Radar InfoMoney

EzTec (EZTC3) faz parceria; expectativa por resultado da Vale (VALE3), bateria de balanços e mais destaques do mercado

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta quinta-feira (24)

Por  Equipe InfoMoney -

Além de monitorar o impacto no mercado do conflito entre Rússia e Ucrânia, o noticiário corporativo desta quinta-feira (24) tem como destaque a divulgação do balanço da Vale (VALE3), após o fechamento do mercado.

Para o Bradesco BBI, a expectativa é de uma alta de 2% do lucro antes juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) da Vale na base trimestral, para US$ 7,1 bilhões, suportado por embarques mais altos e custos mais baixos, ajudando a compensar os preços mais baixos do minério de ferro.

A XP também destaca a queda do preço de venda do minério (média de US$ 111 por tonelada, baixa de 33% ante o terceiro trimestre de 2021) parcialmente compensado pelo arrefecimento dos custos de frete (queda de 15% em relação ao terceiro trimestre) e pela maior diluição de custos fixos dado o volume mais alto de produção e vendas no quarto trimestre de 2021.

Também divulgam seus resultados Americanas, AES, Alupar, BK Brasil, CCR, Grendene, Grupo SBF, Hypera, Intelbras, IRB, JHSF, Randon, Sanepar e Ouro Fino.

Já entre as companhias que divulgaram balanço na véspera, a Petrobras (PETR3;PETR4) registrou um lucro líquido de R$ 31,504 bilhões no quarto trimestre do ano passado, cifra 47,4% inferior na comparação com o 4º trimestre de 2020. 

Nesta manhã, por sua vez, a Ambev (ABEV3) registrou lucro líquido de R$ 3,747 bilhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), cifra 45,6% inferior ao registrado em igual trimestre de 2020.

Enquanto isso, a Rede D’Or (RDOR3) anunciou que chegou a um acordo para adquirir a seguradora Sul América Seguros (SULA11).

Além disso, a Eztec (EZTC3) e Adolpho Lindenberg (CAL) anunciaram parceria para desenvolver empreendimentos imobiliários com VGV de R$ 1,7 bilhão em seis anos.

Confira os destaques:

EzTec (EZTC3)

A EZTec anuncia aquisição de 60% do projeto Villa Nova Fazendinha, remanescendo com a BP8 os 40% restantes. O empreendimento está localizado em Carapicuíba, na região metropolitana de São Paulo,ao lado do centro comercial (Praça da Vila Dirce), com fácil acesso à Rodovia Raposo Tavares. Conta com 830 Unidades Residenciais De Padrão econômico,com áreas que variam de 28 a 36 m² gerando um VGV total de R$ 140,1 milhões.

Além disso, a Eztec (EZTC3) e Adolpho Lindenberg (CAL) anunciaram parceria para desenvolver empreendimentos imobiliários com VGV de R$ 1,7 bilhão em seis anos.

Rede D’Or (RDOR3) e a Sul América (SULA11

A rede hospitalar brasileira Rede D’Or (RDOR3) anunciou nesta quarta-feira (23) que chegou a um acordo para adquirir a seguradora Sul América Seguros (SULA11) através de uma operação de troca de ações.

Pela operação, aprovada pelo conselho de administração das duas companhias, a holding controladora da Sul América chamada SASA será extinta e sucedida pela Rede D’Or. Os acionistas da Sul América ficarão com 13,5% do capital da Rede D’Or. A transação envolve prêmio de 49,3% aos acionistas da seguradora com base no fechamento de 18 de fevereiro.

A SASA, listada no Nível 2 da B3, atua nos segmentos de seguros saúde e odontológico, vida e previdência e gestão e administração de recursos.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras (PETR3;PETR4) registrou um lucro líquido de R$ 31,504 bilhões no quarto trimestre do ano passado, cifra 47,4% inferior na comparação com o 4º trimestre de 2020, que foi de R$ 59,890 bilhões.

Em relação ao terceiro trimestre, o lucro avançou 1,2%, já que no terceiro trimestre do ano passado havia sido de R$ 31,142 bilhões.

Minerva (BEEF3)

A Minerva (BEEF3) registrou lucro líquido de R$ 150,3 milhões no 4T21, alta de 31,7% na comparação ano a ano.

O Ebitda cresceu 19,2%, atingindo R$ 735,3 milhões.

Ultrapar (UGPA3)

A Ultrapar (UGPA3) lucrou de forma líquida R$ 390 milhões entre outubro e dezembro do ano passado – o número representa uma queda de 10% na comparação com o mesmo intervalo de 2020, quando foi de R$ 432 milhões.

A Ultrapar aprovou a distribuição de dividendos no montante de R$ 185,8 milhões, que corresponde a R$ 0,17040 por ação ordinária. O valor será pago no dia 11 de março de 2022.

TIM (TIMS3)

A TIM (TIMS3) reportou lucro líquido normalizado de R$ 768 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), cifra 26% inferior ao registrado no mesmo período de 2020.

ISA Cteep (TRPL3;TRPL4)

A ISA Cteep (TRPL3;TRPL4), a Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista, registrou um lucro líquido de R$ 133,4 milhões no quarto trimestre de 2021, número 64,4% menor do que no igual período de 2020. No consolidado do ano, o lucro da companhia foi de R$ 877,6 milhões, queda de 56,2% na mesma base.

GPA (PCAR3

O GPA (PCAR3) reportou lucro líquido consolidado dos controladores de R$ 777 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa um crescimento de 107,7% em relação ao mesmo período de 2020.

Ambev (ABEV3)

A Ambev (ABEV3) registrou lucro líquido de R$ 3,747 bilhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), cifra 45,6% inferior ao registrado em igual trimestre de 2020.

Em termos ajustados, a companhia lucrou R$ 3,885 bilhões no 4T21, redução de 44,6% na comparação com mesmo período de 2020.

A empresa explica que a redução do lucro se deve “principalmente em virtude de créditos fiscais não recorrentes em 2020”.

Simpar (SIMH3)

A Simpar (SIMH3) reportou lucro líquido de R$ 1,3 bilhão em 2021, sendo uma elevação de 234,3% ante o mesmo período do ano anterior.

O Ebitda atingiu R$ 4,2 bilhões no período, elevação de 95,6% em relação ao ano anterior.

Odontoprev (ODPV3)

A Odontoprev (ODPV3) reportou lucro líquido de R$ 87,2 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), o que representa um crescimento de 4,3% em relação ao mesmo período de 2020.

 

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe