Eleições 2022

Lula mantém 44% das intenções de voto; Bolsonaro cai a 31%, mostra Ipec

Na sequência, Ciro Gomes (PDT) aparece com 8%, enquanto Simone Tebet (MDB) tem 4%

Por  Anderson Figo -

Pesquisa Ipec divulgada nesta segunda-feira (5) mostra estabilidade na corrida pelo Planalto. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 44%, mesmo percentual visto há uma semana. Já o presidente Jair Bolsonaro (PL) oscilou de 32% para 31%.

Na sequência, Ciro Gomes (PDT) aparece com 8% das intenções de voto, ante 7% na pesquisa anterior, enquanto a senadora Simone Tebet (MDB) tem 4%, um ponto percentual a mais que o registrado no último levantamento feito pelo instituto.

Leia também:

Felipe d’Avila (Novo) manteve 1% das intenções de voto. Já Soraya Thronicke (União Brasil), que não tinha conseguido chegar a 1% na semana passada, agora aparece com 1%.

José Maria Eymael (DC), Leonardo Péricles (UP), Pablo Marçal (PROS), Roberto Jefferson (PTB), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU) não chegaram a atingir 1% nesta pesquisa.

Não sabem ou não responderam somaram 5% dos respondentes (eram 6% na semana passada). Brancos e nulos foram 6%, ante 7% na pesquisa anterior.

O Ipec explicou que manteve Roberto Jefferson no levantamento porque, quando as entrevistas foram feitas, o nome do então candidato pelo PTB ainda não tinha sido barrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A sigla já indicou Padre Kelman para substituir Jefferson na disputa pela Presidência da República.

O Ipec ouviu 2.512 pessoas entre os dias 2 e 4 de setembro, em 158 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O índice de confiança é de 95%, o que significa que se a pesquisa fosse realizada 100 vezes, em 95 delas o resultado ficaria dentro da margem de erro.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o código BR-00922/2022.

 

Segundo turno e espontânea

Em cenário de segundo turno entre Lula e Bolsonaro, o ex-presidente oscilou para cima, indo de 50% na pesquisa anterior para 52% agora. Já o atual presidente foi de 37% para 36%.

As duas variações estão dentro da margem de erro do levantamento. O Ipec não testou outros cenários para eventual segundo turno entre candidatos de outras siglas.

Na pesquisa espontânea, aquela em que o entrevistador não oferece opções de escolha ao entrevistado, Lula ficou com 42%, ante 40% na semana passada, enquanto Bolsonaro oscilou de 31% para 30%.

Ciro Gomes subiu de 4% para 5%, enquanto a senadora Simone Tebet manteve 2% nos dois levantamentos. Felipe d’Ávila, Leonardo Péricles, Pablo Marçal, Soraya Thronicke e José Maria Eymael não chegaram a alcançar 1% das intenções de voto na pesquisa espontânea.

Roberto Jefferson, Sofia Manzano e Vera Lúcia não foram citados pelos respondentes neste levantamento. Brancos e nulos somaram 7%, ante 9% na semana passada. Não sabem ou não responderam ficaram em 13%, frente a 14% na pesquisa anterior.

Newsletter
Infomorning
Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia
Compartilhe