Tempo Real

Weg (WEGE3) e Gerdau (GGBR4) são maiores quedas percentuais da Bolsa; Vale (VALE3) também é destaque negativo

Confira o que movimenta os mercados

Por  Equipe InfoMoney -

18h32 – Encerramos nossa cobertura. Confira os destaques da Bolsa de hoje.



Acessa o tempo real do InfoMoney todos os dias? Adicione este link aos favoritos do seu navegador!



18h31 – Aliansce Sonae (ALSO3) confirma aprovação de fusão com brMalls (BRML3)



18h18 – Allied (ALLD3) aprova pagamento de dividendos no valor de R$ 53,2 milhões

Montante equivalente a R$ 0,570983231 por ação ordinária, a ser pago em 05 de julho de 2022.

O crédito será realizado com base na posição acionária do dia 29 de abril de 2022.



18h15 – PagSeguro (PAGS34) lucra R$ 350 milhões no 1º trimestre, alta de 29% na base anual

O volume total de pagamentos (TPV, na sigla em inglês) subiu 87% no primeiro trimestre de 2022, atingindo R$ 152,2 bilhões.



18h03 – Segundo Broadcast, acionista da Aliansce Sonae (ALSO3) aprovam fusão com BR Malls (BRML3

79,6% dos acionistas, segundo Rafael Sales, presidente da empresa, votaram a favor da operação.



17h57 – Fitch eleva IDRs de longo prazo da Gerdau (GGBR4) para ‘BBB’

Os Ratings de Inadimplência de Emissor (IDRs) de Longo Prazo em Moeda Estrangeira e Local da Gerdau foram para ‘BBB’, de ‘BBB-‘, segundo a Fitch, que afirmou os Ratings na Escala Nacional da Gerdau em ‘AAA (bra)’.

Além disso, a Fitch atualizou as notas seniores sem garantia da Gerdau e as notas seniores sem garantia emitidas por suas empresas relacionadas ou subsidiárias para ‘BBB’ de ‘BBB-‘. A Perspectiva do Rating permanece Estável.

“A atualização da Gerdau segue três anos de redução da dívida bruta de mais de US$ 1,2 bilhão. Os ratings de grau de investimento da Gerdau são sustentados por seu compromisso consistente com uma estrutura de capital sólida, perfil de amortização de dívida estendido, posição de liquidez robusta, diversificação operacional geográfica e estrutura operacional flexível de produção de aço em fornos elétricos a arco (EAF), o que lhe permite responder às mudanças nas condições do mercado”, defende.



17h51 – PetroRio (PRIO3) tem alta de 2,19% na produção de maio

A produção total de maio foi a 34.044 barris de óleo equivalente por dia (boepd), 2,19% acima dos 33.298 boepd de abril, mas ainda abaixo de qualquer um dos meses do 1T22.

Na venda, a alta foi de 1,75% em maio, chegando a 898.568 barris, contra os 882.808 barris de abril.



17h45 – Fernando Bezerra (MDB-PE) defende governo dizendo que há arrecadação não orçada para pagar PEC dos Combustíveis

Segundo o relator da matéria no Senado, os estados e a União estão com “excesso” de arrecadação, há possibilidade de superávit primário “depois de muitos anos” e é possível cumprir as diretrizes da proposta.

“A preocupação dos governadores é correta, mas acho que o governo está legitimado para tomar as iniciativas que considere adequadas no sentido de enfrentar essa emergência, nós estamos vivendo uma emergência”, exclamou o senador. “Acreditamos que pode ser um instrumento eficaz, agora é evidente que precisamos trabalhar em um ambiente de grandes incertezas, nós estamos vivendo um momento difícil, que não é só aqui”.



17h32 – “Eu não sei se os governadores apoiam, mas acho que ampliaram em muito a compreensão que será tomada”, diz Fernando Bezerra (MDB-PE), sobre PEC dos Combustíveis



17h30 – Weg (WEGE3) e Gerdau (GGBR4) são maiores quedas da Bosa; Vale (VALE3) também é destaque negativo

As ações da Weg e da Gerdau foram os destaques negativos desta quarta-feira, recuando, respectivamente, 5,93% e 4,90%, seguidas das ações da CSN (CSNA3), com perda de 4,93%.

O recuo das ações de siderúrgicas e das mineradoras está relacionado ao sentimento geral de aversão ao risco, com expectativa de um crescimento global menor. A Vale (VALE3) foi a maior queda por peso do Ibovespa, caindo 3,44%.

Companhias de crescimento e construtoras também sangraram durante o pregão, com o avanço da curva de juros – Locaweb (LWSA3) caiu 3,57%, Positivo (POSI3), 3,21% e MRV (MRVE3), 2,58%.

Do outro lado, as ações da Qualicorp (QUAL3) e da Cogna (COGN3) foram os destaques positivos, subindo, respectivamente, 3,20% e 2,41%, seguidas pelas ações da Hapvida (HAPV3) com ganhos de 2,39%.

Papéis da Qualicorp foram destaque positivo, mesmo após o Itaú BBA ter cortado sua recomendação para a ação da empresa de compra para neutra, cortando também o preço-alvo. Já as ações da Hapvida registram recuperação após sete sessões seguidas em baixa.



17h23 – “Governadores continuam com muitas críticas” ao projeto do governo federal, diz Fernando Bezerra (MDB-PE)

“Eles têm muitas dúvidas”, diz o senador que relata tanto o projeto de teto do ICMS, já aprovado na Câmara, quando a PEC dos Combustíveis.

Eles duvidam se essa política “vai dar os resultados que o governo federal acredita, e acham que eles vão ter uma redução de receita muito expressiva”.

Nem na conta estados e União se entendem. Os secretários estaduais estimam perda de arrecadação na casa dos R$ 100 bilhões, enquanto o governo acredita que tal perda fica em R$ 60 bilhões.



17h17 – Ibovespa fecha em queda de 1,55%, aos 108.367 pontos



17h12 – PEC dos Biocombustíveis prevê regime fiscal favorecido em relação a combustíveis fósseis

“A nossa preocupação aqui é ter um comando constitucional, mas o que para definir alíquotas mesmo é uma lei complementar. Na medida que as alíquotas de combustíveis fósseis estão sendo reduzidas, a gente tem que assegurar uma política, que é brasileira, de favorecimento, indução e estímulo à produção de energia renovável e biocombustíveis”, assegura Fernando Bezerra (MDB-PE), que não relatará essa PEC – o relator ainda será definido pelo presidente do Senado Rodrigo Pacheco (PSD-MG), que só tomará a decisão após deixar o cargo temporário de presidente das República, que assumiu hoje.



17h03 – Governo federal propõe R$ 29,6 bilhões de auxílio aos estados que resolverem zerar alíquotas de combustíveis

A chamada PEC dos Combustíveis, que também será relatada por Fernando Bezerra (MDB-PE), que já é relator do projeto de teto do ICMS, proposta pelo governo, prevê compensação aos estados que zerarem alíquota do ICMS para diesel, gás natural e GLP, e que reduzam a 12% o ICMS para o etanol hidratado combustível, entre 1º de julho e 31 de dezembro de 2022.

Fernando Bezerra, porém, ressalta que é uma proposta “autorizativa e não impositiva”, ou seja vale apenas para os estados que quiserem aderir dentro das regras oferecidas.



17h00 – Fechamento Wall Street

  • Dow Jones recua 0,81%, aos 32.910 pontos
  • S&P 500 cai 1,08%, aos 4.115 pontos
  • Nasdaq tem baixa de 0,73%, aos 12.086 pontos


16h58 – Para Credit Suisse, restrição de cobertura de planos de saúde é positiva para companhias do setor

Com a mudança, os planos de saúde não serão mais obrigados a cobrirem procedimentos e tratamentos que não estão nesse rol.

“A tese contrária alegava que os pagadores deveriam ser obrigados a pagar além do “rol”, o que prejudicaria a segurança jurídica e comprometeria os cálculos atuariais na saúde privada”, comentam os analistas do banco suíço.



16h56 – Fechamento Petróleo

  • WTI (julho): +2,52% (a US$ 122,42)
  • Brent (agosto): +2,78% (a US$ 123,92)


16h55 – Ibovespa fecha em queda preliminar de 1,52%, aos 108.401 pontos



16h51 – Fernando Bezerra (MDB-PE) atende secretários estaduais na compensação da receita do ICMS

“A compensação poderá ser feito sobre o serviço da dívida e não sobre o estoque da dívida. Isso é importante, porque os estados haverão de ter perda de receitas, isso é fato. Há apenas uma discussão sobre o tamanho da redução dessa receita”, disse.

“A proposta da Câmara, pelo estoque da dívida, não representaria muito do ponto de vista do fluxo. Então, a ideia é que, como os estados terão a perda de receita imediata, que eles sejam compensados, se o gatilho vier a ser acionado, no mesmo momento do fluxo, que é no pagamento do serviço da dívida junto à União”, explicou o relator da matéria no Senado.



16h43 – Fernando Bezerra (MDB-PE) decide por manter projeto de teto do ICMS tal como aprovado na Câmara dos Deputados

Em antecipação ao relatório que será apresentado amanhã (9), o relator da matéria no Senado, diz que “prestigiou o texto aprovado na Câmara” e que mantém compensação para estados e municípios de eventuais perdas até 31 de dezembro deste ano, além de garantias para os gestores públicos na aplicação da Lei de Responsabilidade Fiscal e Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Mas há inovações, segundo o relator: ajustes nas regras de fixação de alíquotas para respeitar autonomia dos entes federativos, ampliação da segurança jurídica para gestores públicos, “aperfeiçoamento do mecanismo de compensação”, redução a zero das alíquotas de PIS/Cofins e PIS/Cofins-Importação sobre álcool hidratado combustível, álcool anidro e gasolina.



16h39 – Tesouro Direto: taxas oscilam com risco fiscal no radar e à espera de dados do IPCA

Dentro do Tesouro Direto, o título prefixado de curto prazo apresenta alta nas taxas.

O Tesouro Prefixado 2025 oferecia às 15h26 um retorno anual de 12,79%, superior aos 12,73% registrados na terça-feira (7).

Na contramão, o título prefixado de longo prazo teve queda nas taxas. O Tesouro Prefixado 2033, com juros semestrais, entregava na última atualização de hoje uma rentabilidade anual de 12,86%, abaixo dos 12,92% vistos ontem.



16h34 – Fernando Bezerra (MDB-PE) diz que apresenta relatório sobre o projeto de teto de ICMS nessa quinta (9); a matéria é pauta única no Senado amanhã



16h33 – Fernando Bezerra (MDB-PE) afirma que a PEC dos Combustíveis estará disponível no sistema do Senado às 17h de hoje; PEC dos Biocombustíveis também entre no sistema “ainda hoje”



16h27 – STJ forma maioria para restringir cobertura dos planos de saúde



16h24 – São Paulo confirma primeiro caso de varíola dos macacos

É o primeiro caso também no Brasil. No mundo, a doença já passa de mil casos confirmados, fora dos países africanos onde a doença é recorrente. A OMS, por sua vez, diz que não há motivo para preocupação no nível que a Covid-19 causou.

O paciente de SP está hospitalizado, mas não há detalhes de seu estado de saúde. Além dele, há outro caso sendo investigado na capital paulista, uma mulher de 26 anos, que não viajou recentemente para fora do país.



16h10  – Inflação em 8% é inaceitável e EUA trabalham para reduzir isso, diz Yellen



HORA DO MERCADO

16h02 – Ibovespa cai 1,58%, aos 108.329 pontos; dólar avança

O índice de referência da Bolsa brasileira viu sua queda acelerar por volta da última hora da sessão desta quarta-feira. O Ibovespa chegou a tocar o terreno positivo mais cedo, mas viu sua performance piorar, acompanhando as Bolsas americanas.

Em Wall Street, o Dow Jones cai 0,76%, enquanto S&P 500 recua 0,08% e o Nasdaq cai 0,80%. Os preços mais altos do petróleo renovam preocupações com a inflação global, o que eleva a aversão ao risco do mercado.

Entre as blue chips, as ações da Vale (VALE3) caem cerca de 3,77%, mesmo com os preços do minério de ferro se recuperando de uma baixa mais cedo.

A sessão é de realização de lucros, após começar junho com força. Até a véspera, o papel acumulava avanço de mais de 5%.

Mesmo com o petróleo no mercado internacional em alta e o contrato do brent para agosto superando US$ 123 o barril, as ações da Petrobras (PETR3;PETR4), recuam. PETR3 cai 0,35%, a R$ 33,72, enquanto PETR4 cai 0,1%, a R$ 30,65. Investidores interpretam que a alta do petróleo deve voltar a pressionar a estatal.

Hapvida (HAPV3) e Qualicorp (QUAL3) registram ganhos de, respectivamente, 3,07% e 3,56%, com a última em recuperação após um começo de semana mais negativo, quando acumulou declínio de 6,65%.

Entre as maiores quedas, destaque para a WEG (WEGE3), com baixa de 5,74%, enquanto CSN (CSNA3) e Gerdau (GGBR4) têm perdas de, em sequência 5,24% e 4,87%.

O dólar comercial tem ligeira alta de 0,28% a R$ 4,887 na compra e R$ 4,888 na venda. Os juros futuros têm um dia de leve alta: DIF23, + 0,02 pp, a 13,50%; DIF25, + 0,04 pp, a 12,70%; DIF27, + 0,02 pp, a 12,59%.

Na véspera, o dólar avançou 1,63%, maior valorização diária desde 5 de maio passado, em meio às discussões sobre a desoneração de combustíveis. Elas continuam no foco de atenções, uma vez que, apesar de um esperado alívio na inflação, devem provocar um aumento importante nos gastos federais, o que aumenta o risco fiscal do país.



15h47 – Rússia deve ter contração de 15% do PIB em 2022 e recuo de 3% em 2023, diz IIF



15h38 – Segundo Estadão, demanda de ações da Eletrobras (ELET3;ELET5) com FGTS supera os R$ 7,5 bilhões

O teto estabelecido pelo governo era de R$ 6 bilhões – com isso, as ordens estipuladas pelas pessoas físicas deverão sofrer cortes, de acordo com o jornal.



15h34 – Atma (ATMP3) registra alta de mais de 7%, após entrar com pedido de recuperação judicial

Durante o dia, a ação chegou a disparar mais de 12%. No momento, a alta é de 7,69%, a R$ 1,68.

A Atma informa que hoje o patrimônio retido em demandas trabalhistas em virtude de penhoras, depósitos recursais e depósitos judiciais está em cerca de R$ 125 milhões. Além disso, há mais R$ 196 milhões retidos em demandas tributárias e mais de R$ 51 milhões retidos com clientes a título acautelatório para fazer frente a contingências trabalhistas.

A concessão da recuperação judicial, segundo a Atma, “viabilizará a continuidade das atividades, preservando-se cerca de 50 mil empregos, a criação de tecnologia e os interesses de todos os seus stakeholders, incluindo credores, consumidores, clientes, parceiros comerciais e comunidades impactadas por suas atividades”.



15h24 – Jair Bolsonaro afirma que governo não chegou a “entendimento” com a Petrobras (PETR3;PETR4) sobre alta dos combustíveis

O presidente da República afirmou ainda, segundo o Estadão, que o Governo Federal continua trabalhando para conter a alta, como por exemplo com o projeto que limita a limita a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis em até 17%.

Bolsonaro criticou a petroleira estatal, afirmando que várias companhias do setor do restante do mundo estão diminuindo suas margens de lucro, enquanto a Petrobras, aumenta, mas disse que não interferirá na política de preços.



15h15 – Ibovespa acelera queda para 1,04%, aos 108.930 pontos



15h10 – Acionistas da brMalls (BRML3) aprovam fusão com Aliansce Sonae (ALSO3), diz Estadão

A empresa realizou uma assembleia extraordinária nesta quarta-feira (8) para debater a movimentação, que originará o maior conglomerado de shoppings do país.

Falta, agora, a aprovação dos acionistas da Aliansce, com a assembleia marcada também para hoje, às 17h.



14h56 – CBA (CBAV3) lidera perdas entre as Small Caps, com menos 6,98%; enquanto Qualicorp (QUAL3) sobe 4,47%

Entre as maiores quedas estão também a Clearsale (CLSA3), com baixa de 6,46%; Oceanpact (OPCT3), baixa de 5,02%; Dommo (DMMO3), com menos 4,79%; e Movida (MOVI3), baixa de 3,69%.

Entre as maiores altas da semana também estão Iochpe-Maxion (MYPK3), com mais 4,30%; Tenda (TEND3), com mais 3,09%; Neogrid (NGRD3), com alta de 2,88%; e Cogna (COGN3), que ganha 2,81%.

Índice de Small Caps (SMLL) recua apenas 0,08% neste instante. Dos 137 componentes, 61 sobem em relação ao dia anterior.



14h49 – Cotação do preço do barril de petróleo bate alta de 3%, com WTI a US$ 123,00 (+3,01%) e Brent, a US$ 124,19 (+3,00%)



14h47 – Pesquisa PoderData mostra estabilidade na intenção de votos: Lula (PT) segue com 43% e Bolsonaro (PL), com 35%

A pesquisa realizada entre 5 e 7 de junho repete os mesmos números da pesquisa feita entre 22 e 24 de maio. A diferença desses cenários é que João Dório (PSDB), que tinha 1% no levantamento anterior, desistiu da corrida.

Ciro Gomes (PDT) tem 6% (de 5% anteriormente). André Janones (Avante) marca 2% (contra 3%) e Simone Tebet (MDB) tem 1% (contra 2% na anterior). José Eymael (DC) e Luciano Bivar (União Brasil) marcaram 1% nas duas pesquisas.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais, com 3 mil entrevistas por telefone.



14h44 – “Não vemos nenhum sinal de uma recessão”, afirma CEO da Uber (U1BE34)

Dara Khosrowshahi fez a afirmação no Bloomberg Tech Summit, e acrescentou que a empresa estenderia sua sobretaxa de combustível, com cobrança iniciada em março, e que a empresa estava “cautelosa” na contratação.

Além disso, Khosrowshahi observou que nenhuma demissão foi planejada na empresa, apesar do tom cauteloso em torno das contratações, notando que a oferta de motoristas aumentou 78% em maio em relação ao ano anterior, uma preocupação para os investidores depois que a concorrente Lyft disse que teria que aumentar significativamente os gastos para atrair mais motoristas para sua plataforma.



14h40 – 3R Petroleum (RRRP3) informa à CVM que descarta oferta de ações

Em comunicado divulgado há pouco, a empresa presta esclarecimentos em relação a notícia veiculado pelo jornal Valor Econômico, de que estaria analisando uma oferta de ações.

“Ao contrário da afirmação contida na notícia supracitada, a companhia informa que não está avaliando nesse momento qualquer oferta subsequente de ações”, afirmou.

Assim como as demais empresas do setor de óleo e gás, que sobem por conta da valorização do preço do petróleo, as ações da 3R avançam 1,3%, a R$ 47,47.



14h33 – Para IBGE, tendência é de não haver nova rodada de pressão sobre alimentos

Os preços dos alimentos no País têm sido afetados por problemas climáticos, elevação de custos de produção e alta na cotação de commodities agrícolas no mercado internacional. No entanto, a tendência é que não haja nova rodada de pressões adiante, avaliou Carlos Alfredo Guedes, gerente do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“A tendência não é ter muita pressão sobre os preços dos alimentos daqui pra frente”, afirmou Guedes. O gerente do IBGE diz que o custo de produção aumentou “bastante”, devido à necessidade de importação de fertilizantes e do encarecimento do frete por conta dos combustíveis mais caros. “Mas soja e milho estão remunerando bem os produtores”, completou. (Estadão Conteúdo)



14h26 – Governadores resistem ao PLP 18, e negociações sobre ICMS continuam

Representantes dos estados insistem que a redução da alíquota pode levar os governos ao desequilíbrio fiscal sem a garantia de queda dos preços na bomba.



14h22 – Defasagem média da paridade da gasolina sobe para 17% nesta quarta, diz Abicom

A Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis informa que a defasagem média do preço de paridade internacional (PPI) da gasolina no Brasil ficou em R$ 0,78 (ontem estava em R$ 0,67 ou 15%), enquanto o do diesel está em R$ 0,92, ou 16% (ontem, R$ 0,77 ou 13%).

“Com a alta no câmbio e os preços de referência do óleo diesel e da gasolina no mercado internacional em relação a abertura de ontem, os cenários das defasagens tanto para gasolina como para o óleo afastaram-se muito da paridade, o que inviabiliza as operações de importação”, ressalta a Abicom.

A gasolina não tem aumento no Brasil desde 11 de março de 2022, ou 89 dias. Desde então, o PPI acumula alta de R$ 0,51 por litro. O diesel S-10 está há 30 dias sem aumento, desde 10 de maio, com o PPI tendo subido R$ 0,28 por litro desde então.



14h18 – Petróleo se firma acima do patamar dos US$ 120 o barril e analistas esperam por mais altas

Embargos à Rússia devem continuar pressionando oferta enquanto fim dos lockdowns na China empurra demanda para cima.



14h08 – Mundo pode lucrar US$ 78 trilhões com troca de carvão por fontes renováveis, diz FMI

A principal preocupação em substituir carvão por fontes renováveis é o preço desse movimento, afirma o Fundo Monetário Internacional. Em relatório publicado hoje, porém, o FMI estima que tal transição poderia ser auto pagável e garantir rendimento líquido global de quase US$ 78 trilhões até o fim deste século.

Há discordâncias entre negociadores sobre como abandonar o carvão. Parte se dá pela oposição às taxas sobre carbono e, agora, mesmo países que poderiam deixar o combustível estão revertendo o progresso em meio aos preços crescentes de energia com a guerra da Rússia na Ucrânia.

O Fundo destaca “o fim do uso de carvão não deve ser visto como muito caro, pois oferece benefícios econômicos com a redução das emissões de carbono, como evitar danos físicos à infraestrutura causados pelas mudanças climáticas”. (Estadão Conteúdo)



14h02 – Rússia deve ter contração de 15% do PIB em 2022 e recuo de 3% em 2023, diz IIF

O Instituto de Finanças Internacionais (IIF) atualizou previsões sobre a economia da Rússia e projeta agora contração de 15% do Produto Interno Bruto (PIB) do país neste ano, seguida de queda de 3% em 2023.

Em relatório sobre o país, o instituto que congrega centenas de bancos internacionais destaca o fato de que isso resultará em uma perda de 15 anos de ganhos econômicos na Rússia, que ataca militarmente a Ucrânia e é alvo de várias sanções internacionais por causa da guerra. O IIF diz que a saída de companhias estrangeiras e a piora nas perspectivas econômicas devem resultar em queda forte no investimento privado, de 25%. (Estadão Conteúdo)



13h56 – Ibovespa amplia perdas, recuando 0,92%, aos 109.062 pontos, em linha com piora no exterior

Em NY, as bolsas aceleraram as quedas: S&P 500, -0,82%; Dow Jones, -0,70%; e Nasdaq, -0,65%.

Dólar comercial avança 0,40%, cotado a R$ 4,893 na compra e a R$ 4,894 na venda.



13h55 – Fundo Verde ganha com juros na Europa e inflação no Brasil em maio; gestora inicia aposta no real via opções



13h52 – Principais índices europeus têm mais um dia de quedas, à espera do BCE

Os investidores estão aguardando a decisão de política monetária do Banco Central Europeu que acontece amanhã (9), podendo confirmar as intenções de aumentar as taxas de juros.

“As ações estão buscando um equilíbrio frágil entre a esperança de que a inflação esteja no pico e o medo de uma economia em desaceleração”, disse Emmanuel Cau, chefe de estratégia de ações europeias do Barclays, para a CNBC.

  • Stoxx 600: -0,57%;
  • DAX (Frankfurt): -0,76%;
  • FTSE 100 (Londres): -0,08%;
  • CAC 40 (Paris): -0,80%;
  • IBEX 35 (Madri): +0,01%;
  • FTSE MIB (Milão): -0,53%;
  • MOEX (Moscou): +1,19%


13h42 – Ações ligadas a combustíveis trabalham em queda neste momento

As da distribuidora Vibra (VBBR3) caem 1,55%.

As ações da Ultrapar (UGPA3), dona dos postos da marca Ipiranga, caem 2,04%, bem como as da Raízen (RAIZ4), que perdem 3,19%, e as da São Martinho (SMTO3), uma das maiores produtoras de etanol do país, que caem 2,03%.

Na outra ponta, as da Petrobras sobem, com as ordinárias (PETR3) avançando 0,80% e as preferenciais (PETR4) subindo 0,91%.



13h41 – Pico de inflação na França deve durar várias semanas ou mesmo meses, diz ministro

Ministro da Economia da França, Bruno Le Maire afirmou hoje que o pico de inflação no país “deve durar semanas ou mesmo meses”, durante entrevista à rede de TV local BFM.

Para ele, o quadro inflacionário deve começar a melhorar e ficar mais próximo do normal no país no início de 2023. (Estadão Conteúdo)



13h39 – Plano de Bolsonaro para zerar ICMS sobre diesel e GLP enfrenta riscos jurídicos, dizem advogados



13h34 – Governo de SP diz que se União suspender pagamento da dívida o próprio Estado reduz ICMS

Em nota, o governador Rodrigo Garcia (PSDB) disse que se o governo federal suspender por dois anos a dívida de São Paulo com a União o próprio Estado reduz o ICMS da gasolina e zera a taxação sobre demais combustíveis.

“O governo federal suspende o pagamento da dívida dos paulistas com a União por dois anos. Eu uso esse dinheiro para zerar o ICMS do diesel, etanol e gás de cozinha e reduzir a gasolina. Não precisa de PEC para isso. É mais justo e rápido”, declarou o governador, ecoando proposta de demais governadores.

O vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia (Foto: Governo do Estado de São Paulo)


13h15 – Comsefaz, sobre projeto de combustíveis do governo federal: “a compensação como está é um gatilho que não dispara”

Décio Padilha, presidente do Comitê Nacional de Secretários de Fazenda dos Estados, disse, em entrevista coletiva, que a reunião que acontece neste momento entre o relator do projeto no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), e os secretários estaduais é para tratar de “aspectos de modulação e de compensação”.

“Porque a compensação de 5% como está no projeto é um gatilho que não dispara. Como essa compensação, na prática, ela não roda como está, vai ter um debate agora sobre como vai ficar essa compensação, e vai depender da dinâmica da negociação de hoje (que está acontecendo agora). E com relação à modulação também vamos debater, porque se colocar a antecipação já de imediato toda a redução de alíquotas, os estados vão ter esse impacto de R$ 100 bilhões, não tem como. Lembrando que, somente a educação, saúde e os municípios, você tem R$ 62 bilhões que deixarão de ingressar em 12 meses”, alertou.



HORA DO MERCADO

13h07 – Ibovespa cai 0,34%, aos 109.691 pontos; dólar oscila entre leves perdas e ganhos

O índice de referência da Bolsa brasileira registra queda em boa parte da sessão desta quarta-feira. O Ibovespa chegou a tocar o terreno positivo e se comporta de maneira semelhante às Bolsas em Nova York, que operam com tendências mistas.

Em Wall Street, o Dow Jones cai 0,17%, enquanto S&P 500 recua 0,25% e o Nasdaq tem leve alta de 0,15%. Os preços mais altos do petróleo renovam preocupações com a inflação global, o que eleva a aversão ao risco do mercado.

Entre as blue chips, as ações da Vale (VALE3) caem cerca de 2%, mesmo com os preços do minério de ferro se recuperando de uma baixa mais cedo. A sessão é de realização de lucros, após começar junho com força. Até a véspera, o papel acumulava avanço de mais de 5%.

Com o petróleo no mercado internacional em alta e o contrato do brent para agosto superando US$ 120 o barril, há algum suporte às ações da Petrobras (PETR3;PETR4), que operam com alta moderada. PETR3 tem ganhos de 1%, a R$ 34,20, enquanto PETR4 tem avanço de 1,53%, a R$ 31,13.

Hapvida (HAPV3) e Qualicorp (QUAL3) registram ganhos de cerca de 5%, com a última em recuperação após um começo de semana mais negativo, quando acumulou declínio de 6,65%.

Entre as maiores quedas, destaque para a WEG (WEGE3), com baixa de 3,5%, enquanto CSN (CSNA3) e Minerva (BEEF3) têm perdas de 2,6%.

O dólar comercial tem ligeira queda de 0,03% a R$ 4,872 na compra e R$ 4,873 na venda. Os juros futuros têm um dia de leve alta: DIF23, estável, a 13,48%; DIF25, + 0,03 pp, a 12,69%; DIF27, + 0,01 pp, a 12,58%.

Na véspera, o dólar avançou 1,63%, maior valorização diária desde 5 de maio passado, em meio às discussões sobre a desoneração de combustíveis. Elas continuam no foco de atenções, uma vez que, apesar de um esperado alívio na inflação, devem provocar um aumento importante nos gastos federais, o que aumenta o risco fiscal do país.



13h02 – Credit Suisse (C1SU34) alerta para outro trimestre de perdas, com capital se deteriorando diante do cenário macroeconômico

O banco suíço alertou hoje que sua posição de capital está se deteriorando e que espera outra perda trimestral devido às condições de mercado fracas e lucros mais baixos em seu banco de investimento. O alerta é um sinal precoce de que a interrupção nos mercados financeiros desde que a Rússia invadiu a Ucrânia está afetando a atividade dos grandes bancos internacionais.

Segundo o Wall Street Journal, o banco foi atingido por empresas que optaram por não vender novas ações ou títulos em condições voláteis, eliminando uma das suas principais fontes de receita. O fraco desempenho levará a divisão e o banco em geral a uma perda no segundo trimestre, a terceira trimestral consecutiva.

Admitindo os tempos difíceis que enfrenta, o Credit Suisse reduziu sua meta de capital para 13,5% no curto prazo, de 14%. A relação caiu para 13,8% em 31 de março de 14,4% no final de dezembro. Executivos disseram anteriormente que o banco não precisa levantar capital novo e que a proporção voltaria a subir mais de 14% no final deste ano. Sem gerar lucro, o banco terá dificuldades para levantar capital novo.



12h59 – Consumo nos lares tem alta de 7,37% em abril ante mesmo mês de 2021, diz Abras

O Índice Nacional de Consumo dos Lares Brasileiros da Associação Brasileira de Supermercados acumula alta de 2,50% de janeiro a abril, alinhado às estimativas do setor supermercadista de um crescimento de 2,80% no ano.

Em abril, o indicador registrou alta de 4,20% ante março. Na comparação com o mesmo mês de 2021, o índice teve alta de 7,37%, de acordo com o monitoramento do departamento de Economia e Pesquisa da Abras.

“O aumento do emprego com carteira assinada no quadrimestre, bem como, os recursos injetados na economia, como o saque extraordinário do Fundo de Garantia, a manutenção do Auxílio Brasil e a antecipação do 13º salário estão sustentando o consumo nos lares diante de um cenário de elevada e persistente inflação que impacta diretamente a cesta de alimentos”, explica o vice-presidente da Abras, Marcio Milan. (Estadão Conteúdo)



12h52 – Estoques de petróleo nos EUA sobem 2,025 milhões de barris, diz Departamento de Energia

Os estoques de petróleo nos EUA avançaram 2,025 milhões de barris, chegando a 416,758 milhões de barris, na semana encerrada em 3 de junho, segundo o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês). O resultado contrariou a previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que esperavam baixa de 1,9 milhão de barris.

Os estoques de gasolina diminuíram 812 mil barris, a 218,184 milhões de barris, enquanto a expectativa de analistas era de alta de 300 mil barris. Já os de destilados tiveram alta de 2,592 milhões de barris, a 108,984 milhões de barris, quando a previsão era de alta de 800 mil barris.

A taxa de utilização da capacidade das refinarias subiu de 92,6% na semana anterior para 94,2% na mais recente, acima da expectativa de 93,0%. (Estadão Conteúdo)



12h46 – Núcleo do IPC-DI sobe 0,84% em maio ante alta de 0,93% em abril, mostra FGV

O núcleo do Índice de Preços ao Consumidor – Disponibilidade Interna é usado para mensurar tendências e calculado a partir da exclusão das principais quedas e das mais expressivas altas de preços no varejo.

Ainda de acordo com a FGV, o núcleo acumulou uma elevação 3,80% no ano e aumento de 7,19% em 12 meses. (Estadão Conteúdo)



12h43 – Estoques no atacado nos EUA sobem 2,2% em abril ante março

Os estoques no atacado dos Estados Unidos avançaram 2,2% em abril ante março, a US$ 861,8 bilhões, informou nesta quarta-feira o Departamento do Comércio. O resultado veio um pouco acima da previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de alta de 2,1%.

A leitura de março foi revisada para cima, de uma alta mensal de 2,3% para uma elevação de 2,7%, a US$ 843,6 bilhões. (Estadão Conteúdo)



12h40 – RADAR INFOMONEY – Até 60% de queda: conheça as ações que mais caíram em 2022. Vale investir nelas?



12h37  – Porto tem desafios persistentes nos próximos trimestres, diz BofA

A análise reduziu estimativa de lucro em 2022 em 11%, incorporando índice de sinistralidade acima do esperado, impactado pela inflação em veículos e autopeças (cerca de 70% dos custos totais de sinistros).

“Nossa projeção implica um fraco crescimento do resultado final em 2022, seguido por um forte crescimento em 2023, explicado pela normalização esperada do negócio de seguros de automóveis (+3%/+35%/+16% de crescimento NI em 22/23/24)”, explica.

O BofA mantém recomendação underperform (desempenho abaixo da média de mercado) para PSSA3, e reduz preço-alvo para R$ 18,00 (de R$ 21,00). No momento, a ação recua 0,78%, a R$ 19,17.



12h33 – Todos os índices setoriais operam em queda neste momento

Desde o começo da semana, o comportamento dos índices setoriais segue o mesmo, navegando no vermelho, embora com menos amplitude.

No momento, Materiais Básicos (IMAT)puxa a fila, com queda de 2,21%; seguido por Industrial (INDX), queda de 1,08%; Financeiro (IFNC), que perde 0,44%; Imobiliário (IMOB), que tem baixa de 0,37%; Energia Elétrica (IEE), com perdas de 0,20%; Utilidade Pública (UTIL), que desce 0,12%; e Consumo (ICON), com menos 0,10%.



12h25 – XP lança nova marca e quer ter o melhor banco de atacado em 3 anos



12h19 – Para BofA, impulso da Caixa Seguridade (CXSE3) depende do sucesso do Pronampe

O BofA projeta crescimento de 38%/17%/11% no NI em 2022/23/24. “Nosso novo modelo é impactado positivamente pelo melhor crescimento de prêmios, pois incorporamos alguns benefícios do cross-selling com o programa de crédito Pronampe nos próximos trimestres, que deve se tornar uma linha de crédito permanente subsidiada pelo governo federal”, analisa.

No entanto, as estimativas de NI permanecem inalteradas, impactadas por perda no 1T22, menor receita financeira (exposição a títulos prefixados acima do esperado, limitando os benefícios da Selic maior) e menor taxa de administração no negócio de previdência.

A recomendação para a ação é neutra, com preço-alvo reduzido para R$ 8,00 (de R$ 10,00). Neste momento, o ativo sobe 0,68%, a R$ 7,38.



12h12 – Rodrigo Garcia (PSDB-SP) diz que governadores fizeram contraproposta sobre a questão dos combustíveis

“Entenda que nós estamos no meio do exercício fiscal e que é natural que se (a proposta) ocorrer precisamos mexer na lei de responsabilidade fiscal para que os governadores e prefeitos não incorram em ações de improbidade; e o segundo ponto são as compensações necessárias para que a gente também mantenha o princípio da boa gestão fiscal do Brasil”, disse o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, em entrevista após reunião de governadores com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) e o relator da matéria, o senador Fernando Bezerra (MDB-PE).

“Então, essas propostas estão colocadas para o relator aqui no Senado, que vai dialogar com os senadores e a Câmara para busca de um consenso em relação à aprovação final do projeto”, concluiu.



12h03 – BofA mantém preferência em BB Seguridade (BBSE3): “bom impulso dos lucros apesar do macro complicado”

O BofA projeta crescimento de 33%/11%/10% nos lucros nos anos de 2022/23/24, à medida que aumenta marginalmente nossas estimativas de NI (+1%/+2%/+4%).

“Incorporamos a normalização dos resultados financeiros (14% da NI em 22, vs 3% em 21) dada a maior taxa Selic e menor gap entre os índices de inflação e a normalização da sinistralidade após o impacto da covid-19 (índice de sinistralidade total de 34,7% em 22 vs. 39,3% em 21)”.

O BofA mantém recomendação de compra e reduziu o preço-alvo para R$ 30,00, de R$ 31,00, conforme incorpora novas estimativas e maior CoE (15% vs 13,8% anterior), refletindo maior taxa livre de risco e risco país.

No momento, BBSE3 cresce 1,06%, a R$ 25,68.



11h47 – Ações de construtoras têm forte queda em 12 meses: risco ou oportunidade para investir no setor?



11h39 – BofA reitera recomendação de compra de Viveo (VVEO3), com preço-alvo de R$ 24,00

A análise ressalta as sinergias esperadas de fusões e aquisições de 2021 e 2022, com expectativa de captura de R$ 111 milhões nos próximos 3 anos.

“Vemos como positivo que as sinergias sejam focadas em custos e despesas. Os ganhos de receita têm potencial de alta”, diz o BofA. “Vemos uma redução de 7,6x EV/Ebitda para 5,4x, em linha com a nossa estimativa”.

No momento, VVEO3 cai 1,23%, a R$ 14,47.



11h30 – MME aguarda decreto de Bolsonaro para iniciar estudos sobre privatização da Petrobras (PETR3; PETR4)

A secretária-executiva do Ministério das Minas e Energia, Marisete Pereira, afirmou no Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico, que o modelo de privatização da Eletrobras (ELET3; ELET6) pode inspirar um eventual processo de desestatização da Petrobras.

“É um novo estudo, com esse olhar de que tipo de medidas a gente precisa para tratar os diferentes segmentos que a Petrobras tem hoje”, afirmou, ressaltando que aguarda o decreto do presidente da República Jair Bolsonaro (PL) para iniciar os estudos relacionados à privatização da petroleira, que já foi incluída no PPI.



HORA DO MERCADO

11h20 – Ibovespa cai 0,57%, aos 109.438 pontos; dólar volta a subir moderadamente

O índice de referência da Bolsa brasileira opera com forte volatilidade nos primeiros negócios do dia. O Ibovespa chegou a tocar o terreno positivo e se comporta de maneira semelhante às Bolsas em Nova York, que operam com tendências mistas.

Entre as blue chips, as ações da Vale (VALE3) caem mais de 1%, mesmo com os preços do minério de ferro se recuperando de uma baixa mais cedo. O petróleo no mercado internacional avança dando algum suporte às ações da Petrobras (PETR3;PETR4), que operam com alta moderada.

Qualicorp (QUAL3) e Hapvida (HAPV3) lideram as alta do Ibovespa, subindo 3,93% e 2,04%, respectivamente. PetroRio (PRIO3) é a terceira maior alta do índice, avançando 1,72%.

A CSN (CSNA3) lidera as baixas, caindo 2,71%, seguida por Minerva (BEEF3), em baixa de 2,29% e Suzano (SUZB3) caindo 1,99%.

O dólar comercial tem ligeira alta de 0,02% a R$ 4,874 na compra e R$ 4,875 na venda. Os juros futuros operam em alta: DIF23, estável, a 13,48%; DIF25, + 0,03 pp, a 12,69%; DIF27, + 0,04 pp, a 12,61%; e DIF29, +0,03 pp, a 12,71%.

Em Nova York, o Dow Jones cai 0,53%, enquanto S&P 500 e Nasdaq recuam, respectivamente 0,42% e 0,04%.



11h – Tenda (TEND3): BBI faz avaliação positiva sobre aumento de participação da Polo Capital na empresa

A gestora aumentou participação para 20% e o BBI vê movimento como positivo. Depois de ver as ações da Tenda caírem 75% no acumulado do ano, a gestora de ativos Polo Capital aumentou sua participação na empresa para 20,55%, de 15,14% anteriormente.

Para o Bradesco BBI, “o desafio de turnaround da Tenda é relevante, e a ação reflete isso, mas achamos positivo que seu maior acionista esteja disposto a aumentar sua participação no mercado secundário, o que sugere que a administração da Polo Capital (que é parte do a diretoria da Tenda) acredita que a Tenda deve ser capaz de superar as preocupações sem necessariamente exigir capital adicional”.

No momento, TEND3 é negociada a R$ 4,25%, uma alta de 0,95%.



10h55 – Tesouro Direto: prefixados renovam recorde e taxas se aproximam de 13% com imbróglio sobre combustíveis



10h52 – Dólar comercial passa a cair 0,32%, a R$ 4,858 na compra e R$ 4,859 na venda

Dólar para julho cai 0,3% a R$ 4,889.



10h51 – Passagens aéreas atingem valor médio mais alto em 10 anos, diz levantamento

Estudo feito pela CNN Brasil mostra que em março deste ano o preço médio das passagens aéreas no Brasil atingiu o maior valor desde dezembro de 2012. O custo médio do ticket aéreo chegou a R$ 648,29, sendo superado apenas pelo preço registrado há quase dez anos, de R$ 676,37.

O dólar acima dos R$ 5 durante todo 2021 e o querosene de aviação (QAV) com preço médio recorde no fim de maio de 2022, acumulando uma alta de 46,6% só neste ano, são alguns dos fatores apontados.

No momento, as duas aéreas da bolsa de valores veem suas ações caindo: a Gol (GOLL4) perde 1,30% e a Azul (AZUL4) recua 1,36%.



10h48 – Ibovespa reduz perdas e tem leve queda de 0,11%, aos 109.960 pontos



10h38 – Juros futuros invertem tendência e passam a cair

DIF23, estável , a 13,48%; DIF25, – 0,02 pp, a 12,64 %; DIF27,- 0,01 pp, a 12,56%; e DIF29, -0,03 pp, a 12,65%.



10h37 – Lula (PT) critica proposta do governo federal para combustíveis e diz que saída é “refinar mais”

“Todos os presidentes da história do país brigaram pela auto-suficiência (sic) do petróleo no Brasil”, escreveu o ex-presidente e candidato ao cargo em 2022, em uma rede social. “O Brasil hoje está refinando apenas 80% do combustível que precisamos. É preciso refinar mais, para que a gente seja efetivamente auto-suficiente”.

E aproveitou para criticar a proposta do atual presidente da República, chamando Jair Bolsonaro (PL) de “fanfarrão”: “essa briga toda do Bolsonaro em relação ao ICMS não vai chegar na bomba da gasolina, do diesel e do gás. A mesma caneta que decidiu internacionalizar o preço pode decidir abrasileirar o preço. Nós não temos governo, temos um fanfarrão”.

Por fim, Lula diz que “Bolsonaro vai jogar o peso dos combustíveis por um subsídio em todo o povo brasileiro, e isso até dezembro. Depois de dezembro, não está claro quem vai fazer a compensação. Quando o que poderia fazer era o subsídio em cima desse lucro enorme da Petrobrás”.



10h34 – Todos os setores da bolsa operam no vermelho, com destaque para imobiliário e materiais básicos

O índice do setor imobiliário (IMOB) cai 1,07%, aos 665 pontos, enquanto materiais básicos recua 1,09%, a 6.171 pontos.



10h31 – ON e PNB Eletrobras (ELET3;ELET6) sobem, respectivamente, 0,19%, a R$ 41,88, e 0,05%, a R$ 41,37, na véspera da precificação da oferta de ações da estatal



10h30 – Bolsas em Nova York abrem em baixa com cautela sobre inflação e juros

  • Dow Jones recua 0,63%
  • S&P 500 cai 0,58%
  • Nasdaq opera em baixa de 0,42%


10h28 – PEC do Etanol pode ajudar a amenizar impacto da redução do ICMS da gasolina, diz Bradesco BBI

Segundo o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), duas PECs devem ser apresentadas hoje ao Senado Federal. A primeira está relacionada aos planos de Jair Bolsonaro (PL) de compensar os estados pela perda de arrecadação tributária caso zerem o imposto sobre diesel e gás de cozinha, e a segunda visa garantir a paridade entre gasolina e etanol.

A chamada “PEC do Etanol” procura manter o combustível competitivo ao estabelecer uma alíquota de ICMS para o etanol 30% inferior à da gasolina, de modo a acompanhar a paridade de 70% entre os dois produtos.

Para o BBI, “a ‘PEC do Etanol’ amenizaria o impacto da redução do ICMS da gasolina sobre o preço do etanol cobrado pelos produtores. No entanto, não eliminaria completamente o ônus, principalmente devido ao corte do PIS/Cofins, já que os impostos federais representam atualmente R$ 0,69/l do preço da gasolina e apenas R$ 0,24/l do preço do etanol”.

Caso o PEC do Etanol seja aprovado, estima um impacto de R$ 500/m3 nos preços ao produtor de etanol versus a estimativa de redução de R$ 700/m3 sem a PEC.



10h24 – Tecnologia continua figurando entre as maiores perdas do Ibovespa

  • Locaweb (LWSA3) -2,89%, a R$ 7,06;
  • Positivo (POSI3) -1,41%, a R$ 7,67;
  • Totvs(TOTS3) -2,21%, a R$ 27,42;


10h22 – Itaú BBA projeta Bradesco (BBDC3; BBDC4) com melhores performances ainda em 2022

“Após um início de ano conturbado, com más notícias em torno do NPLs e NII, vimos um consenso de investidores negativos com o nome”, diz o BBA. “No entanto, com um cenário macro mapeando melhora à frente, acreditamos que o downside é limitado a 1,2/1,3x P/B”.

“Ainda temos dúvidas quanto o resultado do 2T22, com preferências claras para outros bancos. No entanto, apesar de parecer fora do radar por agora, pode ter boa reação de mercado se entregar resultados melhores no próximo trimestre. Assim, vemos um call-spread-collar com strikes R$ 19-21-23 para agosto ou setembro 2022, como uma boa opção para surfar essa captura, com perda limitada”, analisa.



10h20 – SLC (SLCE3) registra maior alta do Ibovespa, subindo 1,77%, a R$ 54,10, após elevar previsão da produção de soja



10h16 – brMalls (BRML3) recuam 0,95%, a R$ 8,37, antes da AGE que decidirá sobre fusão com Aliansce Sonae (ALSO3)



10h15 – Ibovespa cai 0,75%, aos 109.249 pontos, após encerramento dos leilões



10h12 – Ecorodovias (ECOR3) recua 1,60%, a R$ 6,77, mesmo com melhora no tráfego comparável em maio



10h08 – Ordinárias e preferenciais da Petrobras (PETR3;PETR4) caem 0,41%, a R$ 33,72, e 0,78%, a R$ 30,42

  • Petróleo WTI (julho): +1,20%, a US$ 120,85
  • Petróleo Brent (agosto): +1,17%, a US$ 121,98


10h04 – Vale (VALE3) abre em baixa de 0,87%, a R$ 88,83, com recuo do minério no porto chinês de Qingdao



10h04 – Ibovespa cai 0,59%, aos 109.427 pontos, com papéis ainda em leilão



9h45 – Estímulo a semicondutores deve trazer alívio para a indústria automotiva no longo prazo, diz BBI

A Anfavea espera que o Ministério da Economia anuncie no início de julho um plano para estimular a produção local de semicondutores, que pode incluir subsídios de financiamento, isenções fiscais, regime de depreciação acelerada e/ou processo simplificado de exportação.

Estimular a produção nacional de semicondutores deve trazer algum alívio para a indústria automotiva no longo prazo, embora no curto prazo analistas esperem que a produção de veículos permaneça limitada pela escassez de semicondutores, o que é negativo para a Iochpe (MYPK3) (outperfom, R$ 22,00), Mahle Metal Leve (LEVE3) (underperform, R$21,00) e locadoras de veículos.



9h34 – Servidores do Banco Central mantêm greve e reduzem pleito de reajuste



9h30 – CCR (CCRO3): prorrogação de concessão da Renovias é positiva, avalia BBI

O contrato de concessão rodoviária da Renovias foi prorrogado por 136 dias. A equipe de research do Bradesco BBI estima que o aditamento possa adicionar R$ 0,02 para ações da CCR. BBI mantém avaliação outperform e preço-alvo de R$ 16.



9h22 – SLC Agrícola (SLCE3): Maior produção de sementes de soja é bom sinal para tese de investimentos, dizem analistas

A SLC Agrícola anunciou ontem através de fato relevante que elevou sua previsão de produção de sementes de soja do 1T22, saindo de 800 mil para 1 milhão de sacas.

Para analistas da Genial Investimentos, a elevação da produção é um bom sinal para a tese de investimentos. Essa atualização agregará para os futuros resultados da SLC, pois a a soja representa mais de 50% da área plantada total da empresa. O preço da commodity vem de forte alta e a demanda continua crescendo.



9h19 – China concede licenças a 60 videogames, em sinal de recuo no cerco contra techs



9h14 – JSL (JSLG3) e Rumo (RAIL3) devem se beneficiar com redução de alíquota de combustível, diz BBI

No entanto, os cortes de impostos podem não ser suficientes para compensar novos aumentos nos preços dos combustíveis, o que pode levar a esforços contínuos de repasse de custos por essas empresas.

Enquanto isso, o aumento da insatisfação das associações de caminhoneiros pode aumentar o risco de greves futuras, o que tende a ser negativo para CCR (CCRO3) (outperform, R$ 16,00), Ecorodovias (ECOR3)(outperform, R$ 13,00) e JSL (outperform, R$ 16).



9h10 – Embraer (EMBR3): venda de aeronaves pela Eve reduz ainda mais o risco do negócio, avalia BBI

A Embraer anunciou ontem que sua controlada Eve assinou uma carta de intenções com a Falcon Aviation Services, uma operadora de serviços de aviação executiva no Oriente Médio e África, para entregar até 35 aeronaves eVTOL (veículo voador de mobilidade urbana) a partir de 2026.

O banco mantém classificação outperform para Embraer, e preço-alvo de US$ 26.



9h02 – Dólar comercial opera em ligeira alta, subindo 0,09%, a R$ 4,878 na compra e R$ 4,879 na venda

O dólar futuro para julho sobe 0,1% a R$ 4,908



9h – Ibovespa futuro abre em queda e recua 0,19%, aos 110.100 pontos





8h46 – Análise técnica por Pamela Semezatto, analista de investimentos e especialista em day trader da Clear Corretora

Ibovespa

“Segue em um movimento de correção da última alta e a princípio sem sinais de reversão ou de continuidade. Enquanto estiver acima dos 109.000 continuo esperando por teste, na resistência de 115.000. Caso rompa o 109.000, pode vir testar os 105.000, que é um suporte intermediário.”

Dólar

“O movimento de alta que sinalizou ontem de manhã aconteceu com bastante força e já rompeu a resistência de R$ 4,860. Ainda é cedo para falarmos em reversão de tendência, mas se der continuidade na alta e romper a resistência de R$ 5,300, teremos uma figura de fundo duplo formada, que indicaria uma alta mais forte para o dólar. Por enquanto, podemos considerar como lateralização a tendência de curto prazo enquanto não romper o fundo de R$ 4,700 ou o topo de R$ 5,300.”



8h36 – BK Brasil (BKBR3) é top pick do Morgan Stanley no segmento de lazer

Analistas do Morgan Stanley acreditam que a boa proposta de valor de restaurantes de serviço rápido e academias de baixo custo, aliada à escala nas negociações com fornecedores das empresas cobertas, pode aliviar as pressões de margem no segundo semestre de 2022.

Até agora, as vendas e as margens superaram as expectativas com a ajuda de canais digitais e iniciativas de custo, que devem continuar a gerar ganhos de participação de mercado, mesmo em um ambiente mais difícil. O BK Brasil é a principal escolha do banco, pois ficou atrás dos pares e agora tem a maior vantagem para o preço-alvo.

Já a Smartfit (SMFT3) pode levar mais tempo para se recuperar devido ao seu modelo de assinatura, mas sua proposta de valor e forte estratégia de crescimento permanecem inalteradas.



8h25 – Estados e municípios falam em perda de até R$ 115 bilhões com cortes no ICMS



8h24 – Itaú Unibanco (ITUB4) vende 1,21% da sua participação na XP (XPBR31) por US$ 153,7 milhões

O banco informa ainda que, nesta terça-feira (7), celebrou acordo de compra e venda de ações com a XP com o objetivo de alienar adicionais 0,19% do capital social total da XP, venda esta que será liquidada nos próximos dias.

O Itaú Unibanco permanece com uma participação de 9,96% no capital social total da XP.



8h22 – Lula abre 18 pontos sobre Bolsonaro e pode vencer no primeiro turno, aponta pesquisa Genial Quaest

A pesquisa Genial Quaest divulgada nesta quarta-feira (8) mostra o ex-presidente Lula mantendo a liderança nas intenções de voto para o 1º turno das eleições. O ex-presidente tem 47% na média dos três cenários pesquisados e o presidente Jair Bolsonaro, do PL, vem em segundo lugar com 29%.

Segundo o relatório, a vantagem de Lula está relacionada à piora na percepção do eleitor sobre a economia. Para 56%, a economia “influencia muito” a escolha do voto. Outros 44% disseram que a economia é o maior problema do país. Entre os temas econômicos, pela primeira vez, a inflação foi o item mais citado, com 23%.



8h20 – Futuros em NY recuam após dois dias seguidos de ganhos

O mercado segue aguardando os dados de inflação a serem divulgados na próxima sexta-feira para entender qual caminho será seguido pelo Fed.

Espera-se que o índice de preços ao consumidor de maio nos EUA (a ser divulgado na sexta-feira) seja apenas um pouco mais frio do que abril, e alguns economistas esperam que isso possa confirmar que a inflação atingiu o pico.

O índice de confiança do consumidor da Universidade de Michigan, também previsto para sexta-feira, também será observado de perto pelos investidores.

Confira o desempenho dos índices futuros em Wall Street:

  • Dow Jones Futuro (EUA), -0,41%
  • S&P 500 Futuro (EUA), -0,32%
  • Nasdaq Futuro (EUA), -0,19%


8h15 – PIB da zona do euro tem revisão para cima no 1º tri; produção industrial da Alemanha decepciona em abril



8h12 – OCDE revisa para baixo projeção para o PIB do Brasil em 2022



8h09 – IGP-DI avança 0,69% em maio e acelera na comparação com abril (+0,41%) 



8h02 – Para BBA, Anfavea terá que revisar guidance de 2022 para baixo 

A atual previsão de produção de veículos da Anfavea implica em um crescimento substancial de 24% A/A entre junho e dezembro, o que parece muito otimista na visão dos analistas do banco.

Mesmo com uma perspectiva um pouco melhor para o 2S22, os gargalos de oferta em curso deixam analistas cautelosos com o setor.

Apesar da melhoria nos gargalos de produção de veículos leves, a produção ainda está 28% abaixo dos níveis de 2019, e uma normalização total é esperada apenas para 2023.

Com relação aos níveis de estoques, os dias de estoque caíram para o nível mais baixo do ano, em 20 dias, de uma média de 26 dias em janeiro-abril de 2022 e comparado a 41 dias em 2019. Segundo analistas, o resultado foi impulsionado pela recuperação das vendas em maio, outro sinal de que a produção ainda não se normalizou.

BBA reitera sua preferência tática pela Iochpe (MYPK3) (outperform, preço-alvo de R$ 20), que deverá se beneficiar de um eventual movimento de reestocagem do setor, enquanto aproveita o momento positivo de margem impulsionado pela sólida demanda por veículos comerciais e pelo repasse de custos.



7h54 – Consolidação de compra da SulAmérica (SULA11) pela Rede D’Or (RDOR3) abre novo capítulo para setor de saúde, diz BBA

Analistas acreditam que seja provável que a SulAmérica desempenhe um papel importante no plano da Rede D’Or de expandir seus serviços ambulatoriais e diagnósticos, aumentando consideravelmente seu mercado endereçável.

Com relação ao ticket médio, analistas não esperam ver a verticalização da atual base de beneficiários da SulAmérica, mas ressaltam que a sólida infraestrutura fornecida pela Rede D’Or poderia reforçar os esforços da SulAmérica em aumentar sua participação no segmento de ticket médio, com alto potencial de crescimento por meio de uma rede fechada.

Para sinergias de custos e despesas, o BBA lembra que as duas empresas atuam no mesmo setor, mas desempenham papéis muito diferentes, por isso a redução da sinistralidade da SulAmérica dentro da base da Rede D’Or deve resultar em receitas mais baixas para a Rede DO’r. Dessa forma, não prevê sinergias de custos e despesas tanto quanto sinergias gerais e administrativas. Assumindo uma redução de 20% nas despesas gerais e administrativas, o banco vê um aumento de 6,8% em relação à sua estimativa de lucro líquido consolidado para 2023.

BBA reitera recomendação de “compra” para Rede D’or, com preço-alvo de R$ 45 (ante R$ 65), enquanto rebaixa Qualicorp de “compra” para neutra, com preço-alvo para QUAL3 passando de R$ 23 para R$ 12 ao fim de 2022.



7h50 – Radar InfoMoney: Emissão de debêntures da CSN Mineração (CMIN3), SLC (SLCE3) eleva previsão de produção e mais



7h42 – Ecorodovias (ECOR3): tráfego de pedágio em maio segue acima do nível pré-pandemia, destaca BBI

A equipe de research do banco destaca que o tráfego de pedágio comparável da Ecorodovias em maio de 2022 subiu 3% na base anual, ficando 9 pp abaixo do desempenho do mês anterior. Isso decorre da base de comparação do ano passado, que foi positivamente impactada pela flexibilização das restrições para conter o Covid-19 em maio de 2021. O tráfego de pedágio permaneceu em níveis semelhantes na comparação com o mês anterior em termos absolutos.

BBI mantém avaliação outperform para Ecorodovias, e preço-alvo de R$ 13 frente a cotação de segunda-feira (6) de R$ 6,88.



7h40 – Paes de Andrade, indicado à presidência da Petrobras (PETR4): Todo mundo já ouviu falar que os dados são o novo petróleo



7h37 – Bolsas europeias voltam a cair com cautela sobre aperto monetário

Amanhã o Banco Central Europeu anunciará sua decisão sobre juros. O mercado acha improvável que a taxa seja elevada na reunião desta semana, mas acredita que o aperto monetário deve começar em julho, como o próprio BCE já sinalizou.

O comunicado após a decisão de amanhã é bastante aguardado pois deve dar a tônica dos próximos passos da autoridade monetária em um cenário de inflação crescente.

Os investidores também aguardam dados de inflação dos EUA, na sexta-feira.

Veja o desempenho das principais Bolsas na Europa agora:

  • FTSE 100 (Reino Unido), -0,27%
  • DAX (Alemanha), -0,48%
  • CAC 40 (França), -0,66%
  • FTSE MIB (Itália), -0,36%


7h30 – Produção industrial da Alemanha avança 0,7% em abril em relação a março

A produção industrial da Alemanha avançou 0,7% em abril ante março, segundo dados publicados nesta quarta-feira, 8, pela Destatis, a agência oficial de estatísticas do país.

A leitura ficou abaixo da alta prevista por analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que esperavam ganho de 1,0%. No mês anterior, a produção havia recuado 3,7% com relação a fevereiro. Na comparação com abril de 2021, o indicador mostrou recuo de 2,1%, informou a Destatis. (Estadão Conteúdo)



7h24 – Das estreantes na Bolsa desde 2017, 80% estão com ações no vermelho



7h16 – Maioria das Bolsas asiáticas fecha em alta; PIB do Japão recua

Destaque para os ganhos em Hong Kong, puxados por ações de tecnologia: Alibaba subiu 10,12%, enquanto Tencent subiu 6,47% e NetEase ganhou 5,66%.

Apesar das restrições por conta da Covid 19, os estrangeiros fizeram aportes líquidos de US$ 2,5 bilhões em ações chinesas no mês de maio, maior volume em quatro meses, de acordo com dados da Refinitiv.

Já o PIB do Japão encolheu 0,5% anualizado no primeiro trimestre, mostraram dados revisados ​​do governo na quarta-feira – uma melhora em relação à estimativa inicial de contração de 1%.

Veja como fecharam as principais Bolsas asiáticas hoje:

  • Shanghai SE (China), +0,68%
  • Nikkei (Japão), +1,04%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), +2,24%
  • Kospi (Coreia do Sul), -0,01%


Acessa o tempo real do InfoMoney todos os dias? Adicione este link aos favoritos do seu navegador!



Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe