STF determina depoimento de deputados ligados a Bolsonaro

Estão na lista para serem ouvidos os deputados Bia Kicis (PSL-DF), Daniel Silveira (PSL-RJ), Cabo Junior do Amaral (PSL-MG) e Luiz Philippe de Orleans Bragança (PSL-SP)

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

No âmbito da operação deflagrada na manhã desta quarta-feira (27), o ministro Alexandre de Moraes, do STF, determinou que sejam ouvidos os deputados federais: Bia Kicis (PSL-DF), Daniel Silveira (PSL-RJ), Cabo Junior do Amaral (PSL-MG) e Luiz Philippe de Orleans Bragança (PSL-SP) – todos aliados do presidente Jair Bolsonaro.

Não houve busca e apreensão em relação a essas autoridades, mas o ministro deu prazo de 10 dias para que eles prestem depoimento à Polícia Federal, e de determinou a preservação do conteúdo das postagens deles nas redes sociais.

As ações de busca e apreensão de hoje estão sendo feitas endereços ligados ao empresário Luciano Hang, ao blogueiro Allan dos Santos, ao deputado estadual paulista Douglas Garcia (PSL) e ao político Roberto Jefferson (PTB). Não há mandados de prisão.

PUBLICIDADE

O movimento vinha sendo aguardado nos bastidores do tribunal nas últimas semanas, desde a intensificação das manifestações de ataques ao STF e ao Congresso Nacional.

XP Política