O que rolou?

Notícias da semana: rol da ANS, produção recorde, expectativas de crescimento atualizadas e mais

A votação que movimentou os planos de saúde, a redução de expectativa para o crescimento do mundo e o resumo das principais notícias da semana

Por  Mariana Amaro -

6 a 3

Ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiram, por 6 votos a 3, que o rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é taxativo. Isso quer dizer que os planos de saúde não serão obrigados a cobrir procedimentos e tratamentos que não estão nessa lista. A decisão foi muito criticada.

15,5% de reajuste

E por falar em plano de saúde, sentimos muito em informar que a ANS autorizou um reajuste de até 15,5% nos planos individuais e familiares. O argumento é que houve elevação das despesas das operadoras, com procedimentos eletivos, por exemplo, em 2021 e que, no ano passado, a agência aplicou um reajuste negativo de -8,19% para o período de maio de 2021 a abril de 2022 por conta da emergência da pandemia. Esse novo aumento vale para o período de 1º de maio de 2022 a 30 de abril de 2023.

Crise global

A guerra na Ucrânia colocou o planeta na rota para a maior crise sobre o custo de vida da população global desta geração. Assustador? Pois é. O alerta é da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad, na sigla em inglês), em relatório divulgado nesta quarta-feira (8) e veio acompanhado de sugestões de medidas para controlar os mercados globais.

Padrãozinho

A União Europeia quer reduzir o lixo eletrônico e vai atacar a Apple por isso. Como assim? Simples: a UE aprovou a adoção do cabo USB-C como padrão para smartphones em todos os países do bloco a partir de 2024. Para vender celulares nos 27 países, a dona do iPhone terá que adaptar seus modelos para o novo formato.

Compre agora, pague depois

Por falar em Apple, a companhia da maçã lançou o Buy Now Pay Later. Agora, os americanos vão descobrir as maravilhas (e algumas tristezas) de pagar parcelado, sem juros, como qualquer brasileiro já faz há mil anos. Deve ter dedo de brasileiro nesse lançamento.

Expectativa X Realidade

O Banco Mundial revisou para baixo suas expectativas de crescimento para o mundo. Em janeiro, a previsão era de um crescimento de 4,1%. Agora, esse número caiu para 2,9%.

Conexão lenta

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou um prazo adicional de 60 dias para implantação do sinal de internet 5G em todas as capitais do país. Agora o início fica marcado para setembro.

Mais sobre a Anatel

Você tem recebido ligações misteriosas que desligam na sua cara assim que você atende? Nós também! E a Anatel está disposta a acabar com o chamado ‘robocall’, os artifícios tecnológicos que geram milhões de chamadas num mesmo recurso de numeração. Entenda como e comemore o fim do tu….tu…tu…

Produção recorde

O Brasil deve colher menos soja em 2022, mas a produção de milho e de trigo será recorde, segundo os dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de março, divulgado nesta quarta-feira (8)  pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Crédito ou débito? Nenhum!

O Pix vem ganhando popularidade de forma exponencial. O uso do sistema de pagamentos no e-commerce quadruplicou no país e a opção pode, em breve, ultrapassar o boleto e ameaçar a liderança do cartão de crédito.

Arrematada por R$ 10 milhões

Lembra da Daslu? A marca que foi sinônimo de luxo no Brasil começou a ruir em 2005, quando a sua fundadora foi presa por sonegação fiscal. A companhia entrou em recuperação judicial em 2010 e foi a leilão esta semana. Depois de 32 lances, foi arrematada por R$ 10 milhões – bem acima do valor mínimo de R$ 1,4 milhão.

Lucro de US$ 78 tri

A principal preocupação em substituir carvão por fontes renováveis é o preço, afirma o Fundo Monetário Internacional (FMI). Em relatório publicado nesta quarta-feira, porém, o FMI estima que tal transição poderia pagar a si mesma e garantir rendimento líquido global de quase US$ 78 trilhões até o fim deste século. 

33 milhões com fome

O dado é muito triste: atualmente, 33,1 milhões de pessoas não têm o que comer no Brasil. O levantamento, divulgado na quarta-feira (8), também mostra que mais da metade da população brasileira (58,7%) convive com algum grau de insegurança alimentar. A informação é do 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia de Covid-19.

3 carros mais vendidos

Os três carros mais vendidos do país mantiveram suas posições em relação a abril. O Fiat Strada foi o carro mais vendido no mês passado, seguido pelo Hyundai HB20 e o Fiat Mobi. Confira o ranking completo no site do InfoMoney.

19% de aumento

A CVC registrou aumento de 19% nas reservas confirmadas totais em maio na comparação com abril, totalizando R$ 1,4 bilhão. Esse foi o maior volume desde janeiro de 2020 – aquela época longínqua, quando a gente ainda não conhecia a palavra pandemia.

Saga dos combustíveis

Na segunda-feira (6), o governo divulgou medidas para tentar reduzir o preço dos combustíveis e a inflação: o presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que funcionaria como uma espécie de acordo com os governos estaduais para reduzir a carga tributária sobre os combustíveis e, com isso, tentar frear a escalada da inflação no país. Na prática, o Tesouro Nacional repassaria recursos aos estados para compensar a perda da arrecadação.

Para gestores e economistas, a PEC teria um custo fiscal alto, já que seria muito difícil que um novo governante conseguisse reverter os benefícios no próximo ano. E para reduzir a inflação em 2022, também acabaria pressionando a inflação de 2023.

Segundo analistas, a medida também pode enfrentar, além de batalha política contra governadores, disputas na Justiça. A ver.


Esse conteúdo foi publicado, com exclusividade, na newsletter IMpulso. Quer receber mais conteúdos assim no seu e-mail e grátis? Assine a nossa newsletter IMpulso.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe