Bitcoin flerta com US$ 60 mil, mas perde fôlego e deixa traders preocupados

As principais altcoins operam no campo positivo nesta manhã

Lucas Gabriel Marins

Publicidade

O Bitcoin (BTC) reagiu e chegou perto dos US$ 60 mil na madrugada desta quarta-feira (10), mas não conseguiu sustentar o fôlego por muito tempo e voltou ao patamar dos US$ 58 mil. Alguns analistas acreditam que o respiro foi momentâneo.

Conheça as melhores estratégias para construir portfólios vencedores neste vídeo exclusivo com o Chefe de Investimentos da XP.

“Previmos que o Bitcoin poderia voltar para quase US$ 60 mil antes de experimentar outro declínio para a faixa baixa de US$ 50 mil, criando um ambiente de negociação complexo”, disse Markus Thielen, fundador da 10x Research.

Continua depois da publicidade

Por volta das 8h, o ativo digital era negociado a US$ 58.638, com leve alta de 1,90% nas últimas 24 horas. A cripto entrega perdas de 3,40% no acumulado de sete dias e está 28% abaixo de sua máxima histórica.

O Bitcoin vem enfrentando pressões nas últimas semanas. A exchange Mt.Gox, vítima de um ataque hacker em 2014, anunciou a devolução de US$ 8 bilhões em criptos aos clientes, enquanto o governo alemão começou a vender tokens apreendidos de criminosos.

“A oferta tem sido uma grande preocupação e o conhecido excesso da liquidação relacionado à Mt. Gox e à polícia criminal federal alemã – isto é, os mercados sabem que há um ponto final para a liquidação dessas moedas”, escreveu Chris Weston, head de research da Pepperstone, em nota.

Continua depois da publicidade

Além disso, o cenário político e econômico nos Estados Unidos também afeta o ativo digital. “Até as eleições presidenciais ocorrerem nos EUA, há uma incerteza política que afeta o mercado cripto”, disse Sebastián Serrano, CEO e cofundador da Ripio.

Apesar das pressões, o panorama no mercado de ETFs (fundos de índice) à vista de Bitcoin dos EUA voltou a ficar positivo. Os 11 produtos registraram US$ 216,33 milhões em entradas líquidas na terça-feira (9), estendendo a sequência positiva para um terceiro dia.

De acordo com dados da plataforma SoSoValue, quase US$ 1,2 bilhão foi negociado nos veículos de investimento ontem. Os ETFs agora acumularam cerca de US$ 15,3 bilhões em entradas líquidas desde a segunda semana de janeiro, quando foram liberados.

Continua depois da publicidade

As demais criptos operam no campo positivo nesta manhã, assim como os índices futuros de Wall Street. Por lá, investidores estão à espera de dados de inflação e aguardam novas falas do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Jerome Powell.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 8h:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 58.638+1,90%
Ethereum (ETH)US$ 3.081+0,10%
BNB Chain (BNB)US$ 522+1,50%
Solana (SOL)US$ 143+1,20%
XRP (XRP)US$ 0,44+1,30%
Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

Continua depois da publicidade

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Sei (SEI)US$ 0,3357+10,40%
Sui (SUI)US$ 0,748+9,00%
Bittensor (TAO)US$ 267,83+7,90%
Fantom (FTM)US$ 0,4735+7,40%
Stacks (STX)US$ 1,49+6,70%
Fonte: CoinGecko

As criptomoedas com as maiores baixas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Brett (BRETT)US$ 1,74-3,60%
Lido DAO (LDO)US$ 1,55-3,20%
Flare (FLR)US$ 0,01979-3,00%
dogwifhat (WIF)US$ 1,68-1,40%
Quant (QNT)US$ 71,31-1,40%
Fonte: CoinGecko

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 48,36+1,38%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 72,54+1,39%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 49,11+1,40%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 26,03-0,91%
Hashdex Smart Contract Plataform FI (WEB311)R$ 29,22+0,82%
Hasdex Crypto Metaverse (META11)R$ 32,70-2,38%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 19,55+0,87%
QR Ether (QETH11)R$ 12,10+1,93%
QR DeFi (QDFI11)R$ 3,73+2,19%
Cripto20 EMPCI (CRPT11)R$ 13,50+3,44%
Investo NFTSCI (NFTS11)R$ 6,55+2,50%
Investo BLOKCI (BLOK11)R$ 167,23+1,38%
Fonte: B3

(Com Bloomberg)