Eleições 2022

Haddad lidera disputa pelo governo de SP com 29%; França tem 18%, mostra Genial/Quaest

O ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas (Republicanos) aparece com 12%; já Rodrigo Garcia (PSDB), atual governador de SP, tem 8%

Por  Anderson Figo -

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) mantém a liderança na disputa pelo governo paulista, com 29% das intenções de voto no primeiro turno, segundo levantamento Genial/Quaest divulgado nesta quinta-feira (7).

Em seguida, aparece o ex-governador do estado Marcio França (PSB), com 18%, e o ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas (Republicanos), com 12%. Já Rodrigo Garcia (PSDB), atual governador de SP, tem 8% das intenções de voto.

Vinicius Poit (Novo), Felício Ramuth (PSD), Gabriel Colombo (PCB), o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub (Brasil 35) e Elvis Cezar (PDT) aparecem com 1% cada um. Já Altino Junior (PSTU) não chegou a pontuar.

Brancos e nulos somaram 17% dos respondentes, enquanto 11% se declararam indecisos. A pesquisa foi realizada entre os dias 1 e 4 de julho de 2022, com 1.640 eleitores do estado de São Paulo, em entrevistas domiciliares e presenciais.

O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitotal (TSE) sob os códigos SP-05318/2022 e BR-03964/2022. A margem de erro é de 2,4 pontos percentuais para cima ou para baixo.

O índice de confiança é de 95% — o que significa que se a pesquisa fosse realizada 100 vezes, em 95 delas o resultado ficaria dentro da margem de erro.

No cenário sem França, Haddad tem 35% das intenções de voto, Tarcísio tem 14% e Garcia, 12%. Já Ramuth e Poit aparecem com 2% cada um. Brancos e nulos somam 24% e 12% se declararam indecisos.

Em um cenário somente com Haddad, Tarcísio e Garcia, o petista aparece com 38% das intenções de voto, enquanto o ex-ministro tem 15% e o ex-governador, 14% (empatados dentro da margem de erro). Brancos e nulos somam 23% e indecisos, 10%.

Para segundo turno, o levantamento testou o cenário entre Haddad e Tarcísio, no qual o petista venceria por 44% a 28%. Já contra Garcia, Haddad venceria por 42% a 27%.

No cenário de segundo turno entre Haddad e França, haveria empate técnico: o petista aparece com 38%, enquanto o ex-governador tem 36%. França venceria a disputa de segundo turno contra Tarcísio (44% a 24%) e Garcia (43% a 22%).

Uma eventual disputa de segundo turno entre Tarcísio e Garcia, o ex-ministro tem 25% das intenções de voto contra 28% do atual governador paulista — empate técnico.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe