Radar InfoMoney

Ambipar (AMBP3) faz nova compra, enquanto WEG (WEGE3) e Rede D’Or (RDOR3) concluem aquisições; balanços, dividendos e mais destaques

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta sexta-feira (25)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta sexta-feira (25) tem como destaque o balanço da Vale (VALE3), que lucrou US$ 5,427 bilhões no quarto trimestre de 2021, acima do consenso de mercado. Além disso, a mineradora distribuirá US$ 3,5 bilhões aos seus acionistas por meio de dividendos, sendo US$ 1,25 bilhão desses um dividendo extraordinário.

A Americanas (AMER3) reportou lucro líquido de R$ 490 milhões no quarto trimestre de 2021, o que representa um crescimento de 20,5% em relação ao mesmo período de 2020.

A Hypera Pharma (HYPE3) lucrou de forma líquida R$ 366 milhões no quarto trimestre de 2021, número 12,6% maior do que os R$ 324,9 milhões do mesmo período de 2020.

O IRB registrou prejuízo contábil de R$ 370,9 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), redução de 42,4% na comparação com as perdas do mesmo período de 2020.

AO VIVO:

A Ambipar (AMBP3), por sua vez, adquiriu 100% das quotas das sociedades Fox Comércio de Aparas e Fox Indústria e Comércio de Plásticos Reciclados. O valor da transação não foi divulgado. A WEG (WEGE3) concluiu compra da Balteau Produtos Elétricos, de Itajubá (MG). Já a Rede D’Or (RDOR3) concluiu a aquisição de de 100% do capital social do Hospital Santa Isabel. 

Confira os destaques:

WEG (WEGE3

A WEG (WEGE3) concluiu compra da Balteau Produtos Elétricos, de Itajubá (MG).

Rede D’Or (RDOR3

A Rede D’Or (RDOR3) concluiu a aquisição de de 100% do capital social do Hospital Santa Isabel, por meio da afiliada Hospitais Integrados da Gávea – Clínica São Vicente.

A transação de R$ 280 milhões foi anunciado em outubro.

Ambipar (AMBP3

A Ambipar (AMBP3) adquiriu 100% das quotas das sociedades Fox Comércio de Aparas e Fox Indústria e Comércio de Plásticos Reciclados. O valor da transação não foi divulgado.

Vale (VALE3)

A mineradora Vale (VALE3) registrou lucro líquido atribuído aos acionistas de US$ 5,427 bilhões no quarto trimestre de 2021, informou a companhia nesta quinta-feira (24).

O resultado representa um crescimento de 39,6% em relação ao terceiro trimestre de 2021 e 7,34 vezes superior ao registrado no quarto trimestre de 2020.

O consenso dos analistas consultados pela Refinitiv para o lucro da Vale era de US$ 4,703 bilhões.

A mineradora ainda anunciou a distribuição de US$ 3,5 bilhões em dividendos – ou R$ 3,7 por ação.

IRB Brasil (IRBR3)

O IRB registrou prejuízo contábil de R$ 370,9 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), redução de 42,4% na comparação com as perdas do mesmo período de 2020. No acumulado de 2021, o resultado líquido foi negativo em R$ 683 milhões, perda 54% menor ano a ano.

Americanas (AMER3)

A Americanas (AMER3) reportou lucro líquido de R$ 490 milhões no quarto trimestre de 2021, o que representa um crescimento de 20,5% em relação ao mesmo período de 2020.

Hypera Pharma (HYPE3)

A Hypera Pharma (HYPE3) lucrou de forma líquida R$ 366 milhões no quarto trimestre de 2021, número 12,6% maior do que os R$ 324,9 milhões do mesmo período de 2020.

JHSF (JHSF3)

A JHSF (JHSF3) reportou lucro líquido de R$ 254,6 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa um crescimento de 33,4% em relação ao mesmo período de 2020 e anunciou dividendos. A receita líquida somou R$ 483,3 milhões no 4T21, alta de 23,9% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A JHSF informou que foi aprovado o pagamento de dividendos no valor total de R$ 108,9 milhões, equivalentes a R$ 0,1606560263 por ação, excluindo do cálculo as ações em tesouraria.

Os dividendos terão como base acionária para pagamento a data de 03 de março de 2022, sendo que as ações da companhia serão negociadas “ex-dividendos” a partir de 04 de março de 2022. Os acionistas terão seus créditos disponíveis a partir de 14 de março de 2022.

Grendene (GRND3)

A Grendene (GRND3) tem lucro líquido recorrente de R$ 234,2 milhões no 4T21, queda de 25,6% sobre o 4T20.

A Ebitda recorrente somou R$ 199,3 milhões no 4T21, redução de 20,4% sobre 4T20.

Sanepar (SAPR11

A Sanepar (SAPR11) reportou lucro líquido de R$ 332 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa um crescimento de 14% em relação ao mesmo período de 2020.

De acordo com a companhia, o resultado foi impactado, principalmente, pelo crescimento de 11,8% da receita operacional líquida.

BK Brasil (BKBR3

O BK Brasil (BKBR3) reportou lucro líquido de R$ 23,6 milhões no 4T21, revertendo prejuízo de R$ 97,3 milhões no mesmo período de 2020.

O Ebitda ajustado somou R$ 177,3 milhões, alta de 145,9% na comparação anual.

CCR (CCRO3

A CCR (CCRO3) registrou prejuízo líquido de R$ 133,2 milhões no 4T21, ante resultado negativo de R$ 74,8 milhões do mesmo período de 2020.

O Ebitda ajustado somou R$ 1,46 bilhão, alta de 37,9% na comparação anual.

Alupar (ALUP11

A Alupar (ALUP11) registrou lucro líquido de R$ 219,3 milhões no 4T21, queda de 52,4% na comparação anual.

O Ebitda somou R$ 778,7 milhões, queda de 50,1% em relação ao mesmo período de 2020.

Randon (RAPT4)

A Randon (RAPT4) teve lucro líquido de R$ 153,1 milhões no 4T21, queda de 69% sobre igual etapa de 2020.

O Ebitda consolidado caiu 61,3% no 4T21, para R$ 258,8 milhões.

Syn (SYNE3)

A Syn registrou lucro líquido de R$ 1,263 bilhão no quarto trimestre de 2021, crescimento de 18.882% em relação ao mesmo período de 2020.

Localiza (RENT3

A Localiza (RENT3) aprovou aumento de capital da Localiza Fleet em R$ 100 milhões em espécie a ser integralizado pela controladora Localiza Rent a Car, com a emissão de 17.213.392 ações ordinárias ao preço de R$ 5,81. O capital social da companhia passará para R$ 700 milhões, dividido em 120.493.746 ações ordinárias, todas nominativas e sem valor nominal.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Aprenda como viver de renda com dividendos de ações e conheça as campeãs em proventos dos últimos 5 anos
Compartilhe