Começando aos poucos

Veja 3 passos para começar a investir com pouco dinheiro

Planejador financeiro americano ensina o caminho para novos investidores

Por  Lys Silva

SÃO PAULO – Matt Becker é planejador financeiro e no site The Simple Dollar, tenta mostrar que investir não é uma exclusividade de pessoas com muito dinheiro.

Você está investindo bem seu dinheiro? Faça o teste aqui

“Não importa quanto dinheiro você tem e quanto você sabe sobre investimentos, você pode começar agora mesmo com um plano de investimento que te ajudará a alcançar seus objetivos”, indica Becker.

Para quem está começando e acredita que não consegue investir, Becker mostra três passos simples que irão ajudar a dar o ponta pé inicial no mercado financeiro. 

Passo 1: Reconheça o que é importante
Ao seguir o noticiário financeiro tem-se a impressão que investir resume-se a seguir os mercados, saber o que está acontecendo na China e encontrar a próxima grande companhia tecnológica.

“Enquanto tudo isso se torna belas matérias, elas não têm quase nada a ver com o seu plano de investimento pessoal. Quando você começa, há apenas duas coisas que realmente importam: seus objetivos e sua disponibilidade para poupar”, explica.  

Para o especialista, a única razão pela qual alguém investe é poder alcançar seus objetivos pessoais. “Quanto mais certo de suas metas você estiver, mais fácil será para ignorar todas as distrações e criar um plano de investimento que realmente ajude a alcançá-los”, indica.

Outro ponto que Becker gosta de destacar é o fato de que, ao iniciar investimentos, o principal foco das pessoas é o retorno. “É preciso ter em mente que, nos primeiros 10 anos de investimento, o retorno pouco importa. O que realmente importa é a disponibilidade para poupar. Quanto mais você poupar, mais fácil será para alcançar seus objetivos”, explica.

Passo 2: Use fundos de investimento com data de vencimento e de baixo custo
Uma vez que a poupança começou a ser feita, o próximo passo é escolher os investimentos. Neste ponto, seus retornos passam a ser o foco.

“A maneira mais fácil de investir bem é encontrar um fundo com data de vencimento. Dessa forma, com um único fundo, você investe em vários outros fundos, espalhando assim seu dinheiro em diversos ativos e sabendo até quando aquele investimento irá ser feito. Outro fator é o baixo custo de taxas e administração desse tipo de fundo”, recomenda.

Passo 3: Não é um problema ter uma conta poupança
Embora elas ajudem, não é preciso ter todos as contas sofisticadas de investimento e diversos fundos mútuos no início de vida no mercado financeiro.  “Uma conta poupança é uma maneira perfeitamente boa para começar. Lembre-se, sua disponibilidade de poupar é de longe a parte mais importante do seu plano de investimento no início, assim, você não deve se preocupar muito com a baixa taxa de juros que esse tipo de conta oferece”, conclui.

 

Leia também:

Você investe pelo banco? Curso gratuito mostra como até dobrar o retorno de suas aplicações

Baixe um pacote de planilhas financeiras gratuitas

Descubra qual é a aplicação financeira de risco baixo mais rentável

Milhões de brasileiros investem errado em previdência; é o seu caso?

Imóvel é sempre bom negócio? Teste mostra que alugar é melhor

Seu carro facilmente lhe custa R$ 2.500 por mês. Duvida?

Qual é o melhor CDB: pré, pós ou indexado à inflação? Planilha mostra

Planeja investir no Tesouro Direto? Ebook gratuito mostra o caminho

Quer saber se você está investindo bem? Faça uma simulação

Quanto custa realizar cada um de seus sonhos? Descubra

Compartilhe