Normalização regulatória

China concede licenças a 60 videogames, em sinal de recuo no cerco contra techs

Analistas afirmam que o gesto melhorou o sentimento acerca de companhias chinesas do setor e sinaliza contínua normalização regulatória

Por  Estadão Conteúdo -

A China concedeu licenças a 60 videogames nesta terça-feira, 7, em uma segunda leva de títulos aprovados pelo Partido Comunista após as autoridades suspenderem este processo em agosto do ano passado.

Analistas afirmam que o gesto melhorou o sentimento acerca de companhias chinesas do setor e sinaliza contínua normalização regulatória após meses de aprovações suspensas.

Analistas do Citi disseram em uma nota que o aumento na última rodada de aprovações – 60 títulos contra 45 anteriormente – os deixou mais confiantes de que o ritmo de aprovações se normalizará daqui para frente.

A inclusão no último lote de jogos desenvolvidos por estúdios mais estabelecidos também pode sinalizar que os títulos da Tencent e da NetEase serão aprovados em rodadas futuras, disseram os analistas do Citi.

“Acreditamos que isso pode indicar mais medidas políticas de apoio ao setor de internet da China”, acrescentaram.

Fonte: Dow Jones Newswires.

Transforme seu FGTS em investimento: use até 50% do seu FGTS para investir na Eletrobras, a maior empresa de energia da América Latina.

Compartilhe