Dúvida de leitor

Fiquei no prejuízo após negociar ETFs: como declaro no Imposto de Renda?

A posse de ETFs deve ser informada em “Bens e Direitos”, no grupo ’07 – Fundos’, código 09

Por  Equipe InfoMoney -

Dúvida de leitor: Declarei em ‘Dívidas e Ônus’ o valor de 33 ETFs de Bova11 de uma operação short que virei o ano com elas (2020 para 2021). Depois, em 2021 fiz a compra dos ETFs para fechar a operação, depois de fazer as contas fiquei no prejuízo. O que devo fazer agora nessa declaração de 2022?

Resposta por David Soares*

“Primeiro, declare as ETFs na ficha de ‘Bens e Direitos’ da Declaração de IR e não na ficha de ‘Dívidas e Ônus Reais’.

Na ficha ‘Bens e Direitos’ utilize o grupo ’07 – Fundos’, e selecione o ‘Código 09 – Demais Fundos de Índice de Mercado (ETFs)’.

Especifique o nome e o CNPJ do ETF e a quantidade de cotas. Descreva os valores nos campos ‘Situação em 31.12.2020 e 2021’, nas datas discriminadas.

Repita a operação até incluir todos os ETFs disponíveis na sua carteira de investimentos no ano-calendário da declaração.

Para declarar o ganho de capital/prejuízo dos ETFs negociados, selecione a ficha ‘Renda Variável’, depois  a opção ‘Operações Comuns/Day-Trade’. Depois selecione o mês em que a operação foi realizada, informe o ganho líquido recebido ou prejuízo obtido na venda do ETF.

Leia mais: Confira as datas de restituição no calendário de lotes do Imposto de Renda 2022

Depois digite o valor recolhido no momento da venda no campo ‘Imposto Pago’. Repita a operação até incluir todas as operações realizadas em cada mês do ano-calendário de 2021, e nos meses em que não ocorreu alienação de ETF, deixe zerado.”

Confira também o guia completo sobre como declarar ETFs. 

*David Soares é analista editorial da consultoria tributária IOB e contabilista com MBA em IFRS (Normas Internacionais de Contabilidade pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi). Autor do Livro: Estrutura Conceitual Básica para a Elaboração e Apresentação das Demonstrações Contábeis, e coautor do livro Imposto de Renda de “A” a “Z”.

9 formas de transformar o seu Imposto de Renda em dinheiro: um eBook gratuito te mostra como – acesse aqui!

LEIA MAIS

Compartilhe