Virando novela

Cotistas do BCRI11 desistem novamente de assembleia para trocar gestão do FII; fundo quer nome dos autores da proposta

É a segunda vez que o grupo de investidores pede a convocação do encontro e, dias depois, desiste

Por  Wellington Carvalho -

 

Investidores detentores de 6,69% das cotas do FII Banestes Recebíveis Imobiliários ( BCRI11) desistiram, mais uma vez, da convocação de uma assembleia geral extraordinária (AGE) para a troca do atual gestor do fundo pela Suno Gestora.

A decisão foi confirmada em fato relevante divulgado pelo fundo, na noite de sexta-feira (22). No mesmo dia, a Banestes DTVM – atual gestora – manifestou insatisfação com a tentativa de mudança e anunciou que buscaria os nomes dos responsáveis pela proposta, que inicialmente pediram anonimato.

É a segunda vez que o grupo pede a convocação do encontro e, dias depois, desiste. O último pedido havia sido feito no dia 15 de julho, lembra o comunicado do fundo ao mercado, que não trouxe detalhes sobre a decisão de cancelar a solicitação.

Minutos depois da divulgação do fato relevante, a atual gestão do Banestes Recebíveis Imobiliários sinalizou ter sido surpreendida com o segundo pedido para a troca da gestão do fundo.

O posicionamento faz parte do relatório gerencial divulgado pela carteira também na noite de sexta-feira (22), que destacou, entre outros pontos, os resultados obtidos pelos atuais gestores do FII.

“O fundo tem um portfólio altamente diversificado que entregou excelentes e consistentes resultados ao longo de sete anos de existência”, aponta o texto.

Durante a pandemia de Covid-19, detalha a gestão, o fundo apresentou uma rentabilidade de 30,5%, com uma valorização da cota de 3,8%. No período, o IFIX – índice dos fundos imobiliários mais líquidos da B3 – acumulou resultado negativo, calcula o fundo.

A equipe de gestão também observou que houve um crescimento de 78% do patrimônio líquido do fundo entre novembro de 2020 e maio de 2022. O Banestes Recebíveis Imobiliários ainda foi eleito o terceiro melhor FII pelo Ranking InfoMoney-Ibmec 2021, relembra o time de gestores.

Descubra o passo a passo para viver de renda com FIIs e receber seu primeiro aluguel na conta nas próximas semanas, sem precisar ter um imóvel, em uma aula gratuita.

Ainda no relatório gerencial, a Banestes DTVM diz respeitar os interesses de todos os cotistas do fundo e está aberta ao diálogo. No entanto, pondera que jamais recebeu qualquer reclamação em relação ao trabalho dos gestores.

No texto, a gestora lembra que, cinco dias antes do novo pedido para a convocação da AGE, houve a desistência de uma primeira tentativa, que teria o mesmo propósito – a troca de gestão.

A atual gestão reclama também que, além de jamais ter procurado o fundo, o grupo de investidores responsável pelo pedido solicitou anonimato no processo. Insatisfeita com o posicionamento dos cotistas, a Banestes DTVM solicitou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a divulgação dos responsáveis pela proposta de troca da gestão do fundo.

“A CVM requereu que o administrador fiduciário divulgue os nomes dos cotistas solicitantes nessa nova tentativa e reforçamos o pedido de identificação dos proponentes da primeira tentativa”, pontua o relatório gerencial.

No documento, a Banestes DTVM ainda diz ter observado negociações atípicas com as cotas do fundo durante o período em que a solicitação de convocação de assembleia foi formulada.

Com sete anos de existência, o Banestes Recebíveis tem atualmente um patrimônio líquido de quase R$ 670 milhões. O portfólio é composto por certificados de recebíveis imobiliários (CRI), 86,6%, cotas de outros FIIs, 9,9%, e fundos de investimento, 3,5%.

No último dia 15, o fundo depositou R$ 1,47 por cota, uma taxa mensal de retorno com dividendos (dividend yield) de 1,34%, a maior dos últimos 12 meses, como aponta a página da carteira no InfoMoney.

Fonte: InfoMoney

Atualmente, a base de cotistas do FII Banestes Recebíveis Imobiliários soma 47.113 investidores, sendo 47.013 pessoas físicas e 100 pessoas jurídicas.

Confira outros fatos relevantes da semana passada

Dividendos da semana

Confira quais são os fundos imobiliários que distribuem rendimentos entre segunda-feira (25) e sexta-feira (29):

TickerDataFundoRendimento
25/07/2022XPML11XP Malls R$      0,69
25/07/2022XPIN11XP Industrial R$      0,61
25/07/2022FCFL11Campus Faria Lima R$      0,88
25/07/2022NCRA11NCH CRA R$      2,68
25/07/2022ERCR11Estoque Residencial e Comercial RJ R$  755,80
25/07/2022BTLG11BTG Pactual Logistica R$      0,82
25/07/2022ALZR11Alianza Trust RI R$      0,78
25/07/2022SNCI14Suno CRI R$      0,80
25/07/2022SNCI13Suno CRI R$      1,30
25/07/2022SNCI11Suno CRI R$      1,30
25/07/2022SNFF11Suno FoF R$      0,65
25/07/2022BVAR11Brasil Varejo R$    17,42
26/07/2022MMPD14Mauá Mpd R$      2,06
26/07/2022CVPR14Cvpar CRI R$      1,05
26/07/2022CVPR11Cvpar CRI R$      1,05
26/07/2022MMPD15Mauá Mpd R$      2,06
26/07/2022BTAL11BTG Pactual Agro Log R$      0,83
26/07/2022EQIR11EQI CRI R$      1,20
26/07/2022EXES11Exes CRI R$      0,93
26/07/2022MORC11More CRI R$      1,40
26/07/2022CCRF11Canvas CRI R$      1,90
27/07/2022TJKB11TJK Renda Imobiliária R$      2,52
27/07/2022PBLV11Prologis Brazil Logistics Venture R$    33,92
28/07/2022CNES11Cenesp R$      0,10
28/07/2022BCIA11Bradesco Carteira ImobiliáriaAtiva R$      0,74
29/07/2022BTRA11Terras Agrícolas R$      0,70
29/07/2022FLRP11Floripa Shopping R$    12,79
29/07/2022EDGA11Galeria R$      0,14

Leia também: 

Compartilhe