Retorno à Média: Entenda porque você não pode investir sem entendê-lo.

Da teoria de Kahneman até a surpreendente ascensão que levou o São Caetano à final da libertadores, entenda como funciona o retorno a média. 

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

Porto Alegre, dezembro de 2000. Nas encardidas arquibancadas do finado estádio Olímpico, assisti boquiaberto a eliminação do meu time, o Grêmio, para o até então desconhecido São Caetano (simpático clube do ABC Paulista).

Acabava ali (com Ronaldinho e tudo), o sonho do tricampeonato. Por outro lado, aquela tarde quente de verão me ensinou uma importante lição (que obviamente só fui entender anos mais tarde): O retorno à media. Fique tranquilo, chegaremos lá.

Terça-feira negra: O Crash de 29.

Na década de 20, observava-se um longo período de alta nos mercados americanos. A prosperidade era tamanha, que mesmo pessoas comuns, sem o mínimo conhecimento no mercado financeiro, eram capazes de auferir lucros extraordinários.

PUBLICIDADE

Tempos depois, veio a crise de 1929, também conhecida como grande depressão, a mais avassaladora crise de toda a história. O Indice de Ações Dow Jones, caiu entre 1929 e 1932 cerca de 80%.

E para que você tenha ideia, as ações só voltaram para o patamar de 1929 no ano de 1955!

Crise de 1929

Neste link você pode ver um gráfico mais avançado com contextos históricos.

Indagado sobre como se livrou das grandes quedas nos valores das ações, John Rockfeller ( saiba mais sobre ele ) disse que após ver seu habitual engraxate dar diversas dicas de ações para outro, ele imediatamente encerrou toda a sua posição afirmando:

“Quando até os engraxates estão fazendo dinheiro com a bolsa, é um sinal de que o mercado está ficando sem cabeça” – John D. Rockfeller

PUBLICIDADE

Existem muitas lendas sobre a pessoa de Rockfeller, mas o que se sabe é que ele foi o homem mais rico da história, sua fortuna chegou a representar 1,8% do PIB americano, o equivalente hoje a U$ 330 Bilhões de dólares.

Lendas à parte, há uma explicação bastante plausível para estes fenômenos:

A teoria de Kahneman

Anos após a minha fatídica tarde de dezembro, durante a leitura do livro “Rápido e Devagar” de Kahneman – não o zagueiro do Grêmio, mas o prêmio Nobel de economia que também tem formação em estatística, pude enfim entender o fenômeno chamado São Caetano e de quebra, o retorno à média.

Livro Rápido e Devagar - Daniel Kahnemann

Para Kahneman, tudo não passa de simples tendência de regressão à média, para a sorte dos gremistas e profundo pesar dos Caetanistas.

Em um próximo post posso falar das outras Heurísticas de Kahneman

Retorno a média

Segundo Kahneman, tudo, absolutamente tudo, tende a voltar à média.

Justamente o caso do glorioso Azulão de Jair Picerni, Adhemar, Esquerdinha e cia, que do ostracismo absoluto chegou a disputar duas finais de campeonato nacional e uma final de libertadores.

A lei de Kahneman assim como o zagueiro do Grêmio de mesmo nome, é implacável. As campanhas “fora da curva” duraram pouco  e hoje, o São Caetano voltou a encarar a dura realidade da segunda divisão estadual paulista.

Se você não conhece o São Caetano, veja mais sobre ele no Wikipédia.

O mercado financeiro e a mídia não especializada

Deixando o “clubismo de lado”, o mesmo se aplica ao mercado financeiro, e as notícias na televisão ou as capas de revistas de negócio.

Veja abaixo, que raríssimas vezes um investimento é o melhor durante dois anos seguidos. Para piorar, diversas vezes o melhor investimento do ano anterior é o pior do ano seguinte.

O gráfico abaixo coloca em ordem os melhores e piores investimentos entre 1999 e 2016, quanto mais acima é o “quadrado” melhor no ranking foi a aplicação, e quanto mais para baixo, pior nesta seleção de investimentos.

Acompanhe por exemplo a linha vermelha ( Bolsa Brasileira ) que oscila anos bons e anos ruins, bem como sequencias de anos bons e anos ruins. Ou então a linha preta ( Ouro ) que normalmente, mas não sempre se comporta ao contrário.

Melhor Investimento de 1999 a 2016

Aqui o raciocínio deve ser o mesmo: Se saiu na capa da revista que as ações das Organizações Tabajara (lembram dessa?) tiveram uma rápida e expressiva valorização de suas ações sem nenhum fundamento, ou que um Indice de ações teve uma forte valorização sem apoio de fundamentação economica,  tenha certeza de uma coisa:

Logo teremos um retorno à média, causado pelas malfadadas crises que, quando vem, assustam os investidores (em especial os mais iniciantes)

É muito comum assistirmos investidores comprando investimentos olhando para o resultado dos anos passados. Isso pôde ser visto nos últimos meses, quando investidores procuraram Fundos do tipo IMAB 5+ ou Fundos de Renda Fixa , que tiveram excelente resultado em 2017 carregados com Títulos do Tesouro IPCA+ de longo prazo.

AplicaçãoDesempenho em 2017 (%)
Fundos de Ações Small Caps40,47
Fundos de Ações Livre25,70
Fundos de Ações Indexados25,06
Fundo de Ações Dividendos20,44
Fundos de Ações Investimento no Exterior19,41
Tesouro Prefixado 2021 (LTN)17,99
Tesouro Prefixado 2019 (LTN)15,08
Tesouro IPCA+ 2019 (NTN-B Principal)13,15
Fundos Multimercados Livre12,55
Tesouro IPCA+ 2035 (NTN-B Principal)12,44
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035 (NTN-B)12,44
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTN-B)12,26
Ouro12
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2021 (NTN-F)11,88
Fundos Renda Fixa Indexados11,87
Fundos Multimercados Investimento no Exterior10,71
Fundos de Renda Fixa Investimento no Exterior10,27
Tesouro IGP-M+ com juros semestrais 202110,02
Tesouro Selic 2021 (LFT)9,97
Fundos Renda Fixa Simples8,52
Poupança antiga6,27
Nova poupança6,16
Fundos Cambiais4,19

Confesse, ao olhar para a tabela acima você morre de vontade de colocar todo o seu capital em Fundos de Ações Small Caps. 

O ano de 2017 foi excelente para os investimentos em ações, e já vemos um movimento forte de novos investidores. Em 2018 deveremos ver novas altas significativas nas ações – mesmo que tenhamos volatilidade devido as eleições.

E provavelmente teremos um 2019 ou o final de 2019 repleto de reportagens em toda a mídia sobre os “milionários da bolsa”, então quando isso acontecer, talvez seja a hora de fazermos como John Rockefeller e colocarmos as barbas de molho.

Hoje ninguém fala mais do saudoso azulão, mas eram comuns as coberturas do dia a dia no Anacleto Campanella até meados de 2002.

Aplicando a teoria de Kahneman aos seus investimentos

Mas o que fazer com o que você leu até agora?

Se você ainda não investiu em ações ainda, a dica é que não espere as notícias por toda a mídia para começar a investir. Porque se você esperar o final de 2019 para fazer isso ( o suposto máximo do mercado de ações segundo muitos analistas), você pode estar chegando no final da festa.

Se você é um daqueles que está aumentando cada vez mais a sua posição em ações conforme a bolsa está subindo, atente-se ao limite estabelecido para o seu perfil de investidor ( não sabe o seu perfil? Faça o teste aqui), e saiba que quanto mais o mercado sobe, mais perto ele está da queda.

Se você se posicionou no ano passado, porque sabia que depois de uma longa queda é o melhor momento para comprar ações baratas, parabéns você está no caminho, e só precisa esperar o momento certo para sair – talvez quando aquele seu amigo que não quer saber de ações começar a lhe perguntar sobre como investir.

E finalmente, apesar de ter batido um pouco nas revistas e na mídia em geral, não acho que você deve cancelar todas as suas assinaturas, e muito menos parar de estudar e buscar conhecimento a respeito dos seus investimentos!

Apenas tenha cuidado com análises catastróficas ou otimistas demais e saiba filtrar conteúdos realmente relevantes – como este, é claro ;).

Por último e não menos importante: Lembre-se, estatisticamente, tudo sempre tende a voltar à média.

Como você decide onde investir o seu dinheiro?

Com este Blog quero ajudá-lo a aprender a tomar as decisões corretas com seus investimentos.

Se você tem dúvidas ou questionamentos, quero me colocar a disposição para resolvê-las de multiplas maneiras.

Você pode enviar dúvidas para juliano.custodio@euqueroinvestir.com, pode também escrever nos comentários logo abaixo, ou entãoclique aqui e preencha um formulário com a sua dúvida!

No menor prazo possível, você terá a sua resposta. Até a próxima.

Juliano Custodio