater o risco de maior depreciação do rublo.

Os papeis da Gazprom, principal empresa de petróleo do país, seguem despencando em Londres, na faixa acima dos 34%, depois que a Shell disse na segunda-feira (28) que pretende sair de suas joint ventures com a russa.

Os fundos negociados em bolsa também foram atingidos ontem: o Lyxor MSCI Russia UCITS, listado em Paris, que acompanha o índice MSCI russo, afundou 33%, depois de perder metade de seu valor na sessão anterior – no momento, sobe 6,62%. O maior ETF listado nos EUA que rastreia ações russas, o VanEck Russia ETF, caiu 12% nas negociações de pré-mercado, logo após perder 30% um dia antes (no momento, mais 1,45%).



13h17 – Ações ON e PN da Petrobras (PETR3;PETR4) saltam, respectivamente, +4,15% (R$ 37,88) e +3,24% (R$ 35,10), repercutindo a valorização do petróleo no mercado internacional

  • Petróleo do tipo WTI avança 3,41%, US$ 106,82
  • Brent sobe 3,97%, a US$ 109,14


13h16 – Com alta do petróleo, ações de PetroRio (PRIO3) e 3R Petroleum (RRRP3) disparam 9,45% e 5,08%, respectivamente



13h14 – Ação ON da Vale (VALE3) abre em alta de 7,08%, R$ 99,81, com o avanço do minério de ferro na China



13h13 – IBOVESPA DISPARA 1,95% NA ABERTURA DOS NEGÓCIOS, AOS 115.348 PONTOS

A bolsa brasileira operam com forte alta, seguindo os mercados internacionais, puxado pelas ações de commodities.



13h07 – Jerome Powell: Estamos fazendo de tudo para nos protegermos de ataques cibernéticos

O presidente do Federal Reserve foi questionado por um deputado da Comissão de Serviços Financeiros sobre sua confiança na segurança dos bancos americanos, diante da possibilidade ataques cibernéticos pela Rússia.

“Tudo o que podemos fazer para nos proteger de ataques, estamos fazendo. As grandes instituições financeiras têm feito isso há muito tempo”, disse Powell, admitindo que ainda é “difícil dizer o que pode acontecer”.



13h04 – IBOVESPA ABRE EM ALTA PRELIMINAR DE 0,20%, APÓS CARNAVAL, AOS 113.371 PONTOS



13h00 – Jerome Powell: Juros próximos de zero não estão em um nível apropriado

Respondendo à pergunta dos parlamentares na Comissão de Serviços Financeiros do Congresso Americano, o presidente do Federal Reserve diz que os juros hoje ainda são muito estimulantes para a economia dos EUA. Ele admite que um ajuste na taxa deve impactar a demanda.

“A demanda irá moderar quando os juros subirem e os preços também”, afirmou Powell. “É assim que fazemos para manter os juros sob controle”.



12h58 – Após anúncio de saída do mercado europeu, Sberbank vê seus papeis serem reduzidos a menos de um centavo na bolsa de Londres

A queda das ações do maior banco da Rússia, cujo principal acionista é justamente o Bank Of Russia, ultrapassou 76% e chegou a valer menos de um centavo de dólar nesta quarta-feira (US$ 0,0500).

Desde que a guerra com a Ucrânia estourou, na semana passada, o Ocidente vem impondo sanções ao sistema financeiro russo e o Sberbank foi um dos que mais sofreu. No pregão do dia 28 de fevereiro, perdeu 74,00% e no dia seguinte, mais 80,95%. No começo de fevereiro, uma ação era cotada a US$ 13,40.



12h49 – Jerome Powell defenderá alta de 25 pontos-base para os juros no próximo encontro do Fomc

O chairman do Federal Reserve acredita que o ajuste é o mais adequado no atual contexto, mas não descartar uma mudança de rota caso efeitos inesperados persistam. A próxima reunião do Comitê de Mercado Aberto do BC americano (FOMC, na sigla em inglês), também será fundamental para ajustar o balanço de pagamentos da autoridade monetários.

“Vamos ser cautelosos, a medida que formos sabendo das implicações da guerra na Ucrânia”, afirma Powell. Neste momento, o presidente do Fed apresenta o relatório semi-anual de política monetária do BC americano e está sendo sabatinado por parlamentares.



12h41 – Bolsas em NY aceleram alta após discurso de Powell

  • S&P 500: +1,20%;
  • Dow Jones: +1,25%;
  • Nasdaq: +0,67%


12h35 – Jerome Powell: Ajuste de juros deve ser flexível, mas pode se tornar mais agressivo a depender da inflação

O presidente do Federal Reserve apresenta a parlamentares o relatório semi-anual de política monetária. Além de afirmar que os os impactos para a economia dos Estados Unidos são altamente incertos, Jerome Powell disse que o Banco Central dos EUA será flexível no movimento de alta de juros, nos próximos meses.

Powell também afirmou acreditar que a inflação vai encontrar um pico e arrefecer ainda este ano. “Mas, se persistir, estaremos preparados para agir de forma mais agressiva, com um aumento de 50 pontos-base em algum dos próximos encontros”, disse.

O presidente do Fed ressaltou que a inflação está bem acima da meta e reafirmou que o mercado de trabalho está em situação de aperto extremo.

“Precisamos nos distanciar de políticas monetárias de estímulo”, disse o chairman do Fed.



12h15 – Guerra entre Rússia e Ucrânia completa uma semana; Petróleo bate US$ 112; Bitcoin se recupera



12h11 – Fabricante de fertilizantes, Yara alerta para possível crise no acesso a alimentos

A norueguesa Yara International publicou hoje uma nota oficial para declarar extrema preocupação com a situação que se desenrola entre Rússia e Ucrânia e afirmar oposição às ações russas.

Segundo a nota, a empresa está adquirindo uma quantidade considerável de matérias-primas essenciais da Rússia, usadas para a produção de alimentos em todo o mundo, mas que as condições geopolíticas desequilibradas podem fazer com que o mercado fique sujeito a limitações.

Ainda conforme a empresa, não há alternativas de curto prazo. “Embora possamos optar por adiar o consumo da maioria dos produtos e serviços, a alimentação é um bem essencial. Uma consequência potencial é que apenas a parte mais privilegiada da população mundial tenha acesso a alimentos suficientes”, escreveu. (Estadão Conteúdo)



11h59 – Empresa responsável por gasoduto Nord Stream 2 não confirma pedido de falência



11h48 – Gasolina cai 0,4% em fevereiro ante janeiro, mas sobe 33,28% em 1 ano

Em fevereiro, o preço do litro da gasolina recuou 0,4% em comparação com janeiro. No segundo mês do ano, a média nacional chegou a R$ 6,880, enquanto em janeiro o preço médio foi de R$ 6,908. Apesar da queda, o valor ainda é 33,28% superior ao registrado no mesmo mês de 2021, segundo levantamento feito pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas. (Estadão Conteúdo)



11h44 – Biden prevê final obscuro para Putin em discurso do Estado da União: “Ele não tem ideia do que está por vir”

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, prometeu na noite de terça-feira (1) que o líder russo, Vladimir Putin, pagará caro a longo prazo pela invasão da Ucrânia, mesmo que sua campanha militar seja bem sucedida a curto prazo.

“Embora ele possa obter ganhos no campo de batalha, ele pagará um preço alto contínuo a longo prazo”, disse Biden em seu discurso sobre o Estado da União. Saindo do texto preparado, Biden acrescentou: “Ele não tem ideia do que está por vir”.

Biden falou ao Congresso dos Estados Unidos no sexto dia da invasão russa à vizinha europeia Ucrânia, enquanto Kiev se depara com o avanço de uma coluna russa de blindados de quilômetros de comprimento potencialmente preparando-se para assumir a capital ucraniana.



11h32 – Bolsas em NY abrem alta

  • Dow Jones: +0,61%
  • S&P 500: +0,54%
  • Nasdaq: +0,20%

Leia também: Efeitos de conflito na Ucrânia para economia dos EUA são altamente incertos, dirá Powell



11h27 – China não aderirá a sanções contra Rússia, diz órgão regulador bancário



11h23 – EUA criam 475 mil empregos no setor privado em fevereiro, mostra ADP, acima do esperado; dado de janeiro é revisado para cima



11h20 – Bolsas mundiais revertem tendência de queda e passam a operar em alta, mesmo com avanço da guerra entre Ucrânia e Rússia; ADRs dispararam em NY no feriado

A semana começa hoje, a partir das 13h, para os investidores brasileiros, após o fechamento da B3 (B3SA3) por conta do feriadão do Carnaval.

Entre os indicadores, está prevista divulgação do boletim Focus, a partir das 14 horas. Na frente política, as discussões sobre redução de impostos e preços de combustíveis devem continuar em destaque, com possíveis novidades sobre o PLP 11 (que trata do congelamento do ICMS regional) e o PL 1472 (que trata do fundo de estabilização dos combustíveis e impostos de exportação).

ADRs e petróleo

Nesta reabertura, em plena Quarta-Feira de Cinzas, os investidores vão se deparar com o avanço dos ADRs (recibos de ações de empresas listadas em bolsas estrangeiras e negociados nos Estados Unidos) das companhias brasileiras.

Isso principalmente com a escalada da guerra da Ucrânia, que fez os preços das commodities dispararem (ainda mais).

Entre os ADRs que mais se valorizaram estiveram os da Vale (VALE3), que registrou a maior alta acumulada, com ganhos de cerca de 5,8%, seguido pelas siderúrgicas como CSN (CSNA3) e Gerdau (GGBR4), também com ganhos, de cerca de 3%, em meio à disparada do minério.

Os ativos da Petrobras (PETR3;PETR4) também registraram ganhos, de cerca de 3%, em meio à forte disparada do petróleo durante o período de B3 fechada.

Nesta manhã, o preço do barril do petróleo disparou novamente, com WTI saltando 6,56%, a US$ 110,13, e o do tipo Brent avançando 5,52%, a US$ 111,81.

Leia também: Opep+ mantém planos e fecha acordo para elevar produção em mais 400 mil barris por dia em abril; petróleo acelera alta



11h17 – Maior banco da Rússia anuncia saída do mercado europeu



11h15 – Veja o desempenho dos mercados:

  • Dow Jones Futuro (EUA), +0,44%;
  • S&P 500 Futuro (EUA), +0,36%;
  • Nasdaq Futuro (EUA), +0,31%.
  • FTSE 100 (Reino Unido), +0,76%;
  • DAX (Alemanha), +0,01%
  • CAC 40 (França), +0,84%
  • FTSE MIB (Itália), +0,17%
  • Stoxx600: +0,30%

Mercados fechados:

  • Shanghai SE (China), -0,13%;
  • Nikkei (Japão), -1,68%;
  • Hang Seng Index (Hong Kong), -1,84%
  • Kospi (Coreia do Sul), +0,16%
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 4,64%, a 755,00 iuanes, o equivalente a US$ 119,51

Leia também: Bitcoin e Ethereum tentam manter rali, enquanto mercado cripto volta a valer US$ 2 tri após 6 meses



Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe