AO VIVO Felipe Salto (IFI) e João Villaverde (Medley Global Advisors) discutem o impasse do Orçamento de 2021 e as cicatrizes da crise política; assista

Felipe Salto (IFI) e João Villaverde (Medley Global Advisors) discutem o impasse do Orçamento de 2021 e as cicatrizes da crise política; assista

Hypera (HYPE3)

HYPERA ON NM

error_outline Atualizado às 17h08. Delay 15 min
arrow_upward

35,11

+0.91%

34,81

35,64

70.535.987,00

Fechamento anterior 34,79
Abertura 35,04
Negócios 10049
VolumeR$ 70,53 M
Mín — Máx (Dia) 34,81 - 35,64
Variação (Dia) +0.91%
Variação (Mês) +9.64%
Variação (2021) +3.53%
Variação (52 semanas) +7.9%

Invista com taxa Zero

Sobre Hypera

Sigla: HYPE3

Tipo: Ações

Setor: Consumo E Varejo

Receita Líquida R$ 4,08 B
Lucro Líquido (LL) R$ 1,29 B
Margem Líquida 31.67%
Ebitda R$ 1,42 B
Margem Ebitda 17.01%
Ativo Total R$ 17,24 B
Dívida Bruta R$ 5,51 B
Dívida Líquida R$ 769,75 M
Patrimônio Líquido (PL) R$ 9,24 B
Índice de preço sobre lucro (P/L) 34,81
Retorno sobre o PL (ROE) +14.01%
Retorno sobre o Capital (ROIC) +5.82%

A Hypera Farma é uma empresa do ramo farmacêutico, com foco no mercado de varejo. Ela trabalha em três grandes áreas de negócios: produtos de prescrição médica, medicamentos isentos de prescrição, além da área de similares e genéricos. Em 2018 a empresa cresceu 6,4% em relação ao ano anterior, com faturamento líquido de R$ 3,7 bilhões.

Na área de produtos de prescrição, a companhia possui a marca Mantecorp Farmasa, fornecendo medicamos para o segmento de cuidados básicos. Com a marca Mantecorp Skincare, oferece dermocosméticos como protetor solar, rejuvenescedores, entre outros.

No mercado brasileiro de medicamentos isentos de prescrição a Hypera Pharma é líder, segundo levantamento da consultoria IQVIA. A empresa também tem atuação com nutricionais, adoçantes e suplementos vitamínicos.

A Hypera produz e comercializa medicamentos no mercado de similares e genéricos com a marca Neo Química. Neste segmento, ela utiliza a tática de promoção direta no ponto de venda.

Fundada em 2001 com o nome de Hypermarcas, a empresa atuou por 6 anos nos mercados de higiene pessoal, limpeza e alimentos. Em 2007 entrou no mercado farmacêutico, com a aquisição da DM Indústria Farmacêutica. Posteriormente a empresa consolidou sua posição com a aquisição da Farmasa, em 2008; da Neo Química, em 2009; e da Mantecorp, em 2011.

Em 2012, junto com outros laboratórios do país, criou a joint-venture BIONOVIS S.A. (Companhia Brasileira de Biotecnologia Farmacêutica), voltada para o segmento de produtos biotecnológicos.

Em 2015 a Hypera vendeu sua operação de Cosméticos, em 2016 vendeu a operação de Preservativos, em 2017 vendeu a área de Descartáveis e inaugurou um centro de pesquisa em Barueri (SP). O objetivo dos desinvestimentos foi concentrar a operação no setor farmacêutico.

Em 2018 a companhia alterou o nome de Hypermarcas S.A. para Hypera S.A, passando a utilizar a marca corporativa Hypera Pharma.

Dados complementares fornecidos pela

Com dinheiro