Criptos hoje

Bitcoin estabiliza com especulação sobre ETF, Ethereum se sai melhor e altcoins sobem até 24% em 24 horas

Investidores ganharam nova esperança de que o aguardado ETF de Bitcoin “físico” pode ganhar aval regulatório nos EUA

Por  Paulo Alves, CoinDesk -

As altcoins são o destaque do dia no mercado de criptomoedas, puxadas pelo Ethereum (ETH), que sobe 1,7% nas últimas 24 horas após o Bitcoin (BTC) conseguir se estabilizar na região dos US$ 43 mil, afastando por ora riscos de uma queda mais profunda no curto prazo. Às 7h15 de hoje, a principal cripto do mundo era negociada a US$ 43.584.

O BTC havia caído cerca de 5% um dia antes em meio à ata do Fomc, que sinalizou uma política de aperto monetário ainda mais agressiva pela frente, impactando o apetite de investidores por ativos de risco. A moeda digital, porém, ganhou novo fôlego com a expectativa renovada de que um fundo de índice (ETF) exposto diretamente ao Bitcoin poderá ser aprovado nos Estados Unidos.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

As especulações começaram quando, ontem, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) aprovou um novo ETF de futuros de Bitcoin sob um formato que anteriormente havia sido rechaçado pelo regulador. Segundo especialistas, a novidade eliminaria os argumentos da SEC para voltar a negar licença para listagem de um fundo que compre BTC de fato, e não apenas rastreie o preço do ativo.

“A partir de hoje, esses argumentos foram significativamente enfraquecidos, pois a SEC aprovou o Teucrium Bitcoin Futures ETF, registrado sob a Lei ’33, e não a Lei ’40”, afirmou Michael Sonnenshein, CEO da Grayscale, maior gestora de ativos digitais do mundo. A empresa planeja transformar seu principal fundo de Bitcoin em um ETF.

Um ETF de Bitcoin nos EUA é visto como uma potencial nova porta de entrada para investidores institucionais que não podem comprar a criptomoeda em exchanges, nem veem vantagem em adquirir cotas de ETFs de futuros, conhecidos por reduzir os ganhos em posições de longo prazo.

Analistas, porém, ainda recomendam cautela no momento.

“O Bitcoin resistiu bem, dada a recente liquidação do mercado de títulos, mas pode sofrer se esse movimento continuar”, disse o analista de mercado Edward Moya, da Oanda. “As perspectivas de longo prazo do Bitcoin permanecem otimistas, mas se a aversão ao risco for selvagem, ele poderá ser vulnerável a uma queda para o nível de US$ 38 mil”, alertou o especialista.

  • Assista: Elon Musk e temporada de altcoins: veja análises de ETH, AAVE, DOGE, SOL e mais criptos

De qualquer modo, a esperança de que o ETF seja aprovado parece ter feito compradores protegerem o nível de US$ 43 mil até aqui, abrindo espaço para que altcoins subissem. O Ethereum segue apresentando performance melhor do que o Bitcoin, principalmente por conta da expectativa em torno de sua grande atualização marcada para o final de junho.

Como de costume, um rali do Ethereum puxa diversas altcoins, incluindo rivais como o Near Protocol (NEAR), que dispara 24% hoje após a startup por trás do projeto captar US$ 350 milhões em rodada de investimento. Já a Frax Share (FXS) sobe 20,5% em reação à forte demanda por sua stablecoin.

Já entre as criptos com maior valor de mercado, o destaque é a Avalanche (AVAX), que sobe 4,3% após o projeto Terra (LUNA) anunciar a compra de US$ 200 milhões em AVAX para compor o tesouro. Por outro lado, investidores da Luna não parecem ter recebido a notícia com otimismo: o token cai 4,1% nas últimas 24 horas, liderando as perdas do dia.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h15:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 43.584,650,2%
Ethereum (ETH)US$ 3.284,99+1,7%
Binance Coin (BNB)US$ 432,22+0,3%
Solana (SOL)US$ 118,67+3%
XRP (XRP)US$ 0,7818810,8%

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Near Protocol (NEAR)US$ 18,98+24%
Frax Share (FXS)US$ 35,88+20,5%
Radix (XRD)US$ 0,146248+8,6%
Juno (JUNO)US$ 174,71+7,3%
Zcash (ZEC)US$ 23,80+7,2%

As criptomoedas com as maiores quedas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Terra (LUNA)US$ 102,06-4,1%
Humans.ai (HEART)US$ 0,04254678-3,8%
Aave (AAVE)US$ 194,57-3,1%
Stepn (GMT)US$ 2,19-2,3%
Osmosis (OSMO)US$ 7,33-0,8%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 37,50-0,5%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 48,50-2,17%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 45,08-0,26%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 42,38+2,73%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 45,99+2,2%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 13,01-0,15%
QR Ether (QETH11)R$ 11,040%
QR DeFi (QDFI11)R$ 7,65-0,64%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta sexta-feira (8):

Shopify ganhará integração com Bitcoin

A gigante do e-commerce Shopify oferecerá suporte à rede do Bitcoin para pagamentos na criptomoeda, anunciou Jack Mallers, jovem CEO da startup americana Strike, que intermedia a integração, durante participação ontem na conferência Bitcoin 2022, em Miami.

A parceria, num primeiro momento, valerá apenas para os EUA. “Você poderá entrar em milhões de lojas online americanas que se conectam a sistemas de pagamentos e pagam pela Lightning Network”, afirmou Mallers.

A Lightning Network é uma rede secundária que se conecta à blockchain principal do Bitcoin para ajudar a agilizar transações e baratear taxas, eliminando o que são vistos como os dois principais gargalos do uso da criptomoeda para pagamentos.

Bilionário Ricardo Salinas afirma ter 60% do portfólio em Bitcoin

O bilionário mexicano Ricardo Salinas anunciou ontem que aloca 60% do seu portfólio de investimentos em Bitcoin. Em dezembro de 2020, disse, o percentual da criptomoeda era de 10%.

Em fala breve durante participação na conferência Bitcoin 2022, Pliego afirmou ainda que não tem títulos públicos.

“Definitivamente não tenho títulos […] Tenho 60% em ações Bitcoin e Bitcoin, e depois 40% em ações de ativos duros como petróleo e gás e mineradoras de ouro.”

O patrimônio do mexicano é estimado em cerca de US$ 12,8 bilhões.

Russos têm 10 trilhões de rublos em criptomoedas

Cidadãos russos detêm, juntos, o equivalente a 10 trilhões de rublos, ou US$ 130 bilhões, em diversas criptomoedas, afirmou ontem o primeiro ministro do país, Mikhail Mishustin, em discurso.

“Estamos bem cientes de que temos mais de 10 milhões de jovens que abriram carteiras de criptomoedas até agora nas quais transferiram quantias significativas de dinheiro, que excedem 10 trilhões de rublos”, disse Mishustin, sem especificar a fonte dos dados.

Nas últimas semanas, cresceram as especulações de que não só oligarcas, mas a população russa também estaria usando criptos como meio de driblar os efeitos da crise causa pelas sanções impostas ao país.

Em entrevista ao InfoMoney no Cripto+, um brasileiro do setor cripto que mora na Rússia disse que os residentes estavam comprando eletrônicos, carros, Bitcoin e stablecoins para se preparar para inflação.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe