Radar InfoMoney

Resultado da Vale (VALE3) e produção da Petrobras (PETR4) após o fechamento; mais anúncios de proventos e outros destaques

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta quarta-feira (27)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta quarta-feira (27) tem como destaque a Vale (VALE3) que divulgará o seu balanço do primeiro trimestre de 2022, após o fechamento do mercado.

A expectativa dos analistas é, em geral, que o documento trará números neutros: de um lado, a mineradora deve ver seus embarques recuarem, por conta das fortes chuvas registradas no Brasil, mas por outro, terá prêmios maiores, com a alta do preço do minério. Conforme o consenso da Refinitiv, a Vale deve registrar um lucro de US$ 4,240 bilhões, abaixo dos US$ 5,546 bilhões de um ano antes. Já a projeção para o lucro líquido reportado é de US$ 3,926 bilhões, também inferior à mesma cifra do mesmo período do ano passado, US$ 5,546 bilhões.

WEG (WEGE3), Vamos (VAMO3) e Dexco (DXCO3) também divulgam seus números referentes ao primeiro trimestre. A WEG registrou lucro líquido de R$ 943,9 milhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), o que representa um crescimento de 23,5% em relação ao mesmo trimestre de 2021.

Já a Petrobras (PETR3;PETR4) apresentará sua prévia trimestral de produção de óleo e gás do 1T22.

A Oi (OIBR3) adiou novamente a divulgação do balanço referente ao quarto trimestre de 2021.

Petz (PETZ3), Carrefour (CRFB3), Suzano (SUZB3) e mais empresas informaram o pagamento de proventos.

Por fim, a WEG (WEGE3) também aprovou o aumento do capital social no valor de R$ 1 bilhão.

Confira os destaques:

Neoenergia (NEOE3)

A Neoenergia (NEOE3) lucrou de forma líquida R$ 1,2 bilhão no primeiro trimestre de 2022, número 20% maior do que os R$ 980 milhões registrados em igual período do ano passado.

Em parte, a alta do lucro líquido acompanha a alta da receita líquida da companhia de energia elétrica, que saltou 15%, chegando a R$ 9,5 bilhões.

Indústrias Romi (ROMI3)

A Indústrias Romi (ROMI3) registrou lucro líquido de R$ 30,5 milhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), o que representa um crescimento de 47% em relação ao mesmo trimestre de 2021.

Oi (OIBR3)

A Oi (OIBR3) adiou a divulgação do balanço do quarto trimestre de 2021 para 4 de maio.

Este é o segundo adiamento da divulgação dos números trimestrais da companhia, prevista inicialmente para 29 março.

WEG (WEGE3)

A WEG aprovou o aumento do capital social da companhia de R$ 5,504 bilhões para R$ 6,504 bilhões, através da incorporação de parte do saldo da conta de Reserva de Lucros / Retenção de Lucros para Investimentos no valor de R$ 1 bilhão, sem aumento do número de ações.

A companhia ainda registrou lucro líquido de R$ 943,9 milhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), o que representa um crescimento de 23,5% em relação ao mesmo trimestre de 2021.

O Ebitda ajustado cresceu 21,3% no 1T22, totalizando R$ 1,232 bilhão.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras (PETR3; PETR4) recebeu, à vista, o pagamento atualizado de R$ 4,7 bilhões da Total Energies, referente à parcela de 22,5% na compensação de Atapu.

O bloco foi adquirido pelo consórcio composto pela Petrobras (52,5%), Shell Brasil (25%) e TotalEnergies (22,5%) na 2ª rodada de licitações do Excedente da Cessão Onerosa no regime de Partilha de Produção, em 17 de dezembro.

Via (VIIA3)

A varejista Via, dona das bandeiras Casas Bahia e Ponto, aprovou em assembleia nesta terça-feira a indicação de Claudia Woods, presidente da unidade latino-americana da empresa de escritórios compartilhados WeWork, como membro independente do conselho de administração da companhia.

Além de Woods, foram aprovados como membros independentes do colegiado da companhia Renato Carvalho do Nascimento e Rogério Paulo Calderón Peres, segundo ata da reunião de acionistas disponibilizada ao mercado. Os mandatos são de dois anos.

Stone (STNE)

A empresa de meios de pagamento Stone anunciou nesta terça-feira a indicação de dois novos membros para o conselho de administração e nomeação de vice-presidente financeiro, segundo comunicado enviado ao mercado.

A companhia indicou Mauricio Luchetti e Patricia Verderesi como novos membros do conselho de administração ao passo que Mateus Schwening vai sair do colegiado e assumir a posição de vice-presidente financeiro da StoneCo Group.

Segundo a Stone, Luchetti é membro de conselhos de administração de várias companhias e tem ampla experiência em gestão de recursos humanos. Já Verderesi tem mais de 30 anos de experiência em mercados financeiros, com “forte foco em gestão de risco”.

As mudanças entraram em vigor a partir desta terça-feira, informou a companhia.

Telefônica (VIVT3)

A Telefônica (VIVT3) atualizou o valor final de dividendos de R$ 1,2096 para R$ 1,2120 por ação ON, totalizando R$ 2,029 bilhões, com pagamento em 18 de outubro de 2022.

As ações serão negociadas ex-direito a partir de amanhã (27).

Movida (MOVI3)

A Movida (MOVI3) aprovou a distribuição de dividendos complementares no valor de R$ 307 milhões, correspondentes a R$ 0,84 por ação e poderá ser ajustado em razão do Programa de Ações Restritas e Matching. O pagamento ocorrerá em 16 do mesmo mês.

Localiza (RENT3)

A Localiza (RENT3) aprovou a distribuição de dividendos complementares no valor de R$ 206 milhões, equivalentes a R$ 0,274130886 por ação. Os papéis passam a ser negociados ex-dividendos a partir do dia 2 de maio. O pagamento ocorrerá no dia 20 do mesmo mês.

Dividendos: Petz (PETZ3), Carrefour (CRFB3), Suzano (SUZB3) e mais empresas informam proventos

Enauta (ENAT3)

A Enauta aprovou o pagamento de dividendos no valor de R$ 450 milhões, equivalente ao montante de R$ 1,70841511833 por ação ordinária.

Os dividendos serão pagos tendo como base a posição acionária da última terça-feira (26). O pagamento dos dividendos será efetuado no dia 30 de maio de 2022.

Carrefour (CRFB3)

O Carrefour Brasil (CRFB3) aprovou pagamento de R$ 39 milhões em dividendos, o equivalente a R$ 0,0196 por ação, a ser realizado até o final do exercício social de 2022.

Petz (PETZ3)

A Petz aprovou distribuição de dividendos no valor de R$ 4,3 milhões, equivalente a R$ 0,00941872424 por ação ordinária de emissão da companhia.

O pagamento dos dividendos será realizado, em duas parcelas, até 31 de dezembro de 2022, com base na posição acionária do dia 26 de abril de 2022.

A Petz também aprovou aumento de capital social da Petz, no valor de R$ 128.612,08, mediante a emissão de 1,6 milhão de novas ações ON, nominativas, escriturais e sem valor nominal, a serem subscritas por conta e ordem dos acionistas da Petix.

BR Properties (BRPR3)

A BR Properties aprovou a distribuição de dividendos no valor total de R$ 41,6 milhões, o que corresponde a R$ 0,0891010210802532 por ação.

O pagamento será realizado com base na posição acionária do dia 26 de abril de 2022.

Lavvi (LAVV3)

O Conselho de administração da Lavvi a distribuição de dividendos intermediários no montante total de R$ 17,7 milhões, correspondentes a R$ 0,0879166922 por ação ordinária de emissão da empresa.

O pagamento dos dividendos será realizado em 11 de maio de 2022 e terá como beneficiários os acionistas que estiverem inscritos nos registros da companhia em 29 de abril de 2022.

Trisul (TRIS3)

A Trisul aprovou a distribuição de dividendos no valor de R$ 40 milhões, equivalente a R$ 0,219644405 por ação ordinária.

O pagamento dos dividendos será realizado em duas parcelas de igual valor: a primeira a ser paga até 31 de maio e a segunda até 30 de setembro de 2022, com base na posição acionária desta terça-feira (26).

Wilson Sons (PORT3)

A Wilson Sons aprovou dividendos no valor de R$ 195,8 milhões, equivalentes a R$ 2,681964 por ação ordinária.

Os dividendos terão como base de cálculo a posição acionária de 26 de abril de 2022.

O pagamento dos dividendos ocorrerá até o dia 10 de maio de 2022 para as ações ordinárias.

RNI Negócios (RDNI3)

A RNI Negócios Imobiliários aprovou a distribuição de R$ 2,4 milhões, correspondente a R$ 0,057170192 por ação.

Os dividendos serão pagos aos acionistas no dia 25 de junho de 2022, com base na posição acionária de 26 de abril de 2022.

Livetech da Bahia (LVTC3)

A Livetech da Bahia (LVTC3) informou que as vendas totais consolidadas somaram R$ 293,9 milhões no primeiro trimestre, queda de 8,8% na comparação anual, segundo prévia operacional.

(com Reuters)

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

 

Compartilhe