Você é autorresponsável? Saiba por que isso importa

Assumir a responsabilidade por nossas escolhas e pela nossa felicidade é o único caminho possível para que você aproveite a vida da maneira que merece

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

Há alguns anos, quando fazia palestras presenciais sobre saúde financeira e desenvolvimento pessoal, começava minha sessão com uma sequência de três perguntas para a plateia, pedindo que levantassem as mãos ao responder com um sim.

A primeira perguntava quem na plateia tinha um carro. A maioria levantava a mão. A segunda pergunta era quem possuía uma casa própria, e uma boa parte erguia o braço. A terceira pergunta era quem era dono ou dona da própria vida.

A reação era sempre a mesma: muitos se entreolhando, silêncio e braços abaixados. Acredito que alguns tentavam saber se os demais haviam entendido a pergunta da mesma maneira.

Outros ficavam realmente intrigados ao descobrir que talvez não fossem “donos” de suas vidas como pensavam.

Aproveitando o ensejo, eu pergunto: E você? Você “possui” a sua vida?

Nessa hora, muitas questões vêm à nossa cabeça. Mas, no geral, acredito poder dizer mais ou menos o que você está sentindo.

Talvez você tenha receio de não possuir, mas ser “possuída” ou “possuído” pelo seu trabalho, pela sua necessidade de aceitação, de validação, pela sua necessidade de ser querida ou querido.

Se for isso mesmo, vou jogar uma verdade na sua frente: se você quiser uma vida real, com um propósito recompensador, você precisa “possuir” a sua vida.

E sabe qual a única maneira de você “possuir” a sua vida? Desenvolvendo autorresponsabilidade.

PUBLICIDADE

Na nossa cultura, o que normalmente acontece é que associamos a responsabilidade a um dever ou a uma obrigação.

Nós costumamos ter responsabilidades na escola quando somos crianças e adolescentes. Depois, temos a responsabilidade no trabalho e com a nossa família.

Agora uma pergunta retórica: você se sente responsável quando faz todas as coisas que os outros esperam de você? Acredito que sim, é o que costuma acontecer com a maioria das pessoas. Mas você já parou para pensar sobre a sua responsabilidade com você?

Nós somos totalmente responsáveis pela nossa vida e exercemos essa responsabilidade todos os dias por meio de todos os nossos pensamentos, sentimentos e comportamentos.

Aprenda mais sobre o poder do autoconhecimento financeiro

Portanto, assumir a responsabilidade por nossas escolhas e pela nossa felicidade é o único caminho possível para que você aproveite a vida da maneira que merece.

Essa é uma boa notícia, mas não significa que seja um caminho fácil. Pelo contrário, é um caminho trabalhoso. Para desenvolver a autorresponsabilidade, você precisa praticar a paciência, sendo consistente e persistente.

O outro caminho, o fácil, é o que a maioria das pessoas adota. É o caminho de não assumir responsabilidades pela própria vida.

PUBLICIDADE

Pior ainda, esse é o caminho de culpar os “outros” pelos seus problemas. E os “outros” podem ser diversos: os pais, o chefe, o governo, a chuva, o futebol, a dor de dente.

Então se você deseja uma mudança de nível profundo, olhe para o que está acontecendo na sua vida e reconheça o papel que você desempenhou e ainda está desempenhando para que isso tudo tenha se tornado real.

Ou seja, o que você fez para o que está bom estar bom? Como você contribuiu para o que está ruim estar ruim? Isso significa assumir a responsabilidade por aspectos da sua vida que estão sob o seu controle.

A palavra responsabilidade significa literalmente “capacidade de resposta”, isto é, possuir a capacidade de responder.

Portanto, autorresponsabilidade significa não apenas ter a capacidade de responder, de decidir e de escolher, mas também de participar ativamente e assumir a responsabilidade por toda a sua vida.

Ser autorresponsável é se tornar mais forte, mais generoso(a), mais maduro(a). A autorresponsabilidade te dará a paz de reconhecer o que está perdendo quando vence e o que está ganhando quando perde.

Vai te ensinar a vencer de verdade, sabendo que quem apenas aceita a vitória pode estar perdendo a glória de chorar.

Ser autorresponsável é verdadeiramente ser adulto, e isso envolve abandonar o apego ao ego primitivo e jogar um jogo muito maior e que funciona para todos.

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

PUBLICIDADE

Thiago Godoy

É head de educação financeira da XP Inc. e especialista em psicologia do dinheiro e bem-estar financeiro. É mestre pela FGV – Tese em Educação Financeira, especialização em Sustentabilidade (University of British Columbia), tem MBA em Marketing (FGV) e graduação em administração (UFJF). Foi diretor de mobilização de recursos e relações governamentais da Associação de Educação Financeira do Brasil, atuando especialmente com populações de baixa renda e escolas públicas. Também atuou com desenvolvimento institucional na Dialogue Direct e Children International (EUA), Fundação Vida Plena (Bolívia), Projuventude e Comitê para Democratização de Informática (Brasil). Instagram: @papaifinanceiro