O Guia da Faxina Financeira

Este artigo não é sobre dinheiro, mas sobre liberdade. Vou te mostrar a “rota da faxina financeira” para você começar o mês de maio com a “casa limpa”. Para isso, você precisa tomar ações práticas, mas também desenvolver comportamentos que vão te levar ao sucesso financeiro no longo prazo

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

Faxina: uma palavra forte e cheia de significados, que nos remete à transformação, ao progresso.

Uma “faxina no guarda-roupa” e você se desfaz das roupas paradas, te libertando de uma identidade que já não é mais a sua. Uma faxina na caixa de e-mails resolve assuntos pendentes. Fazer uma faxina é libertação, é renovação de energias.

Este artigo não é sobre dinheiro, mas sobre liberdade. Vou te mostrar a “rota da faxina financeira” para você começar o mês de maio com a “casa limpa”.

Para isso, você precisa não apenas tomar ações práticas, mas também desenvolver comportamentos que vão te levar ao sucesso financeiro no longo prazo.

Além de saber fazer uma boa faxina, você precisa aprender a ter hábitos que mantenham a casa limpa por mais tempo, certo?

Seguem os 7 passos do Guia:

1. Despesas Fixas, a porta que precisa de conserto

Primeiro, se concentre em suas despesas fixas, aqueles arranjos que, quando arrumados, te trazem resultados bastante efetivos. É como aquela porta que está com defeito e fica fazendo barulho toda vez que você abre. Conserte logo e tenha paz.

Então, avalie suas contas. Você pode realmente pagar pelo lugar que você vive hoje? É hora de começar a procurar um lugar mais barato? Você precisa mudar para uma operadora de celular de custo mais baixo? Você precisa trocar seu carro por um mais econômico?

PUBLICIDADE

Quero que você pense sobre essas grandes despesas fixas e faça as mudanças necessárias.

2. Variáveis, a torneira aberta do seu orçamento

As despesas variáveis são como uma torneira com defeito. Ela fica pingando e as gotas parecem inofensivas. Mas, quando você soma tudo, são litros e mais litros de água (dinheiro, no caso) sendo jogados fora.

Liste todas as despesas que você teve no último mês. Entenda se são padrões que você repete – e estabeleça prioridades. Você identifica algum desperdício no seu orçamento? Alguma coisa que você comprou por impulso e não usa?

3. Corte seus cartões de crédito e tire o mofo do armário

Você não precisa de mais do que um cartão certo? Pagar anuidade de cartão de crédito então, nem pensar!

Escolha o cartão que te dá mais vantagens e que não te cobra por isso. Renegocie as condições e taxas. Pegue o telefone, ligue para a administradora do cartão de crédito e faça com que ela trabalhe para você.

4. Crie uma meta de economia única e regue suas plantas financeiras

PUBLICIDADE

Estabeleça um valor redondo, e não o tire da cabeça: essa é a quantia que você vai poupar assim que receber o seu salário, a sua renda.

Imagine que seu dinheiro será uma árvore poderosa, mas você ainda só está plantando a semente. Os aportes financeiros que você fará mensalmente são a água e a luz que essa árvore precisa para crescer no seu quintal. Cuide dela todos os dias, todos os meses.

Em alguns anos você já vai começar a se beneficiar da sombra que ela vai te dar.

5. Use seu dinheiro para poupar tempo e curtir a casa limpa

Economizar e poupar não é tudo. Saber usar dinheiro também é um investimento. Quero que você gaste em coisas que aumentem sua felicidade.

Adquira experiências, passe tempo com outras pessoas e use seu dinheiro nas coisas que te ajudem a economizar seu tempo, como contratar alguém para: fazer faxina na sua casa, por exemplo.

Poupar tempo aumentará sua felicidade. Neste artigo, eu falo mais sobre isso.

6. Cultive sua “autoresponsabilidade” e seu autocontrole e não reclame de ter que fazer faxina

PUBLICIDADE

Saber o que você quer e ter mais autonomia sobre seu dinheiro vai elevar sua autoresponsabilidade. Essa mentalidade para responsabilidade por suas escolhas e pela sua felicidade é o único caminho possível para que você aproveite a vida da maneira que merece.

Para desenvolver a autoresponsabilidade, você precisa praticar a paciência, sendo consistente e persistente. Leia mais sobre autoresponsabilidade neste artigo.

Domine o seu autocontrole: ele é uma habilidade dinâmica, que depende do ambiente, da situação específica, do momento do dia e do estado de espírito da pessoa, entre outras variáveis.

A nossa capacidade de estabelecer autocontrole também pode ser determinada como força de vontade. Afinal, é essa força que nos permite focar a atenção em uma coisa, apesar de tantas outras opções que aparecem na nossa frente.

No final das contas, o autocontrole é responsável pelo nosso sucesso em praticamente todas as áreas da vida, desde relacionamentos pessoais até o sucesso profissional e acadêmico.

7. Dê um tempo para suas finanças. Crie o “Dia da Faxina”

Tire um dia para organizar todas as suas questões financeiras. Você merece ter um tempo específico, meio período em um dia por mês em uma semana comum, para colocar sua vida financeira em ordem.

Empresários e empregadores, que tal pensar em criar uma manhã da saúde financeira? Com palestras e dicas para que seus colaboradores possam fazer uma faxina financeira?

Organizar as contas, cortar os cartões de crédito e ligar para credores renegociar taxas e dívidas leva tempo, e não pode ser feito em um fim de semana, certo?

Marquem um dia do calendário para se dedicar à reorganização financeira. Se comprometa com este dia e o torne o mais produtivo possível!

Uma faxina completa no orçamento exige uma série de ações. Comece hoje e enfrente o desafio. É mais fácil do que você pensa!

Thiago Godoy

É head de educação financeira da XP Inc. e especialista em psicologia do dinheiro e bem-estar financeiro. É mestre pela FGV – Tese em Educação Financeira, especialização em Sustentabilidade (University of British Columbia), tem MBA em Marketing (FGV) e graduação em administração (UFJF). Foi diretor de mobilização de recursos e relações governamentais da Associação de Educação Financeira do Brasil, atuando especialmente com populações de baixa renda e escolas públicas. Também atuou com desenvolvimento institucional na Dialogue Direct e Children International (EUA), Fundação Vida Plena (Bolívia), Projuventude e Comitê para Democratização de Informática (Brasil). Instagram: @papaifinanceiro

Leia também

Thiago Godoy Uma carta de Dia das Mães
Thiago Godoy Você não é aquilo que você possui
Thiago Godoy É muito difícil mudar?
Thiago Godoy Cuide de si mesmo, cuide do seu dinheiro
Thiago Godoy Os 4 truques infalíveis para economizar dinheiro
Thiago Godoy Canibais com garfo e faca no Brasil