Radar InfoMoney

Embraer (EMBR3) adia em 3 anos desenvolvimento de jato E175-E2; conversão de ações da Braskem (BRKM5) e mais notícias

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta segunda-feira (21)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta segunda-feira (21) destaca que a WEG (WEGE3) assinou contratos para fornecimento de aerogeradores e serviços de operação e manutenção para o Parque Eólico Coxilha Negra da Eletrosul, representando um faturamento de aproximadamente R$ 2,1 bilhões entre equipamentos e serviços.

Assaí (ASAI3), Inter (BIDI11), Blau (BLAU3), JSL (JSLG3), Mitre (MTRE3) e Movida (MOVI3) divulgam hoje balanço do quarto trimestre, após fechamento do mercado.

A Cosan (CSAN3) registrou lucro líquido ajustado de R$ 411,2 milhões no 4T21, o que representa um aumento de 58,5% na comparação ano a ano.

O conselho de administração da Embraer (EMBR3) aprovou a suspensão de três anos no programa de desenvolvimento do jato E175-E2.

A Assembleia Geral Extraordinária (AGE) da Eletrobras (ELET3;ELET6) está marcada para amanhã (22), para deliberar sobre a privatização da empresa.

Já a Americanas (AMER3) suspendeu servidores de e-commerce e sites ficam fora do ar em resposta a “acesso não autorizado”.

Confira os destaques:

Americanas (AMER3)

Os sites da Americanas e do Submarino estão fora do ar desde domingo (20). No sábado, as duas plataformas já haviam registrado problemas, em meio a rumores de um ataque hacker. Em comunicado, a Americanas (AMER3) confirmou a suspensão de parte dos servidores e citou um “acesso não autorizado”.

Cosan (CSAN3

A Cosan (CSAN3) registrou lucro líquido ajustado de R$ 411,2 milhões no 4T21, o que representa um aumento de 58,5% frente ao mesmo período de 2020.

WEG (WEGE3) e Eletrobras (ELET3; ELET6)

A Weg (WEGE3) firmou um acordo de R$ 2,1 bilhões com a Eletrobras (ELET3; ELET6) para o fornecimento de 72 aerogeradores – equipamentos para usinas de energia eólica. Cada aerogerador terá capacidade de 4,2 megawatts (MW) em capacidade instalada. As entregas estão previstas para 2023 e 2024.

Embraer (EMBR3

O conselho de administração da Embraer (EMBR3) aprovou a suspensão de três anos no programa de desenvolvimento do jato E175-E2.

De acordo com a empresa, a reprogramação das atividades está associada às contínuas discussões entre as principais companhias aéreas norte-americanas e seus respectivos sindicatos de pilotos a respeito do limite de peso máximo de decolagem (MTOW) das aeronaves com até 76 assentos. Bem como às condições de mercado global da aviação comercial e ao contínuo interesse pelo atual jato E175 no mercado norte-americano.

A companhia ainda informou na manhã desta segunda que entregou 55 jatos no quarto trimestre de 2021, sendo 16 comerciais e 39 executivos (26 leves e 13 médios). No total, a Companhia entregou 141 jatos em 2021, sendo 48 jatos comerciais e 93 executivos (62 leves e 31 médios). Em 31 de dezembro, a carteira de pedidos firmes totalizava
US$ 17,0 bilhões, que é o valor mais alto desde o segundo trimestre de 2018.

Aliansce (ALSO3) e brMalls (BRML3)

A brMalls (BRML3) informou nesta segunda que a Aliansce Sonae (ALSO3) passou a deter 41.827.300 ações ordinárias BRML3, representativas de 5,05% do seu capital social.

Como já divulgado anteriormente, o Conselho da brMalls havia rejeitado a oferta de combinação de negócios enviada pela Aliansce.

Sendo assim, a Aliansce ressalta que poderá exercer os direito que sua participação acionária lhe assegura, inclusive para fins de votar eventual alteração da estrutura administrativa da empresa.

Invepar (IVPR3B

A Invepar (IVPR3B) assinou, com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), aditivo de concessão da rodovia BR 040, também chamada de Via 040.

O novo Termo Aditivo mantém, dentre outras matérias, as condições para prestação dos serviços de operação, manutenção, conservação e monitoração da BR-040, entre Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais, estabelecidas no 1º termo aditivo, a serem mantidos pela Via 040, e prorroga a vigência do contrato de concessão pelo prazo de 18 meses, a contar de 19 de fevereiro de 2022.

Profarma (PFRM3) e D1000 (DMVF3)

A Profarma irá investir em ações da D1000, sua controlada, em até um ano. Serão adquiridas 4,5 milhões de ações DMVF3.

BMG (BMGB4)

O banco BMG (BMGB4) informou que a B3 (B3SA3) deferiu, parcialmente, o pedido da instituição para reduzir o percentual de ações em circulação (free-float), abaixo do percentual mínimo.

Com isso, o banco deve manter, no mínimo, 15% de seu capital social e 47% do total de ações preferenciais até sua recomposição (isto é, até o atingimento, concomitantemente e no mínimo, de 15% do capital social do banco e 50% do total de suas ações preferenciais – PN – em circulação no mercado).

Priner (PRNR3

A Priner Serviços Industriais (PRNR3) acertou a aquisição de 55% de participação na Brito&Kerche.

Mater Dei (MATD3

O Hospital Mater Dei (MATD3) concluiu a aquisição de 94,8% do Hospital Santa Genoveva, em Minas Gerais.

Braskem (BRKM5

A Braskem (BRKM5) comunicou que 21.440 ações preferenciais classe B foram convertidas em 10.720 ações preferenciais classe A. Como resultado, o capital social da companhia passou a ser dividido em 797.207.834 ações, sendo 451.668.652 ações ordinárias, 345.060.392 ações preferenciais classe A e 478.790 ações preferenciais classe B.

Já segundo a coluna do Broad, do Estadão, a oferta bilionária de ações da Braskem, que pertencem à Petrobras e à Novonor (ex-Odebrecht), pode ser retomada ainda neste primeiro semestre com detalhes da migração da petroquímica para o Novo Mercado ou mesmo com a empresa já nesse segmento.

O plano inicial era fazer a venda de uma parte dos papéis em fevereiro e depois voltar à bolsa quando a companhia já estivesse no segmento da B3 com as melhores práticas de governança corporativa. Segundo fontes disseram à coluna, porém, a falta de clareza sobre esse processo foi um dos pontos que dificultou a operação no início do ano, que acabou sendo cancelada. O outro motivo do cancelamento da venda dos papéis via mercado foi justamente o desconto pedido pelos investidores no preço dos papéis, não aceito pelos bancos credores e detentores das ações que pertencem à Novonor na petroquímica.

 

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe