Criptos hoje

Bitcoin e Ethereum no zero a zero, token de metaverso dispara 287% e Ronin promete ressarcir jogadores de Axie Infinity

Analistas adotam cautela em nível de preço delicado do Bitcoin, mas algumas criptos ignoram cenário e sobem forte

Por  Paulo Alves, CoinDesk -

As duas maiores criptomoedas por capitalização de mercado amanhecem nesta quinta-feira (31) novamente próximas da estabilidade em relação às últimas 24 horas, com o Bitcoin (BTC) pouco acima de US$ 47 mil, e o Ethereum (ETH) negociado por cerca de US$ 3.400. É o segundo dia consecutivo em que os preços dos ativos digitais andam de lado.

O mercado cripto acompanha as bolsas mundiais e reage à continuidade da guerra na Ucrânia e a novos sinais de um ambiente econômico global desafiador, com investidores de olho no preço do petróleo, na crise energética europeia e no aumento da inflação.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

O analista sênior da Oanda Americas, Edward Moya, disse que, após uma semana de ganhos, o “rali do Bitcoin” está dando um “respiro e isso deve continuar assim, pois as preocupações com a guerra dominam completamente o destino de curto prazo dos ativos mais arriscados”.

Moya adota cautela sobre o futuro de curto prazo do ativo. “O Bitcoin precisa de um catalisador para chegar ao nível de US$ 50 mil, então, por enquanto, parece que pode se consolidar entre os níveis de US$ 45 mil e US$ 48 mil”, disse ele.

O investidor e trader de criptomoedas Vinícius Terranova também aponta para uma possível contenção do rali no momento, indicando que os preços passam por uma correção.

“Correção é saudável. Quem assistiu o último episódio do Cripto+ já está esperando essa correção depois de uma subida forte como a que tivemos”, afirma, destacando que o momento é de bom sendo e de tentar aproveitar a queda para acumular mais bitcoins. “Um recuo não significa o fim de uma nova tendência [de alta]”, explica.

  • Assista: Para onde vai o Bitcoin após bater máxima do ano? Analistas explicam movimento e fazem projeções

Apesar do momento de maior estagnação nos preços, analistas seguem otimistas com a valorização do Bitcoin nas próximas semanas. Um dos motivos é a empolgação em torno da compra da moeda digital para servir de reserva para a stablecoin Terra USD (UST), na primeira iniciativa do tipo já realizada.

Segundo o perfil do Twitter @lfg_reserve, que monitora as compras de BTC pela Luna Foundation Guard, que administra a UST, o Tesouro do projeto já guarda mais de 30 mil bitcoins, avaliados em US$ 1,44 bilhão. A meta, segundo os controladores da fundação, é criar uma reserva de US$ 10 bilhões em Bitcoin.

O mercado também parece ter digerido rapidamente o hack na Ronin Network, uma blockchain dos mesmos criadores do jogo Axie Infinity (AXS). Na noite de ontem, os desenvolvedores afirmaram que ainda estão investigando o caso, mas prometeram que todos os usuários afetados serão ressarcidos.

“Estamos conduzindo uma investigação completa; trabalhando com a Chainalysis para monitorar os recursos roubados e com a Crowdstrike para lidar com [a investigação] forense”, afirmou o time da Ronin em uma publicação no Twitter.

Os desenvolvedores da rede afirmaram ter certeza de que a invasão veio de fora. Todas as evidências apontariam para um ataque orquestrado utilizando engenharia social, técnica que envolve explorar falhas humanas – no caso específico, para ter acesso às chaves privadas das carteiras roubadas.

“Estamos comprometidos em garantir que todos os fundos drenados sejam recuperados ou reembolsados”, disse a Ronin.

Enquanto BTC e ETH ficam no zero a zero, a maioria das outras grandes criptomoedas no top 20 por valor de mercado opera em terreno positivo, com destaque para Solana (SOL), que sobe cerca de 12% nas últimas 24 horas e já acumula alta de mais de 30% em sete dias.

O desempenho, no entanto, ainda fica bem abaixo da Ziliqa (ZIL), que novamente apresenta salto substancial hoje, de 27%. Em uma semana, a criptomoeda valoriza impressionantes 287%, em movimento especulativo às vésperas do lançamento de um novo projeto de metaverso chamado Metapolis, marcado para sábado (2).

Quem também está prestes a lançar seu metaverso é o projeto de meme coin Shiba Inu (SHIB). Anunciado em fevereiro, o mundo virtual já ganhou terrenos comercializáveis.

Confira o desempenho das principais criptomoedas às 7h15:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Bitcoin (BTC)US$ 47.289,12+0,1%
Ethereum (ETH)US$ 3.417,19+0,8%
Binance Coin (BNB)US$ 447,02+2,5%
XRP (XRP)US$ 0,866763+0,8%
Solana (SOL)US$ 124,44+11,9%

 

As criptomoedas com as maiores altas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Ziliqa (ZIL)US$ 0,190071+27,4%
Theta Fuel (TFUEL)US$ 0,225063+15,1%
Synthetix (SNX)US$ 6,94+12,1%
Solana (SOL)US$ 124,46+11,9%
Enjin (ENJ)US$ 1,95+11,2%

 

As criptomoedas com as maiores quedas nas últimas 24 horas:

CriptomoedaPreçoVariação nas últimas 24 horas
Waves (WAVES)US$ 50,49-5,7%
Aave (AAVE)US$ 224,28-5%
Chiliz (CHZ)US$ 0,307655-2,8%
Frax Share (FXS)US$ 22,75-1,8%
Near Protocol (NEAR)US$ 14,16-0,8%

Confira como fecharam os ETFs de criptomoedas no último pregão:

ETFPreçoVariação
Hashdex NCI (HASH11)R$ 41,00-0,6%
Hashdex BTCN (BITH11)R$ 54,00-0,11%
Hashdex Ethereum (ETHE11)R$ 47,75-1,89%
Hashdex DeFi (DEFI11)R$ 46,36+1,44%
QR Bitcoin (QBTC11)R$ 14,09-1,33%
QR Ether (QETH11)R$ 11,82-1,82%
QR DeFi (QDFI11)R$ 8,75+4,91%

Veja as principais notícias do mercado cripto desta quinta-feira (31):

Shiba Inu anuncia terrenos no metaverso

Os desenvolvedores por trás da popular criptomoeda de meme Shiba Inu (SHIB) revelaram detalhes do projeto “SHIB: The Metaverse”, anunciando 100.595 terrenos virtuais para comercialização – uma parcela permanecerá privada.

Os terrenos serão liberados em fases, com 36.431 parcelas disponibilizadas inicialmente com preços entre 0,2 ETH e 1 ETH (entre US$ 680 e US$ 3400).

A equipe decidiu usar ETH no lugar da própria SHIB para reduzir risco de queda nas moedas nativas de Shiba.

“Usar nossos tokens de ecossistema é um risco, pois precisaríamos despejar o preço de nossos próprios tokens para descontá-los! E isso está longe de nossos planos”, disseram os desenvolvedores no anúncio publicado na quarta-feira.

Os compradores de terrenos poderão gerar renda passiva, reunir recursos no jogo e gerar recompensas, que a equipe disse que revelará em breve.

Moss anuncia descentralização e distribui tokens de graça

A fintech brasileira Moss anunciou o Moss Governance Token, um ativo digital que permite que os detentores comentem, participem de discussões e votem em mudanças no token MCO2 e em novos protocolos.

De acordo com a Moss, compradores do novo ativo Moss Governance Token poderão participar de decisões como a criação de novos tokens, inclusão de fornecedores de crédito de carbono, novas parcerias e tokenização  de outros ativos, entre outras iniciativas.

Da emissão de 3.041 milhões tokens MCO2 criados a partir de 1º de fevereiro de 2022, 30% será dividida entre investidores/sócios e colaboradores.

O restante será revertido para a comunidade da empresa nas redes sociais, atuais detentores de MCO2, para o projeto Klima, também focado em mercado de carbono, e para usuários que fizerem staking (depósito com rendimentos).

Foxbit estreia solução de pagamentos para empresas

Anunciada em outubro do ano passado, a solução de pagamentos Foxbit Pay, da corretora Foxbit, estreia no mercado com uma parceria com o escritório VDV Advogados. Por meio da plataforma, clientes da empresa podem realizar o pagamento em Bitcoin e outras criptomoedas.

Segundo a Foxbit, o processo é feito por meio de um link de pagamento contendo um QR Code da carteira a ser depositada. O sistema atualiza essa carteira com o valor da criptomoeda a cada 30 minutos e, quando o pagamento é realizado, a empresa recebe o valor em sua conta na exchange.

“Para as empresas, é uma forma de diversificar e atrair novos clientes, além de estar inserida na criptoeconomia, que só tem se fortalecido reforçando seu imenso potencial”, analisa Rodrigo Ikegaya, Diretor de Produtos da Foxbit

Ainda de acordo com a Foxbit, o serviço Foxbit Pay conta com diversos clientes na lista de espera para implementar esse sistema em suas empresas. E, para os próximos meses, o serviço irá oferecer, sob demanda, a funcionalidade de liquidar para reais o valor pago, no momento da compra.

Binance lança nova ferramenta de conversão para a BNB Chain

A Binance anunciou uma nova versão da ferramenta de conversão Binance Bridge, que permite levar tokens de outras blockchains para a BNB Smart Chain, antiga Binance Smart Chain.

A versão 2.0 da ferramenta traz entre as novidades a compatibilidade com criptomoedas que ainda não estão listadas na exchange. Quando o usuário faz a conversão, os tokens ficam em uma carteira separada no app da Binance, com custódia própria.

Se as moedas convertidas já tiverem sido listadas na corretora, o usuário poderá usar os ativos na BNB Smart Chain em negociações normalmente. As conversões podem ser feitas entre blockchains a qualquer tempo.

O benefício de usar esse tipo de ferramenta é a maior agilidade da rede na comparação com o Ethereum, por exemplo. Além disso, os custos de taxas pagas por transações são bem menores.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe