Tempo Real

Vale (VALE3) e Petrobras (PETR3 PETR4) puxam alta da bolsa com valorização de commodities

Confira o que movimentou os mercados

Por  Equipe InfoMoney -

18h12 – Encerramos nossa cobertura, confira os destaques da Bolsa de hoje



Acessa o tempo real do InfoMoney todos os dias? Adicione este link aos favoritos do seu navegador!



18h09 – Vale (VALE3) e Petrobras (PETR3;PETR4) são destaques da Bolsa nesta quinta

Metalúrgicas, mineradoras e petroleiras, com isso, foram destaque entre as altas por peso do Ibovespa. Os papéis PN da Gerdau (GGBR4) subiram 5,76%. As ações ON da CSN (CSNA3) e da Vale subiram 5,29% e 2,91%, respectivamente. Já a Petrobras teve seus ativos ON e PN valorizando 2,96% e 2,93%.

As movimentações acompanharam a alta das commodities, após a China anunciar que prepara um um pacote de apoio à infraestrutura. O barril do petróleo Brent fechou em alta de 3,88%, a US$ 104,60. Na China, o minério de ferro avançou 3,13%, a US$ 115,49 a tonelada, no porto de Dalian.

Além das companhias de commodities, os papéis ON da CVC (CVCB3) também foram destaque, com alta de 10,32%, surfando a baixa do dólar. Já as ações ON da Yduqs (YDUQ3) subiram 10,51%.

Do outro lado, entre as maiores quedas, ficaram as companhias de proteínas, que são impactadas pela alta do preço dos grãos – JBS (JBSS3) e Marfrig (MRFG3) caíram 1,22% e 1,12%.

Confira os destaques de ações no pregão de hoje:



18h01 – Ibovespa futuro fecha com alta de 2,45%, aos 102.420 pontos; e dólar futuro, com queda de 1,60%, cotado a R$ 5,375



17h47 – Ecorodovias (ECOR3): tráfego cai 9,3% em junho e 5,2% no consolidado do primeiro semestre

Companhia divulgou prévia operacional com 30,637 milhões de veículos pagantes em junho, o que corresponde a 9,3% a menos do que o mesmo mês de 2021. No acumulado do primeiro semestre de 2022, foram 189,580 milhões, queda de 5,2% diante do mesmo período de um ano atrás.



17h40 – Locaweb (LWSA3) informa aumento de capital social

Empresa aprovou a emissão de mais 2.263.080 ações ordinárias, “decorrente dos recebimentos de tempestivas notificações dos exercícios de opções de compras/subscrições/integralizações de ações por parte de 17 Beneficiários dos Planos SoP, devidamente  qualificados”. O acréscimo é de R$3.960.390,00.

Novo capital social da Locaweb passa a ser de R$ 3.006.936.628,68.



17h25 – Fechamento dos outros índices brasileiros

  • Small Caps (SMLL): +2,17%
  • BDRs (BDRX): +0,36%
  • Fundos Imobiliários (IFIX): +0,14%


Fechamento do mercado com Pam Semezzato, da Clear Corretora



17h15 – Ibovespa fecha em alta de 2,04%, aos 100.729,72 pontos

  • Máxima: 101.420,24
  • Mínima: 98.721,51
  • Volume: R$ 23,25 bilhões

Confira a evolução do IBOV durante a semana, mês e ano:

  • Segunda-feira (4): -0,35%
  • Terça-feira (5): -0,32%
  • Quarta-feira (6): +0,43%
  • Semana: +1,80%
  • Julho: +2,57%
  • 2022: -3,37%


17h05 – Fechamento Wall Street

  • Dow Jones = +1,12%, aos 31.384,55 pontos
  • S&P 500 = +1,50%, aos 3.902,62 pontos
  • Nasdaq = +2,28%, aos 11.621,35 pontos


17h03 – Fechamento dos títulos do Tesouro norte-americano

  • 30 anos: +0,074 (a 3,192%)
  • 2 anos: +0,067 (a 3,028%)
  • 5 anos: +0,097 (a 3,046%)
  • 10 anos: +0,097 (a 3,008%)


17h01 – Dólar fecha com queda de 1,42%

  • Venda = R$ 5,345
  • Compra = R$ 5,345
  • Mínima = R$ 5,331
  • Máxima = R$ 5,414


16h57 – Câmara dos Deputados inicia sessão que vai analisar e votar a chamada PEC dos Auxílios



16h55 – Ibovespa fecha, preliminarmente, com alta de 2,17%, aos 100.859,83 pontos



16h47 – BC divulga dados atrasados do IBC-Br, com alta em março e queda em abril



16h45 – Fechamento Juros

  • DI (2023): -0,01 pontos, a 13,76%
  • DI (2025): -0,11 pontos, a 12,80%
  • DI (2027): -0,13 pontos, a 12,69%
  • DI (2029): -0,10 pontos, a 12,90%
  • DI (2031): -0,09 pontos, a 12,99%


16h36 – Ibovespa volta a ficar abaixo do patamar dos 101 mil, diminuindo alta para 2,30%, indo a 100.989,28 pontos



16h32 – Anbima: empresas captam R$ 233 bi no mercado de capitais no 1º semestre, queda de 12,1% na base anual

As emissões de renda fixa foram o destaque, com crescimento de 25%, em ofertas que somaram R$ 202 bilhões, enquanto as de ações despencaram 75%, aqui ainda sem incluir os dados da oferta da Eletrobras (ELET3;ELET6), de R$ 33,7 bilhões.

Dentro da renda fixa, o destaque foi debêntures, com avanço de 35% nas captações, para um volume de R$ 133,8 bilhões. O prazo médio dos papéis foi de 6 anos e o setor de energia elétrica foi o mais ativo, responsável por emissões de R$ 33 bilhões. Ao todo, foram 225 emissões no primeiro semestre, das quais 49 acima de R$ 1 bilhão. (Estadão Conteúdo)



16h30 – Fechamento Petróleo

  • WTI (agosto): +4,20% (a US$ 102,67)
  • Brent (setembro): +3,89% (a US$ 104,61)


16h23 – Senado Federal aprova criação do Grupo Parlamentar Brasil-Bahrein 



16h19 – Índice de Fundos Imobiliários (IFIX) sobe 0,01% nessa hora final de negociação

  • Maior alta até aqui no dia: Brazilian Graveyard Death Care (CARE11) = +2,54%
  • Maior queda até aqui no dia: Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11) = -3,04%


16h12 – Ouro com entrega em agosto fecha em leve alta de 0,11%, a US$ 1.738,45 a onça-troy



16h11 – PEC dos Auxílios: termina reunião da comissão especial que analisou parecer do relator Danilo Forte (União Brasil-CE); matéria agora está liberada para ser analisada no Plenário da Câmara dos Deputados



16h07 – Boeing (BOEI34) pode ser forçada a cancelar 737 MAX 10

O presidente-executivo da Boeing, Dave Calhoun, disse à Aviation Week que a fabricante de aviões poderia ser forçada a cancelar o 737 Max 10 devido a possíveis problemas regulatórios. A Boeing tem um prazo de dezembro para obter a aprovação do 737 MAX 10.

“Se você passar pelas coisas pelas quais passamos, as dívidas que tivemos que acumular, nossa capacidade de responder ou a vontade de ver as coisas mesmo em um mundo sem o -10 não é tão ameaçador”, assentiu Calhoun, segundo a Reuters.



15h59 – Unipar (UNIP6) sobe 5,48%, a R$ 90,99, após divulgar proventos

Empresa anunciou que pagará R$ 125 milhões em dividendos extraordinários.



15h53 – Azul (AZUL4) arrefece alta para mais 1,63%, contra a alta de 3,26% aferida às 10h38

Mais cedo (veja nota das 10h07), a companhia divulgou alta de 40,1% no tráfego de passageiros em junho.



15h48 – Petrobras (PETR4) segue sendo negociada em forte alta, agora de 3,29%, a R$ 28,58

Papéis ordinários (PETR3) sobem 3,66%, a R$ 31,12.



15h41 – Índice de BDRs (BDRX) sobe 0,59% neste instante

  • Maior alta até aqui no dia: AMC (A2MC34) = +15,86%
  • Maior queda até aqui no dia: Colgate-Palmolive (COLG34) = -4,56%


15h35 – Ibovespa retoma os 101 mil, subindo 2,50%, a R$ 101.182,16 pontos

Nova máxima é de 101.420,24 pontos.



15h30 – PEC dos Auxílios: por 27 votos a 5, deputados mantêm termo “estado de emergência” no parecer do relator Danilo Forte (União Brasil-CE)



15h22 – Índices em Wall Street ganham mais fôlego nesse momento

  • Dow Jones ganha 1,01% (às 14h, a alta era de 0,83%)
  • S&P 500 avança 1,48% (às 14h, a alta era de 1,22%)
  • Nasdaq tem alta 2,32% (às 14h, a alta era de 1,96%)


15h12 – BC: Poupança tem saldo negativo de R$ 3,755 bilhões em junho

Após um saldo positivo de R$ 3,514 bilhões em maio, captação negativa de junho veio com R$ 308,613 bilhões em depósitos e R$ 312,369 bilhões em retiradas.

Saldo total da Poupança no Brasil está em R$ 1,013 trilhão e incluem SBPE e Rural.



15h05 – Antes de ir a Plenário, deputados votam destaques da PEC dos Auxílios em comissão especial



14h56 – PEC dos Auxílios: parecer do relator Danilo Forte (União Brasil-CE) é aprovado por comissão na Câmara dos Deputados por 36 votos a 1, ressalvados seis destaques



14h54 – Índice de Small Caps (SMLL) sobe 2,23% nesse momento

  • Maior alta até aqui no dia: Aeris (AERI3) = +9,77%
  • Maior queda até aqui no dia: Ambipar (AMBP3) = -3,98%


14h48 – Fed: Christopher Waller minimiza risco de recessão nos EUA e vê boas chances de “pouso suave”

“Ainda acho que temos boas chances de alcançar um pouso suave”, afirmou, em referência ao fenômeno no qual é possível controlar a inflação sem causar danos significativos à atividade. O dirigente explicou que, apesar de sinais incipientes de desaceleração, a economia americana segue “razoavelmente forte”.

Waller acrescentou que há divergências entre os dados do PIB e de renda, que estão em direções opostas. Para ele, as expectativas de inflação seguem ancoradas. (Estadão Conteúdo)



14h41 – Christopher Waller, do Fed: “apoio alta de 75 pb nos juros em julho”

Membro do Fomc, Christopher Waller antecipou hoje que apoiará outro aumento de juros em 75 pontos-base no próximo encontro, neste mês. Para setembro, o dirigente afirmou que “provavelmente” defenderá alta de 50 pontos-base.

Waller também destacou que a inflação nos Estados Unidos “está muito alta” e não dá sinais de arrefecimento. (Estadão Conteúdo)



14h36 – Ibovespa opera mais próximo da máxima, com alta de 2,07%, a 100.766,57 pontos

Máxima do dia é de 100.949,21 pontos.



14h24 – Cinco maiores baixas do Ibovespa no momento; apenas sete ativos caem



14h21 – Cinco maiores altas do Ibovespa no momento



14h17 – Goldman Sachs reduz previsão do PIB norte-americano para o 2T22 de 1,9% para 0,7%



14h10 – PEC dos Auxílios: comissão da Câmara dos Deputados começa a fazer encaminhamento de votos partidários sobre o mérito efetivamente do texto do relator Danilo Forte (União Brasil-CE)



HORA DO MERCADO

14h – Ibovespa sobe e consolida acima dos 100 mil pontos, com Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4)

O principal índice da bolsa brasileira opera com alta de 2,09%, aos 100.783 pontos, com bom humor dos mercados internacionais, após a maioria do mercado apostar que o aperto monetário nos EUA deve terminar com os juros mais baixos do que o esperado.

Com a valorização do petróleo e do minério de ferro, as ações da Petrobras (PETR3;PETR4) e da Vale disparam e ajudam a sustentar o índice acima dos 100 mil pontos.

Em Wall Street, as bolsas operam no campo positivo. Dow Jones sobe 0,83%; S&P500, +1,22%; e Nasdaq, +1,96%.

Enquanto isso, o dólar comercial opera com baixa de 1,45%, cotado a R$ 5,342 na compra e a R$ 5,343 na venda.

Os juros futuros recuam em bloco: DIF23, -0,03pp, a 13,73%; DIF25, -0,17pp, a 12,74%; DIF27, -0,17pp, a 12,69%; DIF29, -0,11pp, a 12,89%; DIF31, -0,09pp, a 12,99%.

Entre as maiores altas, destaque para as ações da CVC (CVCB3), com ganhos 8,55%, e da Natura (NTCO3), que sobe 6,72%.  O setor de varejo sobe com a queda na curva de juros, repercutindo a melhora do humor nos mercados globais, uma vez que é bastante sensível às taxas de juros.

As ações da BRF (BRFS3) e da Marfrig (MRFG3) são destaques negativos, caindo, respectivamente, 1,47% e 1,27%. Para analistas, o recuo dos frigoríficos faz parte de um movimento de realização de lucros, após ganhos recentes.



13h58 – Principais índices europeus fecham quinta-feira com robustos ganhos

Investidores digeriram de forma positiva a ata do Fed divulgada ontem e deixaram de lado tanto as projeções de recessão mundial quanto a renúncia de Boris Johnson do cargo de primeiro-ministro britânico, o que imporia alguma incerteza.

  • Stoxx 600: +1,89%
  • DAX (Frankfurt): +1,97%
  • FTSE 100 (Londres): +1,14%
  • CAC 40 (Paris): +1,60%
  • IBEX 35 (Madri): +2,19%
  • FTSE MIB (Milão): +3,05%
  • MOEX (Moscou): +0,21%


13h54  – Twitter (TWTR34) diz que volume de contas de bots é baixo, em resposta à preocupação de Elon Musk

Segundo a Bloomberg, executivos do Twitter foram a público explicar melhor como a empresa calcula o número de contas de bots, reforçando que volume é de menos de 5% de sua base de usuários, ao contrário do que diz Musk.

As ações sobem mais de 2% hoje. Já o BDR avança 1,08%.



13h50 – PEC dos Auxílios: por 26 votos a 8, comissão na Câmara dos Deputados encerra debates sobre texto do relator Danilo Forte (União Brasil-CE) e passa a analisar mérito



13h47 – BC da Índia toma medidas para conter queda da rupia e elevar reservas cambiais

O Banco Central da Índia relaxou as regras do mercado de dívida para investidores estrangeiros em carteira e permitiu que os bancos comerciais aumentassem as taxas de juros dos depósitos em moeda estrangeira de não residentes. A medida é uma tentativa de apoiar a moeda indiana, rupia, e aumentar as reservas cambiais. (Estadão Conteúdo)



13h42 – Estudo na NASA mostra que Rússia já controla 22% das terras agrícolas na Ucrânia



13h39 – Ibovespa opera com alta de 2,15%, aos 100.843 pontos



13h36 – Exchanges cripto nacionais correm contra o tempo para reverter mudanças em PL na Câmara



13h30 – PEC dos Auxílios (ex-PEC dos Combustíveis) segue em discussão de comissão na Câmara dos Deputados; partidos fazem encaminhamento de votos neste momento



13h26 – No Brasil, casos confirmados de varíola dos macacos sobem para 142; ontem eram 131 casos, segundo Ministério da Saúde



13h24 – Governo de SP recua e anuncia reajuste nos preços de pedágios e indenização às concessionárias



13h20 – Dólar comercial amplia baixa para 1,49%, a R$ 5,341 na compra e na venda



13h17 – Hypera (HYPE3) afirma que não está negociando incorporação com o Grupo NC

Segundo notícia veiculada pelo Estadão Broadcast esta semana, “a farmacêutica está em negociação com rivais do mercado para uma possível combinação de seus negócios. A conversa, que começou com uma potencial aquisição da Hypera pela Eurofarma, agora avança rumo a uma incorporação pelo Grupo NC”.

À CVM, a Hypera respondeu simplesmente que não está “negociando operações societárias ou outras formas de combinação de seus negócios com outras empresas farmacêuticas”.

No momento, as ações recuam 0,35%, a R$ 39,96.



13h13 – DoE: estoques de petróleo dos EUA sobem 8,234 milhões de barris na semana

Os estoques de petróleo dos EUA aumentaram 8,234 milhões de barris, a 423,8 milhões de barris, na semana até 1º de julho. O resultado contrariou a previsão de queda de 1,2 milhão de barris dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal.

Os estoques de gasolina tiveram queda de 2,496 milhões de barris, a 219,112 milhões de barris, ante expectativa de baixa de 500 mil barris. Já os estoques de destilados caíram 1,266 milhão de barris, a 111,135 milhões de barris, quando a previsão era de alta de 1,1 milhão de barris. (Estadão Conteúdo)



13h10 – Petróleo do tipo WTI amplia alta para 5,66%, US$ 104,11, e Brent avança 5,31%, a US$ 106,04



13h06 – Vale (VALE3) vai divulgar prévia operacional do 2T22 no dia 19 de julho

Já o balanço será publicado no dia 28 de julho após o fechamento do mercado.



13h – Bradesco BBI: reequilíbrio dos contratos é positivo para CCR (CCRO3)

A notícia é positiva (veja nota das 9h59), “pois os prazos do reequilíbrio econômico vieram melhores do que nossa expectativa inicial, com pagamento bimestral e reajuste tarifário em dezembro de 2022”.

“De acordo com nossas estimativas, a CCR deverá receber cerca R$ 300 milhões referente aos reajustes tarifários do 2S22”, diz o BBI.

A classificação de CCRO3 é outperform (desempenho acima da média de mercado), com preço-alvo de R$ 16,00. No momento, a alta é de 2,44%, a R$ 12,59.



12h55 – Haddad lidera disputa pelo governo de SP com 29%; França tem 18%, mostra Genial/Quaest



12h51 – Brasil pode se tornar uma potência na produção de lítio, diz Sigma

Com a flexibilização do comércio exterior de lítio, o Brasil pode se tornar uma potência na produção do mineral, em momento de alta demanda pelo produto devido ao advento das baterias, avaliou a co-CEO da canadense Sigma Lithium Resources Corporation, Ana Cabral-Gardner.

A executiva explicou que a dispensa de autorização da Comissão Nacional de Energia Nuclear deve atrair diversas empresas estrangeiras para a mineração no país, destravando investimentos nos próximos três anos. (Reuters)



Ibovespa recupera os 100 mil pontos, Localiza prepara expansão, PEC e mais



12h42 – Senado aprova projeto que acelera instalação de antenas para 5G



12h40 – EIA: estoques de petróleo cresceram 8,23 mi na semana, consenso Refinitiv apontava para queda de 1,1 mi



12h36 – IBGE: safra recorde é praticamente certa, mas preço do alimento não deve cair

O Brasil tem uma nova safra recorde de grãos praticamente assegurada para 2022, mas os preços dos alimentos devem permanecer elevados, avaliou Carlos Alfredo Guedes, gerente do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do IBGE.

Ele lembra que os preços dos grãos estão elevados desde o aumento da demanda e problemas logísticos provocados pela pandemia de covid-19 no cenário externo, que agora permanece sob impacto da invasão da Ucrânia pela Rússia. (Estadão Conteúdo)



12h31 – BoE/Mann: expectativas de inflação de longo prazo são altas no Reino Unido e EUA

Integrante do Comitê de Política Monetária do Banco da Inglaterra (BoE), Catherine Mann alertou que as expectativas de inflação de longo prazo estão elevadas no Reino Unido e no EUA. Segundo ela, as métricas estão mais contidas em zona do euro e Japão.

A dirigente argumentou que as incertezas no cenário inflacionário justificam um aumento de juros mais agressivo no início do ciclo de aperto. Essa visão a levou a divergir da decisão do BoE de elevar a taxa básica em 25 pontos-base em maio, preferindo uma alta de meio ponto porcentual. (Estadão Conteúdo)



12h27 – As ações que entraram no radar dos investidores com a queda recente das commodities agrícolas



12h23 – Vale (VALE3) arrefece alta, mas ainda negocia com ganhos acima de 3%

Às 10h30, o ativo era negociado a 4,11%. No momento, VALE3 ganha 3,08%, a R$ 77,31.



12h18 – Todos os índices setoriais operam em alta ampla neste momento

Materiais Básicos (IMAT) lidera, com avanço de 2,59%; seguido por Imobiliário (IMOB), alta de 2,26%; Energia Elétrica (IEE), com mais 1,75%; Consumo (ICON, com alta de 1,65%; Utilidade Pública (UTIL), com mais 1,52%; Industrial (INDX), que sobe 1,34%; e Financeiro (IFNC), que sobe 1,08%.



12h12 – Curva de juros futuros aponta para baixo neste momento

  • DI (2023): -0,04 pontos, a 13,73%
  • DI (2025): -0,14 pontos, a 12,77%
  • DI (2027): -0,14 pontos, a 12,73%
  • DI (2029): -0,09 pontos, a 12,91%
  • DI (2031): -0,09 pontos, a 12,99%


12h08 – CVC (CVCB3) se mantém como maior alta do Ibovespa, com mais 9,15%, enquanto a maior queda é de BRF (BRFS3), menos 1,92%, em dia que apenas sete ativos operam no vermelho



12h05 – Retrato do mercado no momento

  • Ibovespa: +1,92%
  • Dow Jones: +0,92%
  • S&P 500: +1,19%
  • Nasdaq: +1,69%
  • Dólar: -1,58%
  • Euro: -1,74%
  • Brent: +4,81%
  • Bond 10Y EUA: +0,082 pontos


11h57 – Diretor do HSBC (H1SB34) se demite, após fala controversa sobre o clima

Stuart Kirk, diretor global de investimentos responsáveis ​​do HSBC Asset Management, renunciou ao cargo. Em maio, ele havia sido suspenso pelo HSBC depois de dizer que as autoridades do banco central e outras autoridades globais exageraram os riscos financeiros das mudanças climáticas.



11h55 – Sem conseguir bônus nos salários, auditores da Receita pedem saída de secretário



11h50 – Ações do IRB (IRBR3) sobem 2,80%, a R$ 2,20; Louise Barsi foi eleita integrante do comitê de auditoria da companhia



11h47 – Dólar comercial amplia baixa para 1,41%, a R$ 5,345 na compra e R$ 5,346 na venda



11h43 – Mudança na política de preços da Petrobras tem chance reduzida de acontecer em 2022, dizem analistas



11h39 – Apenas quatro ações operam no campo negativo: BRFS3, -1,15%; LWSA3, -0,46%; VIVT3, -0,19%; e ABEV3, -0,14%



11h36 – Ações da CVC (CVCB3) ampliam alta para 9,14%, a R$ 7,40



11h34 – Petróleo sobe nas duas referências internacionais, a despeito da possível recessão global

“O petróleo está sendo dizimado com poucas informações novas sobre produção ou consumo”, disse Stephen Innes, sócio-gerente da SPI Asset Management, para a CNBC.

Embora o mercado ainda esteja precificando o cenário de recessão, os comerciantes estão atentos a possíveis interrupções no fornecimento de petróleo no Caspian Pipeline Consortium (CPC), que foi instruído por um tribunal russo a suspender as atividades por 30 dias. As exportações no CPC, que lida com cerca de 1% do fornecimento global de petróleo, ainda estavam fluindo na manhã de ontem.

No momento, o WTI para agosto sobe 4,66%, a US$ 103,12, e o Brent para setembro avança 4,05%, a US$ 104,84.



11h30 – Safra 2022 alcançará recorde de 261,4 milhões de toneladas, prevê IBGE

O Volume representa um aumento de 3,2% em relação ao desempenho de 2021. O resultado é 1,5 milhão de toneladas menor que o previsto no levantamento anterior, de maio, uma queda de 0,6%.

Os produtores brasileiros devem colher 72,5 milhões de hectares semeados na safra agrícola de 2022, uma elevação de 5,8% em relação à área colhida em 2021. O resultado significa 4 milhões de hectares a mais. Em relação à estimativa de maio, a área a ser colhida cresceu 0,3%, 209,3 mil hectares a mais. (Estadão Conteúdo)



11h25 – IPVA zero para motos é aprovado pelo Senado; veja regras



11h20 – Eleven: Multiplan (MULT3) teve uma forte prévia operacional no 2T22

Análise destaca o crescimento de 28,8% na comparação com o mesmo período pré-pandemia, de 2019, atingindo R$ 4,9 bilhões de vendas, 11% acima das nossas estimativas e 5,6% acima do IPCA, com uma taxa de ocupação de 95,1%.

No momento, MULT3 sobe 3,38%, a R$ 24,14.



11h16 – Janus Handerson: nova liderança no Reino Unido vai enfrentar as mesmas restrições na política econômica

Segundo Laura Foll, Gerente de Carteira de Ações do Reino Unido da Janus Henderson Investors, a incerteza política com a renúncia de Boris Johnson tende a se refletir mais imediatamente na libra esterlina, que continua sendo negociada a um nível significativamente mais baixo do que antes da votação Brexit em 2016.

“Fora do efeito sobre a libra esterlina, a incerteza política vem em um momento em que o sentimento em relação às ações britânicas já é fraco”, ressalta. “É muito cedo para especular sobre o que o próximo líder fará com relação às políticas. No entanto, enfrentará as mesmas restrições que a liderança anterior: tentará caminhar numa linha tênue entre colocar as finanças do governo novamente em um caminho mais sustentável e enfrentar uma série de pressões de curto e longo prazo para aumentar os gastos”.



11h10 – Diretor do FBI critica China: “a maior ameaça de longo prazo à nossa segurança econômica e nacional”

O diretor da agência norte-americana, Christopher Wray, ainda afirmou que o governo chinês “interferiu na política” dos EUA, citando eleições recentes. Ken McCallum, da agência britânica MI5, concordou com o colega, dizendo que vem “dobrando” as preocupações com relação às atividades chinesas.



11h06 – Recuo em commodities desacelera inflação no atacado do IGP-DI, afirma FGV

As altas nos preços do óleo diesel (8,77%), leite industrializado (16,30%), leite in natura (3,55%), café em grão (3,26%) e gasolina automotiva (2,24%) puxaram o ranking de pressões na inflação no atacado medida pelo IGP-DI de junho. No entanto, o recuo de grandes commodities, como minério e milho, desacelerou o ritmo de alta dos preços ao produtor no mês. (Estadão Conteúdo)



11h02 – Inflação da Coreia do Sul atingiu em junho o maior nível em quase 24 anos, com alta de 6%”

Aumento dos preços da energia e custos mais altos de alimentação aceleram índice anual, o maior desde novembro de 1998.

O banco central do país revisou a perspectiva de inflação deste ano para 4,5% em maio, ante a estimativa anterior de 3,1%.



HORA DO MERCADO

11h – Ibovespa retoma 100 mil pontos com ajuda de commodities e bom humor externo

O principal índice da bolsa brasileira opera com alta de 2,07%, aos 100.764 pontos, com bom humor dos mercados internacionais, após a maioria do mercado apostar que o aperto monetário nos EUA deve terminar com os juros mais baixos do que o esperado.

Com a valorização do petróleo e do minério de ferro, as ações da Petrobras (PETR3;PETR4) e da Vale disparam e ajudam a sustentar o índice acima dos 100 mil pontos.

Em Wall Street, as bolsas operam no campo positivo ainda repercutindo a ata mais recente do Fed. Dow Jones sobe 0,85%; S&P500, +1,05%; e Nasdaq, +1,24%.

Enquanto isso, o dólar comercial amplia baixa para 1,20%, cotado a R$ 5,356 na compra e a R$ 5,357 na venda.

Os juros futuros recuam em bloco: DIF23, -0,04pp, a 13,72%; DIF25, -0,12pp, a 12,80%; DIF27, -0,09pp, a 12,77%; DIF29, -0,06pp, a 12,94%; DIF31, -0,06pp, a 13,02%.

Entre as maiores altas, destaque para as ações da CVC (CVCB3), com ganhos 7,96%, e da Gerdau (GGBR4), que sobe 5,90.

A sessão é positiva para siderúrgicas e mineradoras devido a valorização do minério de ferro na China.

As ações da SulAmérica (SULA11)  e da Ambev (ABEV3) são destaques negativos, caindo, respectivamente, 1,44% e 1,12%.



10h56 – Inquilino do FII Bresco Logística (BRCO11) devolve imóvel no Rio de Janeiro; Ifix sobe



10h55 – Eleven: Gol (GOLL4) entregou o resultado mais fraco desde 2019

A Gol reportou os resultados operacionais de junho com quedas no RPK (-6%) e ASK (-5%) frente ao mês de maio. “A companhia mostrou uma piora na retomada do patamar de 2019, quando, nos dois meses anteriores, havia registrado um nível de 77% do pré-crise e, em maio, registrou um patamar de 70%”, lembra.

“O mês de junho sazonalmente demonstra uma performance melhor que o mês de maio, contudo, em 2022, a Gol registrou um resultado mais fraco desde 2019, o que reflete o cenário mais desafiador com os aumentos sucessivos do combustível e a necessidade de aumentar tarifas, impactando a demanda”, diz a Eleven.

No momento, GOLL4 sobe 3,49%, a R$ 8,61.



10h51 – Credit Suisse pondera que início de produção de poço no Frade pela PetroRio (PRIO3) é só o começo

A empresa anunciou o início da produção do poço ODP4 em Frade (veja nota das 8h51), mas o Credit Suisse lembra que o poço faz parte da 1ª fase da campanha de perfuração, que inclui mais 2 poços injetores. A 2ª fase inclui 3 poços produtores e 1 poço injetor e ocorre após o desenvolvimento do Wahoo.

No momento, as ações sobem 3,64%, a R$ 21,65.



10h46 – Câmara dos Deputados corre para votar hoje as PECs do Estado de Emergência e do piso salarial de enfermeiros

Os dois textos devem ser votados nesta manhã pelas respectivas comissões especiais e, à tarde, devem ser analisados no Plenário, mas a sessão está marcada para daqui a pouco, às 11h. Alguns trâmites estão sendo eliminados para correr com as PECs.

A PEC do Estado de Emergência (1/22) tramita junto com a proposta de emenda à Constituição que trata de estímulos tributários aos biocombustíveis (15/22).



10h41 – Moscou sobre Boris Johnson: “ele não gosta de nós, também não gostamos dele”

Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin, fez a afirmação na manhã de hoje, após a renúncia do primeiro-ministro britânico.

Segundo o Guardian, quando as notícias da iminente renúncia de Johnson chegaram a Moscou, houve comemoração: “a moral da história – não tente destruir a Rússia. A Rússia não pode ser destruída. Você pode quebrar os dentes e depois engasgar com eles”, escreveu a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Maria Zakharova, no Telegram.



10h38 – Papéis ON da Azul (AZUL4) têm alta de 3,26%, a R$ 12,02; companhia registrou alta do tráfego em junho



10h36 – Ações ordinárias da Vale (VALE3) ampliam ganhos e passam a subir 4,11%, a R$ 78,08



10h35 – Ações da Petrobras ampliam alta: ONs, +3,66, R$ 31,13, e PNs, +4,26%, a R$ 28,85



10h33 – NY abre em alta nesta quinta, ainda repercutindo ata do Fed

  • Dow Jones: +0,76%
  • S&P 500: +0,72%
  • Nasdaq: +0,54%


10h32 – Na máxima, Ibovespa opera com alta de 1,91%, aos 100.615 pontos



10h31 – Tesouro Direto: juros de prefixados de prazo mais longo chegam a 13,20% e alcançam nova marca histórica



10h30 – Ações ON da SLC (SLCE3) registram maior alta do Ibovespa, subindo 5,22%, a R$ 45,73; empresa de terras avaliadas em R$ 9,352 bi 



10h28 – Queda dos preços internacionais elimina defasagem da gasolina no Brasil, diz Abicom

“Apesar da alta do câmbio, a brusca redução nos preços de referência do óleo diesel e da gasolina no mercado internacional no fechamento de ontem proporcionou que o PPI da gasolina e do óleo diesel calculado pela Abicom superasse a paridade”, diz a associação.

Com 20 dias sem aumentos nos combustíveis aqui no país, porém, o preço do diesel aumentou sua diferença internacional:

Diesel (média nacional): -5%, ou R$ 0,27 (ontem era -3% ou 0,16)
Gasolina (média nacional): 0%, ou R$ R$ 0,02 (ontem era -2% ou 0,09)



10h26 – Ibovespa retoma 100 mil pontos com ajuda de commodities e bom humor externo

O principal índice da bolsa brasileira opera com alta de 1,71%, aos 100.403 pontos, com bom humor dos mercados internacionais, após a maioria do mercado apostar que o aperto monetário nos EUA deve terminar com os juros mais baixos do que o esperado.



10h22 – IRB (IRBR3): Louise Barsi é eleita integrante do comitê de auditoria da companhia



10h20 – Dólar comercial amplia baixa para 0,70%, a R$ 5,383 na compra e 5,384 na venda



10h18 – Com alta do minério de ferro, CSN (CSNA3) sobe 4,95%, R$ 15,47; Usiminas (USIM5) +4,15%, R$ 9,03; Gerdau (GGBR4) +3,87%, R$ 23,08; Met. Gerdau (GOAU4) +3,70%, R$ 9,82; e CSN Mineração (CMIN3) +3,02%, R$ 3,75.



10h15 – Papéis ON da CCR (CCRO3) sobem 1,95%, a R$ 12,53; ARTESP determinou reequilíbrio dos contratos em SP



10h12 – Ibovespa sobe 1,57%, aos 100.270 pontos



10h11 – Ações ordinárias e preferenciais da Petrobras (PETR3;PETR4) sobem, respectivamente, 2,06%, R$ 30,65, e 2,57%, R$ 28,38



10h10 – Ações ordinárias da Vale (VALE3) abrem em alta de 3,29%, a R$ 77,47



10h09 – Ibovespa opera com alta de 0,78%, aos 99.491 pontos



10h07 – Azul (AZUL4) tem alta 40,1% no tráfego de passageiros em junho

A operadora aérea também registrou aumento de 38,5% da capacidade (ASKs) em relação a junho de 2021, resultando em uma taxa de ocupação de 79,3%, um aumento de 2,5 pontos percentuais comparado com o mesmo período em 2021.



10h05 – Ações PN da Petrobras (PETR4) sobem 1,63%, R$ 28,12



10h04 – Ibovespa abre, preliminarmente, com alta de 0,55%, aos 99.266 pontos



9h59 – CCR (CCRO3): ARTESP determina reequilíbrio dos contratos de concessões em SP

A decisão estabelece ainda que o reajuste tarifário deverá ser implementado até 31 de dezembro de 2022, e que os contratos serão reequilibrados por meio de indenização financeira com pagamentos bimestrais até que o reajuste ocorra, sendo que o primeiro pagamento deverá ocorrer no último dia útil de agosto de 2022.



9h54 – Brasil deve ter a maior temporada de cruzeiros dos últimos 10 anos



9h51 – Enauta (ENAT3): Eleven projeta produção menor no 3T22

Para analistas, a petroleira apresentará produção menor devido à parada programada no campo de Atlanta, principal campo produtor da companhia, que deve produzir somente em agosto e setembro para atender as exigências que permitirão a operação do Sistema Antecipado até a entrada do Sistema Definitivo no segundo semestre de 2024.



9h48 – Ibovespa Futuro amplia alta para 1,20%, aos 101.170 pontos



9h43 – Ucrânia ergue bandeira em ilha recapturada e Rússia consolida ganhos no leste



9h41 – Mercado revive otimismo com Alibaba (BABA34), diz XP

Algumas das maiores gestoras e bancos do mundo estão reforçando sua visão otimista para o Alibaba, uma vez que a estimativa de consenso para o lucro por ação da varejista para os próximos 12 meses subiu mais de 7% em relação à mínima de três anos no final de maio, segundo dados compilados pela Bloomberg.

Mais de 10 corretoras, reforçaram suas chamadas de compra na semana passada. A especulação de que uma repressão ao setor de tecnologia pode estar chegando ao fim está impulsionando as apostas na gigante chinesa.



9h39 – Conab prevê safra de trigo do Brasil em recorde de 9 mi t em 2022

A safra de trigo do Brasil foi estimada nesta quinta-feira em um recorde de 9 milhões de toneladas em 2022, ante 7,68 milhões na temporada passada, de acordo com a Conab.

A estatal apontou a área plantada de trigo do Brasil em 2,9 milhões de hectares, ante 2,7 milhões na temporada anterior. A Conab praticamente não alterou as projeções de safras de soja e milho, que foram estimadas em 124,05 milhões de toneladas e 115,66 milhões de toneladas, respectivamente. (Estadão Conteúdo)



9h37 – Ibovespa futuro acompanha Bolsas no exterior e opera em alta; dólar e juros recuam



9h35 – SLC Agrícola (SLCE3) tem terras avaliadas em R$ 9,352 bilhões

O montante significa uma apreciação de 34,7% no portfólio da empresa, sendo o valor atual do hectare médio agricultável correspondente à R$ 48,2 mil.



9h33 – Banco Central Europeu debateu sobre aumento maior dos juros em julho, diz ata

Segundo a Reuters, as autoridades do BCE debateram indicar um aumento maior dos juros para o mês de julho e fizeram questão de manter a porta aberta para um movimento maior nas reuniões subsequentes para combater a inflação.

O BCE indicou na reunião de junho um aumento de 0,25 ponto percentual e um movimento potencialmente maior em setembro, a ser seguido de um aperto gradual nos meses seguintes.



9h32 – EUA: Balança comercial tem déficit de US$ 85,5 bilhões em maio, levemente acima do esperado (-US$ 84,9 bi)



9h31 – EUA: Pedidos de auxílio desemprego ficam em 235 mil na semana encerrada em 2 de julho, acima do esperado



9h30 – GM ( GMCO34) divulga piores vendas na China desde o início da pandemia

A montadora de Detroit disse que vendeu 484.200 veículos de abril a junho na China, seu maior mercado global. As vendas caíram 35,5% em relação ao ano anterior e foi o menor número reportado desde o primeiro trimestre de 2020.

As vendas da empresa na China foram divulgadas menos de uma semana depois que a GM alertou os investidores de que problemas na cadeia de suprimentos afetariam materialmente seus lucros do segundo trimestre.



9h26 – Dow Jones Futuro sobe 0,47%, a 31.160 pontos; S&P avança 0,36%, 3.862 pontos; e Nasdaq opera em alta de 0,47%, 11.935 pontos



9h24 – Produção industrial da Alemanha avança 0,2% em maio ante abril

Segundo dados publicados Destatis, a leitura ficou abaixo da alta prevista por analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que esperavam ganho de 0,3%. No mês anterior, a produção havia avançado 0,7% com relação a março. Na comparação com maio de 2021, o indicador mostrou recuo de 1,5%, informou a Destatis. (Estadão Conteúdo com Dow Jones Newswires)



9h20 –  Relator altera projeto para facilitar fiscalizações

Para enfrentar as resistências, o relator do projeto que cria um código de defesa do contribuinte, deputado Pedro Paulo (PSD-RJ), retirou dispositivos que dificultavam a fiscalização dos sonegadores e das empresas de fachada, conhecidas como “laranjas”.

Entre esses instrumentos, o projeto proibia os auditores de suspender ou cancelar inscrição do CNPJ do contribuinte antes de decisão administrativa definitiva; de reter documentos e mercadorias por mais de 60 dias e pedir acompanhamento de força policial sem decisão judicial. (Estadão Conteúdo)



9h18 – Comissão especial vota hoje o parecer à PEC dos Auxílios



9h16 – ADR da Vale sobe 2,97%, a US$ 14,20, em linha com valorização do minério na China



9h12 – Análise técnica por Pamela Semezatto, analista de investimentos e especialista em day trader da Clear Corretora

Ibovespa

“Segue em região de consolidação, sem sinais de força na compra e sem continuidade na queda. Violou a máxima do martelo deixado no dia 05 de julho, mas sem muito deslocamento no corpo. Ainda trabalhando abaixo do suporte de 100 mil pontos, mas sem continuidade no movimento. Aguardamos uma definição melhor de tendência para o curto prazo.”

Dólar

“Forte na tendência de alta, testou a resistência de R$ 5,500 e média aritmética de 200 do gráfico diário. Deixou um candle com muito pavio superior, sugerindo que esta perdendo um pouco a força na compra, mas ainda sem sinais de correção dessa última alta.”



9h09 – Juros futuros abrem sessão desta quinta-feira em baixa

DIF23, -0,02 pp, a 13,74%; DIF25, – 0,07 pp a 12,84%; DIF27, – 0,05 pp, a 12,81%; e DIF29, – 0,03 pp, a 12,97%.



9h06 – ADRs PBRA e PBR da Petrobras sobem, respectivamente, +1,57%, a US$ 10,33 e +0,86%, a US$ 11,20

  • Petróleo WTI: +1,03%, a US$ 99,55
  • Petróleo Brent: +0,90%, a US$ 101,60


9h05 – Dólar comercial abre em baixa e cai 0,5%, a R$ 5,394 na compra e R$ 5,395 na venda

Dólar futuro para agosto recua 0,55% a R$ 5,433.



9h02 – Ibovespa futuro para agosto sobe 1,07%, aos 101.040 pontos



9h02 – Libra esterlina sobe 0,36%, cotada a US$ 1,197



8h59 – FTSE 100, índice da Bolsa de Londres, opera em alta de 1,27%



8h58 – Boris Johnson renuncia ao cargo de primeiro-ministro do Reino Unido



 



8h55 – Comitê avalia nomes para conselho da Petrobras (PETR4)



8h51 – PetroRio (PRIO3) inicia produção do Poço ODP4 no Campo de Frade

O poço ODP4 faz parte da campanha de revitalização de Frade.

A companhia diz que voltará a informar o mercado sobre o poço dentro de alguns dias, assim que a produção se estabilizar.



8h48 – Ambipar (AMBP3): fusão de controlada sugere um novo capítulo brilhante na história de crescimento da empresa, avalia BBA

Segundo analistas, a visão positiva sobre o negócio Ambipar Response na América do Norte é apoiada por seu mercado endereçável exclusivo, onde os dois principais concorrentes têm menos de 5% de participação de mercado nos EUA.

O banco mantém classificação outperform para Ambipar, e preço-alvo de R$ 47 frente a cotação de quarta-feira (6), de R$ 25,13.



8h45 – Credit Suisse vê investidores dispostos a aumentar sua exposição à shoppings, principalmente por meio de carteiras premium

No entanto, questionam se o aumento da inflação e os juros altos desacelerariam o ritmo de expansão das vendas.

Quanto às construtoras, o banco ainda não sentiu que os investidores aumentaram o apetite pelo setor, apesar do questionamento se as avaliações estão possivelmente próximas de seus mínimos. Para analistas, existe uma clara preferência pelo segmento de baixa renda.



8h43 – Ambipar (AMBP3) desbloqueia crescimento para Ambipar Response, diz XP

Ambipar divulgou ontem (6) os termos da fusão da Ambipar Response com a HPX, SPAC listada na NYSE sob o código HPX e após a operação sob o código AMBI.

Os termos da transação parecem ser muito favoráveis ​​à Ambipar, que teve sua controlada avaliada em R$ 1,8 bilhão pré capitalização. O valor pós capitalização da empresa, considerando a capitalização mínima de US$ 168 milhões, seria de R$ 2,9 bilhões. Isto representa uma valorização de 11,1x EV/EBITDA, comparado ao atual múltiplo de negociação da controladora de 7,4x EV/EBITDA.

XP mantém recomendação de compra para a Ambipar com preço alvo de R$ 49.



8h32 – Petróleo opera com ganhos moderados e minério de ferro sobe quase 4%

As cotações do petróleo viraram para alta após registrarem perdas mais cedo nesta quinta-feira, com temores de uma potencial recessão global estimulando preocupações sobre a demanda por petróleo.

  • Petróleo WTI, +0,70%, a US$ 99,20 o barril
  • Petróleo Brent, +0,65%, a US$ 101,34 o barril
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 3,91%, a 756,50 iuanes, o equivalente a US$ 112,86


8h23 – Carrefour Brasil (CRFB3): Goldman Sachs retoma cobertura com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 24,20

A integração e conversão da base de lojas do BIG cria um desafio de execução notável para Carrefour, mas analistas acreditam que o histórico da empresa com lojas de cash & carry adquiridas e foco consistente na execução na loja e na experiência do cliente apoiam a confiança na empresa.

Analistas ainda destacam que o Carrefour está bem posicionado para aproveitar oportunidades estruturais e cíclicas.



8h18 – CSN Mineração (CMIN3): Morgan Stanley mantém avaliação equal-weight e preço-alvo de R$ 5,30

O banco ajustou suas estimativas para o 2T22, considerando preços e embarques de ferro mais baixos. A nova estimativa de EBITDA para o 2T22 é de R$ 900 milhões, queda de 61% em relação ao número anterior e 60% abaixo do consenso, de R$ 2,3 bilhões.



8h16 – Vale (VALE3) Morgan Stanley projeta Ebitda abaixo do consenso

A equipe de research reduziu a estimativa de Ebitda para US$ 6 bilhões (-16%) no 2T22, principalmente para menores preços de ferro realizados e maiores custos de minério de ferro, mas também menores embarques de cobre e níquel.

Morgan Stanley permanece equal-weight em Vale, com preço-alvo de US$ 16.



8h08 – Construtoras de baixa renda devem superar desempenho das de renda média, afirma BBA

Segundo analistas, revisões do programa Casa Verde Amarela podem permitir às empresas aumentar os preços em até 18% e acelerar a recuperação de suas margens brutas.

Eles acreditam que o mercado está ignorando esse risco de alta e reiteram classificação de outperform para construtoras de baixa renda, bem como preferência por elas em relação às construtoras de renda média.



8h04 – Carrefour (CRFB3): Morgan Stanley vê integração com Grupo BIG como um acréscimo de longo prazo, apesar de despesas de juros mais altas

Para analistas, a transação do Grupo BIG aumentará ainda mais a escala do Carrefour Brasil. Além disso, enxergam uma diluição dos lucros de curto prazo, mas projetam um aumento de 11% no lucro por ação, para 2025

Como as ações CRFB3 recuaram do pico de abril e agora são negociadas a 11x 2024E P/E, analistas enxergam um valor atraente e reiteram classificação overweight e preço-alvo de R$ 23.



8h02 – IGP-DI varia 0,62% em junho na comparação com maio, diz FGV

Com o resultado, o índice acumula alta de 7,84% no ano e 11,12% em 12 meses. Em junho de 2021, o índice havia subido 0,11% e acumulava elevação de 34,53% em 12 meses.



7h57 – Minerva ([ativo=BEFF3]): BBA reitera avaliação outperform e preço-alvo de R$ 16, após encontro com gestão da empresa

Segundo analistas, o aumento da oferta de boi, após um aumento nos ciclos no Brasil e no Paraguai, deve sustentar a lucratividade em 2023 e 2024.

Além disso, os spreads de exportação e a forte demanda podem gerar ampla geração de caixa, permitindo que a empresa remunere os acionistas no futuro.



7h56 – BRF (BRFS3): BBI recomenda compra de ações com queda nos preços dos grãos

Analistas esperam que a tendência de queda nos custos de insumos continue não apenas devido a uma robusta safra de milho no Brasil, mas também por fatores que estão pesando sobre as commodities em todo o mundo, como o aumento dos juros nos EUA, preocupações com a demanda chinesa e picos de preços do petróleo.

BBI mantém classificação outperform para o papel, e preço-alvo de R$ 27 frente a cotação de quarta-feira (6) de R$ 15,66.



7h52 – ADP: novos relatórios só devem ser divulgados a partir do dia 31 de agosto



7h50 – ADP diz que pretende fazer mudanças na metodologia do relatório e incorporar impacto de novas tecnologias



7h49 – ATENÇÃO: ADP cancela divulgação de números de vagas no setor privado dos EUA

Inicialmente, os dados do instituto de pesquisa, considerados uma prévia do payroll, seriam divulgados às 9h15 (horário de Brasília).



7h48 – Multilaser (MLAS3): controlador eleva participação no capital da empresa para mais de 40%

A Multilaser (MLAS3) informou que Alexandre Ostrowiecki, um dos acionistas controladores da companhia, adquiriu 506 mil ações ON em bolsa no dia 1º de julho. Assim, Ostrowiecki elevou sua posição na empresa para 40,3% do capital social, passando a deter 328,4 milhões de papéis do tipo. Anteriormente, o acionista detinha 39,73% do capital social da Multilaser.



7h46 – Oncoclínicas (ONCO3) cancela cinco milhões de ações ordinárias, sem reduzir valor de capital social

Em função do cancelamento, o capital social da companhia passou a ser dividido em 490.357.723 milhões ações ordinárias.



7h43 – Méliuz (CASH3) anuncia fim da Alter, marca de serviços com criptoativos

Clientes Alter têm até 28 de julho deste ano para transferir seus bitcoins e reais para a conta Méliuz gratuitamente.

A partir de hoje, depósitos de bitcoin e de reais param de funcionar, assim como a desativação da função que permite comprar bitcoins. No dia 6 agosto, o aplicativo da Alter será desativado, bem como todas as suas funcionalidades e todos os cartões serão cancelados.



7h40 – Eternit (ETER3): Cade aprova aquisição da Confibra, sem restrições

A empresa adquirida é uma fabricante de telhas, localizada em Hortolândia (SP). O valor da operação foi de R$ 110 milhões.



7h39 – Simpar (SIMH3) anuncia 4ª emissão de debêntures simples, no valor total de R$ 750 milhões



7h37 – BR Properties (BRPR3) convoca assembleia para analisar proposta de redução de capital

A AGE será realizada no próximo dia 28 de julho. Será analisada a proposta de redução do capital social da companhia no valor de R$ 1,125 bilhão, por considerá-lo excessivo. A operação ocorrerá sem o cancelamento de ações de emissão da empresa, mediante a restituição aos acionistas de aproximadamente, R$ 2,4232 por ação, considerando um total de 464.243.333 de ações ordinárias (ex-tesouraria).

A redução está condicionada ao fechamento da venda à Brookfield de 12 edifícios localizados em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro, negócio anunciado em maio, por R$ 5,920 bilhões, e que ainda depende do trânsito em julgado da aprovação do Cade.



7h35 – Unipar Carbocloro (UNIP3) aprova distribuição de dividendos intermediários no valor de R$ 125 milhões

A distribuição será feita a partir de 5 de agosto. As ações serão negociadas “ex” a partir de 27 de julho.

Do total, R$ 40,9 milhões serão pagos aos titulares de ações ordinárias, sendo R$ 1,1345 por papel. Outros R$ 81,2 milhões serão destinados aos detentores de PNB e R$ 2,7 milhões aos de PNA, o preço por ação é de R$ 1,2479.



7h33 – TIM (TIMS3): Controladora italiana propõe separação de ativos para reduzir endividamento

A administração da TIM Italia apresentou ao conselho um plano de transformação que prevê a potencial separação de ativos de infraestrutura de rede fixa (NetCo) de serviços (ServiceCo com TIM Consumer, TIM Enterprise e TIM Brasil).  A proposta delineia um modelo de negócios apropriado para cada ativo, um perímetro de negócios, prioridades estratégicas, e estratégias para competir em mercados relevantes, para gerar mais valor.

O conselho de Administração da TIM Italia conferiu mandato ao CEO, Pietro Labriola, para realizar todas as atividades necessárias à integração vertical e reduzir o nível de endividamento da empresa, por meio da transferência e valorização de certas ativos do grupo.



7h29 – Futuros em Nova York têm ligeira alta, à espera de números do mercado de trabalho

Os investidores continuam a assimilar a ata da reunião mais recente do Federal Reserve. A autoridade monetária voltou a citar os riscos da inflação, mas os mercados começam a repercutir a ameaça de recessão acreditam que o Fed pode encerrar o ciclo de aperto com juros mais baixos que o previsto inicialmente.

Às 9h15 (horário de Brasília), sai o relatório ADP, sobre criação de empregos no setor privado em junho. O consenso Refinitiv aponta para a abertura de 200 mil vagas, ante 128 mil em maio. Às 9h30, tem os números semanais de pedidos de auxílio-desemprego para a semana encerrada em 2 julho.

Confira o desempenho do mercado futuro em Wall Street:

  • Dow Jones Futuro (EUA), +0,23%
  • S&P 500 Futuro (EUA), +0,10%
  • Nasdaq Futuro (EUA), +0,23%


7h20 – Bolsas europeias avançam; produção industrial na Alemanha e ata do BCE são destaques

Na Alemanha, a produção industrial avançou 0,2% em maio, abaixo do esperado pelo mercado, que projetava alta mensal de 0,4%. Às 8h30 (horário de Brasília), o Banco Central Europeu divulgará a ata de sua última reunião de política monetária, no qual os juros foram mantidos em zero. Porém, a autoridade monetária aponta para ajustes a partir da próxima reunião e a ata do último encontro deve trazer uma visão mais detalhada dos membros do BCE sobre a inflação no bloco econômico.

No Reino Unido, a libra esterlina sobe com uma possível renúncia do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, nesta quinta-feira. As pressões pela saída de Johnson aumentaram, após mais de 50 renúncias em seu governo, à luz de uma série de escândalos.

  • FTSE 100 (Reino Unido), +1,11%
  • DAX (Alemanha), +1,39%
  • CAC 40 (França), +1,38%
  • FTSE MIB (Itália), +2,00%
  • Stoxx 600, +1,24%


7h12 – Criptos hoje: Bitcoin acompanha bolsas e sustenta suporte em US$ 20 mil após ata do Fed, Ethereum sobe 3,6%



7h11 – Bolsas asiáticas acompanham movimento de índices americanos na véspera e fecham em alta

Na madrugada desta quinta-feira (7), foi a vez dos investidores asiáticos repercutirem a ata da última reunião do Federal Reserve. Ainda que tenham aumentado as apostas de que a autoridade monetária fará um novo ajuste de 75 pontos base em seu próximo encontro, também cresceram as apostas de que o ciclo de aperto não deve durar muito tempo.

O índice Kospi, na Coreia do Sul, fechou em alta de quase 2% – destaque para as ações da Samsung, com ganhos de 3,19%, com a prévia da empresa apontado para resultados robustos do segundo trimestre.

Por outro lado, as preocupações com a pandemia continuam. Xangai registrou o maior número de infecções por Covid desde o final de maio, alimentando a preocupação de a política de Covid Zero possa resultar em novos lockdowns. A cidade de Pequim disse que vai exigir comprovante de vacinação para entrada em centros esportivos, locais de entretenimento e outras localidades a partir da próxima semana.

Veja como fecharam as principais Bolsas asiáticas hoje:

  • Shanghai SE (China), +0,27%
  • Nikkei (Japão), +1,47%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), +0,26%
  • Kospi (Coreia do Sul), +1,84%


Acessa o tempo real do InfoMoney todos os dias? Adicione este link aos favoritos do seu navegador!



Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe